andre10 Acusado de assédio sexual, dono da  Playboy  é afastado da revista

Luh Ferreira (capa de dezembro da Playboy) e André Sanseverino

O "Fantástico" (Globo) de ontem (23) trouxe uma reportagem em que modelos acusam de assédio sexual dois empresários que são donos da PBB Entertainment, detentora dos direitos de publicação no Brasil da revista 'Playboy'.

Segundo a denúncia, André Luís Sanseverino e Marcos Aurélio de Abreu Rodrigues e Silva prometiam fama e sucesso em trabalhos como modelo e atriz, mas, em troca, queriam sexo e fotografias nuas das candidatas a estrelato. As mulheres foram contratadas em 2016 para trabalhar como recepcionistas em um evento como personagens clássicas da revista, as “coelhinhas”.

Durante o evento, segundo a denúncia, os empresários fizeram propostas sexuais, constrangendo e assediando as garotas.

Em nota oficial, a Playboy Brasil declara oficialmente que repudia toda forma de desrespeito contra a mulher.

Informa que decidiu pelo total afastamento do sócio André Sanseverino, por prazo indeterminado, de quaisquer atividades relacionadas à Playboy.

Diz ainda que qualquer declaração dada por André Sanseverino não reflete em absolutamente nada os valores da Playboy. O mesmo encontra-se afastado da empresa e não responde mais pela mesma.

A revista acredita que ele deverá colaborar para elucidar os fatos até que as denúncias sejam apuradas.

http://r7.com/BgxE