Publicado em 30/04/2015 às 17h35

Bruna Ferreira assume nas férias de Miguel Arcanjo Prado

miguel arcanjo prado bruna ferreira foto eduardo enomoto Bruna Ferreira assume nas férias de Miguel Arcanjo Prado

Miguel Arcanjo Prado e Bruna Ferreira na redação do R7: ela assume nas férias do colega - Foto: Eduardo Enomoto

Durante as férias do jornalista e editor de Cultura do R7, Miguel Arcanjo Prado, neste mês de maio, os blogs Atores & Bastidores e R7 Cultura serão assumidos pela jornalista Bruna Ferreira.

Bruna é formada em jornalismo pela ECA-USP (Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo), onde atualmente cursa a pós-graduação, no mestrado. Ela está no R7 há cinco anos e, atualmente, é repórter da equipe de Entretenimento do portal. Arcanjo volta ao comando dos blogs em 5 de junho.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 26/04/2015 às 05h00

Ivo Meirelles reclama que fez show e não recebeu

ivo meirelles thiago duran agnews Ivo Meirelles reclama que fez show e não recebeu

Ivo Meirelles diz que tocou em SP e ainda não recebeu um centavo - Foto: Thiago Duran/AgNews

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O cantor Ivo Meirelles está revoltado, porque tomou "um calote", segundo suas próprias palavras.

O músico carioca afirma ao R7 Cultura que não recebeu nem um centavo do cachê acordado por sua participação no evento Semana Negra 2014, realizado entre 17 e 22 de novembro do ano passado, no CEU Caminho do Mar, em Jabaquara, na zona sul de São Paulo.

— Fui contactado através da produtora Mulher Negra e Cia, e o CEU é administrado pela Prefeitura de São Paulo. Parece que todos os envolvidos foram pagos, menos eu com minha equipe e também a Simone Sampaio, que foi minha convidada. Fomos 15 músicos e duas dançarinas ao todo, totalizando 17 pessoas sem receber. As duas dançarinas eu paguei do meu próprio bolso, porque eram passistas de escola de samba convidadas por mim e não quis deixá-las sem o pagamento, porque pensei que este seria feito logo.

O R7 Cultura conversou por telefone com Ruth Lopes, representante da produtora Mulher Negra e Cia. Ela confirmou à reportagem que o pagamento a Ivo e sua equipe realmente não foi feito.

Ruth Lopes disse que teve problemas na captação de recursos e também alguns problemas pessoais que a impediram de realizar o pagamento. Ela afirmou que procurou Ivo Meirelles e o produtor artístico responsável pelo show, Moacir Marques, que também não recebeu, e ficou de definir com ambos uma data para realizar o pagamento. Contudo, Ruth Lopes não pagou na data acordada.

A reportagem também falou com a Prefeitura de São Paulo, por meio da assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Cultura, que enviou a seguinte nota:

"A Semana da Consciência Negra – Mulher Negra e Cia é um evento independente, promovido pela organização Mulher Negra e Cia. A Secretaria Municipal de Cultura é uma das apoiadoras da iniciativa, para a qual custeou duas apresentações do grupo Berço do Samba de São Mateus no dia 22 de novembro de 2014, às 13h e às 21h, no CEU Caminho do Mar, totalizando o investimento de R$ 30 mil. A apresentação do artista Ivo Meirelles não foi realizada com os recursos da Secretaria Municipal de Cultura sendo, portanto, de total responsabilidade da entidade promotora do evento."

A Fundação Cultural Palmares, que aparece no cartaz do evento como co-realizadora, afirmou à reportagem que o evento não tem nenhuma ligação com a entidade e que, se sua logamarca foi utilizada pela Mulher Negra e Cia., isso foi feito de forma indevida.

ivo meirelles Ivo Meirelles reclama que fez show e não recebeu

Cartaz do evento Semana Negra 2014, organizado pela produtora Mulher Negra e Cia. - Foto: Divulgação

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 20/04/2015 às 11h23

Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

IMG 8949 Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

O curitibano Maikon K foi escolhido por Marina Abramović para abrir sua exposição no Brasil e virou comentário na classe artística paulistana - Foto: Annelize Tozetto/Clix

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Enviado especial do R7 a Curitiba*
Fotos ANNELIZE TOZETTO/Clix

Quem anda pelo Sesc Pompeia nas últimas semanas, em São Paulo, já se habitou a cruzar com a mais importante performer do mundo, Marina Abramović. A sérvia radicada em Nova York cuida dos mínimos detalhes de sua ocupação artística no espaço, Terra Comunal, até 10 maio.

