Publicado em 15/04/2015 às 03h03

“Estou totalmente matrix”, diz Baby do Brasil, que lança disco e DVD ao vivo em SP

baby brasil bob sousa Estou totalmente matrix, diz Baby do Brasil, que lança disco e DVD ao vivo em SP

Baby do Brasil, em pose exclusiva para o R7 Cultura - Foto: Bob Sousa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Foto BOB SOUSA

Fluminense de Niterói, Bernadete Dinorah de Carvalho Cidade é a apenas Baby do Brasil (mas, também já foi Baby Consuelo) para o público, que a tem como uma das figuras mais autênticas que a MPB produziu.

Às vésperas de completar 50 anos de carreira e com 62 de idade, a eterna menina que dança acaba de lançar o primeiro DVD ao vivo de sua carreira. Foi gravado no Rio, no começo deste ano, sob direção de Paula Lavigne e Fernando Young.

Em cena, o show Baby Sucessos, louvado pela crítica especializada, incluindo aí este colunista. A turnê marcou a volta de Baby à boa e velha música popular brasileira, depois de passar anos longe dos palcos por conta de sua conversão à fé evangélica. Ela só voltou a cantar os antigos hits por muita insistência do filho, Pedro Baby.

Foi ele quem fez a direção musical do novo disco e DVD da mãe, Baby Sucessos - A Menina Ainda Dança, produzido pela Uns Produções e Filmes e distribuído pelo selo Coqueiro Verde.

Ela faz show para lançar o disco e DVD em São Paulo, no próximo dia 29 de maio de 2015, uma sexta, a partir das 22h, no HSBC Brasil (r. Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio), com entradas entre R$ 80 e R$ 200, em valores de inteira.

“Estou de volta, mas no futuro e totalmente matrix”, sintetiza Baby, com seu jeitinho cósmico de ser.

capa alta Estou totalmente matrix, diz Baby do Brasil, que lança disco e DVD ao vivo em SP

Capa do primeiro DVD ao vivo de Baby do Brasil: A Menina Ainda Dança - Foto: Divulgação

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Posts relacionados

Publicado em 14/04/2015 às 10h56

Café mais antigo do Uruguai perde seu cliente Eduardo Galeano

cafe brasilero 2 Café mais antigo do Uruguai perde seu cliente Eduardo Galeano

Café El Brasilero, o mais antigo de Montevideo, agora está sem seu cliente mais famoso: o escritor uruguaio Eduardo Galeano, que morreu nesta segunda (13) - Foto: Divulgação

Por RODRIGO GARCÍA, da EFE, em Montevidéu

El Brasilero, o café mais antigo de Montevidéu, ficou sem seu cliente mais famoso, o escritor Eduardo Galeano, que morreu nesta segunda-feira (13) aos 74 anos e que dizia ter aprendido "tudo" nestes lugares nascidos em uma época onde havia "tempo para perder tempo".

Galeano estava tão ligado a este lugar, aberto em 1877 e desde então reduto da intelectualidade do país, que atualmente um café composto por creme, doce de leite e licor leva seu nome e continua sendo um dos clássicos do cardápio.

O autor de As Veias Abertas da América Latina costumava ocupar uma mesa situada à esquerda da porta do estabelecimento, junto a uma grande vidraçaria, a mesma escolhida nesta segunda por um par de amigos, Guillermo e Santiago, para conversar e tomar algo.

"Nós sabíamos que ele vinha durante muito tempo e justo nessa mesa que estávamos. Foi uma oportunidade para vir e desfrutar um pouco do bar", explicou à Agência Efe Santiago, um jovem italiano radicado no Uruguai.

"Eu sempre paro aqui, um café que tem atmosfera", dizia sobre o estabelecimento o autor de uma das obras mais conhecidas de literatura latino-americana.

eduardo galeano Café mais antigo do Uruguai perde seu cliente Eduardo Galeano

Eduardo Galeano gostava de frequentar o charmoso café uruguaio - Foto: Divulgação

Bar mais antigo

Trata-se do bar mais antigo dos que permanecem abertos na capital, "o último moicano de Montevidéu", como afirmava Galeano aos jornalistas que encontrava entre seus muros.

