Publicado em 06/08/2012 às 10:49

Usain Bolt protagoniza cena épica (e não foi correndo)

Em 1980, o ursinho Misha, mascote da Olimpíada de Moscou, chorando. Em 1984, a maratonista Gabriele Andersen cambaleando ao entrar no estádio pra completar os 42 quilômetros e quebrados de metros. Em 2004, Vanderlei Cordeiro de Lima agarrado pelo irlandês maluco quando liderava a maratona. Imagens que ficaram pra mim das Olimpíadas passadas. Nesta, tem uma em potencial – a do vídeo abaixo.

O jamaicano Usain ‘Lightning’ Bolt dá entrevista a uma TV espanhola ao vivo. No meio, começa uma cerimônia de premiação. Ele ainda pergunta se é ao vivo, a repórter responde que sim, ao que ele pede desculpas e ambos viram para prestar respeito a “Star Spangled Banner”, hino norte-americano.

Mais do que a quebra de protocolo, mostra o espírito olímpico na prática.

O cara tinha acabado de ganhar a principal prova dos Jogos, os 100 metros rasos, e confirmar sua condição de homem mais rápido do mundo, com quebra de recorde olímpico. Ele era o cara mais importante do mundo naquele momento. Ele podia pedir que o mundo parasse, mas em vez disso optou por parar para reverenciar outro atleta, outro país, todos nós.

Dá uma olhada.

Usain Bolt em entrevista à TVE por luizcesar no Videolog.tv.

16 Comentários

"Usain Bolt protagoniza cena épica (e não foi correndo)"

6 de August de 2012 às 10:49 - Postado por Luiz Cesar Pimentel

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Adolfo Neto (UTFPR) (@adolfont)
    - 8 de agosto de 2012 - 14:02

    Faltou dizer que a atleta que estava recebendo a medalha é Jamaicana, como Bolt. A diferença é que ela compete pelos EUA. http://en.wikipedia.org/wiki/Sanya_Richards-Ross

    Responder
  • Hugo de Oliveira Rocha
    - 8 de agosto de 2012 - 8:42

    Este cara é o cara mesmo!!! Não é um falso patriota, e também honra todas as outras nacionalidades! Show de bola! É de se arrepiar!

    Responder
1 2 3 4 5
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com