Posts com a tag "rapidinhas teatrais"

2 Mas por quê – A história de Elvis crédito Renato Mangolin 1024x682 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Letícia Colin canta músicas de Elvis Presley para a criançada - Foto: Renato Mangolin

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Mas, por quê?
Letícia Colin é a estrela do musical Mas por quê??! - A História de Elvis, só com músicas do Rei do Rock, Elvis Presley, no Teatro Porto Seguro, em São Paulo. Tem sessão sábado e domingo, 15h. Renato Linhares dirige o texto de Rafael Gomes e Vinicius Calderoni. A trilha fica a cargo dos próprios atores. O povo anda dizendo que é uma graça.

Viva São João!
Zé Celso e a turma do Teat(r)o Oficina fizeram uma arretada festa de São João no último 24 de junho, na sede do teatro mais famoso do Bixiga. Varou a madrugada...

Inscrições abertas
Por falar na turma do Oficina, estão abertas até 8 de julho as inscrições gratuitas para a Universidade Antropófaga. Precisa ter mais de 18 anos e quem for selecionado vai participar do espetáculo Oswaldianas – Teato na Cidade Seca sobre Rios. Saiba mais.

tony reis danielle rosa Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Os atores do Oficina Danielle Rosa e Tony Reis dão um selinho na festa junina do grupo teatral - Foto: Arquivo pessoal

Tá acabando!
Ah, quem quiser conhecer de perto o trabalho do grupo lendário dirigido pode ver neste fim de semana as últimas sessões das peças O Banquete (sábado, às 18h) e Pra Dar um Fim no Juízo de Deus (domingo, às 20h). O endereço é rua Jaceguai, 520. Zé Celso espera você por lá e promete não tirar a roupa de ninguém.

Mundo dos mortos
A capela do Cemitério da Consolação recebe, até 5 de julho, a peça Para Gelar a Alma. A dramaturgia e direção é de Márcio Araújo. No elenco, estão Abigail Tatit, Edi Fonseca e Zeza Mota. Tem sessão sábado e domingo, 19h. É de graça. Será que Zé do Caixão foi convidado?

Mundo dos mortos 2
Na peça do Grupo Na Companhia de Mulheres, o público é recebido por Morella, Ligeia e Berenice, três mulheres benzedeiras que foram amaldiçoadas e escaparam da morte. As senhoras convidam todos a ouvir histórias, tomar café e aprender com elas rituais, numa noite atípica de frio em que revelações decisivas virão à tona. Ai, que medo!

flaviagarrafa lila batista 1024x685 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Flávia Garrafa: uma atriz discutindo um pouco de psicologia no palco - Foto: Lila Batista

Jornada múltipla
Flávia Garrafa é atriz e psicóloga. Por isso, resolveu juntas suas duas profissões na peça Fale Mais sobre Isso. Estreia 4 de julho no Teatro da Livraria da Vila do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo. Fará temporada até 27 de setembro, sábado, 20h, e domingo, 18h, com ingresso a R$ 60. Na obra, vive Laura, uma psicóloga às voltas com quatro pacientes complicados e sua própria vida pessoal. Quem disse que a vida é fácil?

Teatro para bebês
As mães com filhos pequenos podem levá-los ao teatro sem problema nenhum. Basta rumarem para o Sesc Belenzinho, aos fins de semana, para o projeto Na Pontinha dos Pés. Além de peças, há também oficinas e contação de histórias para os pequeninos. Sempre a partir das 16h e de graça. Uma fofura só.

Palavras negras
A literatura feita por mulheres negras é tema de série de três palestras no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc em São Paulo. Entre os dias 6 e 8 de julho, sempre às 15h, serão abordadas as obras de Carolina Maria de Jesus, Maria Firmina dos Reis e Ana Maria Gonçalves. As inscrições já estão abertas. Quem é a favor do blackface nem precisa aparecer por lá.

magiluth 1024x678 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Os meninos do Magiluth esperam viajar o Brasil com sua nova peça - Foto: Renata Pires

Correndo perigo
O Grupo Magiluth faz a última apresentação nesta sexta (26) da temporada de estreia de seu mais novo espetáculo, O Ano em Que Sonhamos Perigosamente. A sessão derradeira é às 20h, no Teatro Apolo, em Recife. Depois, esperam viajar pelo Brasil.

Éramos seis
A peça marca uma nova fase no grupo, que passa a ter seis integrantes: Pedro Wagner, Thiago Liberdade, Mário Sérgio Cabral, Giordano Castro, Lucas Torres e Erivaldo Oliveira. Até uma semana atrás, eram sete.

Pediu pra sair
Pedro Vilela, que nos últimos anos "geriu e dirigiu" o Magiluth, segundo palavras do próprio, pediu para sair do grupo para tocar projetos pessoais. O anúncio foi feito no último domingo (21), em sua conta do Facebook.

Inesperado
A saída repentina de Pedro Vilela soou surpreendente para os integrantes do Magiluth, por mais que soe planejada.

Malhação
De volta à peça, o processo de O Ano em Que Sonhamos Perigosamente foi tão intenso que os meninos do Magiluth perderam vários quilos e agora exibem corpos enxutos nos palcos. Para deleite dos fãs.

Projeto Cabo Polonio foto 02 de Raoni Reis Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

O mar e o céu uruguaio são cenário do Projeto Cabo Polônio - Foto: Raoni Reis

Made in Uruguai
Será lançado na próxima quinta (2), às 21h, no Bambolina, na praça Roosevelt, em São Paulo, o projeto Cabo Polônio - O Lugar Onde se Perdem as Coisas. Trata-se de um longa e do novo videoclipe da banda Vanguart, para a música Olha pra Mim.

Hippie
Cabo Polônio é uma cidade litorânea hippie do Uruguai. Foi lá que um grupo de artistas, encabeçados pelo diretor Raoni Reis, pelos atores Laerte Késsimos e Rafaela Cassol, e pela roteirista Michelle Ferreira, rodaram as cenas durante as férias de verão. Que cool.

Ser ou não ser
O Grupo Careta estreia a peça Hamelete no dia 4 de julho, no Teatro Eva Wilma (r. Antonio de Lucena, 146, Tatuapé), em São Paulo. Ficam por lá todos os sábados do mês, sempre às 21h, com entrada a R$ 50 a inteira e R$ 25 a meia-entrada. Estão todos convidados.

Viva o teatro
Foi um sucesso a 3ª edição do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro, na última quarta (24), no Theatro São Pedro, em São Paulo. Michel Fernandes, seu idealizador, foi paparicado por gente do quilate de Laura Cardoso. E Kyra Piscitelli, crítica de sua equipe, estava deslumbrante. Veja fotos!

laerte bobsousa1 682x1024 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Laerte Coutinho é clicada por Bob Sousa ao se arrumar para desfile da Daspu no Sesc Pompeia - Foto: Bob Sousa

Libertária
A Daspu e convidados abalaram a Virada Cultural no Sesc Pompeia, onde foi realizada uma Feira Desvairada no último fim de semana. A entidade fundada pela saudosa Gabriela Leite fez o desfile-performance Puta Dei, com o objetivo era defender a diversidade. A cartunista Laerte Koutinho estava no grupo de convidados. E foi bastante assediada.

Comemoração
A turma do teatro está em festa com a aprovação do casamento gay nos EUA.

Encontro marcado
Em um píer de uma cidadezinha três desconhecidos se encontram em plena madrugada e mudam suas vidas. Este é o eixo da peça Noctiluzes, escrita pelo argentino Santiago Serrano e que estreia em São Paulo dia 8 de julho, no Teatro Pequeno Ato, após sucesso em Brasília. Interessantíssima.

Respira
Imagine a situação: quatro atores tendo de atuar em um palco de apenas dois metros quadrados. A situação de aperto cênico está presente na peça Hominus Brasilis, da Cia. de Teatro Manual, do Rio. Serão seis apresentações grátis em São Paulo: nos dias 10, 11 e 12 de julho no Teatro Zanoni Ferrite, na zona leste, e nos dias 17, 18 e 19 de julho no Teatro Leopoldo Fróes, na zona sul. Vai, gente.

Confusão
Um ator que estava ensaiando peça para estrear no fim do mês de julho teve uma briga feia com o diretor da montagem. O arranca-rabo foi tão forte, que o ator foi convidado a deixar o elenco às pressas. E já foi substituído. Eita.

Miguel Falabella Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Miguel Falabella está quase paulistano: mais um espetáculo em São Paulo - Foto: Divulgação

À venda
Os ingressos para Antes Tarde do que Nunca, vindo da Broadway para ganhar versão brasileira encabeçado por Miguel Falabella e Simone Gutierrez, começam a ser vendidos no próximo dia 1º de julho. A estreia da comédia está marcada para 20 de agosto, no Teatro Cetip, em São Paulo, onde fica até 25 de outubro. As entradas variam entre R$ 25 e R$ 230. Para todos os bolsos.

Conhecimento compartilhado
A família de Antonio Abujamra doou seus mais de 4.000 livros para a SP Escola de Teatro. O diretor da instituição, Ivam Cabral, comemora.

Convite
Phedra D. Córdoba, a diva cubana, avisa que espera todos os amigos e fãs todas as quartas, às 21h, no Estação Satyoros, na praça Roosevelt, para ver seu show Phedra por Phedra. Robson Catalunha assina a direção. Vai, gente.

Marba Goicochea Foto Eduardo Enomoto 2014 4 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Marba Goicochea: participação em festa andina grátis no Memorial - Foto: Eduardo Enomoto

Participação especial
A atriz Marba Goicochea participa, neste domingo (28), a partir das 11h, da festa andina Inti Raymi, no Memorial da América Latina. Haverá apresentações folclóricas de grupos peruanos, terra natal de Marba, e também da Bolívia. A entrada é grátis.

