‘Geração Brasil’ chega ao fim entre as menores audiência das novelas das sete. Veja cinco razões para seu fracasso

Crítica

geracao Geração Brasil chega ao fim entre as menores audiência das novelas das sete. Veja cinco razões para seu fracasso

Murilo Benício, Claudia Abreu, Isabelle Drummond e Luis Miranda, em "Geração Brasil"

Uma das apostas da Globo para tirar a faixa das sete do horário, "Geração Brasil" passou longe de "Cheias de Charme", sucesso anterior de seus autores. A trama chega ao fim nesta sexta-feira (31) com média de 19 pontos, a mesma de "Além do Horizonte", sua antecessora, que amargou o título de menos assistida de todos os tempos no horário. Não é difícil, no entanto, entender as razões para o fracasso do folhetim. O blog lista algumas delas abaixo.

1) Temática complicada - Embora os espectadores estejam cada vez mais conectados a smartphones, notebooks e tablets, muita gente ainda tem dificuldade de entender alguns termos de tecnologia e como funciona o trabalho de quem mexe com essa área. "Geração Brasil" exagerou na dose e complicou. O que deveria ser pano de fundo confundiu o público. As empresas de novelas em geral não batizam seus projetos com nomes complicados ou detalham processos administrativos. No horário das sete ninguém quer pensar, ainda mais sobre gadgets e nomes complicados, o que nos leva à segunda razão.

2) Erro do público alvo - De olho na parcela jovem que assiste TV conectada na internet, "Geração Brasil" enfiou números em seu título, brincou com uma sósia de Lindsay Lohan e aplicativos interativos. Esqueceu, no entanto, de um detalhe: os jovens de hoje não estão em frente à TV vendo novela. E quem não se interessa pelo tema se confunde, caso da audiência tradicional dos folhetins.

3) Dubiedade do protagonista - Aqui é um caso clássico, já ocorrido antes em "A Favorita", que só engrenou na audiência quando o público finalmente descobriu quem era boa e quem era má. No caso de Jonas (Murilo Benício) demorou-se muito para dizer aos espectadores se ele era digno de torcida. De caráter falho, virou um personagem chato, quase um vilão, mas ainda assim passou longe disso. Aliás, isso explica o próximo item, a seguir.

ricardo tozzi Geração Brasil chega ao fim entre as menores audiência das novelas das sete. Veja cinco razões para seu fracasso

Ricardo Tozzi: personagem virou vilão de última hora em novela

4) Falta de antagonistas - Escalada para viver a grande vilã da trama, Renata Sorrah ficou na promessa e virou figurante de luxo. A verdade é que "Geração Brasil" não teve vilões. E uma história precisa ser movida por conflitos, por um antagonista forte. Os autores só se deram conta disso tarde demais, quando mudaram o perfil de Herval (Ricardo Tozzi), conforme adiantado aqui neste blog.

5) Sotaque americanizado - Não me pergunte o por quê, mas, aparentemente, o público brasileiro tem certa resistência à imitação de sotaque americano nas novelas. Foi assim em "América" (o caubói vivido por Lucas Babin sumiu rapidinho) e outras tramas. O mesmo não aplica a sotaque italianos, por exemplo, que sempre renderam sucessos, caso de "Terra Nostra", por exemplo. Em "Geração Brasil", os personagens de Isabelle Drummond, Claudia Abreu e Miele carregaram nas tintas e causaram estranheza.

Posts Relacionados

Record confirma Fabíola Gadelha no comando da edição matinal do ‘Balanço Geral’

Jornalismo

FABIOLA GADELHA 086 FOTO EDU MORAES Record confirma Fabíola Gadelha no comando da edição matinal do Balanço Geral

Fabíola Gadelha: efetivamente no comando de jornalístico

A Record confirmou oficialmente a chegada de Fabíola Gadelha no "Balanço Geral - Manhã". A jornalista assumirá a atração e continuará também no comando da edição de sábado do "Cidade Alerta".

LEIA TAMBÉM: "Por onde passo me chamam de 'Rabo de Arraia'", diz Fabíola Gadelha

Posts Relacionados

Série baseada em livro de Marília Gabriela sobre mulheres ciumentas ganha data de estreia na Globo

Seriado

dieckmann Série baseada em livro de Marília Gabriela sobre mulheres ciumentas ganha data de estreia na Globo

Carolina Dieckmann estará em série do "Fantástico"

Além de ganhar nova apresentadora, o "Fantástico" voltará a investir em dramaturgia, relembrando os tempos em que exibiu séries como "A Vida Como Ela É". A próxima empreitada no gênero já ganhou data de estreia. "Eu Que Amo Tanto", baseada no livro de Marília Gabriela sobre frequentadoras do MADA (Mulheres que Amam Demais), entra no ar em 9 de novembro.

