ENO 03071 Satyrianas tem peça em carro, bicicleta e guindaste

Carros estacionados na praça Roosevelt, em São Paulo, viram cenário das Autopeças - Foto: Eduardo Enomoto

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Fotos EDUARDO ENOMOTO

Experiência de teatro intimista não faltam na Satyrianas 2014. O evento chega ao fim à meia-noite deste domingo (23), tendo exibido mais de 600 atrações com participação de 2.500 artistas.

Um dos projetos de teatro exclusivo é o Autopeças. Nele, após pegar ingresso para as disputadas sessões na bilheteria da praça Roosevelt, ao preço de pague quanto puder, os espectadores têm a chance de vivenciar uma experiência única: ver peças encenadas dentro de um automóvel ou ainda na garupa de uma bicicleta, como acontece na peça Volume Morto, escrita por Zen Salles. Na obra, o ator Adriano Carmona levará apenas um espectador em sua bicicleta pelas ciclovias do centro paulistano, tudo devidamente filmado e depois disponibilizado pela internet. Tem sessão única neste domingo (23), às 19h.

Em A Inevitável Seita do Vazio, os atores Marcio Tito Pellegrini, Lívia Carvalheiro e Malu Rodrigues, também autores e diretores da obra, abordam o desconforto que muitos sentem quando chega o fim do ano e surge aquele enorme vazio no peito. A apresentação é neste domingo (23), às 21h.

Corpos, peça escrita pelo dramaturgo Afonso Jr. de Lima, questiona o lugar do homem no mundo contemporâneo a partir do corpo em experiência, com atuação e direção de Léo Kildare Louback e Juan Manuel Tellategui. Tem sessões neste domingo (23), às 18h30, 19h, 19h30 e 20h.

Também foram apresentadas nas Satyrianas 2014 as autopeças Alfred, com texto e direção de Danilo Dal Lago e Fábio Melo, com atuação de Camilo Schaden, Leonardo Oliveira e Felipe Ferracioli; e também De Quem Você Ri, com texto de Célia Regina Forte e direção de Henrique Mello e Thiago Mendonça, com Dani Moreno e Julia Bobrow no elenco.

ENO 00551 Satyrianas tem peça em carro, bicicleta e guindaste

Guindaste do Grupo Sensus é atração concorrida na Satyrianas - Foto: Eduardo Enomoto

15 metros de altura

Além de carro e bicicleta, um guindaste com dois artistas do Grupo Sensus chamou a atenção do público na praça Roosevelt.

Ele elevou um espectador de cada vez, vendado, a 15 metros de altura, enquanto ouvia um texto exclusivo. A exclusividade fez dela uma das atrações mais concorridas da Satyrianas 2014.

ENO 00481 Satyrianas tem peça em carro, bicicleta e guindaste

Guindaste eleva público a 15 metros de altura: Grupo Sensus na Satyrianas 2014 - Foto: Eduardo Enomoto

Veja a cobertura completa do R7 na Satyrianas

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

como matar guto muniz3 Como Matar a Mãe fecha a Satyrianas 2014

Léo Kildare Louback em cena de Como Matar a Mãe - 3 Atos: última peça da Satyrianas - Foto: Guto Muniz

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Como Matar a Mãe - 3 Atos, que será encenada neste domingo (23), às 23h, na SP Escola de Teatro (praça Roosevelt, 210), é a última peça a ser apresentada na Satyrianas 2014.

A montagem da Sofisticada Cia. de Teatro, de Belo Horizonte, encerra o festival que contou com participação de cerca de 2.500 artistas em mais de 600 atrações em 78 horas de arte deste as 18h da última quinta (20). Até a meia-noite deste domingo, a praça Roosevelt e outros 50 espaços de São Paulo abrigam ações de teatro, cinema, música, artes plásticas e intervenções urbanas.

A peça tem direção conjunta dos atores Fabiane Aguiar, Soraya Martins e Léo Kildare Louback — este último também responsável pela dramaturgia. Com contribuições biográficas, a peça disseca a relação de mãe e filho, buscando fontes ainda em clássicos teatrais como Medeia, Mãe Coragem e as mulheres de Beckett.

como matar guto muniz5 Como Matar a Mãe fecha a Satyrianas 2014

A atriz Fabiane Aguiar em cena da peça mineira Como Matar a Mãe - 3 Atos - Foto: Guto Muniz

Esta é a primeira vez que o grupo participa da Satyrianas. Louback diz que o grupo quer mexer com São Paulo.

