TV

Publicado em 28/01/2015 às 10:03

Paolla Oliveira não convence como mocinha e nem como bandida

Não tem jeito, por mais que eu veja novelas ou séries com Paolla Oliveira, seu jeito de atuar não me convence de jeito nenhum. Agora elapaolla1 Paolla Oliveira não convence como mocinha e nem como bandida

está em Felizes Para Sempre?, nova minissérie da Globo, e caiu na boca do povo por causa da cena de nudez que fez na noite desta terça (27). A impressão geral é que a moça está detonando em sua atuação. Ok, ela está realmente diferente e mostrou que tem coragem para fazer cenas mais quentes.

Mas o lance todo é que as pessoas estão acostumadas a ver Paolla como mocinha das novelas das nove. Aquele tipo sofredor, que é traída por todos e que no final dá a volta por cima e fica com seu amor. E sua escolha para o papel da garota de programa foi feita a dedo justamente para causar todo esse furor.

Acontece que Paolla está sempre um tom acima. Sempre aparece com exageros não importa se é uma heroína ou uma garota de programa de luxo, que é quem está interpretando agora. A atriz nunca consegue aparecer de forma totalmente natural e o excesso de caras e bocas acabam detonando a personagem.

Uma vantagem deste seu trabalho na minissérie é que Denise é muito menos chata do que as mocinhas que Paolla já viveu no passado. Suas heroínas são lotadas de açúcar, melosas e que fazem a novela ser praticamente impossível de se assistir. Em Felizes Para Sempre?, pelo menos, não temos isso. Mas há o lado de a personagem ser aquela coisa totalmente idealizada: é uma prostituta superculta, inteligentíssima, sofisticada e que até toca piano. E bem!

Ah, esses roteiristas.

Imprimir:

TV

Publicado em 20/01/2015 às 10:42

Império tem seu pior capítulo de todos os tempos

comendador Império tem seu pior capítulo de todos os tempos

Nem o Comendador deve ter aguentado o capítulo desta segunda (Foto: Divulgação/Globo)

Assistiu à novela nesta segunda-feira? O que foi aquilo, hein? Eu gosto da novela, mesmo com muitos outros críticos falando mal dela, mas o que a Globo colocou no ar ontem foi simplesmente péssimo. Sabe aqueles episódios de sábado, em que absolutamente nada acontece? Então, o de ontem foi na mesma linha, só que pior.

As cenas mostradas foram fraquíssimas e sem nenhuma importância. Quem assistiu viu uma discussão longuíssima do casal Duda/João Lucas que não levava a lugar algum. Também vimos Leonardo preparando hambúrgeres. Cristina apareceu em Genebra maravilhada com a neve que caia na cidade. E assim foi. A impressão que deu é que este seria um episódio de sábado que, por algum motivo, acabou caindo na segunda-feira. Foi difícil de assistir de tão ruim que estava.

E isso porque Império está chegando em sua reta final, hein?! Sério, agora não é mais hora dessa enrolação toda. Nem mesmo aos sábados. Em dia de semana então, nem se fala.

Imprimir:

TV

Publicado em 12/01/2015 às 15:35

Quadro de mágica do Faustão faz atores pagarem o maior mico

fernanda Quadro de mágica do Faustão faz atores pagarem o maior mico

Fernanda Vasconcellos paga o seu miquinho no faustão (Foto: Reprodução/Globo)

Já viu esta nova atração do programa da Faustão? Sim, é aquele em que atores se metem a ser mágicos, ilusionistas e coisas do tipo. É ruim de doer e os pobres dos atores têm que comparecer, claro. Uma das vítimas deste domingo (11) foi Fernanda Vasconcellos. Numa roupa prateada muito exagerada, teve de fazer coreografiazinhas, pulinhos pra lá e pra cá como se estivesse num circo ou em algum palco de Las Vegas. Uma tristeza só. A missão era fazer um monte de gente sair de uma caixa onde cabe só uma pessoa.

A coisa funcionou: saiu gente ao s montes de lá. O truque é manjadão e tinha atrás da tal caixa uma tela. Nem dá para imaginar que o povo estava saindo de lá, né?! Coisa bizarra.