"Eu sou filho dos cafés de Montevidéu. Cafés como este, o mais antigo de todos. Cafés dos tempos nos quais havia tempo para perder tempo. Nos cafés aprendi tudo o que sei. Foram minha única universidade. Aprendi o mais importante", explicou Galeano em uma entrevista à emissora espanhola TVE em 2006.

Nesta segunda, os responsáveis pelo estabelecimento evitaram fazer declarações públicas, consternados pela notícia sobre quem consideravam um amigo e com o objetivo de não aproveitar comercialmente a notícia de sua morte.

O escritor morreu em um centro hospitalar no qual foi internado recentemente devido a uma das muitas recaídas que vinha sofrendo ultimamente, segundo informaram à Efe fontes familiares.

Em 2007, Galeano foi operado de um câncer de pulmão e posteriormente houve períodos nas quais seu estado pareceu melhorar. O escritor e jornalista é velado nesta terça (14) no Salão dos Passos Perdidos do parlamento de seu país, informaram fontes oficiais.

O velório se estenderá das 15h até as 22h para que possam se despedir todas as pessoas que desejarem, disseram à Efe fontes da Presidência da República.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 13/04/2015 às 13h36

Morre Eduardo Galeano, a voz crítica da América Latina

Eduardo Galeano   conferenza Vicenza 21 Morre Eduardo Galeano, a voz crítica da América Latina

Eduardo Galeano, autor de As Veias Abertas da América Latina, morre aos 74 anos - Foto: EFE

Da EFE

O escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano, que morreu nesta segunda-feira (13), aos 74 anos, era uma das vozes mais críticas da literatura latino-americana e entre suas várias obras destaca-se As Veias Abertas da América Latina, uma declaração de princípios e seu livro mais lido.

Um livro que surgiu em 1971 e que é por direito próprio um dos clássicos da literatura política em espanhol, no qual Galeano analisa com precisão a história do continente até esse momento.

Peça em SP inspirada em Galeano homenageará o autor

Galeano tinha pouco mais de 30 anos quando o publicou, mas o autor já tinha uma carreira consolidada, que começou precocemente em 1963 com Os Dias Seguintes, que foi feito quando o autor tinha apenas 23 anos.

Uruguaio de Montevidéu

Eduardo Germán María Hughes Galeano nasceu em 3 de setembro de 1940 em Montevidéu em uma família acomodada, filho de Eduardo Hughes Roosen e de Licia Esther Galeano Muñoz, de quem tomou o sobrenome para sua carreira literária.

Galeano entrou no mundo do jornalismo com 14 anos de idade, desenhando caricaturas políticas. Posteriormente foi redator-chefe da revista Marcha (1961-1964), uma publicação na qual colaboraram nomes como Mario Vargas Llosa e Mario Benedetti.

Galeano também foi diretor do jornal Época (1964-1966) e diretor de publicações da Universidade do Uruguai (1964-1973). Nesse último ano, Galeano se exilou em Buenos Aires, onde fundou a revista Crisis, que também dirigiu.

Em 1976, continuou o exílio em Barcelona (Espanha). Seu retorno ao Uruguai aconteceu em 1985, uma vez restaurada a democracia. China (1964), Guatemala, País Ocupado (1967); Reportagens (1967), Os Fantasmas do Dia do Leão e Outros Relatos (1967) e Vossa Majestade o Futebol (1968) foram seus primeiros livros, todos com um grandes conteúdos político.

Galeano fotoEugenioMazzinghi Morre Eduardo Galeano, a voz crítica da América Latina

O escritor uruguaio Eduardo Galeano em retrato de Eugenio Mazzinghi

Influências

Uma obra que os críticos literários consideram influenciada pelos italianos Cesare Pavese e Basco Pratolini, os americanos William Faulkner e John Dos Passos e espanhóis como Federico García Lorca, Miguel Hernández, Antonio Machado, Pedro Salinas e Luis Cernuda.

O ponto de inflexão em sua carreira foi marcado por As Veias Abertas da América Latina, que ele descrevia como "uma contra-história econômica e política com fins de divulgação de dados desconhecidos", e pelo qual obteve o Prêmio Casa das Américas de Cuba e, duas décadas mais tarde (1999), o Prêmio à Liberdade Cultural da Fundação Lannan dos EUA, dedicada a promover a literatura contemporânea e as artes visuais.

