Às vésperas da Copa, Band perde seu narrador mais experiente e terá de rearranjar equipe de cobertura

Jornalismo

luciano Às vésperas da Copa, Band perde seu narrador mais experiente e terá de rearranjar equipe de cobertura

Luciano do Valle: dez Copas no currículo

A Band foi pega de surpresa com a lamentável notícia da morte de Luciano do Valle. Um dos narradores mais importantes do país, o jornalista, além de ser uma grande perda para o país, abre um rombo na equipe de esportes da emissora. Seu nome era o principal na cobertura da Copa do Mundo deste ano.

Tudo indica que caberá a Nivaldo Prieto substituir Luciano nas narrações. Ainda assim, um posto estará vaga para alguns dos jogos. A essa altura, a Band provavelmente buscará um novo nome no mercado. A equipe escalada pelo canal para o evento é formada por Prieto, Ulisses Costa, Felipe Andreoli, Milton Neves, Renata Fan, Neto, Denílson, Paloma Tocci, Téo José, Osmar de Oliveira, Ronaldo e Edmundo.

O blog lamenta profundamente a morte de Luciano. Com passagens por Globo, Record e Band, o jornalista participou da cobertura de 10 Copas do Mundo. Apaixonado por esporte, se aventurou como empresário no ramo. Depois de escolher Pernambuco como morada, chegou a comandar um programa de variedades na TV Universitária do estado ao lado da esposa na época. Morreu a caminho de um jogo de futebol, prestes a fazer o que sabia de melhor. Para relembrá-lo, um dos muitos gols históricos por ele narrados:

Posts Relacionados

Em abril, ‘Balanço Geral’ venceu ‘Video Show’ em mais da metade dos confrontos

Audiência

bacci Em abril, Balanço Geral venceu Video Show em mais da metade dos confrontos

Luiz Bacci, apresentador do "Balanço Geral"

O clima na produção do "Balanço Geral" não poderia ser melhor. Com o "Video Show" em crise, o programa comandado por Luiz Bacci tem liderado com constância. O blog fez um levantamento dos números de abril. Entre os dias 1 e 17 deste mês, foram exibidas 13 edições do jornalístico. Dessas, a atração liderou oito vezes - quatro delas isoladamente, quatro delas num empate.

Descartando os números prévios do dia 17 - o consolidado só é liberado nesta sexta, às 11h -, durante os 12 confrontos anteriores, a produção esteve à frente ou empatado na liderança com as concorrentes por 4 horas e 51 minutos.

A boa fase do "Balanço Geral" já fez a Globo se mexer. O "Video Show" começou a passar por mudanças e tem exibido cada vez mais reportagens fora do estúdio. Além disso, vai fazer um concurso para eleger um ator para a novela das seis. Por enquanto, as medidas ainda não surtiram efeito na audiência.

Posts Relacionados

Para não perder Rachel Sheherazade para a Band, SBT oferece projeto de novo programa

Jornalismo

rachel Para não perder Rachel Sheherazade para a Band, SBT oferece projeto de novo programa

Rachel Sheherazade: projeto de novo programa

Tão logo surgiram os primeiros rumores de que a Band estaria de olho no passe de Rachel Sheherazade, o SBT resolveu contornar a situação. A emissora, que esta semana vetou que a âncora opinasse em seu telejornal, ofereceu à jornalista o projeto de um programa semanal no qual ela possa falar livremente. Caso a ideia seja de fato aprovada, a ideia é deixar a poeira baixar para começar a tocar a produção.

Posts Relacionados

Gilberto Braga e Gloria Perez trocam farpas, mas não são os únicos; brigas entre autores de novela são comuns

Novelas e minisséries

10377065 Gilberto Braga e Gloria Perez trocam farpas, mas não são os únicos; brigas entre autores de novela são comuns

Gilberto Braga: "na hora que passa, a gente nota"

Nunca se duvidou que a convivência entre autores de novela seja uma verdadeira fogueira de vaidades. Volta e meia, sabe-se de conflito entre dramaturgos, especialmente da Globo, que mantém quatro folhetins inéditos e uma reprise no ar diariamente. Esta semana, o assunto voltou à baila graças ao jornal "O Globo". Numa conversa com os autores de "Três Mulheres", trama das nove que estreará no ano que vem, a reportagem ouviu de Gilberto Braga o seguinte sobre a co-autoria de histórias:

"A Glória Perez escreve com a maior facilidade, sozinha. Ela é bem minha amiga, e uma vez me deu esporro porque eu disse que escrever novela é cansativo. Ela disse: 'Ora, Gilberto, eu escrevo um capítulo em cinco, seis horas. Às vezes nem releio e mando. No dia seguinte eu olho como terminei e continuo. Uma cena atrás da outra'. Enfim, me deu uma bronca. Quando ela acabou, falei: 'Mas, Glória, tem um problema: na hora que passa, a gente nota' (risos)."

