pousoforcado História da extinção da Panair na ditadura ganha versão ampliada

Dez anos após a primeira publicação, Pouso Forçado, de Daniel Leb Sasaki, volta com um livro praticamente novo com quase o dobro de páginas, apoiado em documentos inéditos pesquisados por meio da Lei de Acesso à Informação e posteriormente abertos na Comissão Nacional da Verdade.  O livro esmiúça a intervenção da ditadura em empresas privadas, e conta como acabou a companhia aérea Panair do Brasil.

A obra chega às livrarias em agosto.

 

Pouso Forçado

490 páginas
R$ 58
Editora Record