Ceviche no palco
Marbita, que já foi eleita Musa do Teatro R7, também está em cartaz na peça Máquina de Dar Certo, da Cia. Bruta de Arte, toda quinta de julho, às 21h, no Espaço dos Satyros 1, na praça Roosevelt. Roberto Audio é o diretor. Ela faz uma cena antológica, na qual dá uma receita de ceviche.

Comédia em pé
O Auditório Ibirapuera, em São Paulo, recebe o Festival Risadaria, entre 3 e 5 de julho agora. Grandes nomes do novo humor vão se apresentar.

FOTO 009 A MERDA1 1024x1013 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Christiane Tricerri está no monólogo A Merda, no Sesc Pinheiros - Foto: Gal Oppido

Delírios de uma atriz
Christiane Tricerri está de volta aos palcos paulistanos no monólogo A Merda, do italiano Cristian Ceresoli. Ela também assina a direção. Estreia 9 de julho, no Sesc Pinheiros, onde fica até 15 de agosto, sempre de quinta a sábado, às 20h30. No enredo, uma jovem e feia atriz é arrebatada por seu fluxo de consciência. Uma aventura cósmica.

50 anos na plateia
O crítico José Cetra Filho, colega da coluna na APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), lança seu livro O Teatro Paulistano de 1964 a 2014, pela Editora Giostri, neste sábado (27), às 17h, no Espaço dos Parlapatões, na praça Roosevelt. Ele espera amigos para distribuir aquele autógrafo personalizado.

juan manuel tellategui bob sousa1 679x1024 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Juan Manuel Tellategui dá vida a Carlos Garcel, cuja morte completou 80 anos, na peça América Vizinha - Foto: Bob Sousa

Acaricia mi sueño...
A trágica morte de Carlos Gardel em um acidente aéreo na Colômbia completou 80 anos no último 24 de junho. O cantor argentino é personagem da peça América Vizinha, que faz turnê pelo interior de São Paulo, com próxima sessão no dia 9 de julho, em Bragança Paulista (SP).

Conterrâneo
Gardel é interpretado na obra pelo seu conterrâneo, o ator Juan Manuel Tellategui, que canta El Día Que me Quieras na montagem dirigida por Juliana Sanches com o grupo Los Cucarachos. E ainda dança tango na companhia dos colegas de elenco Daniel Viana e Thiago Wieser. Do céu, o Rei do Tango agradece a homenagem em terras brasileiras.

Obsessão
Em julho o Teatro da Vertigem faz a Ocupação Karta ao Pai no Sesc Pompeia, dedicada à obra do escritor Franz Kafka. A primeira peça é O Filho, dirigida por Eliana Monteiro. No elenco, estão Antônio Petrin, Mawusi Tulani, Paula Klein, Rafael Lozano e Sergio Pardal. Gente boa reunida.

Eu voltei
Natalia Gonsales volta a encenar seu monólogo Festa no dia 4 de julho no Viga Espaço Cênico. Estão todos avisados, tá?

festa Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Natalia Gonsales em cena de seu monólogo Festa, de volta ao cartaz - Foto: Divulgação

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Conheça tudo sobre o R7 Play!

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

closer Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Luciano Szafir (à esq.) com o elenco da peça Closer - Perto Demais: em SP - Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Ai, o amor...
A paixão e os relacionamentos afetivos cada vez mais líquidos neste mundo pós-moderno são tema do espetáculo Closer – Perto Demais. A montagem tem no elenco o ator Luciano Szafir, astro da novela Os Dez Mandamentos (Record). Na peça, ele contracena com Paula Moreno, Karen Mota e Rafael Sardão. Após sucesso no Rio, a obra dirigida por Andrea Avancini tem sessões até 26 de julho no Teatro MuBE Nova Cultural (r. Alemanha, 221, Jardim Europa), em São Paulo. Sábado, 21h30, e domingo, 18h. A autoria é do inglês Patrick Marber. Estão todos convidados.

Teatro luso-brasileiro
A peça Auto da Barca do Inferno terá sessão especial na Virada Cultura de São Paulo. O clássico do português Gil Vicente montado pela Cia. das Artes tem sessão grátis no domingo (21), 17h30, no Teatro Commune. A direção é de Antonio Netto. Vai lotar.

bomtempo raul Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Roberto Bomtempo vive Raul Seixas em musical no Teatro Rival, no Rio - Foto: Divulgação

Toca Raul
O ator Roberto Bomtempo, premiado pela série Conselho Tutelar na Record, vive nos palcos Raul Seixas, um dos inventores do rock brasileiro. Após rodar o Brasil com a peça Raul Fora da Lei, já vista por mais de 250 mil pessoas, ele aporta no Teatro Rival, no centro do Rio, nesta sexta (19) e sábado (20), às 19h30. A encenação tem música ao vivo sob comando da banda M-743. A direção musical é de Igor Eça. Com certeza, vai tocar Raul.

Eu voltei...
Quando Eu Era Bonita volta ao cartaz neste sábado (20), às 22h, no Espaço dos Parlapatões. A peça tem Lulu Pavarin e Ester Laccava no elenco. Ficará até 12 de julho, sábado, 22h, e domingo, 21h. A praça Roosevelt já está em festa. Leia a crítica.

ivam cabral Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Ivam Cabral (na foto, em Pessoas Perfeitas) agora só pensa em Pessoas Sublimes - Foto: André Stefano

Pessoas Sublimes
Por falar em praça Roosevelt, Ivam Cabral revelou que a próxima peça de seu grupo, Os Satyros, será Pessoas Sublimes. Assim como Pessoas Perfeitas, foi escrita por ele e seu companheiro Rodolfo García Vázquez. “O cenário é o condomínio Terceiro Lago, no bairro de Parelheiros, extremo da zona sul da cidade de São Paulo”, adianta Ivam. Segundo ele, mais uma vez “a solidão da cidade grande é o ponto de partida” da peça “que tem como protagonista a morte”.

Pessoas Sublimes 2
Ivam entrega os nomes das personagens: “O roteiro conta, dentre várias, a história de Sonata, que vai viver com sua irmã Melodia, após descobrir uma doença terminal; de Doresdei, a jovem deprimida e sonhadora, que vem passar uns tempos com a tia Dorremi; e de Uilso, dedicado jardineiro e canibal”. Vem coisa forte por aí.

Pessoas Sublimes 3
Os ensaios de Pessoas Sublimes começam em julho. A estreia está marcada para outubro deste ano. “Não se aproxime desse trabalho desavisadamente, porque você vai se emocionar”, anuncia Ivam.

Processado
Em meio aos preparativos da nova peça, Ivam Cabral passa por um dissabor: foi processado por um vizinho de Parelheiros. É que ele entrou em uma propriedade privada, cujos vizinhos haviam viajado e deixado seus cachorros sem comida nem água. Ivam, sempre preocupado com os bichos, entrou no local sem autorização para salvar a vida dos caninos. Em vez de ouvir um muito obrigado, foi processado. O mundo anda tão complicado...

phedra cordoba bob sousa2 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Phedra D. Córdoba, na praça Roosevelt: ela vai estrear Phedra por Phedra - Foto: Bob Sousa

Phedra por Phedra
A partir da próxima quarta (24), Phedra D. Córdoba, a diva do Satyros, da praça Roosevelt e da coluna, vai celebrar seus 77 anos, completados em maio, no palco. Ela é a estrela absoluta da peça-show-performance Phedra por Phedra, na qual vai descortinar suas memórias. A direção é de Robson Catalunha, a quem Phedra chama de Pequeno Notável.

Phedra por Phedra 2
Serão sete quartas-feiras nas quais Phedrita receberá convidados mais do que especiais, além de cantar músicas que fazem parte da trajetória da artista cubana mais amada do Brasil. Robson vasculhou o baú de Phedra e promete que ela vai revelar no palco pérolas de sua história. Aguardemos, ansiosos.

Terceira Margem III. Sérgio Roveri. Foto Bob Souza 6 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

O dramaturgo Sérgio Roveri: peça vai ser lida por Bia Seidl e Pascoal da Conceição - Foto: Bob Sousa

Beabá
Sérgio Roveri promove a leitura de sua peça Não Contém Glúten na próxima terça (23), às 21h, no Instituto Cultural Capobianco, dentro do projeto Terceira Margem III. Bia Seidl e Pascoal da Conceição serão os atores responsáveis por dar vida aos personagens. Excelente escolha.

Só no gogó
Thiago Adorno anda fazendo sucesso com seu Oscaricato Show, toda sexta, meia-noite, no Teatro Folha, no shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo. Vai até 26 de junho. Nesta sexta (19), participam Adriane Galisteu, Marcos Tumura, Simone Gutierrez e Lu Vitti. Já na sexta da semana que vem (26), é a vez de Sabrina Sato subir ao palco e soltar a voz para encerrar a temporada. Essa japa é danada.

11426924 10205793868919494 1782651408 o Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

América Vizinha grátis em Campinas neste fim de semana: os atores Juan Manuel Tellategui, Vinicius Brasileiro e Daniel Viana em cena da peça dirigida por Juliana Sanches - Foto: Patrícia Ribeiro

A Viagem
Os atores da peça América Vizinha, dirigida por Juliana Sanches, estão fazendo as malas. Vão passar o fim de semana em Campinas, interior de São Paulo, onde a peça será encenada neste sábado (20), às 20h, e no domingo (21), às 18h, no Centro Cultural Casarão. É de graça.

