Nelson Rodrigues ainda é um nome tão presente na cultura brasileira que é difícil acreditar que lá se vão 30 anos da morte do célebre torcedor do Fluminense, completos nesta terça-feira (21).

nelson rodrigues dentro Trinta anos sem Nelson Rodrigues

Nelson Rodrigues em retrato de 1969 - Foto: Agência Estado

O pernambucano que como ninguém retratou a alma carioca acabou virando vítima de uma frase inventada por ele próprio: se tornou unanimidade quando o assunto é dramaturgia, mesmo sendo burra toda unanimidade, como decretou.

Cronista soberbo, comprou briga com Deus e o mundo – sobretudo com a turma da esquerda – nos textos mordazes que fizeram dele uma das maiores estrelas da imprensa carioca.

Se o lado jornalista marcou época, o lado escritor conseguiu ir muito além: alcançou a imortalidade, com a crônica de costumes que fez dele um gênio da literatura nacional.

Por Miguel Arcanjo Prado, editor de Famosos e TV do R7