huck Um samba enredo sobre Luciano Huck seria muita vergonha alheia junta, né?

Luciano Huck na avenida? Esperamos que não

A Veja soltou uma história de que Luciano Huck se ofereceu a duas escolas de samba para pagar R$ 6 milhões a uma delas para ele próprio se tornar tema da música. Olha, o apresentador já fez coisas ridículas nessa vida, como aquelas camisetas aproveitadoras sobre algum tema em alta, mas isso seria realmente algo totalmente patético. Só para constar, Luciano negou a informação via assessoria de imprensa.

Dá até para imaginar o susto das escolas recebendo o telefonema de Huck com o pedido. Imediatamente alguém começa a pensar em como seria a letra da música, o que teria de citar e aí o autor percebe que teria uma vida dura. Afinal, o que Luciano fez que mereça ser cantado na Sapucaí? O fato de ele ser de uma família rica? De ser apresentador de TV? Por ser casado com Angelica? Que foi namorado da Ivete? De ter passado pela Band e chegado à Globo? Por ter três filhos? Por ter feito camisetas toscas? Por ganhar milhões com publicidade? Por ter criado Tiazinha e Feiticeira e tê-las explorado até o bagaço da maneira mais machista possível? Enfim, não me ocorre o que uma escola de samba poderia levar para o sambódromo a respeito de Huck que seja digno de menção.

Dizem que o apresentador quer ser presidente do Brasil e já concorrer nas eleições de 2018. Talvez, essa história do samba até o ajudaria nessa intenção de aparecer de uma maneira diferente, de ter sua biografia engrandecida para aparecer bonito para o povo.

Seja como for, essa história é uma coisa bem ridícula e espera-se que realmente não seja verdade. Mas Huck já fez coisa até pior por aí no passado, né? Pensar em ser presidente é uma delas. Então, não seria surpresa.