Publicado em 20/04/2014 às 16:59

Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

A übermodel (ainda existe esse termo?) e angel da Victoria Secret´s (ainda existe isso?) carregou a filha Anja, de 5 anos, para o Coachella.
Num festival onde Paul McCartney circula tranquilo, levaria fácil minha filha.
Povo de redes sociais (sempre eles) xingou adoidado no Twitter. Mas, pô, olha quem mais circulou pelo Coachella na boa.

alessandra Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Alessandra sozinha

anja Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Anja, à esq., com amiguinha

anja1 Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

e no crowdsurfing

aaronpaul Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Aaron Paul

carmenelectra Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Carmen Electra

darylhannah Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Daryl Hannah

DavidHasselhoff Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

mr Baywatch, David Hasselhoff

emmaroberts Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Emma Roberts

fergie Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Fergie

frances Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

a filha do Kurt, Frances Cobain

hillaryduff Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Hillary Duff

jaredleto Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Jared Leto

joejonas Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Joe Jonas

katyperry Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Katy Perry

kellyosbourne Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Kelly Osbourne

kesha Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Ke$ha

lindsay Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Lindsay Lohan

michellepfeiffer Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Michelle Pfeiffer

paris Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Paris Hilton

paulmccartney Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Sir Paul

steventyler Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Steven Tyler

tonyhawk Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Tony Hawk

vanessahudgens Você levaria sua filha de 5 anos a um festival? Alessandra Ambrosio levou

Vanessa Hudgens

Publicado em 18/04/2014 às 19:12

um vídeo emocionante e outro matador

Emocionante é o Belle & Sebastian tocando "Don´t Stop Believin´" em projeto que leva músicos para tocarem para crianças internadas em hospitais.

E matador, ou melhor, matadora é a música nova do Mastodon.

Publicado em 16/04/2014 às 11:29

infelizmente não eram rumores do AC/DC

segundo eles, a banda continua. Mas duvido que dessa forma (que acabam de postar no Facebook):

AC/DC
After forty years of life dedicated to AC/DC, guitarist and founding member Malcolm Young is taking a break from the band due to ill health. Malcolm would like to thank the group’s diehard legions of fans worldwide for their never-ending love and support.
In light of this news, AC/DC asks that Malcolm and his family’s privacy be respected during this time. The band will continue to make music.

Publicado em 16/04/2014 às 11:21

a coisa tá tão feia na música que meu garimpo é um seriado dos anos 60

Lá venho eu falar de Mad Men de novo. Tá, mas se você ainda não assiste, não sabe o que está perdendo.

Pronto, parei.

Mentira. Quero falar mais.

Além da aula em cada episódio, ainda reativam músicas e grupos que estavam esquecidos no meu HD cerebral.

Como na cena da mulher do bonitão Don Drapper, Megan, com a magnífica "I´m a Man", do Spencer Davis Group.

Ou na cena final deste primeiro episódio da sétima e última temporada com a versão do Vanilla Fudge para "You Keep me Hangin´On", das Supremes.

Numa época que minha diversão são as rádio rock (no caminho para o trabalho, hoje, ouvi com gosto Guns n´Roses, Bon Jovi e Def Leppard) é bom demais redescobrir tais "novidades".

Publicado em 15/04/2014 às 11:58

AC/DC vai pendurar as chuteiras até amanhã

acdc AC/DC vai pendurar as chuteiras até amanhã

É a notícia que corre hoje.

Não é injusto dizer que é a maior banda de rock de todas.

Beatles é hors concours. E Rolling Stones é super estimado demais.

Fato é que entrariam em estúdio para gravar um disco novo agora em Abril. E fariam 40 shows pelo mundo para comemorar os 40 anos de carreira.

Mas há algumas semanas o fundador e guitarrista Malcolm Young teria sofrido um derrame, que deixou um coágulo em seu cérebro. Situação parece instável, mas muito provavelmente, se confirmado, vai impedi-lo de tocar (ao menos como tocava) de novo.

E sem Malcolm não há AC/DC.

Fim de uma era.

Publicado em 14/04/2014 às 05:34

Se depender do nível de exigência de beleza atual a humanidade não passa desta geração

Já não basta o tanto de informações que nos obrigam a (p)reservar, agora temos também que moldarmos corpos que serviriam de inspiração para Michelangelo.

É o que aponta uma pesquisa de uma marca de lingerie inglesa sobre o homem e a mulher perfeitos.

Tudo bem que já eram esperadas certas características, como a demanda por físicos que devem demandar uma meia dúzia de horas diárias em academia. Mas curioso é que as mulheres enxergam um ideal bem mais magro em ambos os gêneros.

Olha abaixo.

1a Se depender do nível de exigência de beleza atual a humanidade não passa desta geração

