filha mae avo puta Aluna da USP que virou prostituta é tema de peça

Criadora e criatura: Alexia Dechamps e a ex-prostituta Gabriela Leite - Foto: André Gardenberg

Gabriela Leite ficou conhecida ao tomar frente da representação das prostitutas brasileiras com sua ONG Da Vida e a grife Daspu. Contudo, pouca gente sabe, por exemplo, que ela foi uma espécie de precursora de Bruna Surfistinha.

Aprovada em 2º lugar no vestibular de filosofia da USP (Universidade de São Paulo) no começo dos anos 70, ela depois cursou sociologia e largou a faculdade e o emprego de secretária para se prostituir em um prédio decadente da av. Rio Branco, no centro de São Paulo.

A moça teve uma vida folhetinesca. Gabriela frequentava o famoso Bar Redondo, em frente ao Teatro de Arena, nos anos 60, ao lado de gente como Chico Buarque e Plínio Marcos. Depois, se prostituiu em São Paulo, Belo Horizonte e no Rio. E ainda se casou com Flávio Lenz César, irmão da poetisa Ana Cristina César, quando deixou a prostituição no fim dos anos 80 e se tornou uma liderança reconhecida internacionalmente.

Tal saga é contada no espetáculo Filha, Mãe, Avó e Puta – Uma Entrevista, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo. A encenação é montada, como diz o título, em formato de entrevista, como se a dupla de atores estivesse em um talk show de TV.

Louri Santos faz o jornalista, e Alexia Dechamps vive Gabriela. Enquanto Santos reproduz de forma caricata o repórter cheio de perguntas óbvias, Alexia consegue ir além na construção de sua personagem. No começo do espetáculo, ainda está um pouco fria. Mas, com o desenrolar da história novelesca que ela conta, vai conquistando a plateia.

Contudo, a falta de poesia no formato escolhido não aguça o público. O minimalismo do visagismo proposto por Leopoldo Pacheco e a iluminação sem realce feita Tomás Ribas contribui ainda mais para deixar o espetáculo insosso.

Falta jogo teatral ao previsível e linear relato de Gabriela, adaptado por Marcia Zanelatto e dirigido por Guilherme Leme.

Ao final, o espectador tem a sensação de ter escutado uma intrigante história de vida sem ter visto um bom espetáculo teatral.

Filha, Mãe, Avó e Puta
Avaliação: regular
Quando: terça a quintta, às 20h. Até 19/4/2012
Onde: CCBB-SP (r. Álvares Penteado, 112, centro, São Paulo, tel. 0/xx/11 3113-3651)
Quanto: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)
Classificação: 14 anos

Leia também:

Mel Lisboa será Rita Lee em musical

Tiago Abravanel conquista como Tim Maia

Fernanda Montenegro, Aguinaldo Silva, Manoel Carlos e outras celebridades do teatro e da TV comemoram estreia do blog Atores & Bastidores

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"Aluna da USP que virou prostituta é tema de peça"

11 de March de 2012 às 06:00 - Postado por Miguel Arcanjo Prado

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com