Publicado em 26/02/2014 às 11:44

Morreu o monstro do violão, Paco de Lucia

O nome talvez diga pouco para o público. Mas o espanhol Paco de Lucia era tão grande pro gênero flamenco em que se especializou que o popularizou para outras vertentes.

Tanto que entre os seus fãs e influenciados um dos maiores é Eric Clapton.

Olha um vídeo dele pra entender de quem falo.

Publicado em 25/02/2014 às 17:06

Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Estranho pensar que George Harrison faria 71 anos hoje.

Mais estranho era o gosto dele por guitarras variadas.

Ele teve todas. E usou todas.

Dá uma olhada na linha do tempo dele de guitarras.

Essa Egmond foi a primeira (violão no caso), e pagou 3 libras por ela(e). Vale hoje supostamente U$ 800 mil.

georgeharrisonprtimeira Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Aí adquiriu essa Hofner em 1959.

georgeharrisonhofner Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Depois, ainda em 1959, quis uma Strato e comprou esta Futurama, tcheca.

georgeharrisonfuturama Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisonresonet Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Aí, em 1961, começa a fase Gretsch, que usou muito até 1964. Seguem três modelos, Duo Jet, Firebird e Tennesseean.

georgeharrisongretschduo Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisongretschfirebird Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisongretsch619 Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Entre elas, usou uma Mason Mastersound.

georgeharrisonmason Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Logo, as minhas preferidas, as Rickenbacker. Uma 425 e uma 360 de 12 cordas.

georgeharrisonricken425 Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisonricken36012 Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisonricken36012a Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Aí muda radicalmente e vai para uma Fender Strato, lá pra 65.

georgeharrisonfenderstrato65 Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Vem a fase Gibson/Epiphone, com a sequência de uma 345, uma Epiphone 230, uma SG e fecha a conta com uma Les Paul.

georgeharrisongibson345 Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisonepiphone230 Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisongibsonsg Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

georgeharrisongibsonlespaul Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Como não poderia faltar, uma Fender Telecaster.

georgeharrisonfendertele Todas as guitarras de George Harrison, que faria 71 anos hoje

Publicado em 21/02/2014 às 17:16

Os 10 nomes da música que você vai ouvir falar em 2014

Segundo a rádio KCRW, de os Angeles.

A rádio tem um bom retrospecto em apostas, mas metade das deste ano não passaram nem da primeira música pra mim.

Cinco delas são bem boas e viraram boas indicações para procurar mais coisa.

São elas:

Big Data, “Dangerous”

Jamestown Revival, “California (Cast Iron Soul)”

Jetta, “Feels Like Coming Home”

Bear Hands, “Giants”

Sam Smith, “Together”

Só que daqui pra baixo...simplesmente deletei.

Hozier, “Take Me To Church”

Banks, “Brain”

Mr. Little Jeans, “Oh Sailor”

Chris Malinchak, “So Good To Me”

Moses Sumney, “Alchemy”

Publicado em 20/02/2014 às 15:54

2014 sepultou a era dos festivais de rock. Infelizmente

Foi anunciado hoje o line up do Festival de Bonnaroo, no Tennessee (EUA).

Rola entre 12 e 15 de Junho, e quase sempre é a melhor escalação entre os festivais internacionais de Verão.

Aí fui olhar, e tão lá como headliners: Kanye West, Elton John, Jack White e Lionel Ritchie.

Repito. Kanye West, Elton John, Jack White e Lionel Ritchie.

Só isso já sustenta o título deste post, acredito.

Mas fui descendo a escalação e dos quatro dias, eu assistiria com gosto Mastodon e Neutral Milk Hotel. O resto é um Flaming Lips se der e bem talvez o Arctic Monkeys.

Faz cinco anos fui ao mesmo festival e numa pesquisa rápida contei 24 shows (bons) assistidos.

Pra começar, a edição a que fui, em 2009, marcou o último show ever do Beastie Boys. Além deles, Wilco, Mars Volta, Decemberists, Bon Iver, Band of Horses, Dillinger Scape Plan, High on Fire, Merle Haggard, Nine Inch Nails, Bruce Springsteen, Al Green...

Cinco anos e um mundo separam os dois.

Publicado em 18/02/2014 às 23:13

música nova do weezer é bem da boa

desde 2001, desde o álbum verde, a banda anda vacilando.
mas essa música nova, "back to the shack", que tocaram no "weezer cruise" (cruzeiro do weezer, aquele lance de tocarem num navio), promete.

Publicado em 18/02/2014 às 12:54

duas idosas de 100 anos debatem cultura pop

Daquelas pautas simples e ótimas que pouco são realizadas por aqui mas que nos EUA executam muito bem.

Duas amigas há 94 anos falam sobre Justin Bieber, iPhone, selfie e BFF.

Publicado em 17/02/2014 às 12:25

Técnico do Santos visita local ‘sagrado’ do heavy metal

Ele acabou de ser campeão da Copa São Paulo.