Adaptada por Euclydes Marinho e dirigida por Amora Mautner, a produção tem no elenco Carolina Dieckmann, Mariana Ximenes, Marjorie Estiano, Susana Vieira, Tarcisio Meira, Márcio Garcia, Antonio Calloni, Paula Burlamaqui e Mel Maia.

Posts Relacionados

Rede TV! promove Iris Stefanelli a apresentadora do ‘Muito Show’ e transforma GluGlu em repórter do ‘TV Fama’

Programação de TV

iris stefanelli Rede TV! promove Iris Stefanelli a apresentadora do Muito Show e transforma GluGlu em repórter do TV Fama

Iris Stefanelli: mudança de programa na Rede TV!

Um troca-troca chamou atenção nos bastidores da Rede TV! esta semana. Depois de causar ciumeira no período em que cobriu licença-maternidade no "TV Fama", Íris Stefanelli foi definitivamente promovida a apresentadora pelo canal. A partir de segunda-feira (3), a ex-BBB passará a integrar o time de apresentadores do "Muito Show".

Com isso, a equipe da atração perderá um dos atuais comentaristas e o clima ficou tenso até que a decisão fosse anunciada. Tudo indica que Vinícius Vieira, o GluGlu, deixará a atração para cobrir o lugar de Iris na reportagem do "TV Fama". Resta saber se a loira não vai despertar ciúmes também nas novas companheiras de programa, Andressa Urach e Cacau Colucci.

Posts Relacionados

‘Os Dez Mandamentos’ terá gravações no Egito e no Chile

Novelas e minisséries

guilherme Os Dez Mandamentos terá gravações no Egito e no Chile

Guilherme Winter, protagonista de "Os Dez Mandamentos"

Com gravações com atores previstas para começar em 15 de novembro, a equipe de "Os Dez Mandamentos", próxima novela da Record, começará os trabalhos um pouco mais cedo. Isso porque haverá filmagens em territórios internacionais. No próximo dia 3, um grupo viajará ao Egito para captar imagens do deserto do Saara, das pirâmides e outros pontos turísticos do lugar.

Já as sequências com atores serão rodadas no Chile, no deserto do Atacama.

Com previsão de estreia para o ano que vem, "Os Dez Mandamentos" será protagonizada por Guilherme Winter, que viverá Moisés. Estão ainda no elenco Adriana Garambone, Angelina Muniz, Anita Amizzo, Bianka Rodrigues, Camila Rodrigues, Camila Santanioni, Carlos Bonow, Day Mesquita, Denise Del Vecchio, Eduardo Lago, Erich Pelitz, Felipe Cardoso, Fernando Sampaio, Floriano Peixoto, Gabriela Durlo, Gisele Itié, Igor Cosso, Jennifer Setti, Juliana Didone, Kiko Pissolato, Larissa MacielLisandra Souto, Luciano Szafir, Marcela Barrozo, Maria Ceiça, Marina Moschen, Nanda Ziegler, Paulo Gorgulho, Pérola Faria, Petrônio Gontijo, Rafael Sardão, Rayana Carvalho, Roberta Santiago, Roger Gobeth, Tammy Di Calafiori, Thais Muller, Thalita Wounan, Vera Zimmermann, Vicente Tuchinkski, Vitor Hugo, Vitor Pecoraro e Zécarlos Machado.

Texto de Vivian de Oliveira e direção de Alexandre Avancini.

Posts Relacionados

Globo afasta autores medalhões de seu principal horário de novelas

Novelas e minisséries

silvio Globo afasta autores medalhões de seu principal horário de novelas

Silvio de Abreu passa a atuar nos bastidores da dramaturgia da Globo

O processo de renovação de autores da Globo colocará fim a toda uma geração de responsáveis pelos sucessos no horário nobre da emissora. Boa parte dos "medalhões" da casa deixará de escrever para o horário das nove da noite. Manoel Carlos ("Laços de Família", "Páginas da Vida"), por exemplo, só escreverá minisséries. Benedito Ruy Barbosa ("O Rei do Gado", "Terra Nostra"), por sua vez, tem dois projetos de microssérie e uma trama para o horário das seis. Já Silvio de Abreu ("A Próxima Vítima", "Belíssima") passará a atuar nos bastidores, comandando o fórum de teledramaturgia da emissora e superviosionando algumas tramas, caso de "Alto Astral", que será exibida às 19h.

De todos os autores antigos da emissora, apenas Aguinaldo Silva e Gilberto Braga se mantém na faixa nobre. Gloria Perez ("O Clone", "Salve Jorge"), por exemplo, foi convocada a escrever nova sinopse, mas não recebeu garantias de que continuará no horário. O blog apurou que há uma tendência de levá-la para as 18h ou as 23h em 2016.

A atual ordem dos autores das 21h estabelece que em 2015 virão Gilberto Braga e João Emanuel Carneiro. Em 2016 deve ser a vez de Maria Adelaide Amaral e Thelma Guedes e Duca Rachid.

