“E vereis o Mar Roxo, tão famoso,

Tornar-se-lhe amarelo, de enfiado;

Vereis de Ormuz o Reino poderoso[1]

Duas vezes tomado e sojugado.

Ali vereis o Mouro furioso

De suas mesmas setas traspassado;

Que quem vai contra os vossos, claro veja

Que, se resiste, contra si peleja.”

 

A Editora Landmark acaba de trazer para o Brasil o clássico Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões, apresentado simultaneamente em inglês e português, como nunca antes. A tradução de Sir Richard Francis Burton conta com anotações descartadas pelo autor em sua obra original de 1572.

Burton, escritor, linguista e conhecido mundialmente pelas traduções de sucesso do Kama Sutra (1883) e As Mil e Uma Noites (1885), cita - no prefácio - que o mais prazeroso trabalho literário de sua vida foi traduzir Os Lusíadas.

Dono de uma das personalidades mais extraordinárias e fascinantes do século 19, Burton falava 29 idiomas e vários dialetos.

A versão original de Os Lusíadas foi publicada em 1572 e, ao longo dos anos, traduzida para o alemão, castelhano, catalão, inglês, russo, italiano e japonês. Hoje a obra é considerada um marco no classicismo português.

Esta nova edição traz todas as características da original, sendo composta por dez cantos, 1.102 estrofes e 8.816 versos que são oitavas decassílabas.

OS LUSIADAS Os Lusíadas chega ao Brasil em versão bilíngue

Os Lusíadas: The Lusiads
Tradução de Sir Richard Francis Burton
Edição bilíngue Português / Inglês anotada
728 páginas
R$ 78,00
Editora Landmark