- Blog Palavra de Homem por Felipe Machado - http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem -

Dia dos Pais: A paternidade é um aprendizado que nunca termina

Postado por admin em 13/08/2017 às 13:01 em Eu Queria Ser Esse Cara,Palavra de Homem | 23 Comments

Chap F baby Dia dos Pais: A paternidade é um aprendizado que nunca termina [1]

O bobão da esquerda dando risada sou eu. O bonitão da direita é o jornalista Adones de Oliveira

Quem acompanha esse blog sabe que não sou muito fã das datas criadas por marqueteiros apenas para aquecer o comércio. De dez anos para cá, no entanto, uma dessas datas passou a ser bastante apreciada pela minha família, mais especificamente… por mim. É que há dez anos eu me tornei pai, e desde então tenho achado a ideia da criação de um dia para nós simplesmente genial.

Pensei em brincar no parágrafo acima e dizer que ‘há dez anos me formei no curso e ganhei um diploma de pai’, mas daí achei que seria uma bobagem. Primeiro, porque dizer que ser pai é um ‘curso’ significaria que alguém que sabe mais ensina a quem sabe menos, e isso é uma verdade relativa quando se fala sobre a paternidade. Ninguém sabe mais ou menos, todo mundo sabe igual. Há excelentes ‘recém-pais’, assim como há péssimos ‘pais experientes’. Ser pai não é algo que alguém te ensina. Ou melhor, o único que te ensina a ser um bom pai é o seu próprio filho. Ponto.

Ser pai também não é um curso em que a gente se forma porque é uma matéria em que a gente só deixa de aprender no momento em que o coração para de bater. Como o meu anda batendo (e cada vez mais forte, graças a Darwin), ainda espero continuar a aprender as lições da minha filha durante um bom tempo.

Quando me tornei pai, há dez distantes anos, descobri que essa atividade tem um quesito que é puramente semântico. Uma questão de sufixo, para ser mais exato. Você passa de ‘egoísta’ (que quer tudo só para você) para ‘egocêntrico’ (que acha que o mundo precisa de outros ‘vocês’). Ser pai é querer viver para sempre.

Sou a prova disso: acabei virando um ‘mini-meu-pai’. Ainda mais quando vejo fotos antigas, onde a semelhança física está cada vez maior. Profissionalmente também estou ficando parecido: meu pai era jornalista e foi um prestigiado crítico musical. O que eu virei? Jornalista e músico. E olha que na minha infância eu nem sabia quem era Freud.

Uma das minhas memórias mais fortes é a do meu pai ouvindo o disco ‘Abbey Road’, dos Beatles. E eu via aquelas pilhas e pilhas de livros sem saber direito porque ele precisava de tantos, já que Monteiro Lobato era o suficiente para saciar toda a minha precoce ânsia literária. Agora eu entendo de onde vem meu eterno problema de espaço nas prateleiras.

Dia dos Pais é bastante feliz para quem tem filhos, mas é sempre um pouco melancólico para quem já não tem o pai entre nós. O meu se foi em 2014, e desde então o Dia dos Pais parece incompleto. Como se uma parte do meu coração batesse mais devagar que o resto. Saudades que só se curam um pouco quando a gente olha para a filha e confia que está fazendo a coisa certa. Ainda tenho muito que aprender sobre a paternidade, mas uma coisa eu já descobri desde o dia em que minha filha nasceu: eu quero ser um pai como o meu.

Feliz Dia dos Pais para todos nós.

  [2]
  [3]

Artigo impresso de Blog Palavra de Homem por Felipe Machado: http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem

Endereço do artigo: http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem/dia-dos-pais-parabens-para-nos-20170813/

Endereços neste artigo:

[1] Imagem: http://www.palavradehomem.com.br/wp-content/uploads/2011/08/Chap-F-baby.jpg

[2]  : http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem/dia-dos-pais-parabens-para-nos-20170813//emailpopup

[3]  : http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem http://entretenimento.r7.com/blogs/palavra-de-homem/dia-dos-pais-parabens-para-nos-20170813//print

Copyright © 2014 Blog Palavra de Homem. All rights reserved.