Publicado em 16/05/2012 às 20:11

Quando os punks viram pais – melhor documentário ever?

Essa é uma ideia que gostaria de ter tido. Nada combina menos com um punk rockstar do que a paternidade. E neste documentário estão ali os caras que gritam “no future” e “fuck the system” no parquinho de diversões, empurrando seus filhos no balanço e filosofando sobre a real função deles neste mundo.

É sensacional.

Tem Brett Gurewitz (Bad Religion), Jim Lindberg (Pennywise), Mark Hoppus (Blink 182), Ron Reyes (Black Flag), Tony Hawk (skatista), Tony Adolescent (Adolescents), Duane” Master of Disaster” Peters (US Bombs), Fat Mike (NOFX), Tim McIlrath (Rise Against), Art Alexakis (Everclear), Jack Grisham (TSOL),Mark Mothersbaugh (Devo), Joe Escalante (Vandals), Lars Fredriksen (Rancid), Flea (Red Hot Chilli Peppers).

E tomei a liberdade punk pra ripar “with a little help from my friends” do R7 o doc em 3 partes de uns 30 minutos cada. Tá logo aí.

Faça um favor pra você mesmo caso seja pai ou tenha ideia de ser um dia: assista.

Parte 1 – o início

The Other F Word - parte 1 por luizcesar no Videolog.tv.

Parte 2 – o meio

The Other F Word - parte 2 por luizcesar no Videolog.tv.

Parte 3 – e o fim

The Other F Word - parte final por luizcesar no Videolog.tv.

Publicado em 16/05/2012 às 06:00

Um passeio pela Nova York do punk – Parte 6 – Mural do Joe Strummer

joe strummer Um passeio pela Nova York do punk – Parte 6 – Mural do Joe Strummer

(Na certidão de nascimento do punk, um dos pais creditados é o cara aí acima)

Vire na Avenida A e desça. Na esquina seguinte encontrará o mural Joe Strummer, ex-guitarrista do The Clash, que faleceu em 2002. O muro onde fica o grafite pertence ao bar Niagara. Lá, em 2003, foi gravado o clipe póstumo de Joe Strummer da música Redemption Song, cover de Bob Marley. O clipe foi justamente em cima do grafite. Dá uma olhada:

6 mapa rock nova iorque pimentel abr 2012 Um passeio pela Nova York do punk – Parte 6 – Mural do Joe Strummer

Veja mais deste passeio:

Apartamento de Joey Ramone

Continental

St. Marks Place

Fillmore East

Physical Graffiti Building

Publicado em 15/05/2012 às 06:00

Um passeio pela Nova York do punk – Parte 5 – Physical Graffiti Building

NY Um passeio pela Nova York do punk   Parte 5   Physical Graffiti Building

(É besta, mas é o tipo de foto que vale a pena ser besta e tirar)

Volte para a St. Marks e no meio da quadra, do lado direito do sentido que você segue, está uma das fachadas mais conhecidas do mundo, da capa do disco Physical Graffiti, do Led Zeppelin.

Pra marcar de vez o local, abriram uma casa de chás embaixo chamada Physical Graffitea (sacou?). O curioso é que as latas de lixo em frente devem ser as mesmas.

Mais curioso ainda é você perceber que o prédio tem cinco andares e na capa do disco só tem quatro. Diz a lenda, que no quarto andar morava o fornecedor de substâncias ilícitas favorito do guitarrista Jimmy Page, e que por conta disso, o andar foi suprimido da versão final da capa.

5 mapa rock nova iorque pimentel abr 2012 Um passeio pela Nova York do punk   Parte 5   Physical Graffiti Building

Veja mais deste passeio:

Apartamento de Joey Ramone

Continental

St. Marks Place

Fillmore East

Publicado em 14/05/2012 às 17:44

Everybody, everybody

Por causa desses caras sou um guitarrista frustrado. Quase 30 anos depois que os conheci.

Explico.

Tinha lá meus 10, 11 anos e gostava de heavy metal. Conheci o Felipe (Machado) e o Nando (irmão dele), e o primeiro tinha essa banda, Viper, começando. Eu tinha uma guitarra e achava que tocava. Ele me convidou para um ensaio. Eu vi que não tocava porcaria nenhuma, e fiquei com essa vergonha da própria (falta de) habilidade desde então.

Não que eles tocassem pra cacete. Mas eles juntos faziam música. E eu junto aos meus amigos fazíamos algo que parecia um som de um rinoceronte cansado e bufando dentro de uma caverna.

Desde então acompanhei cada passo, pois eles se tornaram e são até hoje meus amigos.

