veronese espanca guto muniz Daniel Veronese e Grace Passô falam sobre dobradinha Argentina e Minas em peça do Espanca!

O argentino Daniel Veronese estabelece parceria com o Espanca!, grupo de BH - Foto: Guto Muniz

Por Miguel Arcanjo Prado

Após circular praticamente todo o Brasil, o grupo mineiro Espanca! deu, neste domingo (1º), seu primeiro passo rumo à internacionalização.

A companhia, que existe desde 2004, estreou em Belo Horizonte o espetáculo O Líquido Tátil, com texto e direção de Daniel Veronese, um dos maiores nomes do teatro argentino.

A temporada na capital mineira vai até o dia 23. Depois, seguem para o Rio, onde o Espanca! pretende ficar em longa temporada não só com este, mas também com seus trabalhos anteriores, Amores Surdos e Por Elise.

O grupo começou a se aproximar de Veronese em 2011. Grace, diretora e atriz da trupe, confessa ser fã do portenho desde 1997, quando este escreveu O Líquido Tátil.

Os ensaios foram realizados em cinco semanas, em Buenos Aires. Antenada, Grace vislumbra com a inciativa um maior contato entre o teatro brasileiro e o argentino.

No elenco, além de Grace, estão Marcelo Castro e Gustavo Bones, que traduziu a obra do castelhano para o português.

O R7 conversou com Daniel Veronese, 56 anos, e Grace Passô, 32. Veja, a seguir, as duas entrevistas exclusivas e, ao fim, também saiba como ver o serviço do espetáculo em BH e no Rio.

Entrevista com Daniel Veronese

daniel veronese guto muniz Daniel Veronese e Grace Passô falam sobre dobradinha Argentina e Minas em peça do Espanca!Miguel Arcanjo Prado – O que você achou do convite para trabalhar com um grupo de Belo Horizonte? Já conhecia a cidade e o Espanca!?
Daniel Veronese – Eu já conhecia Belo Horizonte, já o Grupo Espanca, não. Tinha ido várias vezes à cidade para participar de festivais.

Miguel Arcanjo Prado – Quais são as características dos atores do Espanca!?
Daniel Veronese – São Muito disciplinados e trabalhadores. Tivemos um ótimo contato porque eles são abertos a escutar e a modificar-se.

Miguel Arcanjo Prado – Você tem vontade de levar a peça com os meninos de Minas a Buenos Aires e outras cidades argentinas?
Daniel Veronese – Estaria bom, mas isso está fora das minhas possibilidades.

Miguel Arcanjo Prado – Você irá na temporada em Minas?
Daniel Veronese – Não sei ainda, porque estarei em Madri por quase dois meses e logo tenho um filme. Tenho vontade de ir, mas ainda não decidimos quando.

Miguel Arcanjo Prado – Como foram os ensaios?
Daniel Veronese – Ensaiamos durante umas cinco semanas em Buenos Aires.

Miguel Arcanjo Prado – Falando em Buenos Aires, quando será o próximo trabalho de seu grupo?
Daniel Veronese – Será algo no próximo ano, ainda não sei o que, mas talvez voltemos minha versão de Três Irmãs, de Tchekhov.

grace passo guto muniz Daniel Veronese e Grace Passô falam sobre dobradinha Argentina e Minas em peça do Espanca!Entrevista com Grace Passô

Miguel Arcanjo Prado – Como surgiu esse contato com o Veronese? De onde veio a ideia de convidá-lo a trabalhar com o Espanca?
Grace Passô – O trabalho de Veronese é uma referência para nossa companhia. Particularmente, assisto seus trabalhos desde 1997, e desde então ele vem construindo trabalhos de estilos diferentes, com focos distintos de trabalho, mas sempre com uma encenação radical, em algum aspecto.

Miguel Arcanjo Prado – Como é o estilo de trabalhar do Veronese? O que você e o grupo aprenderam com ele nesse tempo?
Grace Passô – No período em que estivemos com ele, o trabalho foi focado na atuação – o texto O Líquido Tátil, foi escrito em 1997, e essa foi a segunda montagem dirigida por Veronese. Dentro da sala de ensaio o que houve foi um diálogo franco entre direção e atuação. O exercício da síntese (na atuação e encenação) foi um importante aprendizado nessa montagem.

Miguel Arcanjo Prado – Ele estará na temporada em BH? E no Rio? Pretendem apresentar a obra em festivais?
Grace Passô – Ele não estará na estreia. Estrearemos e faremos a primeira temporada da peça em BH. Em seguida, no mês de outubro, vamos para o Rio, onde residiremos até janeiro de 2014, apresentando também as peças Amores Surdos, Por Elise e Marcha para Zenturo. O primeiro festival que apresentaremos O Líquido Tátil será o Fiac [Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia], em Salvador, no final de setembro deste ano.

Miguel Arcanjo Prado – Há a possibilidade de vocês fazerem a obra em castelhano na Argentina? Quando?
Grace Passô – Ainda não começamos a pensar nisso. Mas este é o nosso primeiro projeto em parceria com um artista fora do Brasil, e é claro que este fato nos inspira a começar a circular para além das margens brasileiras.

O Líquido Tátil 03 Crédito Guto Muniz Daniel Veronese e Grace Passô falam sobre dobradinha Argentina e Minas em peça do Espanca!

O Líquido Tátil está em cartaz em BH e depois irá para o Rio de Janeiro - Fotos: Guto Muniz

O Líquido Tátil, com o Grupo Espanca!

Belo Horizonte
Quando: 1º a 23 de setembro – quartas, quintas, sábados e domingos, às 20h
Onde: Teatro Espanca! (r. Aarão Reis, 542 – Centro – Belo Horizonte)
Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

Rio de Janeiro
Quando: 3 de outubro a 4 de novembro – quarta a domingo, às 19h30
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil (rua Primeiro de Março, 66 – Centro – Rio de Janeiro)
Quanto: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)

Leia também:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"Daniel Veronese e Grace Passô falam sobre dobradinha Argentina e Minas em peça do Espanca!"

3 de September de 2012 às 14:43 - Postado por Miguel Arcanjo Prado

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com