leitte Claudia Leitte se reinventa e vira a nova Anitta

Anitta, é você? (Foto: Reprodução)

Como já disse por aqui, Anitta é a maior artista brasileira do século 21. Daí, obviamente um monte de gente vai atrás da tendência e passa a querer reproduzir o sucesso da moça. Gente geralmente em início de carreira, que está tentando um lugar ao sol e que adoraria ser comparada com esse fenômeno pop brasileiro. Daí, vão lá e copiam o som, o jeito de vestir e de dançar.

Bom, tirando a parte do "início de carreira", a coisa se aplica totalmente a nossa velha amiga Claudia Leitte. Semana passada ela lançou a música "Baldin de Gelo", uma coisa da qual ela, sinceramente, deveria se esconder dentro de algum buraco. A letra é vergonhosa, usa trechos de hits do axé do passado, tem trecho em espanhol (alô, Anitta) e o vídeo... Bem, o vídeo é uma história que merece ser contada num tópico próprio.

O clipe mostra Claudia bancando a diva lacradora do hip hop, meio gangsta, meio latina, meio Anitta, meio Christina Aguilera. Tem acenos para o público gay, para quem curte Reggaeton, para mexicanos, para o mercado latino de música dos EUA e por aí afora. Tudo absolutamente falso, tudo muito fabricado, tudo forçado demais. Feito nos mínimos detalhes para estourar aqui e lá fora.

A questão é que a coisa não vingou. Se pegarmos as visualizações do clipe oficial no Youtube, veremos que está quase chegando a 2 milhões de "assistidas". Foi lançado em 4 de agosto. Comparando: a nova de Ivete Sangalo saiu dois dias depois, 6/8, também no Youtube, e já soma 3,3 milhões. Também é fraco em visualização, mas já mostra a diferença. Quer comparar com "Na Sua Cara", de Anitta e Pabllo? Estreou na plataforma de vídeos em 30/7, só cinco dias antes de "Baldin de Gelo". Sabe quantas vezes já foi visto? "Só" 78 milhões. E contando.

Quer dizer, junte aí Ivete e Cláudia e você não terá nem metade de uma Anitta.

E tem mais: a dona de "Baldin de Gelo" está forçando uma situação em que a situação fica meio ridícula. Claudia não consegue convencer ninguém com esse jeito "regaetton/gangsta/hiphop". Claramente não é a dela. Até dá para entender que ela está fazendo isso para atingir o mercado externo, querendo se colocar em competição com meninas como Iggy Azalea, Nicki Minaj e até uns toques de Ariana Grande.

Você acha, sinceramente, que alguém vai engolir essa enganação toda?

Nem aqui e nem na China.

http://r7.com/nu66