Crianças francesas não fazem manha. Como não?

4 fevereiro 2013 às 13:44 - Postado por R7 Cultura
6 Comentários.

Deixe um Comentário:

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
  1. Angel - 23/02/2013 - 3:47

    Agora pra completar, depoimentos de uma francesa bem sucedida que vive no Brasil:

    ("A empresária Marie Annick Mercier, presidente do Instituto Diálogo Euro-Brasil, diz reconhecer os benefícios da educação em seu país. Mas preferiu criar a filha, Marie, no Brasil. “As crianças francesas estão abaixo dos pais na hierarquia familiar. Os limites são transmitidos bem claramente desde cedo”, diz. “Aqui no Brasil elas são tratadas como os reis da casa, mas, em contrapartida, o afeto é mais desmedido, e as crianças crescem com mais autoconfiança, autoestima e segurança.” )

  2. Angel - 22/02/2013 - 17:36

    Estou de acordo com a Lala, oque ela disse sobre as crianças francesas é pura verdade eles não tem crianças tem mini adultos, a coisa complica mesmo quando entra na adolescência la esse controle tão falado, desaparece, pai e mãe pra eles vira uma coisa pesada, da qual parece q eles tem vergonha não ajudam nas tarefas de casa. E na vida adulta a coisa fica aindan pior nem parecem familia os pobres dos velhinhos ( que alias nem são tão pobres assim) pois quase sempre foram pais ultra ausentes e sempre pensam neles primeiro contrariamente a gente no Brasil, vivem no abandono total...

  3. M Miriam - 05/02/2013 - 11:09

    adoro a educaçao francesa o bom dia deles vem de dentro com um sorriso aberto
    .
    Nao há ndada de mais em copiar o que é saudavel.

  4. R7 Cultura - 05/02/2013 - 21:11

    Que prazer receber seus comentários, só nos acrescenta. Continue mandando suas opiniões, são muito importantes para nós. Ligia Braslauskas, gerente de jornalismo do R7
  5. lala - 04/02/2013 - 17:56

    Nao é bem assim, eu fui Au pair na França, e continuo morando aqui. As crianças nao sao nema maioria esses anjos nao! quando obedecem é so os pais (ou soh o pai ou soh a mae), nao necessariamente os outros adultos. mas sao mais adultos em miniatura que outra coisa, snobs, nao sao crianças espontaneas e felizes como as brasileiras! sao estudiosas, inteligentes, mas chatas! elas nao se sentem tao amadas e seguras, pq os pais sao muito ausentes, vivem a vida deles, trabalham muito, nao se sacrificam pcausa de filho, nao! entao, antes de copiar os gringos, pensem bem, nao precisa copiar tudo nao!

  6. R7 Cultura - 04/02/2013 - 19:57

    Cara leitora, que bom receber seus comentários. As impressões aqui passadas são do livro da jornalista americana, que viu, sob a perspectiva pessoal, uma forma de ajudar na educação de crianças. Mas, claro, são as impressões dela. Continue enviando suas opiniões, são muito importantes para o R7. Abraços Ligia Braslauskas