Ao fim da declaração o dramaturgo ainda confessou ter ficado com ciúme do fato de Dilma Rousseff ter declarado que as novelas de Gloria eram suas favoritas. Nas entrelinhas, há quem possa achar que quando Braga diz "a gente nota", ele fala sobre a qualidade do texto da colega. Nesta quarta-feira (16), por meio do Twitter, Gloria tratou de responder na mesma moeda.

gloria Gilberto Braga e Gloria Perez trocam farpas, mas não são os únicos; brigas entre autores de novela são comuns

Não raro, a Globo vê seus autores envolvidos em polêmicas. Alguns casos foram amplamente acompanhados pela imprensa e pararam até em livro. O blog relembra alguns deles:

Aguinaldo Silva e Dias Gomes - Depois de assumir a novela de Dias, "Roque Santeiro", Aguinaldo a transformou num grande sucesso. Nos capítulos finais, viu o colega pedir para retomar a autoria sozinho e mudar tudo. Ficaram anos sem se falar. Segundo Aguinaldo contou em livro, só resolveram a pendenga num café, como se nada tivesse acontecido antes, sob olhares curiosos dos colegas.

Aguinaldo Silva e Gloria Perez - Também no livro "A Seguir, Cenas do Próximo Capítulo", Aguinaldo conta que, ao dividir a autoria de "Partido Alto" com Gloria teve um problema. "Não consigo escrever sem escalena. (...) Ela acha que não precisa saber o que vai acontecer pela frente. Na opinião dela, o bom sentar no computador e escrever ao sabor dos ventos. Esse é o método dela", diz. "Essa tensão acabou se refletindo na nossa relação. Houve momentos em que a gente não conseguia sequer se falar (...) por incompatibilidade de métodos de trabalho."

Aguinaldo Silva e Walcyr Carrasco - Em 2011, o autor de "Fina Estampa" acusou o colega, que na época escrevia "Morde & Assopra", cujo grande destaque era a personagem de Cássia Kiss, mulher humilde rejeitada pela cria, de copiar uma de suas tramas. "Eu lhe contei a história de Griselda e seu filho estudante de medicina, e ele me falou que sua próxima novela começaria no Japão e seria sobre robôs, uma vaquinha anã e dinossauros". Tempos depois, Aguinaldo ironizou o fato de o primeiro beijo gay ter sido dado numa novela de Walcyr. Agora, escalou Marina Ruy Barbosa, que virou fantasma em "Amor à Vida" depois de se recusar a cortar os cabelos, numa das protagonistas de "Falso Brilhante", seu novo folhetim.

Benedito Ruy Barbosa e Walcyr Carrasco - Em entrevista recente ao site "Ego", Benedito afirmou que Walcyr estragou "Esperança". Na época, ele teve de ser substituído por motivos de saúde. No livro “A Seguir, Cenas do Próximo Capítulo”, Benedito afirma que Carrasco escreveu um pedido de desculpas pelas mudanças que fez na novela. “Quando ele assumiu a novela, deixei de assistir. Se visse, queria bater nele. (...) Ele simplesmente acabou com a minha novela. Não terminou como eu queria. Depois, mandou uma carta pedindo desculpas. (...) No fim, tudo terminou bem.” O colega se defendeu na imprensa - “Gostaria de lembrar que peguei a novela com 32 de audiência e entreguei, no ultimo capitulo, com 54. Não acho que estraguei tudo não. Mas dei nova dinâmica a seus personagens, talvez afetados por sua doença” - e no mesmo livro: “Eu o entendo perfeitamente. É como dar o filho para o outro educar. No lugar do Benedito eu também teria ficado muito mal”.

Posts Relacionados

Brasileiro vira vilão em ‘Violetta’, novela fenômeno entre os adolescentes na Argentina

Novelas e minisséries

frampton Brasileiro vira vilão em Violetta, novela fenômeno entre os adolescentes na Argentina

Rodrigo Frampton: em novela argentina

Apresentada no Brasil pela Band, a novela infantil "Violetta" é um fenômeno na Argentina, onde é produzida. Agora em sua terceira temporada, o folhetim ganhou um ator brasileiro em seu elenco.