— Trazer para São Paulo a experiência de quebra de paradigmas da família mineira é uma possibilidade muito rica para um artista, ainda mais quando se trata de sua própria biografia. Qual é a família da grande metrópole que precisa ser esfacelada?

Louback também dirigiu, ao lado de Antônia Claret, a peça Carolina de Lorca, apresentada na Satyrianas neste sábado, também na SP Escola de Teatro. No monólogo com a atriz Carolina Corrêa, que fez o texto junto do diretor, o universo da artista que se torna mãe é descortinado ao público.

carolina de lorca Como Matar a Mãe fecha a Satyrianas 2014

Carolina Corrêa em cena da peça Carolina de Lorca, apresentada na Satyrianas - Foto: Divulgação

Garota Satyrianas e Gambiarra

Na reta final da Satyrianas 2014, o fim da noite deste domingo (23) ainda tem às 23h o concurso Garota Satyrianas, na Tenda Música da praça Roosevelt. A última performance é Humanus Higiênicus, dentro do projeto Performix, na Estação Satyros (antigo Satyros 2), às 23h30.

Já a grande festa de encerramento, uma edição especial da Gambiarra, está marcada para começar às 23h59, no Open Bar Club (r. Henrique Schaumann, 794, Pinheiros). No caderno com a programação da Satyrianas que é distribuído ao público em vários pontos da praça Roosevelt há cupons de desconto que permitem o pagamento de R$ 10 para entrar na festa.

gambiarra divulgacao Como Matar a Mãe fecha a Satyrianas 2014

Festa Gambiarra tem edição especial para encerrar a Satyrianas às 23h59 deste domingo (23) - Foto: Divulgação

Veja a cobertura completa do R7 na Satyrianas

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

ENO 0417 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Rodolfo García Vázquez, fundador da Satyrianas ao lado de Ivam Cabral, na porta de seu teatro, o Satyros 1, na praça Roosevelt, na noite desta quinta (20) - Foto: Eduardo Enomoto

Fotos EDUARDO ENOMOTO

O fotógrafo do R7 Eduardo Enomoto acompanhou de perto a primeira noite da Satyrianas 2014 na praça Roosevelt, centro de São Paulo. O evento vai até meia-noite de domingo (23), com mais de 600 atrações e 2.500 artistas participantes. A maioria das atrações tem entrada a pague quanto puder. Em sua andança pela festa cultural que envolve teatro, música, dança e circo e artes visuais, nosso fotógrafo clicou a potência do evento, além de revelar algumas das muitas de suas caras. Veja só que beleza!

ENO 0401 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Público acompanha apresentação de circo na praça Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0456 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

A dramaturga e roteirista Viviene Roesil na primeira noite da Satyrianas - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0550 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Bruno Carboni, Regi Ferreira, Flávio Moarbach e Daniela Aoki, da equipe da peça Placebo, da Cia. Rizomática, no Estação Satyros, na praça Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0048 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Artistas se apresentam no alto de um guindaste na iluminada praça Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0518 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O ator Wilson de Santos em frente ao Espaço dos Parlapatões, na Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0534 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

A atriz do Oficina e cantora do grupo Revista do Samba Letícia Coura - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0029 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O ator Fernando Lufer, na bilheteria do Espaço dos Satyros 1 - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0040 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O produtor geral da Satyrianas Robson Catalunha, durante andança na Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0543 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

A assessora do teatro Beth Gallo, no recém reformado Estação Satyros - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 01051 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Daniela Jaime Levino cospe artigo da Constituição na apresentação do Corpos em Fluxo - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0002 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

A dramaturga e produtora teatral Célia Regina Forte recebe o abraço do ator e coordenador da Satyrianas Gustavo Ferreira, logo após ela apresentar a peça Tudo Certo, Tudo Bem, Tanto Faz, na abertura do Dramamix - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0478 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