Outro que apareceu no programa foi Murilo Rosa. Ele fez umas "mágicas" usando um tablet e celular. Mais um lance bem manjado que qualquer criança pode fazer e um monte de gente já explicou na internet como é que se faz. Sério.

E ainda tem o júri, composto por gente que só está lá para falar "como você é maravilhoso", "fez muito bem", "arrasou". Tem até o Tande lá como jurado, só pra você ver.

Gente, por favor, né?!

Imprimir:

TV

Publicado em 31/12/2014 às 09:58

No The Voice, ficamos sabendo quem Claudia Leitte é de verdade

claudia1 No The Voice, ficamos sabendo quem Claudia Leitte é de verdade

A música pode ficar em segundo plano, Claudia (Foto: Divulgação/Globo)

Quem diria que uma das grandes revelações do ano viria do The Voice, o reality musical da Globo, né?! E não estou falando de nenhum novo cantor ou cantora, mas sim da nossa amiga Claudia Leitte. O programa teve o dom de nos mostrar de verdade qual a grande vocação da moça: mostrar o corpão em grandes e generosos decotes. É para isso que Claudia nasceu e é o que ela deveria adotar como carreira daqui para frente. Sim, ficar usando decotes sensacionais na TV. Em qualquer canal.

Porque, musicalmente, Claudia não é assim nenhuma, Elis Regina, né?! Pense aí, em dez segundos, quantos nomes de música dela você consegue se lembrar? Não muitas, certo? Pois é, as canções da moça não são daquelas que ficam na memória ou que entraram para a história como algo que tenha marcado uma geração. Elas chegam e vão embora como o verão/carnaval e é isso aí. O que não vejo problema nenhum, veja bem. É um nicho de mercado que ela ocupa bem, assim como Ivete Sangalo. Mas são músicas totalmente esquecíveis feitas para durar ali seus quinze minutos e tchau.

No próprio The Voice deste as performances musicais de Claudia são lembradas mais pelas roupas, decotes e exageros do que propriamente pela canção em si. O que ela estava lá cantando não tem muita importância, o que o povo queria ver era suas estripulias no palco. Suas mexidas de ombro, suas deitadas no chão, suas caras e bocas. O que estava tocando era totalmente secundário.

E assim, chegamos a esta grande revelação e o que Claudia Leitte tem realmente que fazer daqui em diante: encher os olhos dos espectadores com suas roupas e seu corpo. E aí a gente escapa dessas musiquinhas chatas que surgem a cada ano.

 

Imprimir:

TV

Publicado em 30/12/2014 às 11:35

O problema de Marjorie Estiano em Império é que ela não é psicopata

 O problema de Marjorie Estiano em Império é que ela não é psicopata

Drica Moraes e Marjorie Estiano, as Coras de Império (Foto: Divulgação)

Definitivamente não dá. Nada contra a Marjorie Estiano, mas ela simplesmente não é a Cora em versão adulta. Como você deve saber, a atriz entrou no lugar de Drica Moraes, que ficou doente e teve de se afastar de Império. Acontece que há três problemas: um deles é o que eu já falei há alguns dias. Não dá para se convencer que Marjorie é Cora, primeiro por causa da mudança de aparência, coisa que ameaçou ter uma explicação mas ficou tudo por isso mesmo. Depois que a nova intérprete faz o papel de tia que tem praticamente a mesma idade de seus sobrinhos.

Pois bem, o novo problema é que falta psicopatia para a Cora de Marjorie. E é um elemento que sobrava na versão original de Drica. Mesmo fazendo de tudo para parecer maluca e de até surtar em vários momentos, a gente sabe que a Cora de Drica faria aquela cena de um jeito bem diferente e, diria, mais interessante de se ver.

Como disse acima, nenhum problema com Marjorie Estiano. A gente poderia ver a personagem de uma outra maneira caso ela estivesse no papel da Cora adulta desde o início. Mas não foi o que aconteceu. Vimos Drica Moraes quebrando tudo no papel, fosse em momentos de humor ou de pura maldade. E o fato é que era muito mais legal ver a atriz original na pele da personagem.

