Talvez seja o grande crime desta geração. Ao menos na minha conta é. Mesmo moleque, lembro da notícia do assassinato do beatle em 8 de dezembro de 1980. A foto do assassino, desde então, sempre me assombrou - Mark David Chapman, um imbecil que deu quatro tiros em John Lennon. Sem troco. Esta semana, ele pede liberdade condicional pela sétima vez.

1345382489 9636 Mark David Chapman today 234x300 Assassino de John Lennon vai a julgamento esta semana

No dia do assassinato, ele ficou postado na frente do prédio onde John morava com Yoko, o ex-beatle ainda autografou à tarde uma cópia do álbum recém-lançado, Double Fantasy, pro cara. Por volta de 23h, quando voltava pra casa, John tomou os tiros de Chapman, que carregava uma cópia do livro O Apanhador nos Campos de Centeio e se dizia inspirado pelo livro para cometer o crime.

O pedido de liberdade é um direito concedido pela Justiça norte-americana a cada dois anos após 20 anos de sentença. Chapman foi condenado à prisão perpétua. Que continue assim.