Posts com a tag "grátis"

golpe Teatro de Narradores expõe no palco tortura e militância durante a ditadura militar no Brasil

Agruras da ditadura militar estão nas duas peças do Teatro de Narradores, com entrada gratuita no Teatro João Caetano, em São Paulo; em cena, a atriz Klarah Lobato - Foto: Rodrigo Pereira

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Nunca é tarde para repensar e discutir, ainda mais em um País com gente que ainda confessa em praça pública ter saudade dos militares no poder.

O palco, como sempre, dá sua contribuição ao debate, desta vez com o Teatro de Narradores, que mergulha na temática que domina a pauta, com a lembrança dos 50 anos de golpe civil-militar no Brasil.

O grupo, sob direção de José Fernando de Azevedo, apresenta duas obras no Teatro João Caetano (r. Borges da Lagoa, 650, Vila Clementino, metrô Santa Cruz, São Paulo). Elas discutem as marcas que a ditadura deixou entre nós. E o melhor: ambas têm entrada franca.

A primeira é Ensaio sobre o Sim e o Não, que será apresentada às sextas, às 21h. Inspirada na peças didáticas de Brecht discute a militância contra a repressão. No elenco, estão os atores Teth Maiello e Vitor Placca, os cantores Abner Santana, Ana Elisa Portes, Bruno de Sá Nunes, Camila Rabelo, Felipe Vidal, Fernando Henrique Ribeiro, Mariana Trento, Nicolas Salaberry, Renato Spinosa, Raphael A. Pinto, e o pinaista Walter Rodrigues.

Já a segunda, Retrato Calado Primeira Parte Cena Primitiva, terá sessões aos sábados, 21h, e domingo, 19h. Nesta, o doloroso tema da tortura invade o palco, com referência no livro de Luiz Roberto Salinas Fortes, que descreveu os horrores dos porões da ditadura. No elenco, estão os atores Ana Elisa Mello, Klarah Lobato, Renan Trindade, Teth Maiello, Vitor Placca, e o músico Thiago Salas.

A temporada, que integra o projeto Corifeus, dura até o fim do mês.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

eva wilma eduardo enomoto Eva Wilma será estrela do 7º Festival Ibero Americano de Teatro de São Paulo no Memorial

Eva Wilma: homenageada no 7º Festibero - Foto: Eduardo Enomoto

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Foto de EDUARDO ENOMOTO

Após ser aclamada com os últimos troféus especiais do Prêmio APCA e do Prêmio Shell pelos 60 anos de carreira e 80 de vida, a atriz Eva Wilma será homenageada mais uma vez.

Ela é a estrela principal da 7ª edição do Festival Ibero-Americano de Teatro de São Paulo. O evento acontecerá no Memorial da América Latina, ao lado da estação Barra Funda da CPTM e do metrô, entre os próximos dias 22 e 27 de abril, com entrada gratuita.

Eva vai abrir a mostra, com sua peça Azul Resplendor, que tem texto do peruano Eduardo Adrianzén.

Como o auditório Simón Bolívar pegou fogo em novembro do ano passado e segue interditado, uma lona será montada na Praça da Sombra. Também acontecerão peças ao ar livre em frente à Praça da Mão, um dos símbolos de São Paulo.

Ainda estão programadas oficinas, palestras e debates. Conheça a programação completa do Festibero!

Ao todo, serão 15 espetáculos. Além do Brasil, Seis países são representados: Portugal (Aos Nossos Filhos, com Maria de Medeiros e Laura Castro), Espanha (Decameron, de Cándido Pazó), Argentina (Como Arenas Entre Lãs Manos, com Ana María Cores), Bolívia (Y Si Te Canto Canciones de Amor, com a Cia. Tucura Cunumi),  Paraguai (Emiliano, com Fábio Chamorro) e México (A Vivir,  de Odin Dupeyron).

As obras brasileiras programadas são: Azul Resplendor (com Eva Wilma), Genet: o Poeta Ladrão (direção Sérgio Ferrara), Dentro é o Lugar Longe (com a Trupe Sinhá Zózima), Polvos Poéticos (com o Grupo Sensus), Marias da Luz (com As Graças), Cabeça de Papelão (com a Cia. da Revista), Borandá (com Fraternal Cia. de Arte e Malas-Artes), O Fiscal Federal (com Teatro Experimental do Sesc do Amazonas) e Relampião (com a Cia. do Miolo e Cia. Paulicéia).

As peças ocorrerão sempre a partir das 17h, entre 22 e 27 de abril. Os cerca de 9.000 ingressos serão distribuídos nos dias das respectivas peças a partir das 14h.

O Memorial da América Latina fica na av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, na Barra Funda, em São Paulo.

Conheça a programação completa do Festibero!

Leia a cobertura completa do R7 no Festival de Teatro de Curitiba!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

el hombre daniel sorrentino3 Humanizaram a máquina e robotizaram o homem, diz chileno que abriu o Festival de Curitiba 2014

Chileno El Hombre Venido de Ninguna Parte abriu o Festival de Teatro de Curitiba - Foto: Daniel Sorrentino/Clix

Por MIGUEL ARCANJO PRADO
Fotos de DANIEL SORRENTINO

O ator chileno Claudio Vega, do grupo La Rayneta, um dos principais do Chile, integra o espetáculo El Hombre Venido de Ninguna Parte, que abriu a programação do Festival de Teatro de Curitiba na noite desta terça (25), no Expo Renault Barigui, na capital paranaense.

O evento vai até o dia 6 de abril, com mais de 450 peças, das quais 66 grátis. O espetáculo internacional ainda é apresentado nesta quarta (26) e quinta (27), às 19h30, na praça Santos Andrade, no centro curitibano.

