Publicado em 16/09/2012 às 13:34

Comprei de novo o primeiro disco que comprei na vida

Bom, é isso. Frase confusa que diz tudo. O disco é de uma época em que discos marcavam épocas, 1977.

Completa 35 anos mês que vem.

Eu o tenho há uns 32, e após uma fase que não conta, de disquinhos infantis dados pelos pais ou escolhidos na base do “aprendi tal música na escola”, este foi o primeiro que comprei, influenciado pelo meu irmão mais velho.

Eu o tenho até hoje, gasto pelo tanto que o escutei à ocasião.

Never Mind the Bollocks, dos Sex Pistols, fez com que eu encontrasse uma revolta pré-adolescente que não sabia que tinha. Quando Johnny Rotten cantava “I´m an antichrist/I´m an anarchist” era assustador; quando gritava “I don´t care”, era estimulante, quando xingava a rainha, era desafiador. O disco me fez estudar inglês, me fez tudo.

Hoje continuo ouvindo-o em CD ou MP3 (nem venha com essa história de que o vinil é que tem o som blábláblá...Isso só vale para quem tem uma aparelhagem pra tocar discos de vinil de pelo menos R$ 10 mil, do contrário, qualquer arquivo digital acima de 128kbs é superior. Mas é assunto para outro post. Voltemos.)

Apesar de ter o original da época guardado e acumulando poeira, encomendei nova edição em vinil, na gringa – edição limitada de 1977 cópias em disco duplo, um em vinil rosa e um em vinil amarelo. Como foi o único disco de estúdio do Sex Pistols com Johnny Rotten (tem 38 minutos), traz um segundo com show na Suécia. Se ficar curioso, está aqui.

O que importa é que 35 anos depois ele continua tão bom quanto quando foi lançado. Talvez melhor. Certamente fica melhor depois de conhecer a história por trás do disco, no documentário abaixo da série “Classic Albums” (está em inglês sem legenda. Se você fala um pouco, vale a pena).

Sex Pistols - Never Mind the Bollocks (Classic Albums) por luizcesar no Videolog.tv.

Se você não fala inglês, ao menos ouça o disco:

Momento Vídeo Show:
Hoje, dia 16 de setembro, faz 35 anos que Marc Bolan (T-Rex) morreu em acidente de carro, 27 anos que o Slayer lançou Hell Awaits, 28 de Perfect Strangers, do Deep Purple, e é aniversário de BB King (87 aninhos), Dave Snake Sabo, do Skid Row (48), e Falcão (55).

Comente

"Comprei de novo o primeiro disco que comprei na vida"

16 de September de 2012 às 13:34 - Postado por Luiz Cesar Pimentel

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com