“A gente não explica como vai fazer

A gente se sente livre para fazer”

 

“Eu procuro, procuro

Para não dizer nada

Mas para ficar do lado

É o jeito que eu posso

E acho que vale também."

 

A poesia de Fernanda Oliveira equilibra uma espécie de singeleza e profundidade, que convidam o leitor a interagir com suas palavras. Em poemas concisos, de linguagem direta, a autora transcorre entre o cotidiano, entre música e silêncio, corpo e alma, o eu e o outro, verso e reverso.

O livro de Fernanda é uma deliciosa viagem pelas letras. Não é preciso ler na sequência de sua escrita. Basta abrir em qualquer página e dividir os pensamentos com a autora.

poesia Poesia de Fernanda Oliveira ganha novo livro

No Meio do Lado
220 páginas
R$ 37
Editora Imprimatur