Em conversa exclusiva com o Atores & Bastidores do R7 nesta quarta (26), Claudio Vega comemora que seu grupo tenha sido escolhido para a abertura.

el hombre daniel sorrentino Humanizaram a máquina e robotizaram o homem, diz chileno que abriu o Festival de Curitiba 2014

Claudio Vega espera que o Festival de Curitiba abra portas para seu grupo no Brasil - Foto: Daniel Sorrentino/Clix

— Para nós foi realmente maravilhoso termos sido escolhidos entre quase 500 espetáculos para abrir o Festival de Curitiba. Ontem, as pessoas aplaudiram de pé. Hoje e amanhã esperamos um público grande também.

EXCLUSIVO: "Vendemos mais ingresso que Rock in Rio", diz Leandro Knopfholz

Vega afirma que participar do maior evento de artes cênicas do Brasil é uma espécie de "janela para o teatro latino-americano". Ele espera que a participação possa gerar convites para outros festivais brasileiros e na América Latina.

— Em Curitiba se abrem janelas ao mercado teatral latino-americano. Sabemos que é um festival com peso importante. A televisão chilena deveria cobri-lo.

O artista vê como positiva a escolha de uma peça latino-americana para abrir a festa, em vez de uma europeia ou norte-americana.

— Isso valoriza nossa região. No mundo de hoje trabalhamos em redes, é preciso estabelecer alianças entre nós mesmos, latino-americanos, para viralizar o teatro. Por isso, fazemos sessões para mais de 1.000 pessoas nas ruas.

O ator lembra que tão importante quanto se apresentar em Curitiba é fazer trocas artísticas com outros que participam do evento.

— É na hora da cerveja, à noite, ou no almoço que estabelecemos contatos e criamos vínculos que vão frutificar depois em prol do teatro. É assim que começamos a construir uma mudança de paradigma social. Deus queira que Curitiba nos abra uma janela para o Brasil no Chile e vice-versa.

Ele conta que El Hombre Venido de Ninguna Parte, feita sem diálogo e com música ao vivo, é uma obra "poética e mágica" que "tem uma história muito simples".

— É a história de um homem que tem uma acidente e faz uma viagem por um mundo surrealista. Ele passa por temas universais como amor, sofrimento, perda, inocência, relação com o dinheiro e o poder. A simplicidade aparente do espetáculo deixa espaços que são completados pelo espectador. O menino vai ver uma coisa, o adolescente outra, o adulto outra ainda. O público completa história com suas próximas experiências.

Para ele, a obra cria uma "atmosfera singular" que vem da dicotomia vivida pelo homem atual.

— Hoje, humanizamos a máquina e robotizamos o ser humano. É preciso repensar isso e criar uma atmosfera que emocione o público. É isso que fazemos.

el hombre daniel sorrentino2 Humanizaram a máquina e robotizaram o homem, diz chileno que abriu o Festival de Curitiba 2014

O espetáculo chileno El Hombre Venido de Ninguna Parte faz apresentações grátis na praça Santos Andrade, no centro de Curitiba, nesta quarta (26) e quinta (27), às 19h30 - Foto: Daniel Sorrentino

Leia a cobertura completa do R7 no Festival de Teatro de Curitiba!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

bibi ferreira studio prime Bibi Ferreira faz show grátis no Ibirapuera

A diva Bibi Ferreira, aos 91 anos, está cheia de vigor no palco - Foto: Studio Prime

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Aos 91 anos, a cantora e atriz Bibi Ferreira sobe ao palco na área externa do Auditório Ibirapuera, no parque Ibirapuera, em São Paulo, neste sábado (22).

A diva dos palcos se apresenta às 20h.

Acompanhada de uma orquestra, ela fará o show Bibi - Histórias e Canções, que comemora suas nove décadas de vida.

A entrada é gratuita.

Em maio, Bibi Ferreira estreia seu novo espetáculo no Teatro Shopping Frei Caneca, Bibi canta Sinatra.

Em 1º de junho próximo a artista completa 92 anos de vida.

Leia a crítica do espetáculo de Bibi Ferreira!

Nove artistas declaram seu amor a Bibi Ferreira

 

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

Lamira Artes Cênicas Do Repente foto divulgação 1b Buraco dOráculo leva 12 peças grátis para praça de São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo

Vindo de Tocantins, grupo Lamira Artes Cênicas apresenta Do Repente em SP - Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Quem mora em São Miguel Paulista, região da zona leste paulistana, terá a chance única de ver 12 espetáculos grátis na 8ª edição da Mostra de Teatro de São Miguel Paulista.

O evento acontece entre 4 e 13 de abril na praça do Casarão, que fica do lado da estação Vila Mara da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), no bairro Jardim Helena.

patologias pato mojado teatro y circo credito miguel bombero Buraco dOráculo leva 12 peças grátis para praça de São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo

Vindos de Rosário, na Argentina, artistas do Pato Mojado Teatro e Circo integram a programação da mostra - Foto: Divulgação

A organização é do aguerrido grupo Buraco d'Oráculo e foca no teatro de rua. Vão se apresentar artistas dos quatro cantos do País e também da América Latina.

Além de representantes de Porto Alegre, Londrina, Palmas, Maracanaú, Recife, Macapá e de distintas as regiões paulistas, haverá ainda um grupo vindo de Rosário, na Argentina.

Participam importantes grupos de teatro de rua, como Cia Teatral Parlendas, Cia. de Teatro Nu Escuro, Os Mamatchas, Lamira Artes Cênicas, Cia. Dell'Arte de Teatro, Cia. de Teatro, Circo e Música Pato Mojado, Cia. Estável de Teatro, Grupo Garajal, Grupo Cafuringa, Mamulengo da Folia e Oigalê.

A mostra tem apoio do ProAC Festivais e Mostras, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. A festa na praça também celebra os 15 anos do grupo e os 12 anos de presença na zona leste.

As peças vão acontecer sempre de sexta a domingo, nos horários das 15h30, das 17h ou das 19h. As peças são aptas a todos os públicos.

Conheça a programação completa da 8ª Mostra de Teatro de São Miguel Paulista!