As atrizes Lauanda Varone e Liza Caetano, da peça Hermanas Son Las Tetas, posam em frente ao Espaço dos Satyros 1 onde se apresentaram - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0910 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Gente bonita: público acompanha maratona de peças da Satyrianas - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0408 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Balão colore o céu da praça Roosevelt durante a Satyrianas - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0382 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O jornalista Wanderley Sanches e o dramaturgo Mario Viana na praça Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0922 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Equipe da peça Hermanas Son Las Tetas: Lauanda Varone, Liza Caetano, Allan Christos, Jamile Nunes, Osvaldo Stevnv e o autor e diretor Juan Manuel Tellategui (com o frango) - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0282 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O diretor José Sampaio, diante da apresentação de seu grupo Corpos em Fluxo - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0303 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Público embarca na viagem sensorial promovida pelo Grupo Sensus - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0574 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O ator Allan Christos no camarim do Espaço dos Satyros 1, onde se apresentou em Hermanas Son Las Tetas - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0927 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O ator Rodrigo Sampaio e o jornalista Bruno Machado no Espaço dos Satyros 1 - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0359 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Do alto de um guindaste na praça Roosevelt, artista apontam o público abaixo - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0312 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Os atores Raphael Bueno e Régis Santos na escadaria da praça Roosevelt - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0016 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O dramaturgo Leandro Nunes, que participa da Satyrianas com a peça Zodíaco - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0024 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Andrea Zanelato, funcionária da SP Escola de Teatro, abraça a mãe, Tereza Zanelato - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0307 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Público descansa e bate-papo na escadaria da praça Roosevelt, em frente aos teatros - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0717 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Liza Caetano e Lauanda Varone em cena de Hermanas Son Las Tetas - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0620 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Lauanda Varone posa com o aquário-altar de mestres do teatro da peça Hermanas Son Las Tetas, pouco antes de a encenação começar no Satyros 1 - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0011 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

O jornalista e editor deste blog Miguel Arcanjo Prado no encontro com o coordenador geral da Satyrianas, o ator Gustavo Ferreira, na sala de imprensa do evento - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0055 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Iluminado de azul, guindaste se transforma em palco aéreo na Satyrianas - Foto: Eduardo Enomoto

ENO 0371 Satyrianas 2014 no olhar de Eduardo Enomoto

Eduardo Enomoto (à direita), em "selfie" iluminada com os artistas nas alturas - Foto: Eduardo Enomoto

 

Veja programação completa da Satyrianas

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

ENO 0105 Corpos em Fluxo faz performance protesto na Satyrianas

Daniela Jaime Levino cospe um artigo da Constituição: protesto na praça; veja galeria - Foto: Eduardo Enomoto

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Foto EDUARDO ENOMOTO

Uma das performances mais interessantes da primeira noite da Satyrianas 2014, nesta quinta (20), foi a apresentação do Grupo de Intervenção Urbana Corpos em Fluxo, dirigido por José Sampaio, na praça Roosevelt. O grupo de artistas levou para o epicentro do evento um recado político potente. "Colocamos na praça as nossas urgências", define a atriz Débora Tieppo, que interpretou uma lavadeira que tentou limpar a bandeira do Estado de São Paulo durante toda a noite. Sampaio diz que o grupo quer dialogar cada vez mais com a cidade. "Já nos apresentamos no Largo do Café, no Vão Livre do Masp e no metrô. As crianças sempre adoram. Queremos fazer a arte na rua e conversar com a cidade", afirma. Veja a galeria com imagens do fotógrafo Eduardo Enomoto!

ENO 0270 Corpos em Fluxo faz performance protesto na Satyrianas

O diretor do Corpos em Fluxo, José Sampaio, diante dos atores Vinicius Tabarini e Emanuela Araújo - Foto: Eduardo Enomoto; veja a galeria!

