Terceiro livro de Markus Zusak publicado no Brasil, O Azarão (Bertrand Brasil) conta um inverno na vida de Cameron Wolfe - um adolescente incorrigível que, por algum motivo, insiste em se levantar (Leia mais)

...  e prosseguir após cada desventura, seja ela causada pelos planos de roubos de seu irmão Rube ou por alguma garota. Sim, sempre há uma garota...

O Azarão também pode ser considerado um romance de formação. Não apenas o seu protagonista enfrenta as dificuldades do cotidiano em uma família problemática, como o próprio Zusak passava por um período de aprendizado - a obra foi a primeira publicada pelo escritor australiano.

O autor ficou conhecido por A Menina Que Roubava Livros, mas o lançamento se parece mais com sua outra obra publicada por aqui - Eu Sou o Mensageiro.

A falta de experiência é exatamente um dos diferenciais do livro.

Cheio de agilidade na narrativa, sem medo de errar, sem medo de perder, o autor tem um conversa franca com o leitor, olhando nos olhos desse novo amigo. Enquanto isso, acompanhamos Cameron cheio de angustias, energia, atos de vandalismo (mesmo sem querer) e cheio de vontade de lutar.

A jornada do garoto lobo é instigante e, segundo o autor, tem um pouco de autobiográfica. A estreia literária de Zusak traz mostras do talento inovador do escritor para contar histórias sobre gente comum, como eu e você.

Os leitores brasileiros e fãs do escritor australiano têm um bom motivo para comemorar com o lançamento. Vale a pena saborear cada página, acompanhar um sonho por capítulo e se render ao prazer da leitura de O Azarão. Afinal de contas, perdedores ou não, até mesmo os lobos têm um dia de sorte.

(Indicado por Tiago Alcantara, repórter do R7)

o azarao markus zusak450 O Azarão mostra apuros de adolescente sonhador

O Azarão

176 páginas

R$ 25

Bertrand Brasil