Um livro que está ligado a uma lembrança: em 2009 o então presidente venezuelano, Hugo Chávez, presenteou com um exemplar seu colega americano, Barack Obama, durante a cúpula de Unasul (União de Nações Sul-americanas).

Galeano também publicou Vagamundo (1973); A Canção de Nossa Gente (1975); Dias e Noites de Amor e Guerra (1976); e Os Nascimentos(1982), primeiro volume de sua trilogia Memórias do Fogo.

Inspirada em Galeano, peça América Vizinha fará homenagem ao autor

Depois surgiram O Livro dos Abraços (1989); o romance ilustrado pelo brasileiro José Francisco Borges, As Palavras Andantes (1993); Futebol ao Sol e à Sombra (1995); De Pernas pro Ar (1998); Bocas do Tempo (2004); e seus relatos Espelhos. Uma História Quase Universal (2008), publicados no ano seguinte que o escritor superou uma cirurgia por conta de um câncer de pulmão.

eduardo galeano Morre Eduardo Galeano, a voz crítica da América Latina

Eduardo Galeano foi um dos mais importantes autores políticos da América Latina - Foto: Divulgação

Reconhecimentos

Galeano recebeu, entre outros reconhecimentos, o Prêmio Casa das Américas (1975) por seu romance A Canção de Nós; o mesmo prêmio na categoria Testemunho em 1977 por Dias e Noites de Amor e de Guerra; o American Book (1991) por sua trilogia Memórias do Fogo, entre outros.

O escritor foi membro do júri do Tribunal Permanente dos Povos (1988), que julga a política do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial (BM).

O último ato público de importância no qual participou foi a inauguração da II Bienal do Livro de Brasília, em fevereiro de 2014. Desde então suas aparições foram muito poucas, embora não deixou de escrever até o último momento e de mostrar suas opiniões políticas, de futebol ou literárias, quando eram requeridas.

"Há dores que se dizem calando. Se dizem calando, mas doem igual. Como nos dói a morte de Gabo García Márquez", disse em 18 de abril do ano passado após a morte do escritor colombiano. E pediu algo que seja possível aplicar agora com seu falecimento: "Então bebamos mais uma taça à saúde do saudável Gabo para rirmos juntos, porque seguirá sempre vivo em suas palavras...".

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

 

Posts relacionados

Publicado em 13/04/2015 às 03h03

Após passar mal, Plácido Domingo volta aos palcos

Placido Domingo Após passar mal, Plácido Domingo volta aos palcos

O tenor Placido Domingo já está de volta aos seus concertos - Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters/Arquivo

Da EFE

O cantor de ópera espanhol Plácido Domingo voltou aos palcos neste fim de semana. No último sábado (11), ele cantou no Metropolitan de Nova York, após cancelar as apresentações da semana passada por problemas de saúde.

Domingo, de 74 anos, sofreu um resfriado que o impediu interpretar há uma semana Don Carlo na ópera Ernani de Verdi. Ele foi substituído no último momento pelo italiano Luca Salsi, de 40 anos.

O diretor de comunicações da Ópera de Los Angeles, Gary W. Murphy, confirmou que o tenor reconvertido em barítono cumprirá sua agenda dos próximos dias, que inclui atuar em Ernani e dirigir Aida, de Verdi.

Plácido Domingo sofreu em julho de 2013 uma embolia pulmonar quando ensaiava Il Postino (O Carteiro) em Madri, e em 2010 retirou um tumor de cólon.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 12/04/2015 às 03h03

Em Portugal, Lázaro Ramos defende novos gêneros no cinema brasileiro

O Vendedor de Passados1 Em Portugal, Lázaro Ramos defende novos gêneros no cinema brasileiro

Lázaro Ramos lançou O Vendedor de Passados em Lisboa - Foto: Divulgação

Da EFE, em Lisboa

O ator Lázaro Ramos, que apresentou em Lisboa o filme O Vendedor de Passados, defendeu a importância da formação de novos públicos" no Brasil, que não se limite a sucessos de gêneros como comédia, violência urbana ou biografias.

"No Brasil, os filmes que vendem são as comédias, filmes sobre violência urbana e, às vezes, biografias. Investir em outros gêneros é importante, se não ficamos com um mercado muito limitado e sem formar novos públicos", disse o ator, que apontou gêneros como o suspense.