1 Se depender do nível de exigência de beleza atual a humanidade não passa desta geração

Publicado em 13/04/2014 às 19:15

Disputa por pênaltis deveria ser abolida

foto Disputa por pênaltis deveria ser abolida

Na real, todos campeonatos estaduais deveriam ser abolidos. Mas uma coisa por vez.
Disputa por pênaltis vai contra tudo o que é o princípio (e bacana) no futebol. É sabido que os esportes praticados com as mãos (fora os que demandam destreza com equipamento extra, como tênis) são mais fáceis. Futebol já nasce difícil por ser jogado com os pés. E a origem de toda magia do futebol é o improviso. Você pode até filosofar sobre o toque de bola treinado como relógio suíço de um time, mas o que vai ficar é aquele gol do Neymar contra o Flamengo que ganhou como mais bonito do mundo há uns três anos.
Ou seja, você coloca todo um torneio numa bola parada e no chute de um atleta, com toda pressão possível em suas costas. Fosse pra ser bronca individual, não seja esporte coletivo. Fosse pra decisão pragmática assim, que sejam criadas regras impeditivas do improviso.
E mais. Nas decisões por pênaltis sempre vai ter um vilão. Certeza que a última imagem que passará nas cabeças de Baggio, Zico e, hoje, esse Neto, do Santos, será os pênaltis que perderam e que foram responsáveis pela derrocada de todo o time. Nada mais injusto com os atletas.
Tudo bem que dois dos jogos mais importantes que já vi foram decididos dessa forma. Uma das primeiras imagens que lembro é a final do Brasileiro de 1977, quando o São Paulo venceu o Atlético Mineiro dessa forma, e que me fez virar são-paulino.
O jogo mais emocionante que assisti ao vivo também foi para os pênaltis. A decisão do Brasileiro de 1986, que aconteceu em 87, quando Careca fez gol de empate no último lance da prorrogação contra o Guarani e o São Paulo foi campeão nas penalidades.
Apesar de tudo (de bom), os dois jogos mereciam final melhor.
E apesar da total falta de relevância do Campeonato Paulista, este também merecia melhor destino.

(Em tempo: tomei uma bronca do Kotscho por não ter apontado opção para a disputa por pênaltis. E bronca do Kotscho a gente ouve. Que se faça um terceiro jogo. Ou que a campanha no torneio beneficie um dos dois times. Qualquer coisa menos pênaltis.)

Publicado em 11/04/2014 às 16:15

Gisele Bündchen cantando é ainda mais divina

E escolheu bem a música - "Heart of Glass", do Blondie.

É uma campanha para a H&M e toda renda irá pra Unicef.

Publicado em 10/04/2014 às 04:44

Obituary, a banda de death metal mais fofinha do mundo

donald Obituary, a banda de death metal mais fofinha do mundo

Donald e sua namorada e parceira no Metal Meowlisha, Heather

Donald Tardy é baterista de uma das bandas mais extremas de metal à noite. De dia, você pode encontrá-lo pelas ruas de Tampa, na Flórida, atrás de gatos de rua para oferecer-lhes mais dignidade de vida. Donald é baterista do Obituary, que toca aqui no Brasil neste abril (dia 24, no Rio, dia 25 em Salvador, 26 no pernambucano Abril pro Rock e 27 em São Paulo). Se gostar da música, não perca um dos shows, pois o grupo é lendário, léguas acima de seus 30 anos de existência. Se você gosta de gatos e animais, pode entrar em contato pelo helpcats@obituary.cc
Teclei com ele e o cara me explicou mais sobre essa vida dupla.

Vocês estão há mais de 30 anos prestando serviços ao metal extremo. Qual é o segredo para sobreviver tanto tempo no limite?
Cerveja gelada e carne assada. Brincadeira. Nós somos apenas pessoas normais, apesar de tocarmos música extrema. A maioria das pessoas que encontramos fica impressionada com o quão normais somos nas nossas rotinas familiares. Agora, no palco, a história é diferente, porque nós botamos para foder. Mas ao ir para casa voltamos a ser pessoas normais.

Obituary, Morbid Angel, Deicide, Cannibal Corpse. Por que a ensolarada Florida tem tantas bandas de death metal?
Por causa da água suja e lamacenta.

Quais são as suas histórias favoritas da banda nessas três décadas?
São mais histórias do que consigo imaginar e apontar apenas uma. Por isso focamos no agora, e este ano promete ser um dos mais agitados de nossa história. Além disso somos os melhores amigos uns dos outros no grupo.

Obituary nasceu na época do vinil e K7, passou pelo CD, MP3 e internet. O que toda essa mudança de mercado afetou a banda?
Toda a tecnologia leva à queda de venda de discos. Nós vendemos hoje um terço do que costumávamos vender por causa da Internet. Não há nada que possamos fazer sobre isso. Só podemos seguir em frente e pensar em maneiras de ainda sobreviver financeiramente neste cenário, por isso estamos lançando disco por conta própria e não para que uma gravadora lucre. O cenário tem mudado muito rapidamente e o Obituary tenta sempre ficar um passo à frente das mudanças. Possuir um estúdio próprio e sermos capazes de gravar um álbum é um bom passo neste momento.

(Nota: a banda vai lançar o disco novo com dinheiro arrecadado por crowdfunding.)

Qual é a razão da demora de lançar um disco novo?
Não é fácil compor um álbum. Mas nós estamos nos divertindo com o processo do disco atual. Só que leva tempo. Mesmo sendo tão amigos e parceiros como somos uns dos outros na banda.

Conte sobre Unation e Metal Meowlisha.
UNation é um site que ajudamos a desenvolver em cima do que pensamos que os fãs gostarão de ter online. (UNation é uma rede social - http://www.unation.com/)
Metal Meowlisha sou eu e minha namorada (Heather). Somos apenas um casal de metaleiros que amam animais. Aqui na Flórida a população de gatos de rua é um problema sério, então ajudamos a recolher, castrar, vacinar e dar carinho. É apenas enxergar um problema e doar seu tempo para ajudar. Moradores de rua tem voz. Animais de rua não. Apenas tentamos ser a voz deles. (http://obituary.cc/helpcats.html)

Página 1 de 10112345...Último
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com