Logo para a abertura, em março mês passado, Marina escolheu um artista brasileiro para chamar tanto a atenção do público quanto suas obras: o paranaense Maikon K. Nu, dentro de uma bolha de plástico, com a pele revestida de um líquido gosmento que ressecava cada vez mais, ele foi o centro das atenções no lançamento da mostra com seu DNA de DAN - que voltará na reta final da exposição nos dias 6, 7, 8 e 9 de maio.

O R7 foi até Curitiba, onde nasceu e mora Maikon Kempinski, o performer de 32 anos, para desvendar sua trajetória até chegar ao ponto de abrir a maior exposição na América Latina do nome mais conhecido da performance no mundo.

Apesar da timidez na hora das fotos, Maikon K tem discurso articulado e potente. Sabe o que está fazendo. Sentado em um banco à sombra no saguão interno do Memorial de Curitiba, ele conta que começou no teatro, mas nunca se apaixonou pelos  personagens clássicos.

“Fiz Romeu no Teatro Guairinha e fiquei traumatizado”, lembra, bem-humorado. Aos poucos, buscou um teatro que se fundisse com a performance. Tanta simbiose o transformou em uma espécie de pária na classe artística curitibana. “Aqui não me sinto nem do teatro, nem da dança, nem da performance. Sou do entre”, declara.

IMG 8941 Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

Maikon K chamou a atenção do público e de Marina Abramović com DNA de DAN - Foto: Annelize Tozetto

Suas pesquisas performáticas abarcaram o som e a dança. Desde 2007, resolveu trabalhar em solos. Passou a estudar o xamanismo, prática também investigada por Marina Abramović. “Sou bem autodidata nos estudos”, explica ele, que tomou ayahuasca em sua busca de autoconhecimento.

O primeiro trabalho solo de Maikon K foi Guilhotina, em 2007, que define como “um musical xamânico terrorista para o professor em sala de aula”. “Foi uma resposta à universidade. Eles estudam a cultura indígena, mas não a vivenciam. Montei o trabalho para confrontar a linguagem acadêmica. Foi bem experimental, bem off, bem underground” conta ele, que se formou em ciências sociais na UFPR (Universidade Federal do Paraná).

Após fazer uma oficina com Carlos Simioni, do Lume Teatro, de Campinas (SP), Maikon ficou instigado a fazer um novo trabalho. Assim surgiu seu segundo, Paisagem de Gesto e Voz, de 2011, “resultado de uma bolsa na Casa Hoffmann que investigou as relações do movimento com o som”. “Quis ver de onde vem o nosso som e como ele aparece no corpo. Me interessa esse corpo-ritual”, diz.

E o “corpo xamânico” foi o mote de seu terceiro trabalho, Corpo Ancestral, de 2013 — e que volta a ser encenado entre 28 de maio e 14 de junho de 2015, na Sala Londrina do Memorial de Curitiba.

dna de dan Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

Dentro da bolha: Maikon K em sua perfomance de DNA de DAN - Foto: Divulgação

Foi também em 2013 que surgiu DNA de DAN, seu quarto trabalho que impactou Marina Abramović. A performance foi criada a partir do edital Klauss Viana, da Funarte. Segundo seu criador, “é uma dança-instalação que estreou na área verde ao fundo do Museu Oscar Niemeyer”, um dos cartões postais curitibanos.

Foi nesta apresentação que Maikon K foi visto por Marina. A performer estava em Curitiba, para se encontrar com o xamã Rudá Iandé e sua mulher, Denise Maia. Por essas coincidências do destino, Rudá era o consultor xamãnico de DNA de DAN e convidou Marina a ir a uma das apresentações.