Pesquisa profunda
América Vizinha é a primeira peça do grupo Los Cucarachos, surgido nos núcleos de pesquisa do Grupo XIX de Teatro, na Vila Maria Zélia, em São Paulo. O espetáculo é inspirado no livro O Século do Vento, do uruguaio Eduardo Galeano, que morreu em abril deste ano para tristeza de todos nós.

diego bresani Noctiluzes.jpg 2 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Temporada em SP: Noctiluzes tem atores de Brasília em texto de dramaturgo argentino - Foto: Diego Bresani

Intercâmbio
Os meninos da Cia. Plágio de Teatro, Chico Sant’Anna, Vinicius Ferreira e Sergio Sartório, pediram para o dramaturgo argentino Santiago Serrano escrever o texto de sua nova peça. É Noctiluzes, que estreia no dia 8 de julho, às 20h30, no Teatro Pequeno Ato, em São Paulo. A turma é a mesma da excelente peça Cru, que abocanhou 13 prêmios. Coisa boa.

Intercâmbio 2
Serrano conta à coluna que gostou muito de ver seu texto nas mãos dos diretores Sérgio Sartorio e Rachel Mendes: “Adorei os atores e sua entrega. Noctiluzes foi um projeto louco e juntos o tornamos realidade. O resultado final é ótimo e vale a pena assistir sem dúvida”. Ele sabe vender seu peixe.

cleo ian Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Cléo De Páris ao lado de seu sobrinho, Ian: os quatro olhos mais lindos do Rio Grande do Sul - Foto: Arquivo pessoal/Reprodução

Tudo em casa
A atriz Cléo De Páris está contente. Passou os últimos dias no Rio Grande do Sul, sua terra natal, ao lado de seu sobrinho fofíssimo, Ian. Ela é tia coruja. Está certíssima.

Volta pra casa
Mal voltou para São Paulo, Cléo foi assistir Why The Horse?, a densa peça na qual a atriz Maria Alice Vergueiro encena seu próprio funeral. Das nuvens ao underground.

Balzaquiana
A Cia. Pia Fraus celebra suas três décadas de vida na Mostra Pia Fraus 30, que será realizada entre 26 de junho e 5 de julho na Caixa Cultural São Paulo, em frente à praça da Sé, no centro. Três peças terão entrada gratuita: os infantis Círculo das Baleias e O Vaqueiro e o Bicho Froxo, e a montagem adulta Transgressões. Vai, gente.

laura cardoso foto bob sousa Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Laura Cardoso prorrogou temporada de sua peça, A Última Sessão: Foto: Bob Sousa

Mais um pouquinho
A peça A Última Sessão anda fazendo tanto sucesso junto ao público do Teatro Raul Cortez, em São Paulo, que a temporada foi prorrogada até 26 de julho. Laura Cardoso, Miriam Mehler, Nívea Maria, Etty Fraser, Gésio Amadeu, Sonia Guedes, Sylvio Zilber, Gabriela Rabelo, Yunes Chami e Marlene Collé estão contentíssimos. A direção é de Odilon Wagner, também autor do texto. Ver atores maduros no palco é sempre uma delícia.

Promoção
O talk show teatral Vem com Smigol está com promoção para se despedir do Teatro dos Grandes Atores, na Barra da Tijuca, no Rio. Nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho os ingressos baixaram de R$ 80 para R$ 30. Nesta sexta (19), participa o ex-jogador do Vasco Mauro Galvão. Já no sábado (20) é a vez do jogador do Botafogo Daniel Carvalho subir no palco. Bola e teatro juntinhos.

Grande encontro
Começou nesta quinta (18) e vai até o próximo dia 28 de junho na Grande Porto Alegre o 4º Festival de Teatro Popular – Jogos de Aprendizagem. A parceria é entre a Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz e o Programa Iberescena. Os grupos El Rayo Misterioso e El Baldío Teatro, da Argentina, e o Teatro Taller de Colômbia estão na programação. Viva a união latino-americana nos palcos.

image002 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Fala Comigo Antes da Chuva Cair está no Viga Espaço Cênico - Foto: Divulgação

Casal 20
Imagine só juntar o dramaturgo norte-americano Tennessee Williams com o dramaturgo paranaense Mário Bortolotto? Esta é a ideia da peça Fala Comigo Antes da Bomba Cair, que estreia no próximo dia 24 de junho, no Viga Espaço Cênico. Fica por lá até 30 de agosto, às quartas e quintas, sob direção de Carla Candiotto. No elenco, estão Natalia Gonsales e Flávio Tolezani. Lindo casal.

Que eu quero passar...
Os meninos do Lume Teatro, de Campinas, realizam entre 26 de junho e 3 de julho a oficina-montagem Abre-Alas, no recém-inaugurado Sesc Jundiaí, no interior paulista. Inscrições abertas.

Para todos
A Cia. do Tijolo e o Tusp lançam na próxima quarta (24), às 20h, na sede da rua Maria Antônia, em São Paulo, a segunda edição da publicação Cadernos aParte. O livro, que será distribuído gratuitamente, traz o Dossiê Cia. do Tijolo e o material do espetáculo Cantata para um Bastidor de Utopias. Vai ter sarau.

Performance RESÍDUO Alexandre DAngeli foto Jorge Etecheber 1 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Alexandre D'Angeli na performance Resíduo: encontro internacional em Campinas - Foto: Jorge Etecheber

Marcas de Abramović...
A performance está na boca do povo. Começa nesta sexta (19) o projeto Performance em Encontro, que acontece no Sesc Campinas, interior de São Paulo. São 55 artistas ou coletivos nacionais e internacionais convidados. Há gente importante na arte performática vinda da Argentina, do México, da Colômbia, do Chile, de Portugal e do Canadá. Entre os brasileiros, está Alexandre D'Angeli, com a performance Resíduo. A turma performática dará o ar de sua graça por lá até 30 de junho. Toda a programação é gratuita. Lá em Nova York, Marininha Abramović deve estar contentíssima com sua arte tão difundida no Brasil. Sobretudo depois de sua longa temporada no Sesc Pompeia.

Há vagas?
Urinal anda fazendo tanto sucesso no Teatro do Núcleo Experimental que tem gigante lista de espera para ver o musical. Parabéns à equipe sob comando do diretor Zé Henrique de Paula e sob a batuta da produtora Claudia Miranda.

reza Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Em cartaz no Viga Espaço Cênico, espetáculo Reza Paz tem no elenco a atriz Giulianna Corrreia - Foto: Divulgação

Oração
Em tempos que crianças são apedrejadas nas ruas brasileiras por processar fé diferente de seus agressores, nada melhor do que ver um espetáculo que discute de uma forma abrangente a relação do homem com Deus. Este é o caso de Reza Paz, do Grupo Uzina Azul e que está em cartaz no Viga Espaço Cênico, em São Paulo. Sempre aos sábados, às 17h. No palco, 12 artistas falam da relação entre o homem e o divino, sob direção de Prem Tirtha. Fica até 25 de julho, com ingresso a R$ 30. No elenco, estão Alberto Cândido,Ana Lisa,Claudio Del Puente, Danilo Montoni,Ellen Silvestre, Giulianna Correia,Larissa Maia, Lira Leal, Mírian Brasil, Mariana Marinho, Rudra e Simone Marinho. Gente jovem reunida.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

3S3B0041BXC Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Arllete Montenegro em cena da comédia De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco: até 28 de junho - Foto: Divulgação

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Reta final
A turma da comédia De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco pede para a coluna avisar a seus ávidos leitores que a obra está em suas últimas semanas de apresentação. Portanto, é bom ter atenção e se programar logo. O espetáculo fica em cartaz até o dia 19 de julho no Teatro Bibi Ferreira, em São Paulo. As apresentações acontecem sempre às sextas e sábados, às 21h, e domingo, às 20h. No elenco, está Arllete Montenegro, uma das divas da história da televisão brasileira. Poderosa.

Performance
O ator carioca Diogo Liberano apresenta a performance O Narrador em São Paulo. Entre esta sexta (12) e 1º de agosto, no Sesc Ipiranga. É inspirada no filósofo alemão Walter Benjamin (1892-1940), aquele que todo mundo de ciências humanas precisa ler.

Quem fala demais...
Um ator com farta carreira no teatro underground paulistano, na época da polêmica sobre a peça do grupo Os Fofos Encenam, aquela que continha blackface e foi acusada de racismo, resolveu fazer uma convocação em rede social. Conclamou os defensores do grupo para um suposto protesto em defesa da trupe teatral no qual os atores (brancos?) fossem à porta do Itaú Cultural com a cara pintada de preto. Sim, em uma espécie de movimento de massa blackface. Como não tivemos notícia do tal protesto, pelo jeito ninguém deu muita bola. Só faltou o moço sugerir que o figurino da marcha fosse inspirado nas vestes da Ku Klus Kan, né?

Mestre
Nosso Bob Sousa, o fotógrafo do teatro, é o novo mestre em artes cênicas da praça. Defendeu dissertação de mestrado sobre seus Retratos do Teatro nesta quinta (11), na Unesp, e foi aprovado com louvor. A coluna manda os parabéns.

ze celso bob sousa5 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Zé Celso está contente por ter vencido processo na Justiça - Foto: Bob Sousa

Só alegria
Nem a forte gripe (esse ar de São Paulo está cada vez mais seco e irrespirável) consegue tirar a alegria de Zé Celso, nosso grande diretor, por ter vencido o processo movido por um padre goiano contra o Oficina. O padre queria ver Zé e os atores Mariano Mattos Martins e Tony Reis atrás das grades. Mas, não conseguiu. Ah, Mariano e Tony falaram ao blog sobre como se sentiram com tudo isso. Leia a Entrevista de Quinta com os dois.