Pit (baixista) chegou a morar na minha casa um tempo, quando brigou com o pai. Yves (guitarrista), antes de entrar pro Capital Inicial, fez parte do primeiro núcleo de uma revista que publiquei durante alguns anos, chamada [ ] ZERO. André (vocal) encontrei volta e meia, pois ele virou super concorrido com todos seus projetos, Shaman, Angra etc. Guilherme (bateria) encontrei diversas vezes quando ele acompanhava o Sepultura. Felipe (guitarra) está em todas, batizado de filha, casamento, aniversário...

Há umas 3 semanas foi anunciado que o grupo voltaria, com essa formação clássica, para uma série de shows. Obviamente toda minha infância e adolescência emergiu no meio da notícia, e assisti o primeiro sopro do retorno no Altas Horas deste sábado (vídeo abaixo). E falei com o Felipe sobre isso (por e-mail, pois somos dois caras muito ocupados atualmente...hehehe)

Viper no Altas Horas por luizcesar no Videolog.tv.

1. Por que a volta e por que agora?
Felipe Machado
- Essa volta não chegou a ser realmente planejada, uma série de fatores acabaram ajudando para que ela acontecesse agora. Em primeiro lugar, todo mundo que gosta do Viper sempre nos cobrou essa volta, principalmente porque todo mundo sabe que os integrantes da banda sempre se deram bem. E, realmente, não tinha uma razão para que não houvesse a volta. Mas ela nunca foi organizada, até que o baterista Guilherme Martin começou a botar pilha em todo mundo para a gente voltar a tocar, fazer um show. E daí entrou o pessoal do Wikimetal na história, querendo entrar como produtores da turnê. A partir daí, levantamos a agenda de todo mundo e percebemos que o mês de julho seria perfeito. Para completar, esse ano o disco de estreia da banda, 'Soldiers of Sunrise', lançado em 1987, completa 25 anos. É uma data tão especial que acabou caindo como a cereja do bolo em toda essa história.

2. Foi estranho voltar a tocar com André Matos?
FM -
Todo mundo lembra do Viper com o Andre porque os dois discos marcaram muito, mas na verdade o Pit Passarell foi o vocalista que gravou mais discos e ficou mais tempo à frente do Viper. Mas acho que essa é a razão da expectativa com essa turnê: muito pouca gente, de verdade, viu a banda ao vivo com o Andre. E ele é um vocal sensacional, claro, então é muito bom tê-lo de volta. Com o Pit a gente fazia um som um pouco diferente, adaptava os arranjos ao estilo de vocal dele. Com o Andre podemos fazer qualquer coisa, tocar qualquer canção do repertório que ele simplesmente detona. Foi muito bom voltar a tocar com ele, até porque nunca perdemos o contato. Eu até já escrevi release para o Shaaman...

3. Que história simboliza o retorno e quais são os planos pós turnê?
FM -
Não temos planos além da turnê, pelo menos por enquanto. É claro que seria legal gravar um disco novo, etc, mas dizer qualquer coisa nesse sentido seria colocar o carro na frente dos bois. Queremos caprichar nessa turnê, ver como ela vai rolar, até para ter um termômetro do que poderia ser um disco novo. Mas por enquanto é isso mesmo: uma turnê comemorativa que vai durar um mês. Quanto às histórias, o Viper sempre tem boas histórias de bastidores. Infelizmente, nem todas são publicáveis... Mas uma das melhores é a história da tocha, uma tocha de verdade que o Andre entrava durante Soldiers of Sunrise. Uma vez a tocha caiu e quase colocou fogo no teatro... Você acredita que estão pedindo para a gente incluir a tocha nos efeitos do novo show? E o pior é que a gente achou a ideia boa!

Publicado em 14/05/2012 às 06:00

Um passeio pela Nova York do punk – Parte 4 – Fillmore East

 Emigrant Um passeio pela Nova York do punk   Parte 4   Fillmore East

(Quem vê o banco não imagina sobre quanta história e decibéis ele foi construído)

Dobre à direita no Gem Spa e siga dois quarteirões. Ali fica o Emigrant Savings Bank, espaço que no final dos anos 1960/começo dos 1970 abrigava a lendária casa de shows Fillmore East.

A casa inaugurou com Janis Joplin, em 68, e virou uma das preferidas de Doors, Led Zeppelin, Jimi Hendrix, The Who, etc. O último estreou a ópera rock Tommy no Fillmore. E sua coleção de discos deve ter algum ao vivo gravado ali, como Allman Brothers at the Fillmore, Frank Zappa and the Mothers of Invention at the Fillmore, Neil Young Live at Fillmore. Fechou em 1971.

O Emigrant Savings Bank faz justiça à história do local e deve ser o único banco do mundo que tem pôsteres sobre os caixas de shows realizados por lá.

