alexandre cruz foto eduardo enomoto 2 Espetáculo <i>As Cinzas do Velho</i> marca estreia de Alexandre Cruz como ator e produtor teatral

O ator paulista Alexandre Cruz: agora o moço é também é produtor teatral - Foto: Eduardo Enomoto

Por Miguel Arcanjo Prado
Fotos de Eduardo Enomoto

A noite do próximo sábado (16) é de tensão e realização para o ator Alexandre Cruz. Às 21h deste dia, no palco do Teatro União Cultural, em São Paulo, ele estreia o espetáculo As Cinzas do Velho (leia também o blog da peça), sonho embalado por ele nos últimos tempos. Mas o frio na barriga não é só por conta da atuação.

Além de estar no palco, Alexandre também é responsável pela produção, com sua produtora Dois Caras, ao lado do também colega de cena Marcelo Braga.

— É minha primeira produção. Escolhi um texto rápido e novo, que fosse algo que eu quisesse dizer. Trabalhei que nem camelo nos bastidores desde que conheci a peça em uma viagem aos Estados Unidos, até fazer o contato com o autor, conseguir os diretos e levantar a produção. É uma grande realização para mim.

Saiba quem ganhou o Prêmio Shell SP

Veja a lista dos vencedores da APCA

Com direção de Luís Artur Nunes, a peça do dramaturgo norte-americano Kelly McAllister ficará em cartaz até 2 de junho, sempre aos sábados, às 21h, e domingos, às 19h. Alexandre conta que a veia produtor foi surgindo naturalmente, sem que entrasse em conflito com a de ator.

— Adoro atuar, mas sempre acabei me envolvendo de alguma forma na produção dos espetáculos nos quais trabalhei. Acredito que é possível estar no palco e também correr atrás nos bastidores. Acho que nomes como Miguel Falabella e Marco Nanini são grandes exemplos neste sentido. E tudo que vi no palco como ator, tentei melhorar como produtor.

alexandre cruz foto eduardo enomoto 4 Espetáculo <i>As Cinzas do Velho</i> marca estreia de Alexandre Cruz como ator e produtor teatral

Alexandre Cruz conheceu o texto da peça durante viagem aos Estados Unidos - Foto: Eduardo Enomoto

Encontro de irmãos

O enredo da peça se passa quando dois irmãos perdem o pai e precisam se encontrar para ir depositar as cinzas do velho, daí o nome, no lugar inusitado que ele indicou. Na jornada, eles se encontram com outros personagens e a peça se aventura, ao mesmo tempo, pelo humor e pelo drama.

Na montagem, Alexandre Cruz vive Bobby, “o irmão descolado”, enquanto Marcelo Braga é o irmão certinho.

— É uma história que fala sobre pessoas. É um espetáculo cheio de humanidade.

No elenco, ainda estão Antoniela Canto, Ricardo Ripa, Lívia Camargo e Leandro Medeiros.

alexandre cruz foto eduardo enomoto 1 Espetáculo <i>As Cinzas do Velho</i> marca estreia de Alexandre Cruz como ator e produtor teatral

Alexandre Cruz é de Araraquara - Foto: Eduardo Enomoto

De Araraquara para a USP

Paulista de Araraquara, Alexandre é filho da dona de casa Aparecida e do industrial Antônio Cruz. Durante a infância, na escola, a veia artística começou a aparecer. Na adolescência, incentivado pela irmã mais velha, Cláudia, que fazia teatro, entrou também para o mundo dos palcos no grupo amador Jaguar, na Casa de Cultura de Araraquara.

Gostava de participar de tudo quanto era agito cultural na cidade natal de José Celso Martinez Corrêa. Lembra que começou, naquela época, a escutar nomes difíceis como Stanislavski e Shakespeare. A primeira peça profissional foi com o grupo Texc. Fez o sobrinho na montagem infantil O Palhaço Era meu Tio, com direção de Ariovaldo dos Santos.

Mas logo Araraquara ficou pequena e partiu rumo a São Paulo, onde entrou passou de cara na EAD (Escola de Artes Dramáticas) da USP (Universidade de São Paulo). Começou no ano de 2003. E perambulou por casas de amigos e repúblicas até se formar, no fim de 2006. Desde então, caiu na vida de ator.