Conhecido por comandar alguns programas no Disney Channel, Rodrigo Frampton entrou na trama como Milton Vinicius. "Ele é um vilão e vai conquistando um espaço e credibilidade na escola. Em princípio, chega só analisando e nao tem a menor paciencia com ninguém", conta o ator, que, depois de passar por três testes, teve de se mudar para a Argentina por causa do trabalho. "No meio de tanta cultura e gente diferente tem sido uma incrivel experiencia, um baita desafio. É uma loucura, todos aqui sao fanaticos por 'Violetta'. Os atores praticamente não podem andar nas ruas. Temo pelo meu personagem que é um vilão, espero que as pessoas gostem de mim".

Posts Relacionados

Por que o casal gay de ‘Em Família’ não repete o sucesso de Félix e Niko?

Crítica

clara marina Por que o casal gay de Em Família não repete o sucesso de Félix e Niko?

Giovanna Antonelli e Tainá Muller numa cena de "Em Família"

Chamou atenção na Globo, durante as tomadas de decisão para a chamada "operação-resgate" de "Em Família", o fato de que Marina (Tainá Muller) e Clara (Giovanna Antonelli) têm torcida bem menor que Félix e Niko, personagens responsáveis pelo primeiro beijo gay das novelas da emissora. Não é preciso ir muito longe, no entanto, para entender o por quê. O problema é de trama.

Mesmo com duas atrizes belas e talentosas conduzindo a história, é compreensível que ocorra um estranhamento na relação entre as duas. A questão é moral, sim, não de preconceito. Pensemos: Clara é uma mulher casada com um homem lindo - ainda que relapso - e tem um filho pequeno. Tem formada uma família, que busca pela melhoria de vida - Cadu (Reynaldo Gianecchini) tenta abrir um negócio próprio - e enfrenta empecilhos como qualquer outra. Não há infidelidade, há uma relação morna. Aos olhos do espectador, a assistente de Marina, a priori, não tem grandes problemas.

Ocorre que ela se apaixonou perdidamente por outra mulher. A partir daí, quer abrir mão do relacionamento, tem cuidado menos do filho - já que passou a trabalhar - e pior: quer deixar o marido justamente no momento em que ele descobre sofrer de uma grave doença cardíaca. Ora, visto por esse prisma, Clara parece uma grande traíra. A infiel é ela, deve pensar boa parcela do público. Há um claro pudor em torcer por alguém que acaba com uma família "tradicional" e abandona o companheiro enfermo.

Façamos um exercício: não fosse Clara casada, apenas namorasse um rapaz, o choque entre alas mais conservadoras não seria menor? Provavelmente. Não estivesse Cadu doente, o caminho não ficaria mais livre? De certo que sim. Manoel Carlos pôs seu público em posição desconfortável neste caso específico. Sim, espectadores de novela são conservadores e já mostraram isso quando rejeitaram a Helena de "Viver a Vida", que era modelo, linda e rica e, ainda assim, só reclamava.

Obviamente, o casal "Clarina", como vem sendo chamado na internet, tem fãs e torcida fiel. Mas está longe do fenômeno que foram seus antecessores Félix (Mateus Solano) e Niko (Thiago Fragoso), infelizmente. Em "Amor à Vida", ambos já estavam livres de suas amarras quando se encontraram e mobilizaram uma multidão de pessoas cruzando os dedos por um final feliz.

A Globo já percebeu o problema. Tratou de aliviar a doença de Cadu e fará com que ele se envolva com Silvia (Bianca Rinaldi). Resta saber se esta gambiarra funcionará.

Posts Relacionados

Confinamento dos participantes do ‘Aprendiz Celebridades’ começa nesta quarta-feira (16)

Reality show

aprendiz Confinamento dos participantes do Aprendiz Celebridades começa nesta quarta feira (16)

Os participantes e a equipe do "Aprendiz Celebridades"

A produção do "Aprendiz Celebridades" já acertou os últimos detalhes e está tudo pronto para a disputa por R$ 1 milhão começar. A data do confinamento foi definida: os famosos serão trancados num hotel cinco estrelas, sem contato com o mundo exterior, a partir desta quarta-feira (16). Lá, receberão instruções - há 25 regras não permitidas, entre elas o veto a assistir televisão e circular pelas áreas comuns após a meia-noite - e ficarão à espera da revelação da primeira prova do programa.

