fiuk2 Fiuk teve professor particular do começo ao fim da novela

A partir da próxima semana, ninguém vai sentir mais saudade de Fiuk em "A Força do Querer" do que seu professor particular. Ou não.

Pouca gente sabe, mas o ator teve a ajuda de um coaching, uma espécie de treinador, instrutor de atores, do começo até o fim da novela.

Logo que estreou na trama de Gloria Perez, em abril, Ruy, personagem de Fiuk, já deu sinais de que poderia vir a patinar em algumas cenas. Daí a necessidade de um coaching.

Veja bem, ele não será nem o primeiro nem o último ator a receber este tipo de ajuda. Grandes nomes da atuação contam vez ou outra com dicas de coachings importantes como Fátima Toledo.

Paolla Oliveira utilizou as dicas de uma treinadora especial nas cenas de luta de sua personagem, a Jeiza.

O problema é que Fiuk teve praticamente um professor particular em todas as cenas, do começo até o fim da novela. Toda vez que ia gravar, o coaching estava lá, dando dicas para o ator.

E, mesmo assim, o resultado foi esse que vimos no ar. Fiuk virou meme e foi alvo de muitas críticas por seu desempenho em cenas importantes de “A Força do Querer”.

Ruy largou uma noiva no altar, roubou a mulher de outro, descobriu que a irmã era trans, que o pai traiu a mãe, que Ritinha estava grávida, atirou em Zeca, descobriu que Ritinha é bígama, perdeu a guarda do filho, descobriu que o filho é de outro... Tudo praticamente com a mesma carinha (linda por sinal).

O ator não segurou as cenas mais dramáticas da trama, nem com a ajuda do coaching, nem com a ajuda do elenco, dos diretores e da autora, que o adoram. Fiuk é um cara bacana, querido no meio.

E não adianta dizer que ele está só começando. Fiuk surgiu em 2010 em 'Malhação'. Carol Duarte , que viveu lindamente Ivana/Ivan, começou a estudar teatro em 2012, fez uma peça em 2015 e caiu de balão pela primeira vez na TV neste ano, logo em uma novela das 21h, arrasando geral.

O que o filho de Fábio Jr. precisava mesmo é de um personagem do tamanho do talento dele. Fiuk não passou de ano. Nem com professor particular. Mas pode e deve tentar de novo!

http://r7.com/j6Yq