Veja a cobertura do R7 na Satyrianas!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

agenda cultural21112014 1 Vídeo: Veja a Agenda Cultural do Hora News, na Record News, desta sexta feira, dia 21/11/2014

O editor de Cultura e colunista do R7 Miguel Arcanjo Prado dá as melhores dicas culturais em todo o Brasil na Agenda Cultural da Record News: toda sexta-feira, ao meio-dia, tem diversão para você - Foto: Reprodução

No telejornal Hora News, da Record News, o editor de Cultura Miguel Arcanjo Prado, colunista do R7, dá as melhores dicas no quadro Agenda Cultural. Tem Criolo em BH, Zé Ramalho no Rio, Fentepp (Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente), exposição Retratos do Teatro de Bob Sousa, Satyrianas, Globe Theater em São Paulo no Sesc Pinheiros, exposição Arquitetura Política de Lina Bo Bardi, além dos filmes Sétimo, com Ricardo Darín, e Elsa & Fred. Veja o vídeo:

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

satyrianas luciana camargo 55 Beijos marcam abertura da Satyrianas 2014

Maria Casadevall e Robson Catalunha se beijam na Satyrianas - Foto: Luciana Camargo/Coletivo Fotomix; veja

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Os atores do grupo Os Satyros, que comemora 25 anos, resolveram se beijar na abertura da 15ª edição do festival Satyrianas, nesta quinta (20), na praça Roosevelt, em São Paulo. O evento vai até a meia-noite de domingo com 600 atrações, a maioria com ingresso a pague quanto puder. A atriz Maria Casadevall esteve na abertura e tascou um beijo no amigo Robson Catalunha, produtor do evento. Veja a galeria com as primeiras fotos da Satyrianas 2014!

Veja programação completa da Satyrianas

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

satyrianas casa amarela martinha baiao Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

Fachada da Casa Amarela: na programação da Satyrianas - Foto: Martinha Baião

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Quem gosta de tranquilidade não precisa ir para a praça Roosevelt para curtir o festival Satyrianas 2014, que acontece até meia-noite de domingo (23), com 78 de muita arte em São Paulo. Além do ponto efervescente no centro paulistano, há espaços com programação espalhados por São Paulo. O Atores & Bastidores do R7 selecionou sete destaques da Satyrianas fora da praça. Veja só que beleza.

1 - Teatro & Poesia
O espetáculo Poema Cênico para Ferreira Gullar apresenta a obra do poeta maranhense com direção de Ana Nero. No elenco estão Janaina Suaudeau, Joana Dória de Almeida e Smaya Enes. Sexta (21), 17h, no Ateliê Compartilhado da Casa Amarela (r. da Consolação, 1.075, Consolação). Pague quanto puder.

satyrianas daniel gaggini divulgacao1 Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

O cineasta Daniel Gaggini é o curador do Satyricine na Matilha Cultural - Foto: Divulgação

2 - Cinema na veia
Daniel Gaggini (foto acima) é o curador da mostra Satyricine. Todas as noites do festival terão exibição de curtas e longas. Foram mais de 50 inscritos, dos quais 17 foram selecionados totalizando 300 minutos de cinema nacional. Até domingo (23), sempre a partir das 19h, na Matilha Cultural (r. Rego de Freitas, 542, República). Pague quanto puder.

satyrianas julio cortazar Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

O escritor argentino Julio Cortázar: peça do Teatro de Narradores - Foto: Divulgação

3 - Viva Cortázar
O escritor argentino Julio Cortázar (foto acima), cujo centenário de nascimento foi celebrado neste ano, é o autor do conto Grafitti, no qual se inspira a peça A Mim Também Dói, do Teatro de Narradores. A direção é de Renan Tenca. Sábado (22), às 21h, e domingo (23), às 19h, no Espaço Maquinaria do Teatro de Narradores (r. 13 de Maio, 240, 2º andar, Bela Vista). Pague quanto puder.

satyrianas teatro do sol Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

Grupo Gattu posa em frente ao Teatro do Sol em Santana: na Satyrianas - Foto: Divulgação

4 - Cortem-lhe a cabeça!
A comédia política cheia de irreverência Reino, do Grupo Gattu, também participa da Satyrianas, com a história de uma rainha que não quer abandonar jamais o poder. Sábado (22), 21h, e domingo (23), 20h, no Teatro do Sol (r. Damiana da Cunha, 413, Santana). Pague quanto puder.

satyrianas cha das 5 Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

Peça Chá das 5: homens vivem papéis femininos no Teatro Augusto - Foto: Divulgação