Festa no Bixiga
Por conta da vitória, o fim de semana vai ser de festa no Oficina no sábado e no domingo. Estão todos convidados.

Arraiá
A Gambiarra, a Festa marcou sua comemoração junina para o próximo dia 19 de junho, sexta-feira, no Via Matarazzo (av. Francisco Matarazzo, 764, Água Branca). Começa às 23h e a entrada é R$ 50, mas atores com DRT pagam só R$ 25. Vai ter carne louca, cachorro-quente e até maçã do amor. Eita!

Baby
Silvia Gomez, a dramaturga mineira mais linda de São Paulo, está feliz da vida. Estreia nesta sexta (12), no Centro Cultural São Paulo (CCSP), sua peça Mantenha Fora do Alcance do Bebê. A montagem abre a 1ª Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos do CCSP, cuja curadoria teatral está nas mãos do inquieto Kil Abrel. Além de Débora Falabella, o elenco da peça traz Anapaula Cseernik e Jorge Emil. Merda.

contracoes Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

De volta: as mineiras Débora Falabella e Yara de Novaes foram escolhidas as melhores atrizes de 2013 pela APCA pelo espetáculo Contrações - Foto: João Caldas

Chefe maldita
Contrações, a premiada peça com Yara de Novaes e Débora Falabella, volta ao cartaz em São Paulo no Teatro Porto Seguro na próxima quarta (17). A peça mostra uma chefe inescrupulosa e desvenda o horror do mundo corporativo.

De volta para o futuro
Florilégio Musical II - Nas Ondas do Rádio reestreia neste sábado (13) no Teatro Viradalata (r. Apinajés, 1387), em São Paulo. A peça tem no elenco Carlos Moreno, o eterno Garoto Bombril.

Sessão de autógrafos
Paula Autran lançou o livro Teoria e Prática do Seminário de Dramaturgia do Teatro de Arena (Dobra Editorial) na última quarta (10), na Casa das Rosas, em São Paulo. A mesa de debates contou com Lauro César Muniz e Sérgio de Carvalho.

image0011 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Elenco poderoso: Loucas por Eles estreia no dia 19 no Teatro Augusta, em SP - Foto: Divulgação

Mulheres à beira de um ataque de nervos
As atrizes Suely Franco, Ellen Rocche, Cynthia Fallabela, Vera Mancini e Fafá Rennó e o diretor Fernando Cardoso vão receber a imprensa no Teatro Augusta na próxima segunda (15) para um cafezinho e bate-papo sobre a peça Loucas Por Eles. Estreia na sexta (19), às 21h30. O texto é do argentino Marcos Carnevale, traduzido por ninguém menos do que Walcyr Carrasco.

Monólogos na Maria Antônia
A Cia. Hiato volta a fazer seu espetáculo Ficção em São Paulo, desta vez no Tusp da rua Maria Antônia. De 29 de julho a 21 de agosto, sempre de quarta a sexta, às 20h30, com ingresso a R$ 20 a inteira. A coluna descobriu o cronograma. Às quartas, apresentam-se Luciana Paes e Paula Picarelli. Já às quintas, é a vez de Maria Amélia Farah e Thiago Amaral subirem ao palco. Já às sextas, Aline Filócomo e Fernanda Stefanski são as estrelas. Nos dias 5, 6 e 7 de agosto também haverá bate-papo. Anotou?

940A06331 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Grupo Esparrama: da janela que dá para o Minhocão eles espalham poesia para SP - Foto: Divulgação

Poesia concreta
O grupo Esparrama estreia sua nova peça em uma janela do Edifício Benedito, em frente para o Minhocão, em São Paulo. A obra se chama Minhoca na Cabeça. Será neste domingo (14), às 10h. A peça reflete sobre o medo que as cidades grandes geram em seus moradores.

E agora, que faço eu da vida sem você?
O musical Lisbela e o Prisioneiro passa a ser encenado no Teatro APCD, em Santana, a partir deste sábado (13). No elenco, estão Ligia Paula Machado, Luiz Araújo e Beto Marden. A direção é de Dan Rosseto e Ligia Paula Machado. A nova temporada tem a estreia de Millene Ramalho, que substitui Marilice Cosenza, que precisou deixar a produção. No repertório, músicas que vão mexer com seu coração.

Clássico
A peça de Jorge Andrade Os Ossos do Barão, já adaptada para a TV, ganha versão para os palcos em São Paulo no Espaço Cultural Encena (r. Sargento Estanislau Custódio, 130, Vila Sônia). Todo sábado deste mês, às 20h30. Cada um paga quanto puder. Não vale ser pão duro.

intocaveis Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

A partir da esquerda: o francês Olivier Nakache, autor do filme Intocáveis, Marcella Guttmann, produtora e idealizadora do espetáculo no Brasil, Iacov Hillel, diretor teatral e Éric Toledano, também autor do longa francês - Foto: Divulgação

Visita ilustre
Os autores do filme francês Intocáveis, Olivier Nakache e Éric Toledano, conferiram em São Paulo a adaptação para os palcos de sua obra, produzida por Marcella Guttman e dirigida por Iacov Hillel. Eles viram uma sessão especial realizada nesta quarta (10) e gostaram muito da adaptação, cujo texto foi assinado por José Rubens Siqueira. No elenco, estão Aílton Graça, Marcello Airoldi, Eliana Guttman, Bruna Miglioranza, Livia La Gatto (que já foi Musa do Teatro R7), Ricardo Ripa e Fernando Oliveira. A peça ainda tem participação em vídeo de Zézé Motta. Fica até 30 de agosto no Teatro Renaissance, em São Paulo.

Trabalho nas férias
Rodolfo García Vázquez parece mesmo incansável. Depois de retomar a saga do Marquês de Sade com elenco fresco e renovado no Satyros, vai dar um cursinho de férias de direção na SP Escola de Teatro, dentro da área de Extensão Cultural da instituição. As inscrições são abertas e gratuitas.

Mudado
Um jovem diretor paulistano, que tinha subido o ego na cabeça, agora, dizem, está mais humilde. Vamos ver até quando dura.

marcelo rosto 2 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

O ator Marcello Serrado: duas sessões de seu solo no Tatuapé, em SP - Foto: Divulgação

Solo de humor
O ator Marcello Serrado apresenta seu monólogo E o Que Temos pra Hoje nos dias 20 e 27 de junho, às 23h30, no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé, em São Paulo. Depois, vai começar a ensaiar o próximo musical de Miguel Falabella. Faz muito bem.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

naonemnada 5 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Não Tem Nada no Instituto Cultural Capobianco - Foto: Divulgação

Do R7

Cenas do cotidiano

Não Nem Nada é o texto de estreia de Vinicius Calderoni e também seu primeiro espetáculo como encenador. Calderoni é fundador com Rafael Gomes da Empório de Teatro Sortido, companhia criada em 2010 para abarcar diversas dimensões da cena contemporânea. Não Nem Nada - quinto espetáculo da companhia - é uma  peça em plano sequência, com doze cenas interligadas e dezenas de personagens interpretados por quatro atores. Espetáculo volta em cartaz no dia 6 de junho para curta temporada no Instituto Cultural Capobianco, em São Paulo, depois de duas temporadas de sucesso. Em cartaz até o dia 28 de junho, sextas, 21h30, sábados, 21h, domingos, 19h. Os ingressos custam R$ 50. Informações 0/xx/11 3237-1187.

Oportunidade para grupos de teatro

O Encontro de Artes Cênicas da Baixada Fluminense (EncontrArte) está com inscrições abertas para grupos de teatro interessados em participar da 14ª edição do Festival de Teatro. Os interessados podem se inscrever até o dia 13 de junho de 2015. Podem participar, espetáculos nacionais e internacionais, nas categorias: infantil, infanto-juvenil e adulto, de qualquer gênero (drama, comédia, musical, farsa e épicos, com atores, bonecos, formas animadas e sombras). O Festival se destaca na formação de plateia, cujo ingresso é franqueado ao público através do patrocínio da Petrobrás. Pensando na sustentabilidade, este ano os grupos poderão se inscrever diretamente no site, gratuitamente. O edital e o formulário de inscrição estão disponíveis no endereço www.encontrarte.com.br/edital. Informações complementares podem ser obtidas através dos telefones (21) 97343-0151, (21)3066-0054, e através do e-mail: edital@encontrarte.com.br.

Por novos dramaturgos

Com o intuito de fomentar o surgimento de novos Dramaturgos brasileiros e o intercâmbio entre novos autores nacionais, a Fetaerj (Federação de Teatro Associativo do Estado do Rio de Janeiro), através do Ponto de Cultura Paschoal Carlos Magno e parceria com a PAR Produções, abre inscrições para participação no 2˚ Concurso Nacional de Dramaturgia - Prêmio João Siqueira. As inscrições ficam abertas até o dia 8 de junho. Os três textos escolhidos participarão da Mostra João Siqueira de Leitura Dramatizada, que acontecerá no Ponto de Cultura Espaço Paschoal Carlos Magno e os vencedores serão premiados em dinheiro: 1º lugar R$1000,00; 2º lugar 500,00; 3º lugar R$200,00. Todas as informações estão no site  www.fetaerj.com.

image001 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Juca de Oliveira em Rei Lear - Foto: Divulgação

Juca e Shakespeare

Nesta versão criada por Geraldo Carneiro especialmente para Juca de Oliveira, o ator interpreta Lear, suas três filhas e várias personagens da tragédia (oito ao todo). É a primeira vez na história do teatro universal que Rei Lear é encenado como espetáculo solo. Escrita em 1606, por William Shakespeare (1564-1616), a peça narra a trajetória de Lear, Rei da Bretanha, que aos 80 e tantos anos decide dividir o reino entre as três filhas. A cobiça e a ingratidão filial, temas centrais desta obra-prima, a tornam dolorosamente atual. Dirigido por Elias Andreato, Juca de Oliveira, com mais de 60 anos de carreira e vários prêmios no currículo, celebra com este espetáculo sua paixão e dedicação ao teatro brasileiro. Além da atualidade do tema, característica marcante nos textos do bardo, a montagem traz o ineditismo de ser encenada apenas por um ator. Mas é o Juca de Oliveira, né... Precisa mais? Reestreia em 5 de junho, no Teatro Eva Herz, em São Paulo. Terça a sábado, das 14h às 21h. Domingos das 12h às 19h. Vendas: www.ingresso.com. Fica em cartaz até o dia 9 de agosto.

