globo11 Globo é alvo de protestos após dar espaço para manifesto de artistas

Alguns dos protestos que circulam nas redes contra a Globoi

A Globo tem sido alvo de protestos nas redes sociais após abrir espaço em programas como "Fantástico" e "Altas Horas" para manifestos de artistas sobre liberdade de expressão e cultura.

A rede está mostrando que famosos usaram suas redes sociais para compartilhar vídeos que integram uma campanha contra o que eles chamar de 'censura' cultural, polêmica que só aumenta.

No dia 10 de setembro, a exposição "Queermuseu" foi cancelada em Porto Alegre, após protestos e ataques nas redes sociais e no próprio interior do museu Santander Cultural. Algumas obras da mostra foram consideradas ofensivas por pessoas que classificam o conteúdo como um "incentivo à pedofilia, zoofilia e contra os bons costumes". Quase um mês depois, o Museu de Arte do Rio (MAR) cancelou as negociações da compra da exposição.

Em São Paulo, a performance do artista fluminense Wagner Schwartz, que se apresentou nu na performance “La Bête”, no Museu de Arte Moderna (MAM), gerou grande polêmica após circular uma imagem de uma criança interagindo com o artista sem roupa.

No final de semana, a exposição de Pedro Moraleida foi alvo de protestos em Belo Horizonte. Grupo de religiosos afirmam que as obras incentivam a pornografia e a pedofilia.

No domingo, a Globo mostrou artistas como Fernanda Montenegro e Caetano Veloso discursando sobre o assunto e criticando duramente esse tipo de "censura". O problema é que muita gente não concorda com os artistas e acredita que a emissora esteja incentivando a 'pedofilia, zoofilia e práticas ofensivas' dando espaço para esse manifesto artístico em sua programação.

Circulam nas redes sociais protestos contra a rede e pedindo o boicote envolvendo patrocinadores de programas como 'Fantástico'.

Procurada, a Globo disse que não vai comentar o caso.

E você? O que acha disso tudo?

http://r7.com/4Fww