mara gabrilli milly lacombe depois daquele dia ligia braslauskas 600 Tetraplégica, deputada descobre vida sexual ativa

Mara Gabrilli voltava para São Paulo após fim de semana em Paraty (RJ) com um namorado e um amigo quando o carro despencou de um barranco de 15 metros. O namorado e o amigo da moça de 26 anos sairiam praticamente ilesos do acidente, mas Mara perderia todos os movimentos do pescoço para baixo.

Já conhecida no meio político e entre ativistas pelos direitos das pessoas com deficiência, a história de superação da deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) ganhou, no fim de 2013, uma inspiradora e bem escrita versão em livro, assinada pela jornalista Milly Lacombe.

Na biografia Depois Daquele Dia, a autora mostra como a hiperatividade que atormentava os pais de Mara durante a juventude foi determinante para que uma tetraplégica conseguisse, antes de tudo, voltar a respirar sem aparelhos e a falar, para, anos depois, chegar à Câmara dos Deputados.

Determinada a levar uma vida normal após o acidente, Mara desafiou médicos e enfermeiros com tratamentos ousados e continuou colecionando namorados. Logo depois do acidente, quando ainda se recuperava no hospital, ela pediu ao namorado que a penetrasse com os dedos e descobriu que não apenas sentia o toque por dentro, como aquele prazer tinha ganhado outro sentido.

Depois de se estabilizar, Mara resolveu ajudar outros portadores de necessidades especiais e fundou uma ONG para tentar melhorar a vida de mais deficientes. Eleita deputada com essa plataforma em 2010, ela está entre os parlamentares mais bem avaliados desde então.

(Indicado por Rodolfo Borges, subeditor de Brasil do R7, facebook.com/rodolfo.borges.31)

Depois Daquele Dia

336 páginas
R$ 34,90
Editora Benvirá
Compre no R7 Livros!