Nos tempos do rádio

O espetáculo de teatro musical Florilégio Musical II - Nas Ondas do Rádio reestreia dia 13 de junhono Teatro Viradalata, em São Paulo, e fica em cartaz até 26 de julho, aos sábados e domingos. O espetáculo faz uma homenagem à Era de Ouro do rádio no Brasil, através de um repertório de clássicos da música popular brasileira que embalou toda uma geração de ouvintes nos anos de 1930, 40 e 50. E relembra, com muito carinho, bom humor e emoção, os cantores e cantoras dessa época, as grandes estrelas idolatradas pelo público de então. Os ingressos custam R$ 40. www.ingressorapido.com.br.

O MISTERIO DO SAPATO DESAPARECIDO Wagner Dutra e Péricles Raggio foto Jean Charles Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

O Mistério do Sapato Desaparecido - Foto: Jean-Charles/Divulgação

Para a criançada

Inspirado em um dos sapatos mais famosos da literatura infantil, o sapatinho da Cinderela, o espetáculo infantil O Mistério do Sapato Desaparecido estreia 7 de junho, domingo, às 11h, no Teatro do MuBE, em São Paulo. Encenada pelo Grupo Teatro Por um Triz, montagem explora as possibilidades expressivas dos sapatos dentro da linguagem do Teatro de Objetos. Peça tem texto e direção de Márcia Nunes e Péricles Raggio, que também estão no elenco, ao lado de Andreza Domingues e Wagner Dutra. No espetáculo, o sapatinho da Cinderela, que está em exposição num castelo, é roubado. Quem o roubou tem um objetivo muito claro: precisa que ele seja alargado. Para isso, o leva para uma sapataria. Na sapataria, além de dois sapateiros muito divertidos, existe um mundo fantástico onde os sapatos têm vida. Quando entra em cena um Sapato Detetive, a la Sherlock Holmes, a peça se transforma num caso policial. Ingressos: R$40,00. Em cartaz até o dia 26 de julho.

Para quem vai à Parada

O Teatro Kunyn reestreia em São Paulo o espetáculo Dizer e Não Pedir Segredo em pleno feriado que acontece a Parada do Orgulho Gay de São Paulo. A montagem, sucesso de público e crítica, faz quatro apresentações com ingressos gratuitos – dias 5, 6, 12 e 13 de junho, sexta-feira e sábado, às 20h30, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Partindo do livro Devassos no Paraíso – A homossexualidade no Brasil, da Colônia à Atualidade, de João Silvério Trevisan, o espetáculo busca a construção de uma identidade gay em paralelo a uma identidade brasileira. A montagem tem direção de Luiz Fernando Marques, criação, pesquisa e dramaturgia do próprio grupo e atuação de Luiz Gustavo Jahjah, Paulo Arcuri e Ronaldo Serruya. Espetáculo recomendável para maiores de 16 anos. Grátis. Informações: 0/xx/11 3222-2662.

 

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

10987705 858865950839116 3463410722941491069 n Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Bilac vê Estrelas estreia no Espaço Promon - Foto: Divulgação

Do R7

Viagem no tempo

A história se passa no início do século XX e apresenta personagens históricos como o poeta Olavo Bilac (André Dias) e o jornalista José do Patrocínio (Sergio Menezes), em uma trama cômica que mistura ficção e realidade, onde os dois amigos têm que enfrentar a cobiça de uma espiã portuguesa (Amanda Acosta), que se alia ao Padre Maximiliano (Caike Luna), interessados no projeto de um dirigível, criado por Patrocínio. Para acompanhar as aventuras dos personagens pelas ruas do Rio e por cenários clássicos da cidade, como a Confeitaria Colombo, Nei Lopes compôs xotes, valsas, lundus, quadrilhas francesas, maxixes, fados, modinhas e até ária de ópera. Baseado em obra de Ruy Castro, o musical Bilac vê Estrelas estreia nesta sexta (29), no Espaço Promon, no bairro do Itaim, em São Paulo. Informações: 0/xx/11 4003-1212. A peça fica em cartaz até 26 de julho. Ingresso: R$ 60. Classificação 12 anos.

Últimas chances

O espetáculo Abnegação II - O Começo do Fim, do grupo Tablado de Arruar, faz duas apresentações extras nos dias 3 e10 de junho, quarta-feira, às 20 horas, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, em São Paulo. Com texto de Alexandre Dal Farra, a peça expõe com violência a trajetória contraditória de um partido de esquerda que, em um momento de ampliação de seu alcance, ao mesmo tempo em que galga novas posições ampliando o seu horizonte político, cede mais e mais à dinâmica criminosa e cínica que organiza e estrutura o poder no capitalismo em geral, e de forma ainda mais clara na sua versão marginal e periférica. Classificação 16 anos. Grátis. Informações 0/xx/11 3222-2662.

image0011 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Uma entrevista inusitada

Uma rádio anuncia que uma companhia de teatro de São Paulo chega para entrevistar o poeta Patativa do Assaré. O que seria uma entrevista costumeira se transforma num diálogo entre o popular e o erudito, o urbano e o rural e culmina com a denúncia de um dos primeiros ataques aéreos contra civis dentro do território brasileiro, que não consta nos livros oficiais da história do Brasil. Eis o ponto de partida para o espetáculo Concerto de Ispinho e Fulô, da Cia do Tijolo, que se reapresenta no TUSP, após cinco anos, às quartas e quintas, 20h. A montagem conta também sobre o massacre no Sítio Santa Cruz do Deserto, em que mais de mil camponeses de uma recém-criada comunidade-modelo foram assassinados em 1937 pelo Exército, que temia uma nova Canudos. Em cartaz até o dia 18/6/2015. Ingressos a R$ 20. Informações: 0/xx/11 3123-5233.

A Praça no palco

O humorístico A Praça é Nossa  completou 50 anos no ar, sem nunca ter levado  seu formato da TV para apresentações ao vivo. Esta história começou a  mudar no dia 31 de março último,  quando Matheus Martone, que interpreta o personagem Matheus Ceará, armou uma apresentação em sua casa em Campinas. O Proibidão da Praça chega agora a São Paulo para cinco apresentações no Pikadeiro Fun House. A apresentação será de Marcelo de Nóbrega, com o elenco de atores em apresentações rotativas. Entre eles: Saulo Laranjeira, Paulinho Gogó, Paulo Pioli, Giovani Braz e Matheus Martone, entre outros. Estreia dia 2 de junho e fica em cartaz até o dia 30 de junho, toda terça, às 22h. Classificação 18 anos. Ingresso a R$ 50. Informações: 0/xx/11 4003-1212.

Tragédia do poder

Oleanna chega ao Sesc Pompeia encenado pela Cia Teatro Epigenia, depois de três temporadas no Rio de Janeiro, turnês e festivais em todo Brasil. O texto é considerado um dos mais polêmicos das últimas décadas, no qual Mamet cria um cenário em que encontros e desencontros são levados ao extremo, quando origens e processos de raciocínio distintos não são superados. Citada pelo próprio Mamet como uma tragédia do poder e da incomunicabilidade, o espetáculo oferece ao público um grande trunfo para o jogo teatral: a livre interpretação, proporcionando uma reflexão pessoal sobre os acontecimentos após o término da peça. Estreia dia 30 de maio e se estende até 5 de julho, no Espaço Cênico, de sexta a domingo. Classificação 16 anos. Ingressos a R$ 25. Informações: 0/xx/11 3871-7700.

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

 

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

 

2 urubu comum foto de elenize dezgeniski 1024x682 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Cia. de Teatro do Urubu estreia primeira montagem - Foto: Elenize Dezgeniski

Do R7

Primeiros passos

A Cia. de Teatro do Urubu  ocupa o Teatro Novelas Curitibanas, a partir do dia 15 de Maio,  com sua primeira montagem: Urubu Comum – uma espécie tipicamente brasileira que vive no zoológico de Michelle Ferreira. O elenco conta com  Anderson Caetano, Gustavo Gusmão, Muhammad Chab, Michelle Pucci e Carolina Meinerz. A peça fica em cartaz de sexta à domingo, sempre às 20 horas, com entrada gratuita. A temporada se estende até o dia 31 de Maio. Com texto e direção de Michelle Ferreira, Urubu Comum coloca em cena um casal de professores que vivem em um apartamento decadente de uma grande metrópole. Senhora G e Senhor F, em um dia comum, recebem a visita do investigador T que busca desvendar um caso que ocorreu no edifício que os professores moram: quem foi o morador que jogou um peixe pela janela e acertou uma menina de rua provocando a sua morte? Enquanto isso, um urubu comum sobrevoa a cidade. Classificação 14 anos. Telefone: (41) 3321-3358.

