bruna O jeito é matar a personagem chata de Bruna Linzmeyer em A Força do Querer

A chatíssima Cibele (Foto: Reprodução/Globo)

Toda novela sempre tem alguém muito, muito insuportável. Em A Força do Querer esse papel vai para Bruna Linzmeyer e sua Cibele. Se a vida fosse justa, toda hora em que ela aparece na tela a audiência deveria diminuir consideravelmente. É que é duro de aguentar essa mulher.

A moça foi abandonada por seu noivo, Ruy (Fiuk) no começo da novela. Eles iam se casar, mas o rapaz se apaixonou por Ritinha (Isis Valverde) e deixou Cibele a ver navios. A partir daí, a personagem de Bruna quis se vingar de qualquer jeito e armou todos os tipos de planos patéticos. Passou o tempo, ela foi dar uma volta no exterior e agora retornou. Quando todo mundo pensou que ela havia se conformado com seu destino, eis que insiste em ainda dar o troco.

O problema com Cibele é que é uma personagem de uma nota só. Não sai do lugar e todas as vezes em que aparece é para falar sobre como vai ferrar o casamento do ex. Todo santo capítulo é a mesma coisa, o que irrita muito. Não é aquele ódio que os espectadores sentem de uma pessoa ruim na novela. Isso quem gera é Irene. Mas isso é o que é normal acontecer, afinal ela é a vilã. É aquela "odiada" que as pessoas curtem.

Agora com Cibele a coisa toda é uma simples irritação por ela ser extremamente difícil de se aturar. Ninguém suporta a moça, nem quem assiste a trama e nem os demais personagens de A Força do Querer.

Seria bem legal se ela sofresse um acidente e saísse logo da novela. Não faria falta.

http://r7.com/Yt75