5 - Família perturbada
Um encontro familiar inusitado e cheio de confusões acontece na peça Chá das 5. A direção é de Eduardo Martini para o texto da comédia escrita por Regiana Antonini. Um detalhe: as mulheres da história são vividas por nove atores, todos homens. Sexta (21), 21h30, no Teatro Augusta (r. Augusta, 943, Bela Vista). Os cem primeiros pagam quanto puder.

satyrianas vertigem Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

Teatro da Vertigem faz peça na Satyrianas em passagem subterrânea do centro - Foto: Divulgação

6 - Debaixo do viaduto
O Teatro da Vertigem participa da Satyrianas com a peça A Última Palavra É a Penúltima - 2.0, montada na passagem subterrânea do Viaduto do Chá, na praça Ramos de Azevedo. Sexta (21), sábado (22) e domingo (23), às 19h e às 21h. Pague quanto puder.

satyrianas fausto caca bernardes Satyrianas fora da praça Roosevelt? Veja 7 opções

Fausto, da Cia. São Jorge de Variedades, está em cartaz na Satyrianas - Foto: Divulgação

7 - A vida de Goethe
A Cia. São Jorge de Variedades comemora seus 15 anos com a peça Fausto. A direção é assinada por Claudia Shapira e Georgette Faddel. Sexta (21), sábado (22), às 20h, e domingo (23), às 19h30, no Teatro João Caetano (r. Borges da Lagoa, 650, Vila Clementino). Pague quanto puder.

Veja programação completa da Satyrianas

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

phedra cordoba bob sousa4 Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

Diva maior da praça Roosevelt: Phedra D. Córdoba fará show e terá vida contada em filme no primeiro dia das Satyrianas, nesta quinta (20), a partir das 20h, na Matilha Cultural - Foto: Bob Sousa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Entre as 18h desta quinta (20) e a meia noite de domingo (23) acontece a 15ª da Satyrianas 2014. O evento reúne 2.500 artistas de diversas áreas, como teatro, música, cinema, circo e artes plásticas. O epicentro da festa paulistana é a praça Roosevelt, no centro. Pensando nisto, o Atores & Bastidores do R7 selecionou sete destaques do evento pela região. Aproveite!

1 - Show e filme de Phedra D. Córdoba
Logo na primeira noite da Satyrianas, a maior diva da praça Roosevelt, Phedra D. Córdoba (foto acima), fará pocket show antes da exibição do documentário sobre sua volta a Havana: Cuba Libre, de Evaldo Mocarzel. Quinta (20), a partir das 20h, na Matilha Cultural (r. Rego de Freitas, 542, do outro lado da rua da Consolação, de frente para a praça Roosevelt). Pague quanto puder.

satyrianas hugo possolo foto weslei soares Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

Hugo Possolo vai se apresentar com os Parlapatões na praça Roosevelt - Foto: Weslei Soares

2 - Combo Paralapatões
O circo armado na praça Roosevelt recebe o espetáculo Parlapatões: Clássicos do Circo, com números de grande sucesso da trupe paulistana, que conta com Raul Barretto, Hugo Possolo (fotoa acima), Fabek Capreri, Alexandre Bamba e Hélio Pottes. Sábado (22), 18h, na praça Roosevelt. Pague quanto puder.

satyrianas ivan bernadelli divulgacao Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

Barroco: bailarino Ivan Bernadelli está na Satyrianas com a Dual Cena Contemporânea - Foto: Divulgação

3 - Sagrado e profano
O mundo do barroco, a mineração e a escravidão são temas do espetáculo de dança Terra Trêmula da Dual Cena Contemporânea dirigida por Ivan Bernadelli (foto acima), que dança ao lado de Mônica Augusto e Junior Gonçalves. Sexta (21), 23h30, no 6º andar da SP Escola de Teatro (praça Roosevelt, 210). Pague quanto puder.

satyrianas chefs na rua Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

Edição especial do projeto Chefs na Rua vai alimentar os artistas e o público - Foto: Divulgação

4 - Ai, que fome!
Entre uma peça e outra dá para dar uma abastecida na Feirinha Gastronômica montada na praça Roosevelt pelo mesmo grupo que realiza o projeto Chefs na Rua (foto acima). Dez barraquinhas servem gostosuras indianas e nordestinas, como o famoso sanduíche Cabra da Peste (carne de sol desfiada com queijo coalho e torresmo com queijo gratinado no pão ciabatta). Quinta (20), de 18h às 23h59; sex (21), sáb. (22) e dom. (23), das 12h às 23h59, na praça Roosevelt. Preço variado.