Presente no lançamento do Festival de Cinema Itinerante de Língua Portuguesa (FESTin), Lázaro, de 36 anos, é o protagonista de O Vendedor de Passados, um longa-metragem de suspense adaptado da obra do angolano José Eduardo Agualusa.

Vicente, o personagem de Lázaro, é um profissional especializado em recriar o passado de seus clientes, substituindo-o por uma versão aperfeiçoada de suas memórias através da manipulação digital.

"Temos como referência pessoas que estão insatisfeitas com seu físico e se submetem a cirurgias plásticas, pessoas que mudam de sexo, pessoas que vivem uma vida falsa na internet", assinalou.

O filme, dirigido pelo carioca Lula Buarque de Hollanda, fez sua pré-estreia mundial no FESTin, que acontece em Lisboa até 14 de abril. Alinne Moraes, 32, interpreta a misteriosa Clara, uma cliente que quer manter o anonimato.

Da literatura ao cinema, o filme passou por um processo de adaptação à realidade brasileira, e foi ambientado no Rio de Janeiro. O predominante gênero de suspense se mistura com o romance e o drama que resulta, segundo Lázaro, em "um gênero híbrido", quase um laboratório de experimentação para novos formatos no cinema brasileiro.

Carreira no cinema

Com mais de duas décadas de carreira, o baiano Lázaro Ramos começou como ator aos 15 anos, no Grupo de Teatro Olodum, formado só por atores negros. No cinema, teve papéis em alguns dos melhores filmes do cinema brasileiro Madame Satã (2002), Carandiru (2003), O Homem que Copiava (2003), Cidade Baixa (2005) e Ó Paí, Ó (2007).

Casado há quase 11 anos com a atriz carioca Taís Araújo, o casal tem dois filhos, João Vicente, de 3 anos, e Maria Antônia, de três meses.

"Já vivemos todas as fases, opinando mutuamente sobre nossas carreiras, mas hoje estamos em uma fase que é ótima, só de elogios", contou, em tom relaxado.

O papel de Foguinho, na telenovela Cobras&Lagartos, promoveu Lázaro internacionalmente. "Depois da novela, me convidaram para ir a Angola e quando cheguei ao aeroporto, havia oito garotos com o bigode pintado de loiro", disse, lembrando da homenagem ao personagem.

Conquistada a simpatia do público da África e de Portugal, Lázaro se revelou um entusiasta do fortalecimento das culturas luso-parlantes através do cinema.

Este ano lançará o filme O Grande Kilapy, uma co-produção entre Brasil, Portugal e Angola, em que interpreta um trapaceiro angolano. O ator antecipou que embarcará na direção de uma ficção filmada no continente africano, prevista para 2016. "Através dessa ideia de integrar os países de língua portuguesa, queremos encontrar um novo mercado e uma maneira de dialogar", destacou.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 11/04/2015 às 11h24

Autor dá 15 dicas para conquistar uma mulher

romeu julieta Autor dá 15 dicas para conquistar uma mulher

Beijo de Romeu e Julieta no filme de Hollywood: autor promete dicas para fazer o amor acontecer também na vida real - Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O escritor Eduardo Santorini jura de pés juntos ter uma fórmula infalível no jogo da conquista. Pelo menos para o homem heterossexual que sonha em poder um dia, quem sabe, conquistar uma garota. Ele afirma ter compilado tudo no livro Como Conquistar uma Mulher em 15 Minutos. A obra será lançada em São Paulo, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, na próxima terça (14), a partir das 18h, quando promete atender a seus leitores sonhadores. Abaixo, ele adianta para o R7 Cultura 15 dicas presentes em seu livro a quem possa se interessar. Resta saber se as mulheres concordam com tudo isso.

1 - Esteja alerta: seu grande amor pode estar por perto.

2 - Use o olhar: a linguagem corporal será sua arma secreta.

3 - Supere a ansiedade: mulheres curtem homens confiantes.

4 - Puxe assunto: pode ser algo divertido ou casual, mas nada de cantadas prontas.

5 - Tenha carisma: você não terá duas chances de causar uma boa primeira impressão.

6 - Divirta-se: bom humor é o tempero que deixa a paquera mais gostosa.

7 - Tenha assuntos interessantes: toda garota curte uma boa história.

8 - Cuidado com a friendzone: dê pistas de que você está interessado.

9 - Desperte atração: não precisa ser rico ou bonito. Ela precisa se sentir segura perto de você.

