Posts com a tag "paloma bernardi"

paloma bernardi fame daia oliver Saiba toda a verdade sobre a polêmica da atriz Paloma Bernardi em <i>Fame, o Musical</i>

Do riso fez-se o pranto: nos ensaios todos elogiavam; agora, viram as costas para Bernardi - Foto: Daia Oliver/R7

Por Miguel Arcanjo Prado

A direção do musical Fame foi cruel com a atriz Paloma Bernardi.

A menina está sendo massacrada na mídia por não cantar bem na pele da protagonista Carmem. Só que nos ensaios ninguém dizia isso a ela.

Muito pelo contrário, fizeram ela acreditar que cantava bem.

Tudo de caso pensado para ajudar na divulgação do espetáculo. Afinal, um nome da Globo sempre atrai mídia.

Depois que Paloma não foi bem diante da passagem para a imprensa, a direção resolveu colocar Corina Sabbas na sessão para convidados da última segunda (21).

O blog apurou que Paloma está muito triste com essa situação. Afinal, ela foi insistentemente convidada a fazer o musical.

Só que quando vieram as críticas, todos a deixaram sozinha.

Agora que o espetáculo está na boca do povo, rola um movimento para que Paloma saia por conta própria, já que grandes contratos de musicais têm multa contratual de rescisão caríssima.

A atriz não quer pedir para sair. Afinal, não pediu para entrar.

Paloma Bernardi   foto de Gabriel Wickbold Saiba toda a verdade sobre a polêmica da atriz Paloma Bernardi em <i>Fame, o Musical</i>

Paloma Bernardi de Carmem - Foto: Gabriel Wickbold/Divulgação

Paloma Bernardi desafina e gera polêmica em musicalO Retrato do Bob

Por trás do pano - Rapidinhas teatrais

Descubra agora os segredos de toda miss

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

fame daia oliver Canto desafinado de atriz global Paloma Bernardi gera polêmica nos bastidores de <i>Fame, o Musical</i>

Corina Sabbas (à esq.) canta bem melhor do que a global Paloma Bernardi (à dir.) - Foto: Daia Oliver/R7

Por Miguel Arcanjo Prado

Os jornalistas que foram à sessão convidados de Fame, na última segunda (21), sentiram falta de Paloma Bernardi no posto da protagonista do musical, Carmem.

A atriz global foi substituída por Corina Sabbas justo na sessão mais importante.

Como Paloma havia desafinado muito e causado má impressão nos jornalistas que foram à passagem de cena para a imprensa, realizada no dia da entrevista coletiva, a produção optou por substituí-la na última segunda.

Afinal, além dos vários jornalistas na plateia, gente de peso dos musicais marcou presença, como Tiago Abravanel, protagonista de Tim Maia, Luciano Andrey, protagonista de Priscilla, e o casal Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello, protagonistas de Cabaret.

Procurada pelo blog, a assessoria de imprensa do musical Fame nega que Paloma vá sair da produção. E afirma que ela segue com a personagem Carmem Díaz nas sessões de sexta, às 21h30, sábado, às 21h, e domingo, às 18h.

Contudo, nas sessões de quinta, às 21h, e sábado, às 17h, quem assumirá a personagem será Corina Sabbas. Segundo a assessoria, a alternância das atrizes na personagem não tem nada a ver com a má repercussão do canto de Paloma. Tudo já estava resolvido desde antes da estreia.

A assessoria ainda disse que como Paloma já havia interpretado Carmem na coletiva para a imprensa, a produção resolveu colocar Corina no papel na sessão para os convidados como forma de “alternância”.

O blog apurou que Paloma Bernardi está muito sentida com essa situação. E Corina, que caiu de gaiata nesse navio, está metida em uma grande saia-justa. Já que não tem culpa nenhuma de cantar melhor do que a colega. E nem Paloma tem culpa de a terem convidado.