Assista a uma entrevista com Roberto Justus os 15 participantes do reality show

Com estreia marcada para a próxima terça-feira (22), às 22h15, o "Aprendiz Celebridades" reúne um time de 15 personalidades. Este ano, Roberto Justus contará com Renato Santos e Cacá Rosset como conselheiros.

Posts Relacionados

Globo aposta em ‘Geração Brasil’ para apagar fracasso de ‘Além do Horizonte’ e evita comparações

Novelas e minisséries

luiz lazaro Globo aposta em Geração Brasil para apagar fracasso de Além do Horizonte e evita comparações

Lázaro Ramos e Luiz Miranda serão filho e mãe em novela

O clima na apresentação para a imprensa de "Geração Brasil" nesta terça-feira (15) era de otimismo. Tudo porque, na Globo, a expectativa é que a novela dê novo rumo ao horário das sete, que, desde "Cheias de Charme", tem sofrido com a rejeição dos espectadores a tramas como "Guerra dos Sexos" e "Além do Horizonte". Obviamente, ninguém se atreveu a falar sobre a atual novela. A ordem era mostrar que, embora trate de tecnologia, o novo folhetim segue os moldes tradicionais do gênero e retomará a comédia como principal marca. E, claro, ninguém deveria traçar comparação entre as produções.

Chamam a atenção a aposta em figuras populares. Claudia Abreu e Titina Medeiros repetirão personagens divertidas, por exemplo. Lázaro Ramos e Luiz Miranda, na pele de uma transexual, devem roubar a cena. Renata Sorrah voltará ao posto de vilã. Já Isabelle Drummond se firma como grande promessa da atual safra de atores na pele de uma garota com visual inspirado em Lindsay Lohan.

De olho no povão, "Geração Brasil" contará com várias participações especiais ao longo da trama. A primeira delas será de Thiaguinho. O cantor interpretará o apresentador de um reality show.

Posts Relacionados

Conheça os oito famosos que participarão do ‘Isso Eu Faço’ novo quadro de Rodrigo Faro

Programação de TV

mcguime Conheça os oito famosos que participarão do Isso Eu Faço novo quadro de Rodrigo Faro

MC Guimê é um dos oito artistas que participarão do "Isso Eu Faço"

Uma das apostas de "A Hora do Faro", que estreia dia 27 na Record, o quadro "Isso Eu Faço" mostrará famosos em tarefas com as quais não estão acostumados. E a produção de Rodrigo Faro já fechou o time de oito personalidades que se enfrentarão em desafios inusitados.

São eles: a atrizes Antonia Fontenelle, Camila Rodrigues e Pérola Faria; os cantores Corona e MC Guimê; e os atores Daniel Erthal, Micael Borges e Nicola Siri.

Devido a compromissos pessoais, Giane Albertoni e Bruno Chateaubriand tiveram de deixar a competição.

Posts Relacionados

Beijo tórrido de Bruna Marquezine e campanha de relançamento não levantam audiência de ‘Em Família’

Novelas e minisséries

luiza laerte Beijo tórrido de Bruna Marquezine e campanha de relançamento não levantam audiência de Em Família

Luiza (Bruna Marquezine) e Laerte (Gabriel Braga Nunes) se beijam na novela

Não adiantou dar início a uma campanha de relançamento com direito a atrizes chorando enquanto contam histórias para a câmera e nem acelerar a trama. O capítulo de segunda-feira (14), que marcou um novo início para "Em Família", não representou aumento de audiência para a novela. De acordo com dados prévios do Ibope, o folhetim registrou 28 pontos, número abaixo dos 30 pontos já alcançados nos melhores dias. Na semana passada, a média foi de 29 pontos no mesmo dia. No consolidado, a média foi de 30 pontos, seis a menos que o recorde da novela.

A aposta da Globo é que, a partir de agora, a novela das nove reaja. Isso porque, num único capítulo, resolve-se o mistério sobre a paternidade de Luiza (Bruna Marquezine) e finalmente teve início o envolvimento da garota com o ex-namorado da mãe, Laerte (Gabriel Braga Nunes). Nos próximos dias, serão implementadas mais medidas da chamada "operação-resgate" da trama, que tem passado por uma crise interna. A produção têm sofrido com o atraso de capítulos e recentemente perdeu sua figurinista.

Posts Relacionados