Publicado em 02/08/2015 às 11:01

Minha professora é um monstro, #sqn

livro  Minha professora é um monstro, #sqn

Beto tem a pior professora do mundo. Ela ruge, bate o pé, e se você fizer aviõezinhos de papel, ela vai deixá-lo na sala de aula durante o recreio. Ela é um monstro! Por sorte, Beto sempre tem os fins de semana para se divertir e brincar no parque. Até que um dia...

Com humor leve e belas ilustrações, Minha Professora É Um Monstro! ensina que nem sempre as pessoas são o que parecem. Considerado um dos melhores picture books de 2014 pela Publishers Weekly, o livro de Peter Brown explora de forma sensível um tema importante para todos.

Minha Professora É Um Monstro!

40 páginas
R$ 39,90 (impresso)
R$ 24,90 (e-book)
Editora Intrínseca

 

 

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 27/07/2015 às 17:41

História da extinção da Panair na ditadura ganha versão ampliada

pousoforcado História da extinção da Panair na ditadura ganha versão ampliada

Dez anos após a primeira publicação, Pouso Forçado, de Daniel Leb Sasaki, volta com um livro praticamente novo com quase o dobro de páginas, apoiado em documentos inéditos pesquisados por meio da Lei de Acesso à Informação e posteriormente abertos na Comissão Nacional da Verdade.  O livro esmiúça a intervenção da ditadura em empresas privadas, e conta como acabou a companhia aérea Panair do Brasil.

A obra chega às livrarias em agosto.

 

Pouso Forçado

490 páginas
R$ 58
Editora Record

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 23/07/2015 às 15:30

Literatura e romance permeiam novo livro de Sílvio Fiorani

investigacao sobre ariel Literatura e romance permeiam novo livro de Sílvio Fiorani

Em 1896, Francisco Rovelli investiga o suicídio de Ariel Alvarenga, um obscuro escritor. Um acontecimento que possui inquietantes coincidências com a morte de Raul Pompeia (autor de O Ateneu) ocorrida um ano antes. Durante suas pesquisas, Francisco encontra dois originais inéditos de Ariel: um romance e um diário contendo fatos ocorridos em seus últimos anos de vida, que expõem o temor dos amantes acerca dos crimes que podem dar fim a situações como essa.

 Investigação Sobre Ariel, romance de Sílvio Fiorani alcança sua plenitude a partir do relato de Francisco sobre sua experiência ao lidar com os papéis de Ariel, pondo em xeque a versão oficial sobre sua morte. É nesse plano que se dá o duelo entre Francisco e Dédalo, seu desafeto literário.

Fiorani, que escreveu O Evangelho Segundo Judas (Record), já teve seus contos publicados na Itália, França, Espanha, Portugal, Taiwan, República Tcheca e Estados Unidos.

 Investigação Sobre Ariel

434 páginas
R$ 60
Editora Record

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 20/07/2015 às 16:19

Homem-Aranha agora vira figurinha para colecionador

O aracnídeo mais famoso entre os heróis da Marvel saiu dos quadrinhos para invadir a TV, o cinema e agora também as bancas em formato figurinha.

O livro ilustrado oficial Ultimate Homem-Aranha chega para reunir os mais de 190 cromos autoadesivos que retratam os melhores momentos e registram toda a trama que permeia a animação de mesmo nome, exibida pelo Disney XD.

homem aranha 600.panini Homem Aranha agora vira figurinha para colecionador

Livro Ilustrado oficial Ultimate Homem-Aranha

32 páginas
R$ 5,90
R$ 1 - envelope com 4 cromos
Editora Pannini

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 20/07/2015 às 12:27

Ubook fecha parceria com editora Rocco e amplia ramo de audiolivros

ubook Ubook fecha parceria com editora Rocco e amplia ramo de audiolivros

Ubook, aplicativo brasileiro de audiolivro, fecha parceria com a Editora Rocco, uma das mais importantes no mercado de literatura. “O objetivo principal desta parceria é aumentar a oferta de obras e de escritores nacionais e internacionais consagrados. Nestes oito meses de existência analisamos o perfil dos nossos usuários e sabemos que, cada vez mais, eles procuram qualidade” afirma Flavio Osso, sócio e CEO do Ubook, primeiro serviço de assinatura de audiolivros por streaming do país. “Queremos uma audioteca variada, porém com títulos interessantes”, completa.

E as novidades já começaram. Para estrear em grande estilo, estão à disposição no Ubook as obras Fala Sério, Mãe e Fala Sério, Pai, ambas da escritora Thalita Rebouças, famosa pelos seus livros direcionados aos adolescentes. “Optamos por incluir, de início, estes audiolivros porque a Thalita tem um jeito único de falar com esse público”, diz Osso. As obras ganham um toque todo especial ao serem narrados pela própria autora. “Isso aumenta a afinidade entre o ouvinte e a obra”, afirma Osso.