Marina gostou tanto do que viu que, assim que fechou com o Sesc em São Paulo sua megaexposição, avisou sua equipe que entrasse em contato com Maikon K. Queria que ele estivesse no grupo de performers brasileiros que fazem parte da mostra. E deu a ele o destaque maior na vernissage, o que fez com que o artista logo se transformasse na figura mais comentada no boca a boca artístico da capital paulista naquela semana.

dna de dan2 Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

DNA de DAN impactou frequentadores do Sesc Pompeia, em São Paulo - Foto: Divulgação

“O trabalho inicialmente tinha 50 minutos, e a Marina me perguntou se eu poderia fazer em três horas. No final, foram cinco horas e meia. Ela falou que havia achado meu trabalho bom, e que isso é o que interessava para ela”, conta.

Para ficar com a pele gosmenta, ele se prepara antes no camarim. O líquido foi criado pela artista plástica Faetusa Tezelli, que guarda sua fórmula a sete chaves. “A pele vai ressecando e depois que eu começo a dançar, ela se quebra. É a parte que eu mais gosto”, revela. Para realizar a performance, Maikon depila todo o corpo. “Até a sobrancelha”, enfatiza.

“Estudei o arquétipo da serpente. O DNA é em forma de serpente, é a serpente criadora da vida. Vários xamãs têm essa visão da serpente. A bolha gigante que encobre o artista e dentro da qual é possível o público entrar foi criada por Fernando Rosenbaum, dono da Bicicletaria Cultural, point cult-alternativo em Curitiba.

dna de dan3 Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

Público paulistano acompanha a dança de Maikon K em DNA de DAN - Foto: Divulgação

A explosão do nome Maikon K em São Paulo já reverbera em Curitiba. “Trabalho há anos em Curitiba e nunca tinha conseguido uma matéria de jornal. Só vieram me entrevistar agora”, diz. “Até a Marina ter me chamado, meu trabalho nunca havia saído de Curitiba”, conta.

Pé no chão, ele não se deslumbra com o glamour de estar ao lado de Marina. “A vida vai voltar a ser a mesma. Ninguém ainda sabe quem sou eu”, diz, de forma modesta. Conta que pretende fazer um próximo trabalho com espelhos e que deseja levar a outros lugares DNA de DAN, que terá nova temporada no segundo semestre em Curitiba.

“Quando comecei a estudar performance via o nome da Marina nos livros. Imagine o que foi para mim estar do lado dela, com ela discutindo comigo o meu trabalho? Ela foi muito generosa e interessada. Ela confiou em mim e me deu toda a liberdade. E colocou o meu trabalho num lugar de grande visibilidade, o que considero um luxo”, conclui Maikon K, leve como alguém que acabou de passar férias na Bahia.

*O jornalista MIGUEL ARCANJO PRADO viajou a convite do Festival de Teatro de Curitiba.

Leia mais sobre Marina Abramović em São Paulo

IMG 8929 Conheça Maikon K, o artista brasileiro que conquistou Marina Abramović

Maikon K: privilégio de ser escolhido por Marina Abramović - Foto: Annelize Tozetto/Clix

Veja como foi o Festival de Teatro de Curitiba 2015!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 13/04/2015 às 03h03

Após passar mal, Plácido Domingo volta aos palcos

Placido Domingo Após passar mal, Plácido Domingo volta aos palcos

O tenor Placido Domingo já está de volta aos seus concertos - Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters/Arquivo

Da EFE

O cantor de ópera espanhol Plácido Domingo voltou aos palcos neste fim de semana. No último sábado (11), ele cantou no Metropolitan de Nova York, após cancelar as apresentações da semana passada por problemas de saúde.

Domingo, de 74 anos, sofreu um resfriado que o impediu interpretar há uma semana Don Carlo na ópera Ernani de Verdi. Ele foi substituído no último momento pelo italiano Luca Salsi, de 40 anos.

O diretor de comunicações da Ópera de Los Angeles, Gary W. Murphy, confirmou que o tenor reconvertido em barítono cumprirá sua agenda dos próximos dias, que inclui atuar em Ernani e dirigir Aida, de Verdi.

