casal chines cama getty images 600 Nenhum homem é fiel e nenhuma mulher virtuosa

“Caminhando pelas ruas de Chengdu, eu duvidava encontrar um homem que fosse fiel e uma mulher que fosse virtuosa. Traição e libertinagem parecem ter se tornado o salvo-conduto desta era.”

Quem diz isso é o chinês Murong Xuecun, cujo romance de estreia, Deixe-me em Paz, virou um cult moderno e o colocou entre os escritores mais populares e polêmicos da atualidade. Não à toa, é colunista do New York Times e militantes de lutas políticas em seu país.

Em Chengdu, quinta metrópole mais populosa da China, um gerente de vendas ambicioso passa por uma crise, ou melhor dizendo crises: a mulher que ama está prestes a deixa-lo por suas traições, na empresa há uma conspiração para arruiná-lo, uma dívida alta ameaça jogá-lo na cadeia e, para  finalizar a saga, ele acaba de engravidar a namorada de seu melhor amigo.

O que Chen tem de especial para ser o pivô de tanta confusão e ódio é o ego difícil , típico de pessoas inteligentes demais, que por esse motivo acabam tendo sérias falhas no caráter.

Mas Chen não é o único mau-caráter de Chengdu. Há que se ter bastante cuidado para não sucumbir e ser muito esperto para sobressair.

Só que toda ambição desmedida tem um preço, e alto. Chen sabe que o fracasso irreversível pode ser sua sentença!

deixe me em paz murong ligia braslauskas livro 600 Nenhum homem é fiel e nenhuma mulher virtuosa

Deixe-me em Paz

320 páginas
R$ 44,90 (impresso)
R$ 24,90 (e-book)
Editora Geração

Compre no R7 Livros!