10 - Busque por indicadores de interesse: eles são a confirmação de que você está no caminho certo.

11 - Encontre afinidades: esqueça aquela história de opostos se atraem e busque interesses e conexões comuns.

12 - Prepare o ambiente: convide-a para um lugar mais tranquilo e longe das amigas.

13 - Aproxime-se: faça toques sutis, mas não sexuais. Como no braço ou nas mãos, por exemplo.

14 - Converse de forma íntima: fale ao ouvido, toque os cabelos, mantenha contato visual, dê um abraço.

15 - Beije!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 10/04/2015 às 15h50

Vídeo: Veja a Agenda Cultural do Hora News, na Record News, desta sexta-feira, dia 10/04/2015

agenda miguel lidiane Vídeo: Veja a Agenda Cultural do Hora News, na Record News, desta sexta feira, dia 10/04/2015

Lidiane Shayuri recebe Miguel Arcanjo Prado no quadro Agenda Cultural no Hora News

A Agenda Cultural do Hora News, na Record News, está recheada de atrações para você se divertir. Miguel Arcanjo Prado conta para Lidiane Shayuri as principais dicas em todo o Brasil. Tem um novo cantor na praça, Chris Oliveira, com a música Bora. Nos teatros, tem a peça Why the Horse, com Maria Alice Vergueiro, no Sesc Santana. No Rio, tem show de Otto, e em Belo Horizonte, de Vanessa da Matta. Nos cinemas, tem o policial Risco Imediato, com James Franco, e a animação Cada um na sua Casa. Com edição de Aline Rocha Soares e produção de Giovanna Hueb. Veja o vídeo, abaixo.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 10/04/2015 às 14h26

Mineiros levam montanhas para dançar em SP

Entre o Ceu e as Serras Guto Muniz 2 Mineiros levam montanhas para dançar em SP

Bailarinos do Palácio das Artes: dança mineira em SP - Foto: Guto Muniz

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Os mineiros estão entre os melhores bailarinos do Brasil. Tanto que têm sede em Belo Horizonte grupos renomados como Corpo, Primeiro Ato e a Cia. Palácio das Artes. Esta última, apresenta seu celebrado espetáculo Entre o Céu e as Serras em São Paulo nos próximos dias.

As sessões serão dia 18 (sábado, 21h) e 19 (domingo, 18h) de abril, no Teatro Paulo Autran do Sesc Pinheiros, com entrada a R$ 40 (inteira).

A iluminação é assinada pelo cantor e compositor Ney Matogrosso. Já Cristina Machado é quem dirige a obra já vista por 30 mil pessoas.

Ela conta que o espetáculo "revisita as questões conceituais em torno da identidade e da experiência de mineiridade".

Ou seja, os mineiros levam suas montanhas para dançar em São Paulo. E fazem muito bem.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 10/04/2015 às 03h03

Maná faz turnê por 15 cidades dos EUA

mana Maná faz turnê por 15 cidades dos EUA

Banda mexicana Maná fará uma grande turnê pelos Estados Unidos - Foto: Divulgação

Da EFE, em Miami

O grupo mexicano Maná se apresentará em 15 cidades dos Estados Unidos para promover seu mais recente álbum, Cama Incendiada, anunciaram os agentes da banda. A tour pelos EUA começará dia 10 de junho em San Diego, na Califórnia, e um mês depois, em 11 de julho, o grupo se despedirá em Laredo, no Texas. Esta travessia levará o Maná a Dallas, Hidalgo e Houston, no Texas; e a Miami e Orlando, na Flórida.

O novo álbum inclui canções como Adicto a tu Amor, Peligrosa, La Telaraña e a própria Cama Incendiada, que dá nome ao disco. O álbum, produzido pelo americano George Noriega, produtor de artistas como Ricky Martin, Shakira e Jennifer López, foi descrito pelo cantor da banda, Fher Olvera, como uma explosão de sentimentos.

A tour inclui ainda duas apresentações no Staples Center de Los Angeles, dias 18 e 20 de junho, quando o Maná buscará ampliar seu recorde de maior número de shows totalmente vendidos por artista ou grupo no ginásio desde sua inauguração, há 16 anos, após superar em 2012 a americana Britney Spears.