Plácido Domingo sofreu em julho de 2013 uma embolia pulmonar quando ensaiava Il Postino (O Carteiro) em Madri, e em 2010 retirou um tumor de cólon.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 20/03/2015 às 10h40

Vídeo: Veja a Agenda Cultural do Hora News, na Record News, desta sexta-feira, dia 20/03/2015

agenda cultural 1024x735 Vídeo: Veja a Agenda Cultural do Hora News, na Record News, desta sexta feira, dia 20/03/2015

Lidiane Shayuri recebe Miguel Arcanjo Prado na Agenda Cultural da Record News

O colunista Miguel Arcanjo Prado conta para Lidiane Shayuri as melhores dicas culturais no quadro Agenda Cultural, no telejornal Hora News, na Record News. Tem a peça Noturno, do Teatro Invertido, no CCBB, em BH. Em São Paulo, tem a peça espanhola Uma Casa na Ásia, no Sesc Santana. Na capital paranaense tem o Festival de Teatro de Curitiba. E mais: o uruguaio Jorge Drexler faz a turnê Bailar en la Cueva em São Paulo, Porto Alegre e Curitiba. Para as crianças, tem a visita ao Museu da Imigração, em São Paulo. E, nos cinemas, a estreia do premiado filme brasileiro Branco Sai, Preto Fica, de Adirley Queiroz. Veja o vídeo:

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 02/12/2014 às 00h01

Veja quem levou o Prêmio APCA 2014

cássia kiss amores roubados Veja quem levou o Prêmio APCA 2014

Cássia Kis Magro: melhor atriz de TV por Amores Roubados (cena) e O Rebu - Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Mais de 50 críticos se reuniram na noite desta segunda (1º), no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, para escolher os melhores do ano de 2014 pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), entidade da qual este jornalista é membro.

Foram eleitos os melhores nas seguintes áreas: Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Literatura, Música Popular, Rádio, Teatro, Teatro Infantil e Televisão. Em 2014, não houve premiação em Música Erudita, categoria que retornará a ser votada em 2015. A cerimônia de entrega a todos os artistas contemplados nesta 59ª Edição do Prêmio APCA acontecerá no primeiro trimestre de 2015, em data a ser divulgada, no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, em São Paulo.

Veja como foi a premiação da APCA em teatro!

O presidente da APCA, José Henrique Fabre Rolim, conta que a lista da entidade é "esperada com ansiedade pelos artistas e inclusive pelos próprios críticos, que vêm à votação sem saber ainda quem vai ser premiado".

— Essa amplidão de artes nominadas reflete a nossa diversidade cultural.

Edianez Parente, crítica de televisão, diz que a votação foi acirradíssima em 2014.

— Foi um ano de muita produção, então tivemos uma votação acirradíssima, com cada um defendendo o seu ponto de vista, mas o resultado foi muito bacana.

Para o crítico teatral Afonso Gentil, também membro da entidade, seu histórico já é um belo cartão de visita.

— Eu acho que o tempo de vida que a APCA tem já demonstra a força, a seriedade e a necessidade da entidade.

Veja, abaixo, a lista completa de quem ganhou o Prêmio APCA 2014:

ARQUITETURA

Homenagem pelo conjunto da obra: Giancarlo Gasperini

Fronteiras da arquitetura: “Maneiras de expor: a arquitetura expositiva de Lina Bo Bardi”, curadoria de Giancarlo Latorraca/Museu da Casa Brasileira

Projeto urbano: Ponte Bayer - passarela móvel sobre o canal Guarapiranga, São Paulo - Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo/ arquitetos Roberto Loeb e Luis Capote

Urbanidade: reurbanização de favela do Sapé - Base 3 Arquitetos/ arquitetos Catherine Otondo, Jorge Pessoa de Carvalho e Marina Grinover

Narrativas urbanas: Cristiano Mascaro

Difusão: documentário “Bernardes”, direção Gustavo Gama Rodrigues e Paulo de Barros

Revelação: Alojamentos estudantil na Ciudad del Saber, Panamá - SIC Arquitetura / arquitetos Eduardo Crafig, Juliana Garcias, Marcio Guarnieri, Fabio Kassai e Gabriela Gurgel

Votaram:  Abílio Guerra, Maria Isabel Villac, Fernando Serapião, Guilherme Wisnik, Mônica Junqueira Camargo e Nadia Somekh

ARTES VISUAIS

Grande Prêmio da Crítica: Abraham Palatnik – A Reinvenção da Pintura - MAM

Exposição Internacional: Hans Hartung – Oficina do Gesto - CCBB

Exposição: Paulo Bruscky - MAM

Retrospectiva: Iberê Camargo – Um Trágico nos trópicos - CCBB

Fotografia:Luiz Braga – Retumbante Natureza Humanizada – SESC Pinheiros

Obra Gáfica: José Roberto Aguillar – 50 Anos de Arte

Iniciativa Cultural: Cidade Matarazzo Made by.... Feito por brasileiros

Votaram: Antonio Santoro Jr., Antonio Zago, Dalva Abrantes, João J. Spinelli, José Henrique Fabre Rolim, Luiz Ernesto Machado Kawall, Marcos Rizolli, Ricardo Nicola, Silvia Balady, Emilia Okubo e Rubens Fernandes Junior.

