E se – de repente, sem nenhuma explicação – algumas pessoas simplesmente desaparecessem? 

Como num passe de mágica, elas deixassem de estar onde estavam. E não 10 ou 20, mas milhões, desconhecidos e muito famosos, governantes, religiosos, queridos, odiados, inocentes, culpados.

Como reagir a isso?

É o que os perplexos moradores de Mapleton, que perderam  muitos vizinhos, amigos e companheiros no evento conhecido como Partida Repentina, precisam descobrir. Porque as coisas não são mais as mesmas desde o  ocorrido – nem casamentos nem amizades nem mesmo relacionamento entre pais e filhos.

Com emoção, inteligência e uma rara habilidade para enfatizar os problemas inerentes à vida comum, Os Deixados Para Trás, de Tom Perrota, é um romance impressionante e provocativo sobre amor, conexão e perda.

Leia trecho do livro.

“Sem enxergar nenhuma maneira elegante de escapar, Kevin pegou com relutância o jornalzinho que trazia a manchete enfática, mas desajeitada: ´14 de Outubro Não Foi o Dia do Arrebatamento!!!’ A primeira página apresentava uma fotografia da Dra. Hillary Edgers, uma pediatra adorada que desaparecer três anos antes, com outros oitenta e sete residentes do local e incontáveis milhões de pessoas em todo o mundo.  REVELADOS OS ANOS DE VIDA BISSEXUAL DA DOUTORA NO TEMPO DA FACULDADE, proclamava outra manchete. ‘Nós sempre acreditamos que ela era gay’, revela uma colega de quarto.”

O livro é sensacional para quem tem força de encarar o que não quer ver e para quem quer ter uma grande surpresa.

deixados450 Livro de Perrota surpreende até quem já leu de tudo

Os Deixados Para Trás

320 páginas

R$ 39,90 (versão impressa)

R$ 24,90 (versão e-book)

Editora Intrínseca

(Indicado por Ligia Braslauskas, gerente de jornalismo do R7)

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com