Cinema

Publicado em 25/02/2013 às 11:44

Ben Affleck foi o maior injustiçado do Oscar 2013

ben Ben Affleck foi o maior injustiçado do Oscar 2013

Ben Affleck recebe a estatueta por Argo

Não fez o menor sentido o Oscar não ter indicado Ben Affleck como melhor diretor por Argo. Ele tinha de estar, no mínimo, entre os concorrentes ao prêmio. Isso não aconteceu sabe-se lá o motivo. Tem gente dizendo que foi uma questão política pelo fato do longa tocar num assunto delicado. O resultado disso é que a Academia gerou uma situação bizarra: Argo levou a estatueta de Melhor Filme e seu diretor não estava nem entre os indicados. Fica meio esquizofrênico, não? Quer dizer que o longa é o melhor, mais bem acabado, o que inclui aí direção, e o cara que é o cérebro por trás disso tudo não é chamado para a festa? Façam o favor, né?

Por um capricho bobo da Academia, a organização deixou de premiar um diretor que está em plena ascensão, que pode se tornar num dos maiores nos próximos anos. A injustiça foi enorme, tanto que é bem raro um filme ganhar como o melhor do ano e seu diretor também não levar a estatueta. Mas o Oscar também está aí para isso, causar polêmica. Pena que a bomba estourou nas mãos de Ben. E sorte dele, que se vingou no final.

E já que o assunto é direção, Ang Lee levar o prêmio também é um exagero. As Aventuras de Pi é bonito visualmente, mas fica por aí. Como filme, é sonolento assim como foi a cerimônia de entrega. Já que Affleck não estava concorrendo, que pelo menos premiassem Steven Spielberg por Lincoln, que é programado para vencer mas que tem um ótimo trabalho de direção. Seria bem mais justo.

Imprimir:
Comente

"Ben Affleck foi o maior injustiçado do Oscar 2013"

25 de February de 2013 às 11:44 - Postado por Odair Braz Junior

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com