praia do futuro Veja quem levou o Prêmio APCA 2014

Praia do Futuro: melhor filme de 2014 pelos críticos de cinema da APCA

CINEMA

Filme: Praia do Futuro, de Karim Aïnouz

Diretor: Paulo Sacramento, por Riocorrente

Roteiro: Fernando Coimbra, por O Lobo Atrás da Porta

Ator: Ghilherme Lobo, por Hoje Eu Não Quero Voltar Sozinho

Atriz: Deborah Secco, por Boa Sorte

Documentário: São Silvestre, de Lina Chamie

Fotografia: Jacob Solitrenick, por De Menor

Votaram: Orlando Margarido, Rubens Ewald Filho e Walter Cezar Addeo

DANÇA

Grande Prêmio da Crítica: Lia Rodrigues, por Pindorama e Exercício M

Pesquisa em Dança: Biomashup, de Cristian Duarte e Lote # 3

Projetos em Dança: Marcos Villas Bôas

Criação em Dança: Cena 11, por Monotonia de Aproximação e Fuga para 7 Corpos

Espetáculo: Tira Meu Fôlego, de Elisa Ohtake e elenco

Percurso em Dança: Vera Sala / Hideki Matsuda

Iniciativa em Dança: 7x7, projeto de Sheila Ribeiro

Votaram: Ana Teixeira, Ana Francisca Ponzio, Helena Katz e Renata Xavier

LITERATURA

Grande Prêmio da Crítica: João Adolfo Hansen e Marcello Moreira pelos cinco volumes “Gregório de Matos”; editora Autêntica

Romance: “O Irmão Alemão”, de Chico Buarque; editora Companhia das Letras

Ensaio/Crítica/Reportagem: “Música com Z”, de Zuza Homem de Mello; editora 34

Infanto-Juvenil: “A Incrível História do Dr. Augusto Ruschi”, de Paulo Tatit; editora Melhoramentos

Poesia: “Mesmo sem dinheiro comprei um esqueite novo”, de Paulo Scott; editora Companhia das Letras

Contos/Crônicas: “O Homem-mulher”, de Sérgio Sant’Anna; editora Companhia das Letras

Tradução: Caetano Galindo, por “Graça infinita”, de David Foster Wallace; editora Companhia das Letras

Biografia/Memória: “Getúlio (1945 – 1954) – Da volta pela consagração popular ao suicídio”, de Lira Neto; editora Companhia das Letras

Votaram: Amilton Pinheiro, Felipe Franco Munhoz, Gabriel Kwak, Luiz Costa Pereira Jr. e Ubiratan Brasil

 

jeneci Veja quem levou o Prêmio APCA 2014

Marcelo Jeneci: melhor compositor de 2014 pela APCA - Foto: Divulgação

MÚSICA POPULAR

Grande Prêmio da Crítica: Nelson Motta

Grupo: Banda do Mar

Intérprete:  Anelis Assumpção

Compositor: Marcelo Jeneci

Revelação: Ian Ramil (pelo álbum “Ian”)

Álbum: Encarnado, de Juçara Marçal

Show: Titãs - Nheengatu

Projeto Especial – Jazz na Fábrica – Sesc Pompeia

Votaram: Inês Fernandes Correia, José Norberto Flesch e Marcelo Costa


RÁDIO

Prêmio Especial do Juri: Milton Jung – Jornal da CBN 1ª edição

Internet: Plug Rádio USCS – Universidade Municipal de São Caetano do Sul (plugradiouscs.com.br)

Musical: Espaço Rap 2 – 105 FM

Humor: Plantão de Notícias – Rádio Globo AM

Variedades: No Mundo da Bola, 25 anos – Rádio Jovem Pan

Cultura Geral: Estadão Noite – Rádio Estadão

Destaque do Ano: Um Pouquinho de Brasil – Cultura FM

Votaram: Fausto Silva Neto, Marco Antonio Ribeiro e Sílvio Di Nardo

apca 2014 o homem de la mancha pessoas perfeitas Veja quem levou o Prêmio APCA 2014