satyrianas como matar a mae guto muniz soraya martins Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

Soraya Martins está na peça Como Matar a Mãe - 3 Atos na Satyrianas - Foto: Guto Muniz

5 - Alô, mamãe!
A peça da Sofisticada Cia. de Teatro, de Minas Gerais, faz um mergulho na biografia dos artistas para expor no palco o difícil relacionamento entre mães e filhos. Como Matar a Mãe - 3 Atos fez sucesso em Belo Horizonte e traz Léo Kildare Louback (também autor) ao lado de Fabiane Aguiar e Soraya Martins (foto acima). Domingo (23), às 23h, na SP Escola de Teatro (praça Roosevelt, 210). Pague quanto puder.

satyrianas coracao dark room ricardo correa Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

Cabeça atormentada: Ricardo Corrêa está em cena em Coração Dark Room - Foto: Divulgação

6 - No escurinho
Inspirada livremente na obra de Caio Fernando Abreu, a peça Coração Dark Room faz um mergulho na mente de um assassino em série com direção e atuação de Ricardo Corrêa (foto acima). Sexta (21), 23h59, no Espaço dos Parlapatões (praça Roosevelt, 158). Pague quanto puder.

satyrianas carlos jordao divulgacao Veja 7 destaques da Satyrianas na praça Roosevelt

O ator Carlos Jordão: peça da Satyrianas será feita com ajuda do Whatsapp - Foto: Divulgação

7 - Olho no celular
Telefone não é problema nesta peça da Satyrianas 2014: Whatsapp - Teatro Sonoro. Os três atores, Aleirbag Pas, Carlos Jordão (foto acima) e Diana Souza convidam os transeuntes da praça a conhecerem um novo e instigante formato teatral feito em um grupo do aplicativo Whatsapp. Cada grupo e temática terão duração de seis horas. O texto e a direção são de José Sampaio (foto). Sexta (21) e domingo (23), às 22h, na praça Roosevel. Pague quanto puder.

Veja o site da Satyrianas e monte sua programação!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

bob sousa foto isabela sousa Entrevista de Quinta: Meu livro Retratos do Teatro está da Escola Wolf Maya à EAD, diz Bob Sousa

O fotógrafo do teatro Bob Sousa: exposição para abrir e fechar 2014 - Foto: Isabela Sousa

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O fotógrafo paulistano Bob Sousa começou o ano de 2014 com a exposição de fotografias de cenas teatrais Revelando a Caixa Preta no Sesc Consolação, em São Paulo. E vai encerrá-lo da mesma forma: com a exposição Retratos do Teatro, no Sesc Thermas de Presidente Prudente, interior do Estado. É a primeira de seu livro homônimo, lançado há um ano pela Editora Unesp.

A mostra fica em cartaz a partir desta sexta (21) e vai até 21 de dezembro, com entrada gratuita, de terça a domingo, das 9h às 18h. Ela faz parte da 21º edição do Fentepp (Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente), organizado pelo Sesc São Paulo em parceria com a Prefeitura da cidade e o Governo de São Paulo.

Nesta Entrevista de Quinta ao Atores & Bastidores do R7, Bob, que tem no portal a coluna O Retrato do Bob, falou sobre a repercussão de seu livro, da exposição, de seu trabalho, de seu mestrado, além de se definir: "Sou um cara do teatro".