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

azul resplendor 03 joao caldas Mostra 2013 em Cena tem 27 peças grátis em SP

Pedro Paulo Rangel e Eva Wilma fazem Azul Resplendor grátis na Mostra 2013 em Cena - Foto: João Caldas

Por Miguel Arcanjo Prado

O ano vai chegando ao fim e é hora de lembrar que os palcos paulistanos nunca estiveram tão recheados de produções teatrais para todos os gostos e bolsos. Foi tanta coisa que não deu tempo de ver tudo. Pois o público paulistano terá uma espécie de repescagem teatral do que rolou de bom durante o ano nos teatros da cidade. E o melhor, vai ver tudo sem pagar nada.

Sete teatros de bairro serão palco da Mostra 2013 em Cena, organizada pela Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo. Ela acontecerá de 29 de novembro a 15 de dezembro, com 27 espetáculos ao todo, sendo 16 obras de teatro adulto e 11 de teatro infantil. Todas com entrada gratuita.

Participam da programação os teatros Alfredo Mesquita (zona norte), Cacilda Becker (zona oeste), João Caetano e Leopoldo Fróes (zona sul), Martins Penna, Zanoni Ferrite e ao Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes (zona leste).

Peças de destaque estão na programação, como Azul Resplendor, que celebra os 60 anos de carreira e 80 de vida da atriz Eva Wilma. Ainda estão no programa obras como Folias Galileu, O Fantasma do Som, Homem Não Entra, Os Adultos Estão na Sala e ¡Salta!. Para retirar até dois ingressos por pessoa, basta chegar ao teatro com uma hora de antecedência a cada sessão.

Não vai perder outra vez!

Veja, abaixo, a programação completa:

Programação para o público adulto

|Retirar ingresso, até um par por pessoa, uma hora antes.

anatomia woyzeck Mostra 2013 em Cena tem 27 peças grátis em SP

Anatomia Woyzeck encerra trilogia sobre violência da Cia. Razões Inversas na Mostra 2013 em Cena - Foto: João Caldas

ANATOMIA WOYZECK
Cia. Razões Inversas. Dramaturgia a partir de fragmentos de Georg Büchner. Dir.: Marcio Aurelio. Com Clóvis Gonçalves, Paulo Marcello e Washington Luiz. 60 min. +14 anos.
Soldado dedicado à mulher e ao filho ganha alguns trocados a mais se submetendo em ser cobaia de experiências médicas. Em uma delas, passa a ter alucinações que o levam a questionar a moral e os costumes sociais e a tomar atitudes drásticas.
| Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna. Largo do Rosário, 20, Penha. Próximo do Shopping Penha. Zona Leste. | tel.2295-0401. De 29/11 a 1º/12, 19h
| Teatro Leopoldo Fróes. Rua Antonio Bandeira, 114, Santo Amaro. Zona Sul
| tel. 5541-7057. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h

AZIRILHANTE
Cia. Simples. Texto e dir.: Daniela Duarte. Concepção e interpretação: Flavia Melman. 70 min. +10 anos.
Ambientada numa cozinha, a peça mostra o depoimento fragmentado de três personagens: uma mãe bipolar, uma menina que não tem uma boa história para contar e uma atriz em crise.
| Teatro Leopoldo Fróes. Rua Antonio Bandeira, 114, Santo Amaro. Zona Sul
| tel. 5541-7057. Dia 1º/12, 20h

AZUL RESPLENDOR
Texto: Eduardo Adrianzén. Com Eva Wilma, Pedro Paulo Rangel, Dalton Vigh e outros. Dir.: Renato Borghi e Elcio Nogueira Seixas. 100 min. +14 anos.
A peça retrata o ofício do ator por meio dos jogos de poder, afetos, ilusões e frustrações durante o ensaio de um espetáculo. Uma famosa atriz dramática, aposentada precocemente, vê-se novamente cercada por diversos colegas, como o coadjuvante recalcado, o diretor prepotente, a assistente de direção sem identidade e os atores jovens em busca de fama.
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul.| tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 29/11 a 1º/12, 19h

FOLIAS GALILEU
Folias D’Arte. Dramaturgia e interpretação: Ailton Graça, Gisele Valeri, Rodrigo Scarpelli e outros. 100 min. +10 anos.
Numa espécie de excursão, o público se depara com um caleidoscópio da narrativa do importante cientista Galileu frente ao seu dilema ético.
| Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – teatro. R. Inácio Monteiro, altura do nº 6.900, esq. com Rua Alexandre Davidenko, Cidade Tiradentes. Zona Leste. | tel.: 2555-2840. De 29/11 a 1º/12, 19h
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. De 6 a 8/12. 6ª e sáb., 21h. Dom., 19h

O LIVRO DA GRANDE DESORDEM E DA INFINITA COERÊNCIA
Estúdio Lusco-Fusco. Texto: August Strindberg (inspirado no livro autobiográfico “Inferno” e em fragmentos de “Um Sonho”, de sua autoria). Adapt. e dir.: André Guerreiro Lopes. Com Helena Ignez, Djin Sganzerla, André Guerreiro Lopes e Eduardo Mossri. Trilha sonora ao vivo: Gregory Slivar. 75 min. +12 anos.
Mosaico visual e sonoro que une as linguagens da música, videoarte e teatro físico para retratar a experiência de um artista que abandona sua zona de segurança e se lança em uma jornada incerta, em busca do desconhecido.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. De 29/11 a 1º/12, 19h

nossa classe31 Mostra 2013 em Cena tem 27 peças grátis em SP

Nossa Classe mostra fatos históricos na Polônia pré-Segunda Guerra Mundial - Foto: Ronaldo Gutierrez