Posts Relacionados

Globo quer estrear telejornal da madrugada no começo de dezembro

Jornalismo

monalisa Globo quer estrear telejornal da madrugada no começo de dezembro

Monalisa Perrone apresentará novo telejornal da Globo

Depois de ver a audiência do começo das manhãs despencar, a Globo acelera os trabalhos do novo telejornal que levará ao ar diariamente, no lugar do "Globo Rural", às 5h. A emissora, inclusive, já trabalha com uma data de estreia: 1º de dezembro. A equipe agora corre contra o tempo para que o programa não seja adiado para 2015. Mudanças na programação estão sendo pensadas para acomodar o produto na grade.

Apesar de ainda não ter nome, o projeto já tem algumas definições. A bancada, por exemplo, deve ser abolida. A ideia é apostar na informalidade e movimentação pelo estúdio. A apresentação ficará a cargo de Monalisa Perrone.

Posts Relacionados

Veja os principais desfechos do último capítulo de ‘Geração Brasil’

Novelas e minisséries

jonas veronica Veja os principais desfechos do último capítulo de Geração Brasil

Verônica (Tais Araújo) e Jonas (Murilo Benício) terão final feliz

Visto como salvação do horário das sete, "Geração Brasil" não obteve a audiência esperada e chega ao fim nesta sexta-feira (31). Com uma trama  esvaziada pelo maneirismo tecnológico e pela falta de um vilão - problema só corrigido há pouco tempo -, a novela não terá grandes reviravoltas no último capítulo. O blog lista os principais desfechos da história de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira a seguir.

Herval é preso - Depois de tentar sequestrar Pâmela (Claudia Abreu) e ser impedido por Ernesto (Felipe Abib) e Dorothy (Luis Miranda), o vilão será preso pelas falhas no Marra Mail e acabará investigado pelo FBI por causa do vírus que espalhou. No fim, será condenado à prisão perpétua.

Pâmela e Ernesto adotam uma criança africana - A loira vai investir no cinema e rodará um novo filme na África, onde resolverá adotar uma criança. No fim da história, Pâmela ganhará o Globo de Ouro e ficará casada com Ernesto.

Abandonada no altar - Prestes a conseguir o que quer, Ludmila (Ellen Rocche) acabará sozinha no altar. Barata (Leandro Hassum) desistirá do casamento minutos antes da cerimônia.

Silvio perdoa as traições de Marisa - A ala mais popular da família Marra terminará morando numa casa com piscina. Silvio (Luiz Henrique Nogueira) perdoará as traições da mulher, Marisa (Titina Medeiros). Ambiciosa, Glaucia (Renata Sorrah) não terá punição.

A redenção de Jonas - Após conseguir provar sua inocência no caso do vírus que contaminou os computadores do FBI, o dono da Marra vai se redimir. Jonas (Murilo Benício) acabará a novela ao lado de Verônica (Taís Araújo) e dos filhos que terão.

Finais felizes - Dorothy ficará com Cidã0 (André Gonçalves), assim como Brian (Lázaro Ramos) seguirá com Lara (Elisa Pinheiro), que ficará grávida. Tudo indica que Davi (Humberto Carrão) e Manu (Chandelly Braz) terminarão juntos. Já Megan (Isabelle Drummond) vai namorar com Arthur (Dudu Azevedo).

Posts Relacionados

Passadas as eleições, ‘Programa do Jô’ volta com ‘as meninas’, roda de jornalistas sobre política

Programação de TV

meninas do jo Passadas as eleições, Programa do Jô volta com as meninas, roda de jornalistas sobre política

Jô Soares com as jornalistas do "Meninas do Jô": livres da lei eleitoral

Vetado por causa do lei eleitoral, o quadro "As Meninas do Jô" volta ao "Programa do Jô" nesta terça-feira (28). A ideia é repercutir a reeleição de Dilma Rousseff enquanto o assunto ainda está quente. O segmento ficou meses fora do ar por medo de que candidatos exigissem direito de resposta a cada comentário das jornalistas. O time, aliás, segue o mesmo.

Posts Relacionados

Com medo de perder o posto, apresentadora antecipa volta ao ‘TV Fama’ após dar à luz

Programação de TV

flavia noronha Com medo de perder o posto, apresentadora antecipa volta ao TV Fama após dar à luz

Flávia Noronha, apresentadora do "TV Fama"

Durou pouco a licença-maternidade de Flávia Noronha, apresentadora do "TV Fama". Como seguro morreu de velho, a jornalista resolveu retomar o posto pouco mais de um mês após dar à luz e entrou no ar na última segunda (27). O motivo, segundo se comenta na produção do programa, é garantir que sua substituta, a popular Iris Stefanelli, não ganhe a posição em definitivo.

Para quem não lembra, a ex-BBB perdeu o lugar no estúdio para a própria Flávia há alguns anos. Há alguns meses, a loira enfrentou resistência de alguns setores para cobrir o período em que a colega ficaria fora. Íris voltará para a equipe de reportagem da atração da Rede TV!.

Posts Relacionados