Em frente ao banco, há dois postes enfeitados com mosaíco de pedras e pedaços do antigo local e a peça principal é um pedaço da guitarra de Pete Towshend, do The Who, que ele quebrou durante performance ali.

Filmore Um passeio pela Nova York do punk   Parte 4   Fillmore East

(Mosaíco na frente do antigo Fillmore)

4 mapa rock nova iorque pimentel abr 2012 Um passeio pela Nova York do punk   Parte 4   Fillmore East

Veja mais deste passeio:

Apartamento de Joey Ramone

Continental

St. Marks Place

Publicado em 11/05/2012 às 06:00

Um passeio pela Nova York do punk – Parte 3 – St. Marks Place

IMG 1491 776x1024 Um passeio pela Nova York do punk   Parte 3   St. Marks Place

(Malcolm McLaren, que montou Sex Pistols, tirou muito da inspiração aqui)

Aí você entra na lendária St. Marks Place e logo no número 4 fica a mais tradicional loja de roupas da área, a Trash and Vaudeville. Couro, vinil, muito preto, acessórios e clientes como Keith Richards, Debbie Harry (Blonde), Joan Jett e Iggy Pop.

A quadra inteira é bacana, com lojas de camisetas, CDs, discos de vinil, etc. No final dela, fica o Gem Spa, o bar que ficou famoso pelo Egg Cream que serve. Ao contrário do que o nome sugere, não tem ovo nem creme, mas uma mistura de água gaseificada, leite bem gelado e xarope de chocolate, que os punks (principalmente os Ramones) adoravam. Johnny Ramone tornou famosa a marca de achocolatado Yoo-hoo – usava sempre camiseta com o logo.

E se você reconhecer a fachada do bar e tentar lembrar onde já a viu antes, vire a capa do primeiro disco do New York Dolls – a foto da contracapa foi tirada ali.

 Gem Um passeio pela Nova York do punk   Parte 3   St. Marks Place

NYDolls Um passeio pela Nova York do punk   Parte 3   St. Marks Place

3 mapa rock nova iorque pimentel abr 2012 Um passeio pela Nova York do punk   Parte 3   St. Marks Place

Veja mais deste passeio:

Apartamento de Joey Ramone

Continental

Publicado em 10/05/2012 às 18:27

Jimi Hendrix – Estocolmo – 09/01/69 (íntegra)

O cara sobe ao palco, mexe no amplificador, regula, afina a guitarra, agradece fulano, dedicao o show a sicrano, tá nem aí, diz que a banda não toca junta há 6 semanas, então será "uma grande jam", vai lá e destroi.

Jimi Hendrix - 09/01/69 - Estocolmo por luizcesar no Videolog.tv.

Publicado em 10/05/2012 às 16:21

vídeo mais bonito da semana

nem sei direito quem é Kelly Clarkson, não conheço(ia) a música, Stronger, mas não dá pra não ficar tocado com a versão filmada com garotos de hospital em Seattle em tratamento de câncer.

Stronger (Kelly Clarkson) por crianças com câncer de Seattle por luizcesar no Videolog.tv.

Publicado em 10/05/2012 às 12:46

melhor tributo ao beastie boy Adam Yauch

junto com o cover do Coldplay, claro

tributoBB melhor tributo ao beastie boy Adam Yauch

Publicado em 10/05/2012 às 06:00

Um passeio pela Nova York do punk – Parte 2 – Continental

Continental Um passeio pela Nova York do punk   Parte 2   Continental

(Antiga casa de shows hoje é o tradicional bom e barato pra cervejas e drinks)

Logo ali ao lado do apartamento de Joey Ramone fica o Continental, que foi tremenda casa de shows (pra uns 175 sortudos) até que Iggy Pop teve a feliz ideia de se apresentar lá em 1993, quando já era o IGGY POP. Foi tanta gente para assisti-lo, o tumulto foi tamanho, que baixou Corpo de Bombeiros no local pensando que era situação que demandasse intervenção emergencial. Depois disso, o dono foi obrigado a colocar isolamento acústico, limitar acesso e os shows foram rareando até encerrar apresentações em 2006.

Foi palco do último show de Joey Ramone, solo, em 11 de Dezembro de 2000.

Até o meio dos anos 1970 era uma discoteca – Freda´s Disco, antes de virar Continental.

Nos anos 1990, tocaram lá Guns N´Roses, Green Day, Patti Smith e os próprios Ramones

2 mapa rock nova iorque pimentel abr 2012 Um passeio pela Nova York do punk   Parte 2   Continental

Veja mais deste passeio:

Apartamento de Joey Ramone

Página 70 de 123Primeiro...6869707172...Último