Bem, o lance agora é que Drica falou que quer voltar à novela, já que está recuperada da faringite que teve. Vai ser um problema para o autor Aguinaldo Silva explicar o retorno e a nova mudança de visual. Mas se ela voltar mesmo, será ótimo.

Imprimir:

TV

Publicado em 19/12/2014 às 09:54

Carlinhos Brown é a maior vergonha alheia já vista no The Voice

carlinhos Carlinhos Brown é a maior vergonha alheia já vista no The Voice

Menos, Carlinhos. Bem menos (Foto: Divulgação/Globo)

Se tem uma coisa difícil de aturar nesta versão brasileira é o Carlinhos Brown. Geralmente ele dá show de maletice aguda com seus comentários, gritos de guerra e outras coisas sem sentido algum. Mas nessa quinta (18), o sujeito realmente exagerou.

Em vários momentos disse frases meio desconexas que soaram como pura enrolação. Tentava falar difícil, colocar palavras que não cabiam muito bem na frase e dava a impressão de que queria apenas esticar o próprio pronunciamento. Era uma fala pior que a outra, o que ia deixando o espectador entediado e sem entender do que se tratava a coisa toda.

Sempre que Tiago Leifert chamava Carlinhos para dizer algo, já batia aquela preguiça generalizada. Era o famoso: "pronto, lá vem o Carlinhos Brown de novo". E aí era torcer para que o rapagão terminasse logo o que tinha para dizer. Mas sempre dava um jeito de aumentar um pouco.

Brown foi tão absurdo que chegou a puxar um "atirei o pau no gato" (ou algo assim) fazendo uma rodinha com os outros jurados no momento em que a loirinha Nonô Lellis foi eliminada. Por que isso, só porque a garota tem 17 anos? Não é mais tão criança assim né, Carlinhos?

E assim foi até o fim do episódio desta quinta.

Olha. Dureza, viu! Ainda bem que vão mudar jurados para a próxima temporada.

Imprimir:

TV

Publicado em 17/12/2014 às 11:03

Marjorie Estiano, a nova Cora, causa estranheza em Império

cora1 Marjorie Estiano, a nova Cora, causa estranheza em Império

Marjorie Estiano como Cora em Império (Foto: Divulgação/Globo)

Não tem jeito: não importa a explicação que seja dada sobre o rejuvenescimento de Cora, o fato é que é impossível encarar a personagem da mesma maneira. Com a troca de atrizes, a trama exige uma grande capacidade de abstração do espectador. E isso não tem nada a ver com Marjorie Estiano, que topou a missão e faz o que pode. Só que o problema está acima dela.

Primeiro que até agora não houve uma explicação convincente sobre o rejuvenescimento de Cora. O que está meio subentendido é que a personagem fez uma plástica para ficar bonita para sua noite de amor com o Comendador. Mas não se sabe ao certo se é isso mesmo. Teria ela apelado para algo sobrenatural? Sabe-se lá. E a explicação para a mudança é mesmo algo complicado. Imagino que o Aguinaldo Silva esteja quebrando a cabeça para bolar algo minimamente convincente.

Além disso, é muito estranho ver Marjorie Estiano vivendo a Tia Cora, que é uma pessoa mais velha, contracenando com seus sobrinhos que têm praticamente a mesma idade. Quer dizer, para aceitar a nova versão da personagem, o público tem de fazer muitas concessões. Não dá para evitar o estranhamento.

Claro que isso é um problema que surgiu no meio da trama após Drica Moraes ficar doente. Não é culpa de ninguém e é uma questão realmente complicada. Mas não dá para negar que a coisa ficou estranha. A melhor saída talvez tivesse sido matar Cora.

Imprimir:

TV

Publicado em 10/12/2014 às 15:03

Marjorie Estiano enfraquece Cora como vilã de Império

A saída de Drica Moraes foi algo totalmente inesperado e repentino, o que pegou toda a produção da novela de surpresa. O truque apresentado pelo autor

marjorie1 Marjorie Estiano enfraquece Cora como vilã de Império

Marjorie Estiano como Cora (Foto: Divulgação/Globo)

Aguinaldo Silva foi bem sacado: colocar Marjorie Estiano no lugar de Drica, já que a primeira havia interpretado Cora jovem no início da trama. Acontece que há um problema aí que é a diminuição do impacto que a vilã poderá causar daqui para frente.

