A humanidade registra especial fascínio pela figura de Vlad, O Empalador - eternizado na cultura pop como Conde Drácula - e seu reinado em Valáquia, território em constante conflito com o Império Otomano. Agora é a vez de Lada Dragwyla, a filha de Vlad, mostrar sua cara.

Inspirado em acontecimentos reais (como a guerra dos Otomanos com os cristãos pelo domínio de Constantinopla) e ilustrado com mapas e árvores genealógicas, o livro mostra um período conturbado e desconhecido.

Lada, seu irmão, Radu, e o filho do sultão otomano, Mehmed, além de outros personagens, desafiam o enredo envolto em uma trama de jogos políticos.

A filha de Vlad nunca se interessou por atributos femininos e sua posição de princesa, sempre preferiu armas e os combates. Sofreu com o abandono da mãe e o desinteresse do pai. Desde pequena, assumiu a proteção do irmão mais novo, astuto em artimanhas políticas. Agora, guerreira destemida, Lada tem a missão de tomar Valáquia. Espere só para ver o que vai acontecer.

Filha das Trevas, de Kiersten White, é mais um best-seller da importante lista do New York Times. A autora diz acreditar que “os livros são apenas palavras mortas em uma página até ganharem vida no cérebro daqueles que as leem”. Ao considerar o sucesso de sua escrita, certamente os cérebros ganham muito com a leitura.

trevas Filha de Drácula assume papel de reconquistar reinado

Filha das Trevas
Tradução de Alexandre Boide
472 páginas
R$ 49,90
Editora Plataforma 21