NOSSA CLASSE
Núcleo Experimental. Texto: Tadeusz Slobodzianek (inspirado no livro “Vizinhos”, de Jan T. Gross). Trad., adapt. e dir.: Zé Henrique de Paula. Com Bruno Gael, Estrela Strauss, Fabio Redkowicz e outros. 90 min. +16 anos.
Relato de um acontecimento real: o massacre ocorrido na cidade polonesa de Jedwabne, em 10 de julho de 1941, poucas semanas depois que o exército de Hitler iniciou seu avanço em direção ao leste da Polônia. Na ocasião, toda a população de origem judaica da cidade foi dizimada.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte.
| tel. 2221-3657. De 29/11 a 1º/12, 19h

TERÇA NO HIPER
Cia. Ferris. Texto: Emmanuel Darley. Dir.: Vany Alves. Trad. e interpretação: Fábio Ferretti. 60 min. +12 anos.
Ao se reencontrar com o pai idoso que necessita de cuidados, após anos sem se falar, filha relembra seu passado na cidadezinha onde viveu a infância antes de decidir mudar de sexo.
| Teatro Zanoni Ferrite. Av. Renata, 163, Vila Formosa. Zona Leste.| tel. 2216-1520. De 29/11 a 1º/12, 19h
| Teatro Leopoldo Fróes. Rua Antonio Bandeira, 114, Santo Amaro. Zona Sul
| tel. 5541-7057. De 6 a 8/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h

OS ADULTOS ESTÃO NA SALA
A Má Companhia Provoca. Texto e dir.: Michelle Ferreira. Com Flávia Strongolli, Maura Hayas e Michelle Boesche. 70 min. +14 anos.
Numa metrópole de terceiro mundo, uma ponte que leva nada a lugar nenhum está sendo construída. Enquanto isso, num apartamento, um menino ouve a conversa entre três mulheres e acha que os adultos estão confusos e que algo acontece quando eles se reúnem.
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 6 a 8/12. 6ª e sáb., 21h. Dom., 19h

HOMEM NÃO ENTRA
Cia. Pessoal do Faroeste. Texto: Paulo Faria e Rodrigo Pereira. Dir.: Paulo Faria. Com Juliana Fagundes, José Roberto Jardim, Beto Magnani e outros. Coro: Aldo Bispo, Heitor Vallim e outros. Sonoplastia e percussão ao vivo: Jorge Peña. 60 min. +14 anos.
Faroeste ambientado em São Paulo, em 1953, no dia do fechamento da zona de confinamento da prostituição do Bom Retiro, a famosa Boca do Lixo. Lá, um pistoleiro e uma prostituta querem se vingar do xerife que domina a região na base da violência, arbitrariedade e corrupção.
| Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – teatro. R. Inácio Monteiro, altura do nº 6.900, esq. com Rua Alexandre Davidenko, Cidade Tiradentes. Zona Leste. | tel.: 2555-2840. De 6 a 8/12. 6ª, 20h. Sáb., 17h30 e 20h. Dom., 17h30 e 19h30

SENHORITA JÚLIA
Grupo Tapa. Texto: August Strindberg. Dir.: Eduardo Tolentino de Araújo. Com Anna Cecília Junqueira, Augusto Zacchi e Paloma Galasso. 70 min. +14 anos.
Escrita em 1887, a peça é um marco da dramaturgia naturalista. Por meio do embate entre uma jovem aristocrata e seu criado, Strindberg aborda temas recorrentes em sua obra, como a disputa entre sexos e classes e a contradição entre erotismo e realidade.
| Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna. Largo do Rosário, 20, Penha. Próximo do Shopping Penha. Zona Leste. | tel. 2295-0401. De 6 a 8/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h
| Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – teatro. R. Inácio Monteiro, altura do nº 6.900, esq. com Rua Alexandre Davidenko, Cidade Tiradentes. Zona Leste. | tel.: 2555-2840. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h

SONATA A KREUTZER - UMA HISTÓRIA PARA O SÉCULO 19
Texto: Liev Tolstói. Dramaturgia: Cássio Pires. Dir.: Marcello Airoldi. Com André Capuano e Ernani Sanchez. 80 min. +16 anos.
Quatro discos contendo a “Sonata a Kreutzer”, de Beethoven, tocados em uma velha vitrola, provocam as memórias de Pózdnichev, homem que assassinou sua mulher.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte.
| tel. 2221-3657. De 6 a 8/12. 6ª e sáb., 21h. Dom., 19h

UNIVERSOS
Núcleo Experimental. Dir.: Zé Henrique de Paula. Com Thiago Ledier e Bruna Thedy. 70 min. +12 anos.
Apicultor conhece uma cientista em um churrasco e inicia uma relação com infinitos desdobramentos em cenas que se repetem de forma diferente, possibilitando rumos diversos à história do casal.
| Teatro Zanoni Ferrite. Av. Renata, 163, Vila Formosa. Zona Leste. | tel. 2216-1520. De 6 a 8/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h
| Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna. Largo do Rosário, 20, Penha. Próximo do Shopping Penha. Zona Leste. | tel. 2295-0401. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h

BORRASCA
Cemitério de Automóveis. Texto e dir.: Mário Bortolotto. Com Mário Bortolotto, Gustavo Haddad, João Miguel e outros. 50 min. +14 anos.
Por meio da história de três amigos, o texto fala de amizade, traições, compreensão e decisões que precisam ser tomadas para prosseguir com as vidas dos que ficaram. A novidade do espetáculo é que 11 atores se revezam nos dois personagens da peça a cada dia da temporada.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte.
| tel. 2221-3657. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 21h. Dom., 19h

EU CÃO EU
Parlapatões, Patifes & Paspalhões. Texto e interpretação: Hugo Possolo. Dir.: Rodolfo García Vázquez. 60 min. +16 anos.
Insatisfeito com sua vida, homem passa a observar a liberdade que um cachorro vira-lata tem ao andar tranquilamente pelas ruas.
| Teatro Zanoni Ferrite. Av. Renata, 163, Vila Formosa. Zona Leste. | tel. 2216-1520. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 20h. Dom., 19h