Baladinha de fim de semana

O espetáculo Fortes Batidas estreia no Pequeno Ato (entre Ipiranga e Consolação, em SP) após uma temporada no Centro Cultural São Paulo. Na peça, com direção e dramaturgia de Pedro Granato, o público acompanha todo o desenrolar da trama na pista, junto com 15 personagens, que tentam driblar a solidão com bebida, música alta e na busca por novos relacionamentos. Parece uma balada, né? Na trilha tem Daft Punk, David Bowie e Depeche Mode. A temporada será de 15 de maio até 3 de julho, às sextas, às 21h30. Os ingressos custam R$ 40. Classificação 16 anos.

Farra na Maria Zélia

O Grupo XIX de Teatro promete agitar a Vila Maria Zélia, no Belenzinho, em São Paulo, um domingo por mês. O projeto Domingueira XIX prevê apresentações de teatro, exposições de artes plásticas e shows. Toda a programação é gratuita e aberta ao público em geral. A primeira edição será neste domingo (17), das 15h às 21h. “Será um dia de encontro, de festa e cultura que habitará as ruas, praça e armazéns da Vila, oferecendo à cidade uma experiência viva desse espaço tão diferenciado”, fala Luiz Fernando Marques, diretor do grupo (r. Mário Costa, 13, entre as ruas Cachoeira e dos Prazeres). Telefone (11) 2081-4647.

fotinho Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Mateus Solano e Miguel Thiré reestreiam Selfie - Foto: Divulgação

De volta

Depois de temporada em 2014, Mateus Solano e Miguel Thiré reestreiam 15 de maio, no Teatro do Leblon, a peça Selfie. Com direção de Marcos Caruso e texto de Daniela Ocampo, a comédia fala da febre contemporânea da autoexposição e da necessidade de estar online acompanhando tudo e todos. O espetáculo fica em cartaz até 7 de julho com sessões às sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 20h. Os ingressos vão de R$ 90 a R$ 80. A classificação é 14 anos anos. Telefone: (21) 2529-7700. Mateus Solano acaba de virar papai do pequeno Benjamim, seu segundo filho com a atriz e escritora Paula Braun. Parabéns!

Fé na taba

Com texto original do escritor Daniel Munduruku (menção honrosa do Prêmio Literatura para Crianças e Jovens na Questão da Tolerância, da Unesco, em 2004) e direção de José Sebastião Maria de Souza, o espetáculo Meu Vo(o) Apolinário estreia no dia 16 de maio, sábado, no Teatro Jaraguá, em São Paulo, para temporada de dois meses, com sessões aos sábados, às 18h, e domingos, às 16h. O adolescente, narrador da história, sofre bulling, por sua origem indígena, e seu sofrimento diminui com a descoberta de uma sabedoria ancestral – transmitida por seu avô – que o leva para a aceitação de si, de sua origem e de sua cultura. Fica em cartaz até o dia 19 de julho. Os ingressos estão R$ 50 e a classificação é livre. Telefone: (11) 3255-4380.

Clássico para crianças

O espetáculo para crianças O Corcunda Quaquá estreia no dia 16 de maio, sábado, no Teatro Viradalata, em São Paulo, às 12h. Com texto e direção de Ricardo Ripa, a montagem foi inspirada no livro O Corcunda de Notre-Dame, do francês Victor Hugo (1802-1830). O enredo conta a história de Quaquá, um rapaz feio e corcunda que se revela doce e carismático, além de corajoso na hora de salvar a bela dançarina Esmeralda. De forma muito divertida, a montagem apresenta esse “herói” que foge ao estereótipo do “príncipe”, retratado nas histórias para crianças. Fica em cartaz até o dia 5 de julho. Ingressos:  R$ 15,00 (sábado) e R$ 30,00 (domingo).

image002 2 Por trás do pano – Rapidinhas teatrais

Nanni Souza prepara show solo - Foto: Divulgação

Novos voos

Cantora e atriz indicada ao Prêmio Bibi Ferreira 2014 na categoria “Melhor Atriz Coadjuvante”, Nanni Souza ensaia seu primeiro show solo, Lady Sings the Blues, com estreia prevista para o segundo semestre de 2015, em São Paulo. Nanni foi indicada ao prêmio por sua performance no musical Rita Lee Mora ao Lado (atualmente em turnê pelo Brasil). No show Lady Sings the Blues, a cantora se apresenta acompanhada de um trio formado por baixo, bateria e piano, vertendo canções do cancioneiro brasileiro para jazz e blues, abordando o repertório de nomes como Etta James, Peggy Lee, Billie Holiday, Nina Simone, Amy Winehouse e Adele e Tata Veja. Ela conciliará a agenda de apresentações do espetáculo com a agenda de shows.

 

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

3S3B0054BXC Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Mãe ciumenta faz de tudo para o filho não se casar - Foto: Divulgação

Mãe VIP todo o fim de semana

As mães acompanhadas de seus filhos que forem ao Teatro Bibi Ferreira, neste fim de semana, assistir ao espetáculo De Artista e Louco Todo Mundo Tem um Pouco, terão entrada gratuita. Elas serão as grandes convidadas da vez! A comédia narra a história de uma mãe, que tenta impedir o casamento do filho com ajuda de um carteiro. Ciumenta, né? Se sua mãe vai se identificar com a personagem maluquinha, o espetáculo começa às 21h, às sextas e sábados, e às 20h, nos domingos. O espetáculo fica em cartaz até o dia 28 de junho e os ingressos custam R$ 50. Telefone (11) 3105-3129.

Promoção de Dia das Mães

Para os filhos que ainda não sabem como vão homenagear as mamães no próximo domingo (10), o blog traz uma dica de teatro. A comédia Homens no Divã, em cartaz no Teatro da APCD (Rua Voluntários da Pátria, 547, Santana – pertinho do metrô Tietê), está com uma promoção. A matriarca que chegar ao teatro acompanhada por um pagante tem entrada gratuita. A apresentação do dia 10 é às 19h. Na peça, três homens dividem suas neuras na sala de espera do consultório de uma psicanalista (cuja voz é de Marília Gabriela). O ingresso custa R$ 50 (inteira) e a classificação indicativa é 14 anos. Vale levar sua senhora para um jantar depois (com tudo pago, hein)! Informações www.compreingressos.com.

Para quem ainda não esqueceu

A derrota do Brasil para a Alemanha (por 7x1!) ainda machuca, né? Para quem não consegue esquecer o “apagão” da seleção brasileira na Copa do Mundo no ano passado, uma boa oportunidade de dividir o sofrimento com os outros é no espetáculo Muro de Arrimo, que reestreia nesta sexta-feira (8), às 21h, no Teatro UMC, em São Paulo. A peça original de Carlos Queiroz Telles falava sobre a derrota do Brasil em 1974, mas foi atualizada para os dias atuais. A direção é de Alexandre Borges com trilha de Otto. O pedreiro Lucas, protagonista da peça, carrega a responsabilidade de representar eu, você e todo mundo que torceu – e ainda torce – pelo Brasil. Fica em cartaz até o dia 14 de junho com sessões sextas, sábados e domingos. Informação (11) 2574-7749. Ah, Alexandre Borges prometeu aparecer na reestreia...

FOTO 09 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Pedofilia, religião, verdade, vingança e mais - Foto: Divulgação

Assunto delicado

A peça Tadzio, com texto de Zen Salles e direção de Dan Rosseto, não tem medo de se enfiar num terreno espinhoso. O espetáculo trata dos casos de pedofilia já cometidos pela igreja católica e que foram recriminados pelo Papa Francisco. No entanto, a peça vai além e faz um verdadeiro questionamento sobre verdade e mentira, desejo e vingança. Estreia dia 9 de maio, no Espaço Paralapatões, com André Grecco, Thalles Cabral e Nélida Lima. Fica em cartaz até o dia 27 de junho, com sessões aos sábados, meia-noite, com ingressos por R$ 30. Informações (11) 3258-4449.

Entre amigos

Traduzida e adaptada pelo ator e diretor Flavio Faustinoni, a comédia Tudo Sobre os Homens volta em cartaz no Teatro da Livraria da Vila do Shopping JK Iguatemi, em São Paulo, dia 9 de maio para temporada até 28 de junho. No elenco, além de Flavio Faustinoni, estão Juan Alba e Denis Victorazo. Em cena, os três atores se revezam entre histórias de humor e de uma forte carga dramática, em que a vida cotidiana masculina é exposta de diferentes maneiras. As sessões são aos sábado, às 20h, e domingos, às 18h. A entrada está R$ 40.

Parada na Estação

Contemplados pelo edital Proac Circulação, a Cia Estável de Teatro segue com o projeto Expedições apresentando o espetáculo A Exceção e a Regra, clássico de Bertolt Brecht (1998/1956), nas estações da Companhia de Trens Metropolitanos de São Paulo (CPTM). O projeto chega agora na linha Coral. As apresentações acontecem na Estação Guaianazes, dia 8 de maio, sexta-feira, às 20h; Estação Poá, dia 12 de maio, terça-feira, às 20h; Estação Suzano, dia 21 de maio, quinta-feira, às 20h e Estação Mogi das Cruzes, dia 23 de maio, sábado, às 11h. As sessões são gratuitas.

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

 

 

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

IMG 38281 1024x683 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Ricardo Gelli e Sergio Mamberti estão no Teatro Jaraguá com Visitando o Sr. Green - Foto: Ale Catan

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Filho pródigo
Sergio Mamberti volta ao teatro após 12 anos longe dos palcos em Visitando o Sr. Green, ao lado de Ricardo Gelli. A direção é Cassio Scapin, que fez a obra 15 anos atrás com o saudoso Paulo Autran.

