Publicado em 04/09/2012 às 11:22

Ensinar ‘Quero Tchu Quero Tcha’ pra minha filha é declaração de guerra

Começou quando minha filha mais velha, Nina, cantou uma adaptação de “Quero Tchu, Quero Tcha”, ensinada na escola.

Tinha decidido não interferir na educação musical das duas – a mais nova é a Lola (2 anos; Nina tem 4). Mas recebi a declaração de guerra.

lola 300x300 Ensinar ‘Quero Tchu Quero Tcha’ pra minha filha é declaração de guerra
esta é a Lola

nina 225x300 Ensinar ‘Quero Tchu Quero Tcha’ pra minha filha é declaração de guerra
e esta é a Nina

Até então, tinha escutado 712.439 vezes a dona aranha subir pela parede e ser derrubada pela chuva forte.

Vá lá, emplaquei uma Coleção Disquinho no gosto delas – da época pré ansiolíticos e anti-depressivos, quando o mundo não era sedado por 50 tons de cinza, mas com preto e branco bem definidos.

Mas usar onomatopéias contra o bom gosto em crianças inocentes é provocação demais.
Minha tática foi testar uma colisão de universos. Comecei com “Yellow Submarine”, dos Beatles (o desenho animado). É tanta viagem que conseguiu hipnotizar o déficit de atenção geracional por longos 10 minutos.

Semente plantada, fui convidado para uma participação na classe delas para o “dia em que os pais participam da aula” (ou algo do gênero). Geralmente, levam um livro, tipo “Chapeuzinho Vermelho”, e o pai faz o Lobo Mau e a mãe, a Chapeuzinho. Ideia da @telbueno, levei uma guitarra, amplificador, contei uma história maluca sobre submarino amarelo, coloquei a música pra rodar e toquei enquanto a classe cantava e pulava o refrão. Sucesso.

Caminho aberto, meu próximo passo é usar a mesma arma que os cantores das vogais ou das expressões grudentas.

Assim nasceu o CD abaixo. Já fiz até um livro sobre músicas e crianças e listas de músicas feitas por músicos para crianças e tal. Dá uma olhada aqui se tiver interesse.

Mas agora separo a teoria (o livro) da prática (o CD). Montei da minha biblioteca de músicas no computador pensando em canções alto-astral (acordes maiores, abertos, pra cima), refrões fáceis e grudentos e/ou expressões sonoras e temas que são impossíveis de se ouvir sem balançar a cabeça. Bom, tá aí a proposta.

1. Yellow Submarine (Beatles)
2. Island in the Sun (Weezer)
3. Charmless Man (Blur)
4. Our House (Madness)
5. Surfin´Bird (Ramones)
6. Fight For Your Right to Party (Beastie Boys)
7. Friggin´in the Riggin (Sex Pistols)
8. Tutti Frutti (Elvis Presley)
9. Ob-La-Di Ob-La-Da (Beatles)
10. He´s So Gay (Frank Zappa)
11. Nellie the Elephant (Toy Dolls)
12. Bohemian Rhapsody (Queen)
13. Diggy Liggy Li (The Flying Burrito Brothers)
14. Preta Pretinha (Novos Baianos)
15. Lunático (Cachorro Grande)
16. The Final Countdown (Europe)
17. Don´t Stop Believin´(Journey)
18. Lola (The Kinks)
19. Hey Ya (OutKast)
20. I Love Rock and Roll (Joan Jett)
21. Another Sunny Day (Belle & Sebastian)
22. Stuck in the Middle with You (Eagles of Death Metal)
23. Alabama Song (The Doors)

Depois conto que bicho deu. Aliás, se você testar, me conte, por favor. Nessa guerra aceito aliados.

13 Comentários

"Ensinar ‘Quero Tchu Quero Tcha’ pra minha filha é declaração de guerra"

4 de September de 2012 às 11:22 - Postado por Luiz Cesar Pimentel

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Luciana
    - 9 de setembro de 2012 - 18:04

    Luiz, minha sobrinha de 4 anos adora Ramones. Começou com o CD do Pato Fu (Música de brinquedo) e, percebendo o quanto ela curtia, gravei outras faixas pra ela. Ainda não consigo vencer 100% as influências externas onomatopeicas, mas estou fazendo minha parte. Vou providenciar mais um CD, com suas sugestões. Obrigada!

    Responder
  • Fábio Aparecido de souza
    - 5 de setembro de 2012 - 11:12

    Nossa curti muita essa noticia eu apoio em grau em genero bela iniciativa adorei a lista de musicas vou praticar em casa tenho uma filha de 09 anos ela começou a aprender ingles otima ideia

    Responder
1 2 3 4 5
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com