fonte joao julio mello tl Cildo Meireles vira “fonte” para celebrar 20 anos da companhia Staccato, de Paulo Caldas

Bailarinos dançam com a obra de Cildo Meireles. Foto: João Julio Mello

Por Nina Ramos, do R7, no Rio

O coreógrafo e bailarino Paulo Caldas resolveu misturar seus passos ritmicamente calculados com a poesia da obra de Cildo Meirelles.

Fontes (1992), trabalho do artista plástico, foi o ponto de partida para o espetáculo Fonte, a nova montagem da companhia Staccato | Paulo Caldas, que celebra 20 anos de existência.

A estreia será no dia 15 de fevereiro, no Mezanino do Espaço SESC, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Para quem não conhece a obra do carioca Cildo, Fontes exibe milhares de réguas penduradas no teto, diversos relógios em exibição nas paredes e incontáveis números feitos de plásticos jogados no chão.

Todos os elementos de medição brincam com a ideia de tempo e espaço ao mesmo tempo em que sabotam sua funcionalidade alterando a ordem numeral da métrica perfeita.

Quando a dança entra na história, os bailarinos Carolina Wiehoff, Maira Aiex, Natasha Mesquita e Toni Rodrigues dividem a cena apresentada com recursos cenográficos e videográficos.

Cildo serve de inspiração, de base, de fonte, e de sua obra os artistas usufruem, ainda, das cores branca e preta para montar o espetáculo.

Fonte
Onde: Espaço Sesc – Mezanino (Rua Domingos Ferreira, 160 - Copacabana
Quanto: R$ 20
Horário: quinta a sábado, às 21h, e domingo, às 19h30
Classificação: livre
Temporada: 15 de fevereiro a 10 de março

Leia também:

Fique por dentro do que os atores fazem nos bastidores

Descubra agora tudo o que as belas misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Comente

"Cildo Meireles vira “fonte” para celebrar 20 anos da companhia Staccato, de Paulo Caldas"

26 de January de 2013 às 04:01 - Postado por mhramos

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com