A tour também inclui as cidades californianas de Sacramento, San José e Fresco, além de Chicago (Illinois), Atlanta (Geórgia) e Newark (Nova Jersey).

Em entrevista recente à Agência Efe, Olvera, compositor da maioria dos temas, contou que estava "cruzando lados obscuros após uma separação", quando escreveu muitas das letras do novo álbum, que estará à venda a partir de 21 de abril.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 09/04/2015 às 03h03

Madonna encomenda figurino de nova turnê

madonna Madonna encomenda figurino de nova turnê

Madonna prepara roupas impactantes para seu show - Foto: EFE

Da EFE, em Zaragoza (Espanha)

Um alfaiate espanhol confeccionou dois trajes "autênticos" e "completos" para a cantora americana Madonna, que tem a intenção de brilhar em sua próxima turnê, para quem também fez um poncho e diversas peças para os dançarinos.

"Trabalhando aos finais de semana e fazendo horas extras, Daniel Roqueta precisou de 12 dias para terminar as roupas", explicou o gerente da Sastrería Taurina Daniel Roqueta, Alfredo Roqueta.

O entorno da cantora não falou diretamente com o alfaiate, mas entrou em contato com a Toroshopping.com, a quem pediu inicialmente um traje de "segunda mão", apesar de desprezar esta opção e escolher pelo outro traje quando soube que esta empresa "online" encarregou o pedido ao alfaiate de Utebo (Zaragoza, centro), precisou Clara Calvo, responsável do departamento de marketing da Toroshopping.

Calvo assegurou que os trajes encomendados são para a turnê de Madonna deste verão, apesar de desconhecer exatamente em que atuações os vestirá. Os dois trajes em questão são integrados cada um deles por jaqueta, colete e calças, um vestiário que Madonna queria que estivesse pronto para a cerimônia dos prêmios Oscar, em fevereiro.

Alfredo Roqueta então comentou que era impossível confeccioná-los para fevereiro e acrescentou que os trajes ficaram prontos para a cerimônia dos Prêmios Brit Awards 2015 e, de fato, os dançarinos os estrearam.

Para os dançarinos foram encomendados duas jaquetas, dois coletes, dois jogos de ombreiras e três suspensórios, detalhou. Inicialmente, o alfaiate não sabia que sua cliente era Madonna, mas uma vez confirmado o trabalho após "várias semanas de negociações", foram revelados os detalhes, incorporados em um contrato de confidencialidade.

As medidas da cantora foram enviadas por e-mail e nem a artista e nem os dançarinos provaram os trajes. Madonna pediu, segundo Roqueta, que os trajes "fossem bem reforçados para aguentar os shows, assim como que fossem o mais cômodos e leves possíveis".

Pela falta de tempo, o alfaiate teve que renunciar parte do trabalho manual, por exemplo o de colocar lantejoulas, e "incorporou um bordado em fio elaborado com robôs, o que os faz mais leves e portanto, mais cômodos".

Além de roupas toureiros e para Toroshopping, o alfaiate Daniel Roqueta trabalhou para a grife Moschino e para a atriz Sarah Jessica Parker, para quem confeccionou uma jaqueta.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Perfil

Miguel Arcanjo Prado é editor de Cultura do R7, onde está desde o começo do portal, em 2009. É jornalista formado pela UFMG e pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP. É crítico membro da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes). Nasceu em Belo Horizonte e mora em São Paulo desde 2007, quando ingressou no Curso Abril de Jornalismo. Ainda em Minas, estreou como cronista do semanário O Pasquim 21, passando por TV UFMG e TV Globo Minas. Na capital paulista, foi repórter da Contigo!, da Ilustrada na Folha Online e do Agora São Paulo, no Grupo Folha. Edita e apresenta a Agenda Cultural da TV Record News.

PUBLICIDADE

TOP COMENTARISTAS

  1. 1
    R7 Cultura » Mar de...90 comentários
  2. 2
    lbraslauskas46 comentários
  3. 3
    Phillipe23 comentários
  4. 4
    Luiz Sergio Nacinovic3 comentários
  5. 5
    DIONE2 comentários
  6. 6
    Rafael Carvalho2 comentários
  7. 7
    MAURO ALEXANDRE PEREIRA D...2 comentários
  8. 8
    pedro2 comentários
  9. 9
    Jael Kuster2 comentários
Home de Blogs +
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com