O Homem de la Mancha (esq.) e Pessoas Perfeitas (dir.) dividem prêmio de melhor espetáculo de teatro em 2014 - Fotos: João Caldas e André Stéfano

 

TEATRO

Grande Prêmio da Crítica: Laura Cardoso

Espetáculo: O Homem de La Mancha e Pessoas Perfeitas

Diretor: Marco Antonio Pâmio (Assim É (Se Lhe Parece))

Dramaturgia: Newton Moreno e Alessandro Toller (O Grande Circo Místico)

Ator: Cleto Baccic (O Homem de La Mancha)

Atriz: Laila Garin (Elis, a Musical)

Prêmio Especial: Prêmio MitSP (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo)

Votaram: Afonso Gentil, Aguinaldo Cristofani Ribeiro da Cunha, Carmelinda Guimarães, Edgar Olímpio de Souza, Evaristo Martins de Azevedo, José Cetra Filho, Kyra Piscitelli, Marcio Aquiles, Maria Eugênia de Menezes, Michel Fernandes, Miguel Arcanjo Prado, Tellé Cardim e Vinício Angelici

TEATRO INFANTIL

Grande Prêmio da Crítica: Banda Mirim, pela trajetória de 10 anos (direção de Marcelo Romagnoli)

Melhor Espetáculo com Música para Crianças: Mania de Explicação, de Luana Piovani Produções Artísticas (direção de Gabriel Villela)

Melhor Espetáculo com Texto Adaptado para Crianças: As Bruxas da Escócia, do Grupo Vagalum Tum Tum (direção de Ângelo Brandini)

Melhor Espetáculo com Contação de Histórias: As Três Penas do Rabo do Grifo, da cia. Faz e Conta (Ana Luísa Lacombe)

Melhor Elenco de Peça: Cia Delas, por A Famosa Invasão dos Ursos na Sicília (atrizes Cecília Magalhães, Fernanda Castello Branco, Lilian Damasceno, Paula Weinfeld e Thaís Medeiros, com direção de Carla Candiotto)

Melhor Espetáculo com Interação de Mídias: O Sonho de Jerônimo, do grupo Fabulosa Companhia (direção de Eric Nowinski)

Personalidade do Ano no Teatro Para Crianças e Jovens: Luíza Jorge, pela criação, coordenação e produção do novo Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem

Votaram: Dib Carneiro Neto, Gabriela Romeu e Mônica Rodrigues da Costa
TELEVISÃO

Dramaturgia: Amores Roubados/TV Globo

Atriz: Cássia Kis Magro (Amores Roubados e O Rebu/TV Globo)

Ator: Irandhir Santos (Amores Roubados e Meu Pedacinho de Chão/TV Globo)

Direção: José Luiz Villamarim (Amores Roubados e O Rebu)

Programa de Variedades: O Infiltrado/History Channel

Programa de Humor: Tá no Ar/TV Globo

Programa Infantil: Quintal da Cultura/TV Cultura

Menção Honrosa:  A Grande Família/TV Globo (pela trajetória e episódio final)

Votaram: Cristina Padiglione, Edianez Parente, Flávio Ricco, João Fernando, José Armando Vanucci, Leão Lobo e Neuber Fischer

Veja como foi a premiação da APCA em teatro!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 31/10/2014 às 16h51

O Retrato do Bob: Alberto Guzik, ausente e presente

alberto guzik foto bob sousa O Retrato do Bob: Alberto Guzik, ausente e presenteFoto BOB SOUSA
Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Tudo na vida dele foi muito intenso, muito rápido. Assim, ele nos deixou em 2010, com apenas 66 anos, vítima de um câncer. Mas a doença jamais conseguiu apagar o que ele representa para a cultura brasileira, sobretudo para o nosso teatro. Alberto Guzik cobriu os palcos como ninguém. Também foi crítico que deixou sua marca nas peças que assistiu e analisou. No fim da vida, mudou de lado. Foi para o palco, na companhia de seus amigos do grupo Os Satyros. Reinou na praça Roosevelt. Mas nunca deixou de ser um homem das letras. Tanto que foi diante de seus muitos livros que posou para nosso Bob Sousa. Com mestrado na USP sobre o lendário TBC, o Teatro Brasileiro de Comédia, ele conhecia cada meandro da história do teatro brasileiro. Nem parece, mas ele se foi há quatro anos. E faz uma baita falta esse grande homem de nossa cultura. Ausente, mas ainda tão presente.