Quem chega também junto com a parceria é a eterna Clarice Lispector, que ganha vida ao ser interpretada por vozes famosas. Na obra “A Via Crucis do Corpo” a narração fica por conta de Antonio Fagundes; em Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres, Beth Goulart é quem narra e no audiolivro “Laços de Família”, a narrativa é de Affonso Romano de Sant'Anna.

Entre as opções de audiolivros do Ubook, diversas categorias – culinária, moda, literatura clássica, economia, material de apoio para quem está estudando para prestar um concurso, autoajuda, infanto-juvenil, empresas e negócios, humor, gastronomia, beleza e saúde, esportes, por exemplo – que vão dos best-sellers aos antigos sucessos.

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 16/07/2015 às 19:18

Jovem se liberta de solidão falando sozinha e com aviões

Aos 17 anos, Astrid Jones não aguenta viver em Unit Valley, uma cidade provinciana dos Estados Unidos, onde fofoca, conservadorismo e vida de aparência são tudo o que as pessoas sabem fazer.

Ela é uma estudante como outra qualquer, está no ensino médio e gosta de filosofia. Ela quer saber quem é e o que quer, mas sua única certeza é que isso não poderá acontecer em Unit Valley, cidade onde ela não encontra interlocutor à altura de compreender seus anseios, suas dúvidas.

Para tentar amenizar essa situação incômoda, a jovem entra em uma viagem pessoal, imaginando que se comunica com os passageiros dos aviões que cruzam o céu da casa onde mora. É como uma rede de contatos e de confidentes, uma forma de trocar amor e amizade.

A partir daí, ela passa a viver paralelamente em dois mundos completamente diferentes: um em que ela é a Astrid de verdade, que sonha, se diverte e acredita num futuro bacana e outro onde a superficialidade e o desconforto de regras absurdas, mas que precisam ser seguidas, permeiam seu dia a dia.

Os Dois Mundos de Astrid Jones, de A. S. King, embora voltado a jovens, é um livro que gera reflexão no sentido de compreender o significados dos relacionamentos.

os dois mundos de astrid jones 600 Jovem se liberta de solidão falando sozinha e com aviões

Os Dois Mundos de Astrid Jones

288 páginas
R$ 34,90
Gutenberg

 

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 08/07/2015 às 14:06

Ernest Hemingway volta em três volumes imperdíveis

Considerado um dos pilares da literatura do século 20, Ernest Hemingway, agraciado com o Prêmio Nobel de Literatura em 1954, é famoso mundialmente por romances como O Velho e o Mar, O Sol Também Se Levanta e Por Quem os Sinos Dobram. Mas as histórias curtas também compõem uma parte essencial de sua obra.

Hemingway nasceu em 1899 e, aos 18 anos, começou a escrever para um jornal. Quando os Estados Unidos entraram na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), alistou-se como voluntário, tornando-se motorista de ambulância para o Exército da Itália. Após ser ferido, recebeu uma condecoração do governo italiano.

Ao voltar para os Estados Unidos, trabalhou como repórter para jornais americanos e canadenses. Em seguida, voltou para a Europa, cobrindo eventos como a Revolução Grega.

Durante os anos 1920, tornou-se membro do grupo de expatriados americanos em Paris, o qual ele descreveu em seu primeiro livro, O sol também se levanta (1926). Ernest Hemingway foi agraciado com o Nobel de Literatura em 1954 e faleceu em 1961.

capa contos 1 Ernest Hemingway volta em três volumes imperdíveis

Contos: volume  1

Neste primeiro volume de contos, Hemingway revela algumas de suas experiências mais íntimas. Por meio do personagem Nick Adams, a quem empresta sua vida, o autor nos leva a viagens pelo norte dos Estados Unidos, onde nasceu e viveu, e pela Europa e o Oriente Médio, onde trabalhou como correspondente depois da Primeira Guerra. Em outras histórias, o autor revisita os anos de exílio e da chamada “geração perdida”. Ao todo, a obra reúne 28 narrativas que, para além do valor literário, têm o sabor de um documento sobre uma vida carregada de aventura, violência e nostalgia.

224 páginas
R$ 38

capa contos 2 Ernest Hemingway volta em três volumes imperdíveis

Contos: volume  2
Aqui, Hemingway retoma o brilhantismo do seu primeiro volume de contos e deixa evidente sua capacidade de criar personagens reais. As 21 narrativas deste livro são o perfeito exemplo do talento do autor. Tradução de José J. Veiga.