Leia com toda a calma do mundo.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Esta é a primeira exposição do Retratos do Teatro?
BOB SOUSA — Sim. Depois do lançamento do livro, no final do ano passado, esta é a primeira mostra que será apresentada com parte dos retratos.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Como surgiu a ideia desta exposição? Como foi a parceria com o Sesc?
BOB SOUSA — A Adriana Macedo, que integra a equipe de curadoria do festival neste ano, foi quem teve a ideia de levar a exposição para o festival, pois já tínhamos realizado o lançamento do livro e a mostra Revelando a Caixa Preta em parceria com o Sesc. O convite foi feito pela unidade do Sesc de Presidente Prudente, na figura do João Roberto, gerente adjunto da unidade. A Mariana Fessel, programadora de artes visuais, está cuidando de tudo. E, claro, o Danilo Santos de Miranda [diretor regional do Sesc São Paulo], que tem um olhar perspicaz para meu trabalho e foi quem apresentou meu livro no lançamento.

antunes ze celso bob sousa Entrevista de Quinta: Meu livro Retratos do Teatro está da Escola Wolf Maya à EAD, diz Bob Sousa

Dois mestres de nosso teatro: Antunes Filho e Zé Celso no olhar de Bob Sousa

MIGUEL ARCANJO PRADO — Dá frio na barriga estar em um festival com Antunes e Zé Celso como é o caso do Fentepp neste ano?
BOB SOUSA — É uma grande responsabilidade. A ideia da exposição no festival vem do fato de ter estes dois grandes nomes abrindo e fechando o Fentepp, e o livro também foi elaborado com essa disposição: os guardiões do teatro brasileiro abrem e fecham as páginas do livro, que começa com Antunes e termina com Zé Celso, igualzinho ao festival.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Quem são os 20 retratados escolhidos? O que eles representam?
BOB SOUSA — Tentei ser o mais abrangente possível já que seriam apenas 20 retratos. É muito difícil realizar a curadoria de um projeto como esse, mas tive a ajuda do pesquisador teatral Alexandre Mate. Além dos mestres já citados, teremos Maria Alice Vergueiro, Cacá Rosset, Ivam Cabral e Antonio Fagundes, entre outros.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Você também fará uma palestra?
BOB SOUSA — A ideia é contar um pouco como foi o projeto do livro. Cada retrato tem uma história e foi muito bonito vivenciar tudo isso. Acho que o grande público tem interesse em saber um pouco sobre esses grandes artistas que construíram a nossa cena teatral.

caca rosset bob sousa Entrevista de Quinta: Meu livro Retratos do Teatro está da Escola Wolf Maya à EAD, diz Bob Sousa

O ator e diretor Cacá Rosset está na exposição Retratos do Teatro - Foto: Bob Sousa

MIGUEL ARCANJO PRADO — O lançamento do livro Retratos do Teatro completou um ano, qual avaliação você faz da trajetória dele?
BOB SOUSA — A distribuição foi bastante abrangente e o livro já é fonte de consulta em diversos espaços voltados às artes cênicas. A Marta Suplicy, ex-ministra da Cultura, conheceu a obra e solicitou que as bibliotecas dos CEUS's recebessem o livro. Os artistas também têm muito carinho pelo livro e ajudam na divulgação. O livro já foi apresentados para alunos de diversas escolas de teatro e universidades: do Wolf Maya à EAD.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Qual o papel que o fotógrafo teatral tem neste meio artístico?
BOB SOUSA — O fotógrafo é o olhar da sociedade. No teatro, ele cumpre o papel de guardião de uma memória, de um tempo. É por meio de fotografias que muitos dos espetáculos serão lembrados posteriormente. Fotografar encenações teatrais exige muito preparo e doação e apesar da explosão digital e das redes sociais, os fotógrafos de teatro ainda são poucos.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Quando e como você começou a fotografar teatro?
BOB SOUSA — Foi no começo do século [risos]. Meu trabalho já tem mais de uma década. São mais de 500 retratos e 300 espetáculos.

MIGUEL ARCANJO PRADO — O que você achou da cena teatral paulistana neste ano?
BOB SOUSA — Por conta dos estudos do mestrado no Instituto de Artes da Unesp, orientado pelo Alexandre Mate, tenho acompanhado a cena teatral com menos intensidade, mas penso que foi um ano bastante produtivo para o teatro paulistano. Destaco os 25 anos da Cia. dos Satyros como grande acontecimento deste ano e que será comemorado na Satyrianas que começa nesta quinta.

ivam cabral bob sousa Entrevista de Quinta: Meu livro Retratos do Teatro está da Escola Wolf Maya à EAD, diz Bob Sousa

Ivam Cabral, fundador do grupo Os Satyros, foi clicado por Bob Sousa

MIGUEL ARCANJO PRADO — Você já está terminando o mestrado?
BOB SOUSA — Essa experiência tem sido muito intensa. Me interessava encontrar "o lugar da fotografia na cena teatral paulistana". A minha carreira surgiu da minha curiosidade e vasculhei os quatro cantos da cena teatral paulistana tentando encontrar um lugar para o meu trabalho. Hoje sei que sou um cara do teatro.