*BOB SOUSA é fotógrafo e autor do livro Retratos do Teatro (Editora Unesp). Sua coluna O Retrato do Bob é publicada no Atores & Bastidores do R7 toda segunda-feira, com grandes nomes dos palcos. Já às sextas, a coluna O Retrato do Bob sai no blog R7 Cultura, com personalidades do mundo cultural.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Posts relacionados

Publicado em 11/10/2014 às 03h08

Ramon Cotta: Papo no táxi e no busão

taxi onibus daia oliver Ramon Cotta: Papo no táxi e no busão

De táxi ou de ônibus, nunca faltam histórias para contar - Foto: Daia Oliver

Por RAMON COTTA
Especial para o R7*

Taxista: Acho que vai acontecer com o humano a mesma coisa que ocorreu com os dinossauros. Os humanos vão morrer todos e vai nascer algo novo.

Eu: É, será. Nós humanos só fazemos tragédia mesmo, né?

Taxista: Mas será que existiu dinossauro mesmo!?

Eu: Risos, risos, risos, acho que sim, viu, risos.

O papo continuou sobre a existência ou não dos dinossauros, big bang etc.

Aí, em um certo momento, ele me mostrou um conhecido que estava na rua e me contou que esse cara tinha apanhado da mulher.

Perguntei o motivo da esposa ter batido nele.

Taxista: Não sei. É mais fácil entender os dinossauros do que os humanos.

Eu: Verdade, moço!

******

Conversa que ouvi no busão:

— Tô de dieta só de dia. À noite como tudo. Pra emagrecer é só parar de comer arroz. Minha receita é essa.

— Ah, é mesmo, esqueci que você tá de regime.

— Meu marido não gosta de mim gorda.

— Nem magra, né!?

ramon cotta Ramon Cotta: Papo no táxi e no busão
*RAMON COTTA é cronista e jornalista formado pela UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto). Colunista convidado, escreve no R7 Cultura todo segundo sábado do mês.

Posts relacionados

Publicado em 03/07/2013 às 04h00

Teatro Sérgio Cardoso apresenta o espetáculo Oroboro

A partir desta quarta-feira (03), a Sala Paschoal Carlos Magno, no Teatro Sérgio Cardoso, recebe o espetáculo Oroboro, do coreógrafo Alex Soares. A apresentação tem como tema a memória e a relação entre a infância e a velhice e fica em cartaz até 25 deste mês. (mais...)

Posts relacionados

Publicado em 24/02/2012 às 12h38

Musical sobre Nara Leão é destaque em SP

O editor de Famosos e TV do R7, Miguel Arcanjo Prado, dá as dicas culturais para o fim de semana no telejornal Record News São Paulo. Veja o vídeo! (mais...)

Posts relacionados

Perfil

Miguel Arcanjo Prado é editor de Cultura do R7, onde está desde o começo do portal, em 2009. É jornalista formado pela UFMG e pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela ECA-USP. É crítico membro da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes). Nasceu em Belo Horizonte e mora em São Paulo desde 2007, quando ingressou no Curso Abril de Jornalismo. Ainda em Minas, estreou como cronista do semanário O Pasquim 21, passando por TV UFMG e TV Globo Minas. Na capital paulista, foi repórter da Contigo!, da Ilustrada na Folha Online e do Agora São Paulo, no Grupo Folha. Edita e apresenta a Agenda Cultural da TV Record News.

PUBLICIDADE

TOP COMENTARISTAS

  1. 1
    R7 Cultura » Mar de...90 comentários
  2. 2
    lbraslauskas46 comentários
  3. 3
    Phillipe27 comentários
  4. 4
    Luiz Sergio Nacinovic3 comentários
  5. 5
    DIONE2 comentários
  6. 6
    Rafael Carvalho2 comentários
  7. 7
    MAURO ALEXANDRE PEREIRA D...2 comentários
  8. 8
    pedro2 comentários
  9. 9
    Jael Kuster2 comentários
Home de Blogs +