350 páginas
R$ 48

capa contos 3 Ernest Hemingway volta em três volumes imperdíveis

Contos: volume  3

Os 21 textos que compõem este livro são preenchidos por personagens e histórias magníficas, comoventes e assustadoramente possíveis.

462 páginas
R$ 55

Todos os livros foram traduzidos por José J. Veiga.

Editora Bertrand Brasil

 

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 01/07/2015 às 13:15

Livro ilustrado aborda a imigração italiana para o Brasil

A chegada de povos estrangeiros ao Brasil ajudou a escrever a história da miscigenação no País. Alguns deles vieram de seus países de origem fugindo da pobreza para trabalhar em terras brasileiras. Mamma Mia! História de Uma Imigrante Italiana, de Ricardo Dreguer, conta a vida da jovem Luiza e retrata a realidade destes imigrantes.

Chegando de Veneto, na Itália, no final do século 19, depois de uma longa e sofrida viagem de navio, Luzia vai trabalhar nas fazendas de café, no interior de São Paulo. Lá, ela dá de cara com a precariedade das condições de trabalho e a indignação pelo modo como os trabalhadores eram escravizados.

Naquela época, o Brasil vivia a efervescência da transição do período imperial para o republicano e das campanhas abolicionistas pelo fim da escravidão, e estes fatos influenciaram a vida da jovem.

Mas esses não eram os únicos motivos que faziam a moça se indignar. O amor da sua vida, que ela conheceu no duro trabalho das fazendas, era um trabalhador escravizado que enfrentou com ela os obstáculos e preconceitos em busca de uma vida melhor. A imigração não era nada fácil e, ainda hoje, não é em muitos países do mundo.

O título conta com as ilustrações da premiada Bruna Assis Brasil e integra a coleção Antepassados, que conta com outros dois livros publicados: O Homem-Pássaro: História de Um Migrante e Kiese: História de Um Africano no Brasil.

mamma mia editora moderna 600 Livro ilustrado aborda a imigração italiana para o Brasil

Mamma Mia! História de Uma Imigrante Italiana 

52 páginas
R$ 41,00
Editora Moderna

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 29/06/2015 às 15:18

Casa da Liberdade debaterá “Desafios do Brasil” durante a Flip

Pela quinta vez, a Casa da Liberdade, que  acontece durante a Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), entre os dias 2 e 4 de julho, reunirá expoentes do pensamento brasileiro numa reflexão sobre os grandes desafios do País.

 Idealizada pelo cientista social, economista e professor da Universidade Colúmbia, Marcos Troyjo, e pela cientista política Karim Miskulin, presidente do Instituto Voto, a Casa busca disseminar ideias e manifestações artísticas por meio do seu bem maior: a liberdade. A entrada na Casa da Liberdade é gratuita.

Entre os palestrantes e painelistas da Casa da Liberdade – FLIP 2015 estão: José Álvaro Moisés, cientista político e professor da USP; Leandro Narloch, jornalista; Maria Celina D’Araújo, cientista política e professora da PUC-RJ; Christian Lohbauer, cientista político e membro do Gacint/USP; Luiz Felipe D’Ávila, cientista político e diretor do Centro de Liderança Pública; Lúcia Bettencourt, escritora e professora de Literatura; Renan Cepeda, fotógrafo e jornalista; Rodrigo Abreu, empresário e presidente da AlphaGraphics; Adriano Pires, engenheiro e presidente do CBIE; Marcello Hallake, advogado, cofundador da Brazil Foundation; Antonio Carlos Borges, professor e diretor da FecomercioSP; Fernando Schuler, filósofo e cientista político, professor do Insper; Roberto Gazzi, diretor de desenvolvimento editorial do Estadão; Giovanni Eldasi, diretor da Vérsila Educacional; Eugênio Mussak, médico e educador, professor da Fundação Dom Cabral; Pedro Neves, empresário e presidente da Grifort; José Ernesto Bologna, psicanalista, professor da Fundação Dom Cabral; Ana Paula Conde, cientista política, professora da PUC-RJ; Priscila Pereira Pinto, cientista política e diretora do Instituto Millenium; Karim Miskulin, diretora da Revista Voto e presidente do Instituto Voto; Gustavo Franco, economista e presidente do Conselho do Instituto Millenium; Marcos Troyjo, professor e diretor do BRICLab da Columbia University.

Localizada no coração do centro histórico de Paraty, a Casa da Liberdade trará pocket shows de MPB e a exposição “A Lente de Renan Cepeda”, formada por imagens do fotógrafo reconhecido mundialmente por suas pesquisas sobre técnicas como o infravermelho e o “light painting”.

