O detetive mais famoso da literatura policial sem dúvida nenhuma é o britânico Sherlock Holmes. Sim, aquele do cachimbo sinuoso e que sempre diz ser elementar ao caro dr. Watson.

Pois bem, se você ainda não leu nenhuma história que envolve o detive, um bom motivo para conhecê-lo é comprar uma nova edição de bolso e de luxo lançada pela editora Zahar, As Memórias de Sherlock Holmes.

A literatura de Sir Arthur Conan Doyle (1859-1930) contempla gêneros tão diversos quanto a ficção científica, as novelas históricas, a poesia e a não ficção. Mas, claro, Sherlock Holmes é o “cara” na obra deste genial médico e escritor.

Os 12 contos que integram As Memórias de Sherlock Holmes foram publicados entre dezembro de 1892 e dezembro de 1893, na Strand Magazine.

O livro tem 40 ilustrações originais e textos integrais. Vale a pena ler, reler e ter essa obra em casa. Quem assina a tradução é Maria Luiza X. de A. Borges.

Os contos do livro são:

Silver Blaze;

A Caixa de Papelão;

A Face Amarela;

O Corretor;

A Tragédia do Glória Scott;

O Ritual Musgrave;

Os Fidalgos de Reigate;

O Corcunda;

O Paciente Residente;

O Intérprete Grego

O Tratado Naval;

O Problema Final.

as memorias de sherlock holmes zahar ligia braslauskas 600 Sherlock Holmes volta em versão de bolso e de luxo

As Memórias de Sherlock Holmes

384 páginas
R$ 24,90 (impresso)
R$ 12,90 (e-book)
Editora Zahar