Salta5508 crédito Cacá Bernardes Mostra 2013 em Cena tem 27 peças grátis em SP

¡Salta! está na mostra da Prefeitura de SP

¡SALTA!
Coletivo Teatro Dodecafônico. Dramaturgia: Veronica Stigger. Dir.: Verônica Veloso. Intérpretes-criadores: Beatriz Cruz, Gabriela Cordaro, Joaquim Lino e outros. 70 min. +16 anos.
Em uma casa com piscina em algum lugar da América Latina, o ócio, o calor e a espera anunciam algo que aconteceu ou está por acontecer a cinco pessoas.
| Somente 100 lugares. Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 21h. Dom., 19h

SÃO MANUEL BUENO, MÁRTIR
Grupo Sobrevento. Texto: Miguel de Unamuno. Dramaturgia e dir.: Luiz André Cherubini e Sandra Vargas. Com Sandra Vargas, Maurício Santana e Luiz André Cherubini. Músicos: William Guedes, Carlos Amaral, Marina Estanislau e outros. 80 min. +16 anos.
Dom Manuel, um padre que duvida da fé e da existência de Deus, tem sua vida narrada por 30 bonecos de forma pouco ortodoxa, em uma arena ocupada por uma mesa que representa o mundo.
| Somente 68 lugares. Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 13 a 15/12. 6ª e sáb., 21h. Dom., 19h

Programação para o público infantojuvenil

|Retirar ingresso, até um par por pessoa, uma hora antes.

BEM DO SEU TAMANHO
Núcleo Caboclinhas. Obra original: Ana Maria Machado. Adapt.: Evill Rebouças. Dir.: Edu Silva. Com Giuliana Cerchiari, Luciana Silveira, Aline Anfilo e Geni Cavalcante. 50 min. Livre.
Tentando descobrir seu tamanho, garota chega a uma cidadezinha típica do interior e conhece, nessa trajetória, pessoas que a ajudam e outras que a confundem.
| Teatro Leopoldo Fróes. Rua Antonio Bandeira, 114, Santo Amaro. Zona Sul. | tel. 5541-7057. Dia 1º/12, 16h
| Teatro Zanoni Ferrite. Av. Renata, 163, Vila Formosa. Zona Leste.| tel. 2216-1520. Dias 7 e 8/12, 16h

O BURACO DO MURO
Maracujá Laboratório de Artes. Argumento: Sidnei Caria, Silas Caria, Camila Ivo, Lucas Luciano e Eder dos Anjos. Concepção, dramaturgia e dir.: Sidnei Caria. Com Lucas Luciano, Eder dos Anjos e Ronaldo Liano. 50 min. Livre.
Três crianças avessas à leitura, mas fanáticas por internet, recebem mensagens misteriosas em seus celulares que falam de um tesouro escondido atrás do muro. Ao encontrarem diversos objetos e livros, envolvem-se em uma brincadeira que muda suas vidas.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. Dias 30/11 e 1º/12, 16h
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. Dias 7 e 8/12, 16h

ofantasmadosom Mostra 2013 em Cena tem 27 peças grátis em SP

O Fantasma do Som: infantil para os pequenos - Divulgação

O FANTASMA DO SOM
Banda Mirim. Texto e dir.: Marcelo Romagnoli. Com Alexandre Faria, Claudia Missura ou Tatiana Thomé e outros. Participação especial: Giovanni Venturini. 60 min. Livre.
Num estúdio sonoro vive um fantasma que acompanha a gravação da rádio-novela que pode salvar todo mundo da falência. O musical brinca com as várias possibilidades do som e propõe a misteriosa arte de ouvir.
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. Dias 30/11 e 1º/12, 16h

A PRINCESA E O DRAGÃO
Cia. Ópera na Mala. Texto e música ao vivo: Sergio Serrano. Dir. e interpretação: Cris Miguel. 50 min. Livre.
Inspirada em história da cultura eslovena, a peça, com bonecos, música e brincadeiras, mostra como a princesa Liubliana enfrentou dragões.
| Teatro Zanoni Ferrite. Av. Renata, 163, Vila Formosa. Zona Leste.| tel. 2216-1520. Dias 30/11 e 1º/12, 16h
| Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna. Largo do Rosário, 20, Penha. Próximo do Shopping Penha. Zona Leste. | tel. 2295-0401. Dias 7 e 8/12, 16h
| Teatro Leopoldo Fróes. Rua Antonio Bandeira, 114, Santo Amaro. Zona Sul. | tel. 5541-7057. Dias 14 e 15/12, 16h

MENINO LUA
Teatro do Bardo. Texto e dir.: Fernanda Maia. Com Aretê Bellar, Cy Teixeira, Felipe Ramos e outros. 90 min. Livre.
Inspirado em Luiz Gonzaga, o espetáculo acompanha Lua, menino sanfoneiro que decide, com a ajuda de uma amiga, acabar com a seca do sertão. No caminho, encontram um bando de fugitivos, uma família de retirantes e o terrível bruxo Mané Onça.
| Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – teatro. R. Inácio Monteiro, altura do nº 6.900, esq. com Rua Alexandre Davidenko, Cidade Tiradentes. Zona Leste. | tel.: 2555-2840. Dias 30/11 e 1º/12, 16h
| Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna. Largo do Rosário, 20, Penha. Próximo do Shopping Penha. Zona Leste. | tel. 2295-0401. Dias 14 e 15/12, 16h

QUEM TEM MEDO DO ESCURO?
Caravana Cia. de Teatro. Texto: Márcio Araújo e Fernanda Morais (a partir de uma ideia original de Evandro Rigonatti). Dir.: Evandro Rigonatti. Com Fabiana Carlucci, Camila Graziano e Elber Marques. Músico: Tato Fischer. 60 min. Livre.
Enquanto crianças se preparam para dormir em um quarto escuro, a imaginação traz à tona bruxas, fantasmas e monstros, projetados na silhueta dos móveis.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. Dias 30/11 e 1º/12, 16h
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. Dias 14 e 15/12, 16h

