paga TV paga estabiliza perda em junho, mas encolhe 17% em um ano

A TV paga começa a respirar mais aliviada.

Segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), após meses de queda, o saldo de assinantes de TV paga no Brasil se manteve praticamente estável em junho. O serviço encerrou o mês com 18,9 milhões de assinantes no país, o mesmo número registrado em maio.

Prejudicado pela crise econômica e política que atinge o país, o setor de TV por assinatura pode ensaiar uma retomada leve até o final do ano.

Mas, se compararmos junho de 2016 com junho de 2015, a retração no número de assinantes do setor chega a 17%. Em junho de 2015, o serviço de TV paga somava 22 milhões de acessos no Brasil.

Entre junho de 2015 e junho de 2016, o grupo econômico que mais perdeu clientes foi Claro/NET. Foram 3,4 milhões de desligamentos em 12 meses. A Sky, segunda maior operadora de TV do país, perdeu 5,42% da base. Já a Oi registrou aumento de usuários de 2,1% no período.

Os dados foram divulgados pela Anatel no final da semana passada.

http://r7.com/Pjxq