encrenca 1024x682 E não é que o Encrenca deu certo?

A turma do "Encrenca" tem motivos para comemorar

Há três anos, quando a RedeTV! resolveu apostar em um tal de "Encrenca", juro que pensei: "Que raio de programa é esse?", "De onde veio esse povo?" ou "Lá vem outro fiasco como 'Saturday Night Live' brazuca".

Mas, me enganei. Rapidamente o "Encrenca" se mostrou uma aposta acertada da emissora, na tentativa de emplacar outro sucesso dominical como foi o "Pânico", que nasceu no canal.

Neste domingo (2), o "Encrenca" complete três anos no ar, se consolidando como o maior sucesso da RedeTV! e brigando para valer por audiência no dia mais disputado da TV.

Com apresentação de Tatola Godas, Dennys Motta, Ricardinho Mendonça e Ângelo Campos – quarteto divertido que veio do rádio – o programa comemora a média na casa dos cinco pontos de audiência (nada no canal chega perto dessa média) e bons anunciantes.

“Eu falei que o Encrenca era um filho novo logo no começo, e que eu queria vê-lo crescer. Agora, ele é um filho de três anos, que anda, fala, tem uma identidade e reconhecimento do público. O principal de tudo isso é que conseguimos desenvolver uma linguagem nova: um programa inteiramente narrado, que aproveita a interação dos quatro apresentadores de uma forma diferente, uma linguagem que trouxe o rádio para a TV”, comenta Ricardo de Barros, diretor da atração.

Para o time de apresentadores, os três anos à frente da atração todos os domingos, ao vivo, proporcionaram uma aproximação com o público. “São 150 domingos sem fazer churrasco, que foram substituídos por encontros com a família brasileira, e isso nos faz mais feliz do que tudo”, afirma Tatola Godas, líder da trupe.

http://r7.com/Pxqs