A RAINHA PROCURA...
Cia. do Quintal. Concepção e dir.: César Gouvêa. Com Rhena de Faria, Davi Taiu, Claudio Thebas e outros. 60 min. Livre.
Na tentativa de recuperar seu reino, rainha abre testes para bispos, cavalos, torres e peões. Porém seus planos mudam de rumo com a aparição de dois palhaços que preferem ser bobos da corte a servir como defensores do território.
| Centro Cultural da Penha – Teatro Martins Penna. Largo do Rosário, 20, Penha. Próximo do Shopping Penha. Zona Leste. | tel. 2295-0401. Dias 30/11, 1º ,7 e 8 /12, 16h
| Teatro Zanoni Ferrite. Av. Renata, 163, Vila Formosa. Zona Leste. | tel. 2216-1520. Dias 14 e 15/12, 16h

ÁGUA
Clã - Estúdio das Artes Cômicas. Dir.: Cida Almeida. Com Caio Franzolin, Caio Marinho, Gabriel Küster e outros. 55 min. Livre.
Após desperdiçar água, uma trupe de palhaços passa por incríveis aventuras marinhas e ribeirinhas nesta homenagem aos circos “panos de roda”, os famosos “tomara que não chova”.
| Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – área do circo. R. Inácio Monteiro, altura do nº 6.900, esq. com Rua Alexandre Davidenko, Cidade Tiradentes. Zona Leste. | tel.: 2555-2840. Dias 7 e 8/12, 16h (em caso de chuva, o espetáculo acontece em área interna do CFCCT)

COCÔ DE PASSARINHO
Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação. Dir.: Anie Welter (livremente inspirado na obra homônima de Eva Furnari). Intérpretes-criadores: GpeteaH, Anie Welter, Rafael Petri e outros. 50 min. Livre.
Em uma praça, os moradores de uma vila têm de enfrentar um problema diário: o cocô que os passarinhos fazem em suas cabeças. Um dia, um vendedor de flores passa pela cidade e uma situação inesperada transforma a vida de todos.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. Dias 7 e 8/12, 16h
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. Dias 14 e 15/12, 16h

FILHOTE DE CRUZ CREDO
Cia. O Grito. Dramaturgia: Alessandro Hernandez. Dir.: Roberto Morettho. Com Alessandro Hernandez, Andréa Manna, Denis Antunes e Tertulina Alves. 60 min. Livre.
Com a fama de ser “o menino mais feio do mundo”, garoto, filho de uma giganta, vive isolado em sua casa. Ao tentar descobrir os segredos do rio que cerca a cidade, conhece uma menina que mudará a forma dele olhar o mundo e a si próprio.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. Dias 7 e 8/12, 16h
| Centro de Formação Cultural de Cidade Tiradentes – teatro. R. Inácio Monteiro, altura do nº 6.900, esq. com Rua Alexandre Davidenko, Cidade Tiradentes. Zona Leste. | tel.: 2555-2840. Dias 14 e 15/12, 16h

CARTAS DE UM MENINO VIAJANTE
Cia. Polichinelo de Teatro de Bonecos. Texto e dir.: Márcio Pontes. 45 min. Livre.
Homem encontra um menino que dorme no banco de uma estação e nutre por ele um sentimento paternal. Ao despertar, o garoto conta sua história com a ajuda de cartas guardadas em uma mala.
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. Dias 14 e 15/12, 16h

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

Por Miguel Arcanjo Prado

Falta de grana no bolso não é mais desculpa para deixar de ir ao teatro. O Atores & Bastidores do R7 descobriu quatro peças que estão em cartaz em espaços municipais de São Paulo com um preço mais do que camarada: de graça!

Veja, abaixo, as quatro opções e escolha um ou todos os espetáculos:

teatro cidadao perfeito Veja quatro peças em SP sem pagar nadaO Cidadão Perfeito
Cia. Humbalada. Criação e encenação: grupo e Filipe Brancalião. Com Bruno César Lopes, Vanessa Rosa e Tatiana Monte. 75 min. +12 anos.
Comédia que retrata a influência da mídia nas eleições do país. Durante um reality show , será escolhido o presidente do Brasil. O programa mostra visitas ao Congresso, cultos e cerimônias religiosas, entre outras atrações televisivas.
Centro Cultural da Juventude – anfiteatro. Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641, Vila Nova Cachoeirinha, São Paulo. Próximo do Terminal de Ônibus Cachoeirinha, Zona Norte. | tel. 0/xx/11 3984-2466. Dia 22, 20h. Grátis (retirar ingresso a partir das 19h na recepção do CCJ)

teatro alagba Veja quatro peças em SP sem pagar nadaCondição de Vida
Cia. Alagbá’s de teatro. 60 min. Livre.
Monólogo que retrata a história de um idoso que reflete sobre sua vida profissional, familiar e social, cheia de fracassos, vitórias, alegrias e outras sensações.
Biblioteca Pública Belmonte. Biblioteca Pública Belmonte (Temática em Cultura Popular). R. Paulo Eiró, 525, Santo Amaro, Zona Sul, São Paulo. | tel. 0/xx/11 5687-0408 e 5691-0433. Dia 21, 19h30. Grátis

teatro sexo verbal Veja quatro peças em SP sem pagar nadaSexo Verbal - Sacanagem Não É o Que Fazemos na Cama, É o Que Fazem Conosco!
Núcleo Cênico ProjetoBaZar. 80 min. +18 anos.
A sexualidade humana com base no universo literário. Cada personagem apresenta sua história e abre um diálogo com o público, usando palavras, imagens e expressões corporais.
Biblioteca Pública Cassiano Ricardo. Av. Celso Garcia, 4.200, Tatuapé, Zona Leste, São Paulo. | tel. 0/xx/11 2092-4570 e 2942-9952. Dia 22, 19h30. Grátis

teatro denise stoklos Veja quatro peças em SP sem pagar nadaVozes Dissonantes
Com Denise Stoklos. 75 min. +14 anos.
O espetáculo solo mostra brasileiros que se manifestaram a favor de mais solidariedade no país durante cinco séculos de história, por meio de personalidades como Padre Antônio Vieira e José Bonifácio e textos de Euclides da Cunha e outros.
Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima. Av. Henrique Schaumann, 777, Pinheiros, Próximo da Praça Benedito Calixto, Zona Oeste, São Paulo. | tel. 0/xx/11 3082-5023 e 3063-3064. Dias 27 e 28, 19h. Grátis (retirar senha a partir das 18h)