MIGUEL ARCANJO PRADO — Você estudou e trabalhou muito neste ano. Vai tirar férias?
BOB SOUSA — Este ano começou com uma exposição no Sesc Consolação e termina com a exposição no Fentepp. Fui da semiótica à história do teatro mundial. Preciso de férias. Eu mereço.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

O teatro ainda precisa, e muito, aumentar a participação dos negros nos palcos. E também na plateia. Infelizmente, ainda é comum ver atores negros esquecidos ou lembrados apenas para papéis pequenos e subalternos em muitas produções teatrais, assim como na televisão. Nas poltronas dos teatros, também negros sempre são a minoria, salvo raríssimas exceções. É preciso mudar. Por isso, nesta quinta (20), Dia da Consciência Negra, o Atores & Bastidores do R7 selecionou sete artistas negros do nosso teatro brasileiro que fazem a diferença no mundo das artes. Eles servem de inspiração para as novas gerações. Conheça quem são eles e viva o negro na sociedade e no teatro!

consciencia negra aline negra silva Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

A atriz e diretora teatral Aline Negra Silva - Foto: Divulgação

A atriz e diretora Aline Negra Silva sempre se coloca quando o assunto é negritude e direitos iguais para todos. Tanto que já vem chamando a atenção de quem gosta de artistas propositivos no palco e na vida. Após cursar direção na SP Escola de Teatro, no momento ela faz um intercâmbio na Polônia. Em terra tão fria, ele representa toda a quentura de nosso teatro brasileiro.

consciencia negra grace passo Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

A atriz e diretora Grace Passô - Foto: Divulgação

Atriz e diretora do grupo mineiro Espanca!, Grace Passô representa a inteligência feminina e negra em nosso teatro. Sensível, ela também é cronista e dramaturga. Beleza pura.

consciencia negra rejane faria Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

A atriz Rejane Faria - Foto: Divulgação

A atriz Rejane Faria integra o grupo Quatroloscinco Teatro do Comum. Formada em teatro pela UFMG, ela também atua como dramaturga e diretora nos trabalhos coletivos de sua companhia. Até o fim de novembro, participa da Ocupação Quatroloscinco no Sesc Belenzinho, em São Paulo. Um sorriso negro.

consciencia negra santana diaz santana2 Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

O ator moçambicano Diaz Santana - Foto: Divulgação

O moçambicano Diaz Santana movimenta o teatro de Maputo e sempre está se apresentando no Brasil, com seu Teatro Lareira. Ele faz com que nosso teatro fique cada vez mais próximo dos palcos africanos. Porque de lá viemos.

consciencia negra sidney santiago kuanza Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

O ator Sidney Santiago Kuanza - Foto: Divulgação

Sidney Santiago Kuanza já fez sucesso em novela de TV, mas é no teatro que ele potencializa seu discurso sobre o negro no palco, junto com seu grupo Os Crespos. Formado pela EAD, na USP, ele sempre tem algo inteligente a dizer. Afinal, negro é a raiz da liberdade.

consciencia negra thais dias Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

A atriz Thais Dias - Foto: Divulgação

Thais Dias é uma força imensa quando está no palco. Quem já a viu atuar em alguma peça de seu grupo, o Coletivo Negro, sabe disso muito bem. É a representante da imensidão da mulher negra em nosso teatro brasileiro contemporâneo. A nossa beleza negra.

consciencia negra tony reis Conheça 7 negros que fazem a diferença no teatro

O ator Tony Reis - Foto: Divulgação

No palco do Teat(r)o Oficina, de Zé Celso Martinez Corrêa, o baiano Tony Reis é sempre pura vida com seu sorriso exuberante. Ator potente e versátil, ele representa muito bem a negritude no palco mais tradicional do teatro brasileiro. Exala seu charme para o mundo ver.

Viva o negro todos os dias!

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com