Casa argentina nos Jardins que participa da Restaurant Week em São Paulo é bem decorada e comida é gostosa, mas peca um bocado no quesito atendimento

Por Miguel Arcanjo Prado, editor de Cultura do R7

Quem busca comer em paz não deve procurar o La Caballeriza, restaurante argentino nos Jardins (Al. Campinas, 530, Jardins, tel. 0/xx/11 3541-2220).

lacaballeriza1 La Caballeriza tem pressa exagerada

Parrilla do La Caballeriza: comida é boa, mas atendimento, não

Resolvi visitar o lugar na noite desta terça (5), influenciado por uma reportagem que dizia que o local participava da Restaurant Week, que oferece preços mais agradáveis aos bolsos em diversos restaurantes paulistanos.

Por telefone, reservei uma mesa para dois. Até então, tudo foi muito cordial.

Na chegada, às 21h, falei de minha reserva e o maître, que pareceu não dar muita bola, nos encaminhou para uma mesa não tão boa assim. Pedi-llhe que, se fosse possível mais tarde, nos transferisse para uma mesa melhor. Ele fingiu não ouvir.

A partir de então, foi uma sucessão de erros. Um dos garçons trouxe o cardápio rapidamente. Quando falei que queria saber sobre a promoção da Restaurant Week, ele logo apontou a última página, como se ver os pratos normais e mais caros fosse uma ofensa. Apesar de existir couvert na casa, ele não foi oferecido. Talvez os garçons pensassem que uma pessoa que busca a casa por conta da Restaurant Week não mereça tal cortesia (sendo que lá o couvert é pago e custa R$ 9).

Pedi de entrada o chorizo, a linguiça argentina. Mais parecia linguiça brasileira, mas tudo bem. Estava gostosa e  bem servida. Contudo, antes de começarmos a comer a entrada, eis que chega um garçon com o prato principal da promoção: um bem assado bife de chorizo com papas (batatas) e arroz. Uma indelicadeza extrema. Sem pestanejar, pedi que o prato principal voltasse apenas quando houvéssemos comido a entrada.

Para beber, pedimos cerveja Norteña de litro (R$ 22). Trouxeram a dita cuja, que foi colocada em um balde de gelo, como deve ser. Contudo, antes que bebericássemos o segundo gole, veio um garçon num tom de desespero encher-nos outra vez o copo, o que nos contrangia a cada vez que isso acontecia, além de interromper a conversa que começava a fluir.

lacabelleriza2 La Caballeriza tem pressa exagerada

Um dos salões do restaurante La Caballeriza

Outras tantas vezes os garços interromperam a conversa, seja para servir mais cerveja ou, então, tirar o prato, enquanto o outro ainda estava comendo. E sem pedir licença. Soou agressivo e desnecessário.

Após a sobremesa, uma massa folhada com doce de leite argentino muito bem preparada, resolvemos partir o quanto antes.

Optamos por não pagar o serviço, já que este havia sido um completo desastre. E se a Restaurant Week poderia servir de pretexto para aproximar-nos do restaurante, o tratamento dispensado acabou por espantar o freguês em potencial.

Avaliação: regular

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • del.icio.us
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google Bookmarks
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com