tele Chovem reclamações, pedidos de descontos e ressarcimentos nas primeiras horas sem RecordTV, SBT e RedeTV! na TV paga

Operadoras reforçaram telemarketing para atender a demanda

Na noite desta quarta-feira (29), Record TV, SBT, RedeTV saíram da programação das principais operadoras de TV a cabo em São Paulo.

Nessas regiões foi desligado o sinal analógico para canais abertos e, por isso, a distribuição dos canais digitais abertos pelas operadoras de TV por assinatura passou a depender de autorização de cada emissora. Como SBT, RedeTV e Record não entraram em um acordo financeiro de repasse por assinante com as operadoras de TV paga, o sinal foi cortado.

O acordar sem o sinal desses canais abertos está tornando as primeiras horas do dia dessas operadoras um verdadeiro inferno.

O número de ligações e reclamações já é imenso. A espera nos sistemas de atendimento de NET e SKY pode levar até 20 minutos e as centrais de telemarketing de algumas das operadoras foram reforçadas para atender a demanda. Mais atendentes estão nos plantões extras.

Na Net, os operadores de telemarketing já explicam antecipadamente que os canais estão fora do ar e pedem a compreensão dos assinantes.

Alguns clientes ligam para pedir descontos e ressarcimentos na fatura (mensalidade) da operadora: querem pagar menos pois perderam canais no serviço prestado.

Já há queixas do tipo em sites como o "Reclame Aqui", um dos mais famosos do gênero.

"Sou assinante da Sky e estou sem os canais abertos que constam no contrato de adesão que assinei. São eles: Record, SBT, Rede TV, infringindo assim o Artigo 14 do Código de Defesa do Consumidor". Mas afinal, o que o consumidor tem direito?", escreveu um dos consumidores no site.
 
A Record TV, o SBT e a Rede TV! respondem por boa parte da audiência da TV aberta e fechada no país e querem um repasse pelo sinal na TV paga, assim como é feito pelas operadoras com outros canais.

Enquanto o impasse não é resolvido, a Record está disponibilizando sua programação ao vivo por meio do R7.

http://r7.com/ZPLe