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

ze jennifer glass Oficina faz sessão grátis de Cacilda!!! nesta segunda

Zé Celso encerra temporada de Cacilda!!! nesta segunda, às 19h, com entrada grátis - Foto: Jennifer Glass

Por Miguel Arcanjo Prado

É a última chance. Nesta segunda (11), vai ter uma sessão gratuita às 19h do espetáculo Cacilda!!! Glória no TBC – Capítulo 1 no Teat(r)o Oficina, no Bixiga, em São Paulo. Ela encerra a temporada da obra, que dura cinco horas com 30 minutos de intervalo. A apresentação integra o Circuito de Teatro em Português, cuja oitava edição acontece até o dia 21 com outras obras gratuitas em SP (saiba mais).

Cacilda!!! é a terceira parte da saga de José Celso Martinez Corrêa sobre a atriz Cacilda Becker (1921-1969).

A quarta peça da saga, Cacilda!!!! A Fábrica de Cinema e Teatro, será feita na sequência: após duas semanas de apresentações no Sesc Santo André e Piracicaba, a obra estreia no Oficina no dia 13 de dezembro de 2013, para duas semanas em cartaz.

Foram quase mil páginas de texto sobre Cacilda Becker escritas por Zé Celso em parceria com Marcelo Drummond que já renderam três espetáculos desde a década de 1990. Zé resolveu escrever a obra por medo de estar doente.

O grupo já montou em 1998 Cacilda!, com Beth Coelho, Giulia Gam e Leona Cavalli vivendo a protagonista. Em 2009, foi a vez da segunda peça, Estrela Brazyleira a Vagar – Cacilda!!, com Ana Guilhermina no papel-título.

Desta vez, Camila Mota e Sylvia Prado dividem-se como Cacilda Becker. Ambas integraram os coros das duas primeiras montagens.

Em Cacilda!!!, o Oficina aborda a fase de Cacilda Becker como primeira atriz do TBC (Teatro Brasileiro de Comédia) e invade os anos 1960, quando Cacilda liderou a classe teatral e participou da polêmica devolução do Prêmio Saci ao jornal Estado de S. Paulo, acusado pelos artistas de ser conivente com a ditadura militar e a repressão.

O jornal, naquela época, escreveu um editorial apoiando a censura da peça Roda Viva, dirigida por Zé Celso com o Oficina, fato retratado no espetáculo (leia a crítica do espetáculo).

ze jennifer glass 2 Oficina faz sessão grátis de Cacilda!!! nesta segunda

Danielle Rosa, em primeiro plano, é um dos destaques de Cacilda!!!, do Teat(r)o Oficina - Foto: Jennifer Glass

Cacilda!!! Glória no TBC - Capítulo 1
Avaliação: Muito bom
Quando:
Segunda (11), 19h. 18h. 5 horas. Última chance.
Onde: Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona (r. Jaceguai, 520, Bixiga, São Paulo, tel. 0/xx/11 3106-2818)
Quanto: Grátis
Classificação etária: 18 anos
Avaliacao Muito Bom R7 Teatro PQ Oficina faz sessão grátis de Cacilda!!! nesta segunda

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

osgigantes Galpão fará apresentação grátis de Os Gigantes da Montanha na praça Roosevelt no dia 27, às 20h

Os Gigantes da Montanha promete agitar a praça Roosevelt, em SP, no fim do mês - Foto: Guto Muniz

Por Miguel Arcanjo Prado

O R7 acaba de saber uma informação em primeira mão: o Grupo Galpão vai apresentar a peça Os Gigantes da Montanha em São Paulo outra vez.

A nova apresentação dos mineiros já está fechada: será no dia 27 de outubro, um domingo, às 19h, na praça Roosevelt, tradicional reduto teatral paulistano. Com entrada livre e gratuita.

A fábula trágica de Luigi Pirandello tem 80 minutos de duração e ganhou direção de Gabriel Villela, que se reencontra com o grupo no qual fez fama.

O enredo conta a história de uma companhia teatral decadente que viaja a uma vila mágica, povoada por fantasmas e governada por um mago.

A 21ª obra do Galpão já foi vista por mais 60 mil pessoas. Além Minas e São Paulo, quando participou da última Mostra Sesc de Teatro de Rua, esteve também em Goiás, Paraíba e Pernambuco.

Os Gigantes da Montanha
Quando: 27/10/2013, às 20h (única apresentação)
Onde: praça Roosevelt, centro, metrô República, São Paulo
Quanto: grátis
Classificação etária: livre

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

11 cabaret coro foto eduardo enomoto julho 2013 Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Musical Cabaret tem lotado o Teatro Ruth Escobar, na Bela Vista, em São Paulo - Foto: Eduardo Enomoto

Por Bruna Ferreira
Especial para o Atores & Bastidores*
Fotos de Eduardo Enomoto

Cabaret é um dos musicais mais interessantes da Broadway. Não tem aquela felicidade obrigatória deste tipo de produção; muito pelo contrário: é denso, introspectivo e acontece sob a névoa nazista que chega à Alemanha dos anos 1930.

Além disso, tem uma protagonista cuja decadência é o seu grande charme. São a maquiagem borrada, o excesso de gim e a vida de fracassos que fazem com que o público se identifique com a dançarina Sally Bowles, já defendida por Liza Minelli e Claudia Raia.