Também haverá a apresentação de duas importantes iniciativas: Projeto ‘Corrupteca’: maior biblioteca digital sobre corrupção e busca de transparência em políticas públicas do mundo, a partir de arquivos como o da Universidade de São Paulo e o do jornal “O Estado de S. Paulo”. Projeto “Um Brasil”: plataforma multimídia de conteúdo analítico sobre questões econômicas, políticas e sociais do Brasil, formada por entrevistas com dezenas de pensadores como o antropólogo Roberto DaMatta e o filósofo Luiz Felipe Pondé. Produzido pela Agência TUTU, é uma idealização da FecomercioSP.

A Casa da Liberdade é uma realização do Instituto Voto em parceria com o Instituto Millenium.  Tem o apoio da revista Voto, projeto “Um Brasil”, cerveja Jeffrey e cachaça Leblon.

SERVIÇO:

Casa da Liberdade durante a Flip 2015

Paraty, 2 a 4 de julho de 2015
Rua Marechal Deodoro, S/N – Centro Histórico – Paraty
Das 12h às 21h30

Entrada Gratuita

Programação (sujeita a alteração):

2/7, quinta

12h – Abertura da Casa da Liberdade para visitação

16h – Painel “Inovação e Conhecimento: Metamorfoses de Poder e Cultura”

Palestrantes: Marcos Troyjo e Rodrigo Abreu

Mediadora: Karim Miskulin

17h30 – Painel “Estética da Palavra; Estética da Imagem”

Palestrantes: Lúcia Bettencourt e Renan Cepeda

Mediadora: Cintia Carnut

19h – Coquetel de inauguração da Exposição “A Fotografia Invisível de Renan Cepeda” seguido de show de música popular brasileira.

21h30 – Encerramento

3/7, sexta

12h às 21h30 – Exposição “A Fotografia Invisível de Renan Cepeda” – Aberta para visitação.

15h – Painel “A Liberdade dos Contemporâneos e seus Impedimentos no Brasil de Hoje”

Palestrante: José Álvaro Moisés

Apresentação: Priscila Pereira Pinto

16h15 - Painel “Brasil e os Pilares da Liberdade”

Palestrantes: Christian Lohbauer e Luiz Felipe D’Ávila

Mediadora: Karim Miskulin

18h - Apresentação do Projeto “Corrupteca”, maior biblioteca digital sobre corrupção do mundo

Palestrantes: Roberto Gazzi, Giovanni Eldasi e José Álvaro Moisés

Mediadora: Ana Paula Conde

19h30 – Coquetel de confraternização da Casa da Liberdade seguido de show de música ao vivo.

21h30 – Encerramento

4/7, sábado

12h às 21h30 – Exposição “A Fotografia Invisível de Renan Cepeda” – Aberta para visitação

15h – Painel “Desafios do Brasil: Instituições e Infraestrutura”

Palestrantes: Adriano Pires, Marcello Hallake e Antonio Carlos Borges

Mediadora: Priscila Pereira Pinto

16h30 – Painel “O Estado da Democracia na América Latina”

Palestrantes: Fernando Schuler e Maria Celina D’Araújo

Mediadora: Ana Paula Conde

18h15 – Painel “Lidar com Tempos Difíceis”

Palestrantes: Eugênio Mussak, José Ernesto Bologna e Leandro Narloch

Mediador: Pedro Neves

20h – Coquetel de confraternização da Casa da Liberdade seguido de show de música ao vivo.

21h30 – Encerramento das atividades da Casa da Liberdade

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS
Publicado em 26/06/2015 às 03:00

Escritor busca inspiração em bordel e se depara com crime

Grande nome da literatura policial francesa atual, Maxime Chattam lança thriller ambientado na Paris de 1900. Guy de Timée, o protagonista de Leviatempo, é um autor de sucesso que vive o drama da página em branco. Em busca de inspiração para escrever um romance noir, ele sai de casa, deixando mulher e filha, e se aloja no sótão de um bordel no coração de Paris. Seu interesse pelos mistérios do submundo, pelo que acontece no fundo dos becos e dos porões mal cheirosos, faz com que se aproxime das residentes do local.

Quando uma das jovens prostitutas é encontrada morta ao lado do bordel, horrivelmente curvada, transpirando sangue e com os olhos completamente negros, Guy não perde tempo e se envolve pessoalmente nas investigações do crime. Em companhia da cortesã Faustine e do complexado inspetor Perotti, ele se vê diante de outros assassinatos com características semelhantes. Mas qual seria o propósito do serial killer?

É uma uma trama de tirar o fôlego e que levanta questões assustadoras sobre os instintos primários do ser humano.

leviatempo livro ligiabraslauskas bertrand 600 Escritor busca inspiração em bordel e se depara com crime

Leviatempo

420 páginas
R$ 49
Editora Bertrand Brasil

    • Facebook
    • Twitter
    • Google Bookmarks
    • Orkut
    • RSS