— Logo que me formei, fiquei seis meses sem fazer nada. Acho que foi o tempo para eu entender como funcionava o mundo do teatro.

Personagens fortes

Em 2007, fez sua primeira peça pós-EAD, Mojo, com o diretor Zé Henrique de Paula. Entre uma peça e outra, emendou pequenas participações na TV. Fez os seriados Alice e Carandiru na Globo, e as novelas Amigas e Rivais (SBT) e Caminhos do Coração (Record).

Em 2008, fez o espetáculo Amor e Restos Humanos, com direção de Marco Antônio Pamio. No ano seguinte, entrou para uma grande produção: a peça Maria Stuart, com Julia Lemmertz e Ligia Cortez. Em 2011, voltou ao teatro alternativo, com Amor que Não Ousa Dizer seu Nome, que abordava a temática das relações homossexuais com inspiração em Oscar Wilde e direção de Milton Morales Filho.

O ano de 2012 foi de trabalho intenso. Foi assistir ao amigo de EAD Luciano Andrey em Mambo Italiano, peça que tinha como tema um gay que resolvia sair do armário. Meses mais tarde, foi chamado para substituir o colega, que precisou deixar a montagem para protagonizar o musical Priscilla – Rainha do Deserto.

— Foi uma experiência incrível, porque trabalhei ao lado da Claudia Mello, da Jussara Freire e sob a direção o Marcos Caruso. Mambo foi um grande presente. Quando vi o Luciano fazer o personagem, jamais imaginaria que eu iria substituí-lo meses depois.

No meio tempo, ainda conseguiu fazer interpretar o pai, no infantil O Empinador de Estrelas.

— Com esta obra fui indicado ao Prêmio Femsa de melhor ator. Foi uma grande alegria que me deu vontade de fazer mais.

Com um currículo tão diverso, Alexandre conta que gosta de “personagens desafiadores” e que tenham “uma trajetória forte”.

— Gosto de personagens realistas, de entender os caminhos dele, de estuda-los e compreendê-los.

alexandre cruz foto eduardo enomoto 5 Espetáculo <i>As Cinzas do Velho</i> marca estreia de Alexandre Cruz como ator e produtor teatral

Alexandre Cruz é ator e produtor da peça As Cinzas do Velho - Foto: Eduardo Enomoto

As Cinzas do Velho
Quando: Sábado, 21h; domingo, 20h. Estreia em 16/3/2013. Até 2/6/2013.
Onde: Teatro União Cultural (r. Mario Amaral, 209, Paraíso, São Paulo, tel.0/xx/11 2148-2904)
Quanto: R$ 40 (sábado) e R$ 30 (domingo)
Classificação etária: 12 anos

Veja imagens da peça:

as cinzas do velho fotos vitor vieira Espetáculo <i>As Cinzas do Velho</i> marca estreia de Alexandre Cruz como ator e produtor teatral

Cenas da peça As Cinzas do Velho  e também de toda a equipe do espetáculo - Fotos: Vitor Vieira

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
4 Comentários

"Espetáculo As Cinzas do Velho marca estreia de Alexandre Cruz como ator e produtor teatral"

13 de March de 2013 às 10:47 - Postado por Miguel Arcanjo Prado

* preenchimento obrigatório



Digite o texto da imagem ao lado: *

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Comentários
  • Renato
    - 05/10/2013 - 20:30

    Alexandre tudo bem, você merece todo sucesso do mundo, nós vamos assistir a peça empinador de estrelas. Beijos fica com Deus

    Responder
  • Felipe
    - 16/03/2013 - 21:28

    Boa entrevista e excelente qualidade de imagem nas fotos.

    Responder
  • patricia
    - 13/03/2013 - 23:50

    Sucesso, vc merece todos os momentos de realizacoes. Deus te abencoe e proteja sempre. Bjss

    Responder
  • Edson Cruz
    - 13/03/2013 - 14:51

    Toda a sua familia lhe deseja sucesso e realizações, e para todos do elenco muita satisfação e alegria no palco. Deus Abençoe a tds! Bjs.

    Responder
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com