TizianoFerro Who the hell is Tiziano Ferro?

Confissão: às vezes recebo discos e não faço a mais pálida ideia da importância do artista para o público. Como Tiziano Ferro.

Não sei, ele fica fora do meu radar, então fico com a curiosidade e pergunto a amigos: por que raios um cara que não me chama a atenção em nada desperta esse fanatismo em você?

Fiz essa pergunta para minha amiga Lelê (@alesie) já que um dos highlights da viagem recente dela para Europa foi para ver o Tiziano em questão. Segue abaixo o que ela responde à pergunta.

"Eu sou uma fã nova do Tiziano Ferro. Nova, assim, relativamente. De três anos pra cá é que comecei a prestar atenção nele, em coisas além de 'Imbranato', que era aquele melô-grudento da novela 'Mulheres Apaixonadas', do Padre Pedro, vocês lembram? Então. Eu tinha meio que raivinha, até.

Mas aí em 2010 eu comecei a prestar atenção e me apaixonei pelas letras. O Tiziano tem aquela coisa de transpirar paixão, típica dos cantores italianos, mas mesclada com uma verdadeira capacidade de escrever poesia boa. O texto dele é incrível, forte, lírico e realmente BOM, no nível linguístico da coisa. Ele é um talento.

E foi em 2010 mesmo que ele fez o que ninguém esperava: saiu do armário. Tiziano se assumiu gay a uma revista, a Vanity Fair, em outubro daquele ano. E aí você pensa: um galã, lindo daquele jeito, cantor com letras românticas, na Itália... é de se pensar que podia ser um tiro no pé.

Mas não foi. Foi ótimo. Eu pude constatar, quando fui agora em maio passado a Zurique ver o show da nova turnê dele, 'L´Amore È Una Cosa Semplice'.

O Hallenstadion, onde foi o show, lotadaço, todo mundo cantando junto, comprando camiseta, gritando o nome dele, uma vibe absurda.

'L´Amore È Una Cosa Semplice' é o quinto álbum de Tiziano, e o primeiro após ele se assumir gay. Se você for olhar os outros trabalhos dele, é uma coisa muito mais elaborada musicalmente (é ouvir a faixa 'Hai Delle Isole Negli Occhi' pra entender na primeira frase jazzy o que eu estou tentando dizer).

Nas letras, porém, ele prega a simplicidade. Você consegue sentir o alívio em cada palavra, você ouve Tiziano sorrindo ao dizer que o amor não é uma coisa complicada e que ele tem o conforto de que precisa agora.

Este disco é pra fechar com grande estilo essa fase da procura do Tiziano pelo estilo de vida que ele sempre quis ter, menos introspectivo e mais receptivo (quem leu a biografia dele sabe que era essa a sua busca primordial).

Agora é torcer pra ele vir ao Brasil."