Roendo as unhas
Cassio, aliás, estava nervosíssimo antes de começar a sessão de pré-estreia para imprensa e convidados, nesta quinta (23), no Teatro Jaraguá. "Agora estou em um outro ponto de vista. Paulo Autran está vivo no meu coração e com certeza está de alguma forma aqui esta noite", confidenciou à coluna antes de o terceiro sinal tocar.

Confissão
Mamberti contou que depois de mais de 11 anos no Ministério da Cultura, a peça marca seu reencontro com o público. "Volto a estar sobre o palco, como sempre estive por mais de 50 cinquenta anos – espaço sagrado onde passei a maior parte de minha vida", falou, emocionado.

A dedo
"Para comemorar este esperado retorno, escolhi o texto do americano Jeff Baron, Visitando o Sr. Green, prestando justa homenagem a um grande mestre e defensor do teatro brasileiro, Paulo Autran, criador desse personagem. Nada mais significativo para mim”, declarou Mamberti.

Rei morto, rei posto
Para fazer Visitando o Sr. Green, Ricardo Gelli precisou deixar o elenco de Propriedades Condenadas, em cartaz no Teatro Sérgio Cardoso. Foi substituído por Gustavo Haddad.

Presença VIP
O norte-americano Jeff Baron estava na pré-estreia e foi chamado ao palco. Falou, em inglês, que era um prazer ver sua obra montada duas vezes no Brasil. "É maravilhoso", definiu.

Dose dupla
Jeff também esteve na sessão para a comunidade judaica paulistana na quarta (22). Gostou tanto que repetiu a dose na sessão para a imprensa e convidados. Fez bem.

IMG 3811 1024x682 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Sérgio Mamberti ficou 12 anos longe dos palcos até fazer Visitando 0 Sr. Green - Foto: Ale Catan

Gente graúda
Os atores Arllete Montenegro e Paulo César Pereio estavam na plateia. Pereio sentou-se na primeira fila e foi o primeiro a se levantar para aplaudir de pé, assim que as luzes se apagaram.

De batom vermelho
A atriz Julia Bobrow foi à sessão muito bem acompanhada.

Selfie
Ao fim da peça, muitos espectadores pediram fotinhas com Sérgio Mamberti, Ricardo Gelli e Cassio Scapin. Eles posaram todo sorridentes.

Mimo
Ao saírem do Teatro Jaraguá, os convidados ganharam bombons.

Agenda Cultural

intocaveis joao caldas Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Sucesso de público, Intocáveis prorrogou temporada em SP - Foto: João Caldas

Mais um pouquinho
A peça Intocáveis, baseada no sucesso do cinema francês, foi prorrogada até 30 de agosto no Teatro Renaissance, em São Paulo. É que está lotando.

Me dá um dinheiro aí
O Grupo de Segunda resolveu fazer uma campanha no site Catarse para conseguir levantar a peça O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues. Até vídeo eles fizieram. Para ajudar, clique aqui.

Saudade de Pina
Especialista na montagem de espetáculos de dramaturgos brasileiros, desta vez a Cia. das Artes abre 2015 com um dos maiores clássicos do teatro universal: Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente. Com direção de Antonio Netto, a peça estreia quarta-feira, 6 de maio, às 21h, no Teatro Commune. A obra se inspira na arte da grande coreógrafa alemã Pina Bausch (1940–2009). A temporada terá sessões às quartas e quintas, 21h, até 4 de junho. Vai, gente!

16617450083 eeedf2ee2f k 1024x682 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Cena de O Terno, peça de Peter Brook no Teatro Paulo Autran, em SP - Foto: Adauto Perin

Disputado
Peter Brook, o grande diretor, está no Brasil com seu espetáculo O Terno. Está no Sesc Pinheiros, no Teatro Paulo Autran, em São Paulo, até domingo (26). Com atores negros no elenco, a montagem tem texto criado a partir do conto do escritor sul-africano Can Themba e adaptado para o teatro por Mothobi Mutloatse e Barney Simon. Tem gente disputando os ingressos a tapa.

Reta final
Manual de Autodefesa Intelectual, da Kiwi Cia. de Teatro, só fica até 10 de maio no Sesc Belenzinho. Depois não diga que não avisei.

fabio penna Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Fábio Penna (foto) criou festa Kitling com Marcelo Szykman na Kitsch Club - Foto: Lorena Garrido Borges

Refestança
Nesta sexta (24) à noite acontece a primeira edição da festa Kitling Gong Show & Party, na Kitsch Club, em São Paulo, idalizada pelos atores Marcelo Szykman e Fabio Penna. Eles querem transformá-la na nova festa da turma do teatro. Felipe Hamachi e André Santi serão os mestres de cerimônia. João Baldasserini e Milhem Cortaz serão os DJs convidados da estreia. João Faria e Marcelo Szykman são os DJs residentes. Vamos ver qual é que é.

Viva Tennessee!
Na próxima segunda (27), às 17h, o Teatro da USP, o Tusp, realiza em São Paulo, na sede da rua Maria Antônia, a leitura das peças Esta Propriedade Está Condenada e O Longo Adeus. Ambas de ninguém menos do que Tennessee Williams, considerado por muitos o maior dramaturgo norte-americano. Eva Wilma concorda.

frida diego Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Frida e Diego faz nova temporada carioca a partir desta sexta (24) - Foto: Divulgação

Mexicanos
Frida Y Diego reestreia nesta sexta (24) no Teatro Fashion Mall, no Rio. A temporada vai até 28 de junho com Leona Cavali na pele de Frida e Jose Rubens Chachá como Diego. Maria Adelaide Amaral é a autora da peça. Esse é o primeiro texto inédito dela depois de dez anos. À frente do projeto estão o diretor Eduardo Figueiredo e o diretor de produção do espetáculo, o ator Maurício Machado. Turma boa.

Los hermanos
Falando em Frida Kahlo e Diego Rivera, os personagens estão na peça América Vizinha, que será apresentada de graça neste sábado (25), às 17h, no Armazém 19h, na Vila Maria Zélia, na zona leste paulistana. Vai lotar. Então, é bom chegar bem cedo...

lauanda varone Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Lauanda Varone, Musa do Teatro R7: nova peça à vista - Foto: LolaStudio

Beleza rara
Lauanda Varone, atriz gaúcha radicada em São Paulo e que já foi eleita Musa do Teatro R7, ensaia novo espetáculo teatral. Aguardemos ansiosos.

Jovens em fúria
Fortes Batidas, peça de Pedro Granato, está dando filas gigantescas no Centro Cultural São Paulo. Termina domingo (26). Reza a lenda que os ingressos acabam em três minutos. Eita.

bob sousa Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Bob Sousa com o retrato de Maria Alice Vergueiro que está na exposição Retratos do Teatro

Retrato na parede
Bob Sousa, nosso grande fotógrafo dos palcos, expõe seus Retratos do Teatro em Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, até o próximo dia 30 de abril. No Espaço Feira Shopping, com entrada gratuita. A realização é do Sesc Thermas de Presidente Prudente, em parceria com a Sindicato Patronal do Comércio Varejista do Pontal do Paranapanema e a Secretaria de Cultura de São Paulo. Dá-lhe, Bob!

Andando nas nuvens
Elder Fraga está feliz da vida depois que seu filme curta-metragem Nóia foi selecionado para passar no Festival de Cannes, na França. É pra se alegrar mesmo. Patrícia Vilela é a protagonista.

Consertando Frank Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Consertando Frank terá sessão com tradução simultânea para libras

Inclusão
A peça Consertando Frank terá sessão com tradução para libras, a linguagem brasileira de sinais, nesta sexta (24), 21h30, no Teatro MuBE Nova Cultural, em São Paulo.

Para los niños
No ar na novela Chiquititas, onde faz o papel de Vera, mãe da Clarita, a atriz Aldine Müller se prepara para a sua primeira montagem infantil. O nome é O Casamento da Baratinha Atômica, que estreia dia 2 de maio, 16h, no Teatro J. Safra, em São Paulo. Veja a foto abaixo: não é uma graça?

IMG 9713 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Muitas cores: elenco da peça infantil O Casamento da Baratinha Atômica faz pose para a coluna - Foto: Divulgação

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

O FINGIDOR Helio Cicero crédito João Caldas 1024x680 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Helio Cícero na peça O Fingidor: temporada prorrogada no Tucarena - Foto: João Caldas

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Prorrogou
Devido ao sucesso, O Fingidor, peça escrita e dirigida por Samir Yazbek, prorrou temporada até 17 de maio no Tucarena, em São Paulo.

Sabedoria popular
A atriz Julia Bobrow chegou à seguinte constatação: "a internet era bem melhor antes do Dubsmash", aquele aplicativo que transformou todo mundo em dublador nato.

Ai, que preguiça!
Já a atriz Luna Martinelli preferiu ser mais direta ao ponto: “Um porre esse aplicativo de dublagem”, vociferou. E ainda acrescentou uma frase pintada num fundo de praia com a seguinte indagação: “Antes do Dubsmash, como você fazia para passar vergonha?”. Eita.

Para ganhar o Oscar
Já o ator Valmir Martins, fã do novo aplicativo, afirmou que acha que as atuações de atores são bem melhores do que os dubladores sem técnicas cênicas. “Eu não gosto quando a pessoa dá o texto com cara de nada. Uó. Me emocione”, afirmou. Então, tá.