Assim, montar o texto de Joe Masteroff com músicas lendárias de John Kander e letras de Fred Ebb é um grande passo para ter um espetáculo que funcione.

Mas, a isso tudo, o diretor paulistano André Latorre conseguiu um charme a mais: o da juventude sedenta por fazer teatro, com sua inocência cênica, cheia de erros e acertos.

cabaret rita gutt anderson dkassio gabriel ivanoff foto eduardo enomoto julho 2013 Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Novo nomes: à esq., Rita Gutt e Anderson D'Kássio; à dir., Gabriel Ivanoff - Foto: Eduardo Enomoto

É essa mistura que faz da versão universitária de Cabaret um sucesso comprovado pelas extensas filas no Teatro Ruth Escobar, na Bela Vista, em São Paulo.

Latorre reuniu 21 atores na Cia. Instável, grupo formado por alunos do curso de teatro da Faculdade Paulista de Artes. Além da direção, na qual contou com assistência de Liza Caetano, assina também iluminação, figurino e cenografia. Esta última, feita em parceria com Dalila Cruz, se destaca pela precisão com que conseguiu equilibrar uma produção sem muitos recursos com eficiência. A sala de arena Myriam Muniz é transformada no cabaré Kit Kat Club, no camarim da protagonista, Sally, ou na pensão onde a dançarina vai morar com o escritor norte-americano Clifford Bradshaw.

O diretor conseguiu criar uma unidade em meio a tanta diversidade e o resultado é um espetáculo que envolve o público.

cabaret juan manuel tellategui rita gutt foto eduardo enomoto julho 2013 Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Juan Manuel Tellategui (à esq.) e Rita Gutt (à dir.) são destaques do elenco - Foto: Eduardo Enomoto

Destaques do elenco

O elenco traz novos nomes à cena teatral paulistana. É encabeçado por Rita Gutt, atriz e cantora que se recusa a entrar pelo fácil caminho do exagero; muito pelo contrário, faz uma Sally Bowles simples e certeira. Rita é segura, afinada e carismática. E impressiona a todos ao cantar sem microfone e acertar todas as notas possíveis.

Outro que chama a atenção é o ator Gabriel Ivanoff, dono de exótica beleza e que segura o clima da peça como o Mestre de Cerimônia, navegando entre mistério e riso. Apesar de algumas irregularidades, como o choro forçado na cena final, ele vai bem por quase todo o espetáculo.

Outra novidade é o argentino Juan Manuel Tellategui, na pele do vilão, o nazista Ernest Ludwig. Fazendo de seu leve sotaque um diferencial positivo, o ator demonstra experiência para segurar tanto cenas cômicas, como quando seu personagem aprende a falar inglês, ou dramáticas, como aquela em que ameaça sutilmente a amiga alemã prestes a se casar com um judeu.

Com voz afinada, Anderson D’Kássio oscila como o inseguro escritor Clifford Bradshaw. O ator faz uma interpretação pomposa, que destoa do naturalismo de Rita Gutt, seu par romântico. No embate final entre os dois, falta-lhe peso para a situação dramática que a cena exige.

Liza Caetano, como a dona da pensão Fraulein Schneider, também mostra segurança, sobretudo quando solta o vozeirão. Já Adanias Souza vai na simplicidade para conquistar a simpatia do público pelo seu personagem, o velho judeu Herr Schulzz apaixonado por ela.

20cabaret foto eduardo enomoto julho 2013 Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Musical Cabaret faz últimas sessões no Teatro Ruth Escobar com entrada grátis - Foto: Eduardo Enomoto

O coro é vivo, mas irregular: ao mesmo tempo em que há atores e atrizes entregues, há também outros dispersos. Também escorrega na afinação em alguns momentos.

Destaque para a atitude da pequenina e agitada Laís Flinco, Giovanna Cameron, Cinthia Arruda (que também se sobressai nas cenas como uma das moradoras da pensão), Ana Paula Faustino, Cintia Fer e Fernanda Carvalho.

Ainda compõem o elenco Lucimar de Santana, Tiago Prado Dort, Ismael Resende, Daniel Prata, Wilton Leal, Lucas Figueiredo, Anny Carvalho, Silvana Ritter Vargas, Karem Almeida e Agatha Miklos.

cabaret eduardo enomoto todos Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Musical universitário Cabaret é composto por alunos da Faculdade Paulista de Artes - Foto: Eduardo Enomoto

O sucesso de público do musical Cabaret comprova que os espectadores paulistanos sabem também valorizar uma produção feita na raça e não só os grandes musicais com investimentos de milhões.

A obra mostra que a simplicidade é interessante. E, o principal, que nada substitui a vontade de fazer.  Com seus erros e acertos, o Cabaret de André Latorre é um musical que tem na exposição da juventude sedenta pelo palco seu maior trunfo.

*Bruna Ferreira é jornalista formada pela USP e repórter do R7.

22cabaret Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Com direção de André Latorre, musical Cabaret reúne novos nomes dos palcos de SP - Foto: Eduardo Enomoto

Cabaret
Avaliação: Bom
Quando: Segunda, terça e quarta, 19h e 21h. 100 min. Até 31/7/2013
Onde: Teatro Ruth Escobar – Sala Miriam Muniz  - 60 lugares (r. dos Ingleses, 209, Bela Vista, São Paulo, Metrô Brigadeiro. Tel. 0/xx/11 3289-2358).
Quanto: Grátis (ingressos disponíveis para retirada duas horas antes de cada sessão – atenção: a fila costuma se formar três horas antes de cada sessão)
Classificação etária: 14 anos
Avaliacao Bom R7 Teatro PQ Crítica: Com jovens sedentos de palco, musical Cabaret é sucesso de público em São Paulo

Veja dicas culturais em todo o Brasil no vídeo abaixo:

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Fique por dentro do que rola no mundo teatral

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer ler está em um só lugar. Veja só!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com