Pepinho Macia é filho do ex-jogador Pepe, que fez fama no Santos de Pelé e na seleção brasileira, pela ponta-esquerda.

Só que Pepinho é do metal.

Lembro da fama dele desde os anos 1980, quando tinha uma loja especializada em heavy metal em Santos.

Ontem, ele colocou no facebook a realização de um sonho, uma visita à casa onde foi tirada a foto de capa do primeiro disco do Black Sabbath, "Black Sabbath".

Dá a idéia de uma bruxa em floresta mal-assombrada, mas na realidade, pelas fotos que ele postou, é um local bucólico em Reading, cidade que abriga um dos festivais mais famosos da Europa, distante uma hora de Londres.

Olha aí.

e no facebook ele postou o seguinte:

"GALERA!! HOJE EU REALIZEI UM PEQUENO SONHO!!
FUI CONHECER A MISTERIOSA CASA DA CAPA DO 1 ÁLBUM DO BLACK SABBATH!!
Para tal, fui até a cidade de Reading. De lá peguei um taxi (aí meu bolso), e fui até o vilarejo de MAPLEDURHAM onde se encontra a MAPLEDURHAM WATERMILL ou seja, a casa do álbum BLACK SABBATH
Como vários outros fans do mundo todo aparecem por la, a casa virou ponto turístico e paga-se para entrar lá
Acontece que a casa está aberta a visitação de fim de março a novembro, ou seja, a porra da casa tava fechada!!
No melhor BRAZILIAN STYLE eu pulei a cerca e bati as fotos!! (Por isso não estou nas fotos,quase pedi pro taxista pular a cerca também!! rsrs)
A casa fica numa região lindíssima as margens do Rio Tamisa (mas a noite deve ser assustador!!!)
SONHO REALIZADO PORRA!!!"

Publicado em 15/02/2014 às 15:55

AC/DC prepara disco novo e turnê de 40 anos

brian johnson AC/DC prepara disco novo e turnê de 40 anos

Quem deu a pista foi o vocalista Brian Johnson.

O cara mora na Flórida e é viciado em carros e corridas. Lançou até livro sobre, "Rockers and Rollers".

Deu uma entrevista para uma rádio, onde participa da Palm Beach Grand Prix e revelou que em maio entram em estúdio e que neste ano farão 40 shows para celebrar os 40 anos de carreira da banda.

Ouve a entrevista aí. Ele fala sobre AC/DC no final, ali pelos 6m30s.

e se quiser mais assiste a versão Lego de "Back in Black".

Publicado em 14/02/2014 às 12:11

Sabe qual é a verdade do Dia dos Namorados?

her Sabe qual é a verdade do Dia dos Namorados?

A verdade é que você, solteiro ou não, deve ir assistir “Ela”, que estreia hoje, e desfazer o caldo que brada que o filme mostra como nossas relações tem se tornado frias por culpa de:

1. Internet;
2. What´s app (também internet);
3. Instagram (também internet);
4. Facebook (obviamente também internet);
5. Qualquer variação de internet que queira colocar aqui.

“Ela” tem o argumento de o cara (Joaquin Phoenix) se apaixonar por um sistema operacional interativo com a voz da Scarlett Johansson. Superficialmente é isso – a troca de relações humanas por robotizadas.

Mas, pensa bem, vai.

É um filme de amor. Que, mergulhando um pouco mais, apresenta o verdadeiro culpado pelas suas/nossas frustrações sentimentais: nós mesmos.

É. Porque tentamos padronizar tudo e transferir a responsabilidade de tamanha subjetividade para qualquer zona de conforto objetivo.

Quantas vezes você já não se pegou falando: “não existe mais conversa em mesas de restaurante ou bar. Todo mundo só fica no celular”?

A verdade é que vai pro celular quem não tem nada melhor pra fazer. Desculpe se você é uma companhia tão pouco agradável assim e seus companheiros de mesa preferem o iPhone ou o Galaxy a você.

E, na boa, nem é tanta gente assim que fica agarrada à tela do celular. É imensa minoria. Imensa mesmo. E a maioria dessa imensa minoria está ali justamente porque não estaria fazendo absolutamente nada, no banco do ônibus ou tomando um café sozinha.

E se você identificou esses requisitos todos, você possivelmente é parte dessa imensa maioria da imensa minoria. Por se incomodar com isso, por se incomodar com as vidas dos outros, e quem se incomoda com a vida do outro tem imenso potencial stalker, daqueles de ficarem horas fuçando facebook, instagram, linkedin...ops. Tá vendo?

“Ela” fala de resolução de carência por meio de inteligência coletiva. Nesse caminho, há manipulação, vigília, tudo aquilo que a gente conhece. A voz de Scarlett é um mero detalhe na analogia.

É muito bom para quem adora falar que “Dia dos Namorados” é uma data comercial.

Assim como o vídeo abaixo.

Página 5 de 100Primeiro...34567...Último
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com