Com reportagem de Ana Paula de Freitas, estagiária do R7

O Retrato do Bob

Por trás do pano - Rapidinhas teatrais

Descubra agora os segredos de toda miss

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

Fame Musical daia oliver Fame aposta em ritmo brasileiro para incendiar plateia

Paloma Bernardi canta no musical Fame, que estreia neste sábado (12) em SP - Foto: Daia Oliver

Por Ana Paula de Freitas, do R7

Sucesso nos anos 1980 tanto como série de TV, musical e filme, a montagem Fame chega aos palcos brasileiros pela primeira vez e promete trazer ao público a releitura tropical dos números vistos por mais de 15 milhões de pessoas em 30 países.

Fame, o Musical conta a história de um grupo de jovens que entram para a Escola de Artes Performáticas de Nova York, mostrando as relações entre eles e as descobertas de cada personagem ao longo dos quatro anos de estudo. O espetáculo estreia neste sábado (12), no Teatro Frei Caneca, em São Paulo.

Paloma Bernardi estreia em musicais na pele da fogosa Carmen Diaz, uma jovem sedutora e ambiciosa, capaz de tudo para conseguir fama. Mas não é uma vilã, garante a atriz, é apenas uma pessoa “sem pés no chão”.

O também global Klebber Toledo encarou o desafio de soltar a voz em Fame mesmo sem experiência no ramo e será o correto e engomadinho Nick Piazza.

Experiente atriz de musicais, passando por Mamma Mia!, Gypsy, entre outros espetáculos,
Giulia Nadruz interpreta a sonhadora Serena Katz. Murilo Armacollo vive o descolado Joe Vegas, enquanto Bruno Narchi desabrocha na pele do tímido Schlomo Metzbaum. O elenco do musical conta, ao todo, com 33 atores, selecionados através de um workshop.

Apesar de inspirado na montagem norte-americana, Fame se apresenta como um produto com identidade puramente nacional, músicas adaptadas ao português e coreografias próprias da equipe brasileira.

Ricardo Marques, produtor do espetáculo, ressalta que a montagem não é uma réplica do musical apresentado nos Estados Unidos.

— Temos os direitos dos textos e das músicas, mas o cenário, as coreografias e as letras das canções foram idealizados pela produção. Começamos os trabalhos de pré-produção três anos atrás, é um projeto único. Contamos com a autorização de David De Silva, criador do filme que deu origem à série de TV e ao musical. Para ele, é ótimo que a montagem tenha uma identidade própria em cada país que passe.

A direção geral de Fame está nas mãos do norte-americano Billy Johnstone, que tem ampla experiência em atuação, dá aulas de teatro nos Estados Unidos e já passou pela Broadway. Ele ficou animado com a efervescência cultural que encontrou no Brasil.

— Quando cheguei aqui, senti uma energia diferente, algo novo florescendo. É um sentimento forte que me incentivou mais ainda a participar do projeto.

Diretor musical do espetáculo, Paulo Nogueira conta que trabalhou pesado com o coro para segurar a atenção do público e garante que as músicas trarão uma rica mistura de ritmos.

— É o que sempre digo: música ao vivo é vital. Temos rockabilly, salsa, rap, além das músicas originais. É uma verdadeira mistura que mostra o que o Brasil está passando.

A coreografia do espetáculo ficou sob responsabilidade de Guto Muniz, que "castigou" o elenco com rotinas elaboradas e inovadoras. Ele espera cativar a plateia.

— Dança tem que ter energia e despertar a plateia. Foi pensando nisso que montei a coreografia de Fame. O espetáculo é para fazer o público pular da cadeira e querer dançar.

Fame, O Musical
Quando:
quinta, às 21h; sexta, às 21h30; sábado, às 17h e 21h; domingo, às 18h. Estreia em 12/5/2012. Até 29/7/2012
Onde: Teatro Frei Caneca (r. Frei Caneca, 569 – Shopping Frei Caneca, 6º andar, São Paulo, tel. 0/xx/11 3472-2226)
Quanto: Plateia A, R$ 140; Plateia B, R$ 100
Classificação: 10 anos

Leia a coluna Por trás do pano - Rapidinhas teatrais!

Descubra agora os segredos de toda miss!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com