Cora começava a despontar como uma pessoa muito má, inclusive causando a morte de um dos personagens da novela. Seus planos de maldade vão além disso, embora seu grande objetivo até um determinado momento era perder sua virgindade com o Comendador. É verdade que Cora é meio dúbia na história. Ora ela é maligna, ora pende para o humor e assim vai. Estas variações de tom eram algo que Drica conseguia administrar muito bem. E quando ela precisava ser má, era realmente muito boa.

E aí é que chegamos em Marjorie Estiano. Ela fez uma ótima participação na primeira parte de Império como a jovem Cora. Mas naquele momento, a personagem era um pouco mais simples de se interpretar, um pouco menos dúbia e também menos complexa. Marjorie é uma boa atriz, mas certamente não tem ainda a profundidade e experiência de sua colega que deixou a trama. Drica é uma das melhores atrizes em atuação na televisão e sua substituição é algo bem complicado. A nova Cora terá de se esforçar bastante.

E nem estou levando em conta a transformação em si da Cora mais velha na Cora mais nova. Coisa que, aliás, ainda não tem explicação na novela, já que a personagem dormiu mais do que atuou até o momento.

Imprimir:

TV

Publicado em 05/12/2014 às 09:59

Claudia Leitte decepciona de uma maneira inédita no The Voice

claudia Claudia Leitte decepciona de uma maneira inédita no The Voice

Claudia Leitte estava praticamente com uma armadura como roupa (Foto: Divulgação/Globo)

A gente já percebeu que o The Voice é um quando Claudia Leitte resolve abalar e é outro quando ela não faz nada. E quando ela não faz nada, a coisa fica difícil. Nesta quinta, por exemplo, a edição do programa musical foi chatíssima. Os candidatos não surpreendem, ninguém está acima da média, não há um cantor que faça valer realmente a pena assistir ao programa.

E nas últimas duas semanas o reality vem se apoiando fortemente no que Claudia Leitte faz. Ou melhor, veste. Com seus decotes que vão até o umbigo, a cantora dominou completamente as atenções dadas à atração. Pena que o mesmo não aconteceu nesta quinta, o que tornou o The Voice algo enfadonho de se ver. Claudia apareceu com uma roupa que dava a impressão que estava blindada, quase uma armadura daquelas medievais, tão discreta que era se comparada às roupas das semanas anteriores. E aí a coisa complicou. Principalmente com aqueles candidatos chatinhos que estão competindo nesta temporada. É um mais previsível que o outro e absolutamente nada se destacou.

Se Claudia Leitte não voltar a atacar logo, vai ser difícil ver o programa até o fim.

Imprimir:

TV

Publicado em 01/12/2014 às 14:21

Pânico teve um de seus momentos mais ridículos neste domingo

panico Pânico teve um de seus momentos mais ridículos neste domingo

O suposto Emílio imita Nahim (Foto: Reprodução/Band)

Assistiu ao final do Pânico neste último domingo (30)? Se você viu, já sabe que foi uma coisa simplesmente ridícula. Algo que pode ser descrito como muito, mas muito constrangedor.

Eles colocaram o Emílio Surita (possivelmente) para se maquiar e aparecer imitando alguém. Depois de muita enrolação, ele foi para o palco imitar o cantor Nahim. Apareceu lá, cantou, foi bem ridículo e sem graça e foi isso. O programa acabou com Emílio (talvez) fantasiado de Nahim. A "performance" foi cortada sem maiores explicações e pronto. Acabou.

Sei que o Pânico está pensando em se reformular para 2015, integrantes sairão, virão outros e tal. E é bom que o negócio funcione, porque do jeito que está é realmente bem difícil de assitir ao programa.

De volta a tal performance: coloquei as palavras "possivelmente" e "talvez" ao lado dos nomes do Emílio ali em cima porque não dá para apostar que seja ele de verdade. Pode ser que o próprio Nahim tenha aparecido nessa brincadeira. Isso se o Pânico explicar alguma coisa no próximo domingo, claro.

Imprimir:
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com