Agenda Cultural da Record News

eduardo galeano Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Eduardo Galeano será homenageado na peça América Vizinha - Foto: Divulgação

Luto
Os atores da peça América Vizinha ficaram consternados com a morte de Eduardo Galeano, na última segunda (13). É a que a obra do grupo Los Cucarachos é inspirada no livro O Século do Vento, do grande gênio uruguaio. Vão homenageá-lo na sessão do próximo dia 25, às 17h, na sede do Grupo XIX, na Vila Maria Zélia, com entrada grátis.

Queimada
Regina Duarte é nome mal falado nas rodas de artistas do teatro depois que usou indevidamente uma foto da peça Hygiene, do Grupo XIX de Teatro, para promover as passeatas contra o governo de Dilma. Entenda.

lisbela Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Os atores Fernando Prata, Marilice Cosenza, Luiz Araújo, Ligia Paula Machado e Beto Marden, grandes nomes da cena musical, no espetáculo Lisbela e o Prisioneiro, que já conquistou o público paulistano - Foto: Caio Gallucci

Engrenado
O musical Lisbela e o Prisioneiro já é sucesso de público no Teatro Nair Bello, em São Paulo. A montagem nacional chegou com tudo.

Gente
A condição humana é tema da peça O Pio da Coruja, com André Latorre e Zeca Coelho, em cartaz no Teatro Ruth Escobar, em São Paulo, até 27 de junho. Toda sexta, 21h30, com ingresso a R$ 50. A peça tem um polêmico cartaz, com André nu em uma cruz, sobre a qual paira uma coruja.

Escandinavo
O diretor do Satyros, Rodolfo García Vázquez, está em Estocolmo, na Suécia.

juliette2 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Elenco masculino da peça Juliette, que estreia no Estação Satyros - Foto: André Stéfano

Falando nisso
Nesta sexta-feira (17), às 21h, no Estação Satyros, na praça Roosevelt, estreia Juliette, a nova montagem do grupo para a obra de Marquês de Sade. Vai dar o que falar, como já adiantam as fotos acima e abaixo.

juliette1 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Gente jovem reunida no palco: elenco feminino da peça Juliette - Foto: André Stéfano

Acidente
Já a reestreia de A Filosofia na Alcova foi adiada indefinidamente porque a atriz Suzana Muniz quebrou o pé direito ao subir uma escada no Satyros 1. Ela deve voltar a andar normalmente só no fim de maio. Melhoras.

Brilha, Phedra!
Phedra D. Córdoba, a diva cubana do Satyros, já gravou sua participação no novo programa de Tom Cavalcante no Multishow. Ela foi tratada como rainha nos bastidores do canal. Phedra arrasa.

Poesia no palco
Lenerson Polonini é o autor e diretor da peça A Cripta de Poe, que faz apresentações nos dias 24 e 25 de abril, às 20h, no Centro Cultural da Juventude, em São Paulo. É de graça. Multimídia, é inspirado na obra do escritor e poeta Edgar Allan Poe. Vai, gente.

gregorio duvivier Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Gregório Duvivier: peça escrita e dirigida por João Falcão no Teatro Porto Seguro - Foto: Divulgação

Moço inteligente
Gregório Duvivier, que anda conquistando a turma jovem e inteligente com sua coluna de jornal, fará seu espetáculo Uma Noite na Lua em São Paulo nos dias 27 de maio, 3 e 10 de junho, sempre às quartas, 21h. No novo palco da cidade, o Teatro Porto Seguro.

Cabeça pensante
Na montagem escrita e dirigida por João Falcão, o ator e humorista conversa consigo mesmo. A imaginação e os devaneios do personagem são acompanhados pela plateia, como se ela estivesse dentro da cabeça do ator.

Noturno
Rodrigo Capella e Dinho Machado fazem o espetáculo de stand-up Comédia em Preto e Branco a Cores no Teatro Folha, em São Paulo, neste sábado (18), à meia-noite. Estão todos convidados.

Quase russo
1Gaivota - É Impossível Viver sem Teatro, com direção de Nelson Baskerville, estreia nesta sexta (17), no Sesc Consolação, em São Paulo. "Não tenho nenhum interesse em encenar clássicos se não puder contextualizá-los nos dias atuais. Meu interesse consiste em fazer com que esses clássicos se comuniquem com as plateias de hoje acostumadas com várias mídias e com acesso ilimitado a uma grande quantidade de informação", diz o diretor sobre sua encenação do clássico russo de Tchekhov.

1gaivota fotoligiajardim 011 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Pascoal da Conceição e Julia Ianina em 1Gaivota - Foto: Ligia Jardim

Curta nossa página no Facebook!

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos bastidores

Descubra tudo o que as misses aprontam

Tudo que você quer está num só lugar: veja!

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes

exclusivar7 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Contrações de volta: Débora Falabella e Yara de Novaes em foto exclusiva para a coluna - Foto: Vitor Zorzal

Por MIGUEL ARCANJO PRADO

Elas vão voltar
Depois de abocanhar todos os prêmios possíveis (inclusive o APCA de melhor atriz de 2013), Débora Falabella e Yara de Novaes retornam a São Paulo com a peça Contrações, dirigida por Grace Passô. Na obra, vivem o horror do mundo corporativo. A coluna adianta em primeira mão a data da volta: 17 de junho, no novíssimo Teatro Porto Seguro. As duas atrizes, mineiríssimas como a coluna, até fizeram pose exclusiva pra gente. Olha aí, acima, que glória.

Ele também
Falando em volta, a peça Aldeotas, com Gero Camilo, está agora no palco do Teatro MuBE Nova Cultural, no Jardim Europa, em São Paulo. Tem sessão sábado, 18h, e domingo, 21h, até 26 de abril. O ingresso é R$ 60 a inteira. Cristiane Paoli-Quito assina a direção. Coisa fina.

coluna fortes batidas Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

O bicho vai pegar no palco do CCSP sob direção de Pedro Granato: Fortes Batidas - Foto: Divulgação

Vamo pulá!
Pedro Granato contao os minutos para a estreia de sua nova peça, Fortes Batidas, nesta sexta, 21h, no Centro Cultural São Paulo. Assina direção e dramaturgia do espetáculo, classificado como "teatro imersivo". Na peça, 15 atores e público participam de uma festa.

Jovem guarda
O elenco de Fortes Batidas foi selecionado entre 135 inscritos. A maioria dos 15 eleitos tem 20 e poucos anos. Ou seja, gente jovem reunida. Ah, música alta e bebida não faltam na peça-performance.

Quanta juventude!
No enredo da peça tem de tudo: amigos que apostam para ficar com mais meninas, um casal testando o relacionamento aberto e a dificuldade de um rapaz tímido ficar com alguém do mesmo sexo pela primeira vez. Ou seja, explosões de desejos.

New generation
Pedro Granato resolveu investir no "teatro imersivo" após a temporada de estudos no Lincoln Center, em Nova York, no ano passado. Quer conquistar a nova geração com este teatro. Faz bem.

Partysía - A Festa
Falando em "teatro imersivo" e a nova geração, Fortes Batidas dialoga diretamente com o experimento realizado com sucesso na SP Escola de Teatro em dezembro de 2013 chamado Partysía - A Festa, dirigido por Rachel Seixas e Milner Souza. A orientação foi dos experientes Marcos Bulhões e Cris Lozano. No elenco, estavam os atores Gigi Bifulco, Juan Manuel Tellategui, Railson Fidélis e Stella Menz. Nesta encenação, atores e público também interagiam em uma festa, com muita bebida e música alta.

 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Cena de Hygiene: peça do Grupo XIX foi adiada para de 17 de maio - Foto: João Tuna

Adiado
O Grupo XIX de Teatro adiou a estreia do projeto Domingueira XIX de 19 de abril para 17 de maio, quando serão apresentadas as peças Hygiene e Nada Aconteceu, Tudo Acontece, Tudo Está Acontecendo, além de exposição de André Martins e show Não Sou Nenhum Roberto, com Marcelo Veronez. Anotou a nova data?

América Vizinha8846 crédito Patricia Ribeiro Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Soy loco por ti: cena de América Vizinha, dirigido por Juliana Sanches: sessão grátis neste sábado (11), 17h, no Armazém XIX, na Vila Maria Zélia, em SP - Foto: Patrícia Ribeiro

0800
Falando nele, dois espetáculos resultados dos núcleos de pesquisa do Grupo XIX de Teatro serão apresentados neste sábado (11), com entrada gratuita: América Vizinha, com direção de Juliana Sanches, às 17h, e Memórias de Cabeceira, com orientação de Rodolfo Amorim, às 20h. O primeiro, com o grupo Los Cucarachos, apresenta importantes personagens da cultura de nossa América Latina. Já o segundo é uma imersão na intimidade dos artistas participantes. Ambos serão encenados na sede do grupo, o Armazém XIX na Vila Maria Zélia, zona leste de São Paulo. Se você for, não vai doer no seu bolso.

Ela fala
A peça Os Monólogos da Vagina, escrita por Miguel Falabella, completou 15 anos em cartaz no último dia 7 de abril. A coluna manda os parabéns a todos os profissionais que fizeram e fazem parte desta trajetória.

Agenda Cultural da Record News

Conscientização
Em tempos que falta água na torneira, é bom a juventude prestar atenção na natureza. A peça Os Recicláveis, dirigida por Flávia Garrafa, estreia neste sábado (11), às 17h30, no Teatro Augusta, justamente com a proposta de conscientizar o público infanto-juvenil. Mas, nada de discurso chato. O musical é animado e tem muita música e dança. De Mairon 5 a Rita Lee. Ai, que tudo!

Novidade
Helô Cintra e Adriana Fonseca entraram para o elenco da peça Florilégio Musical II, que reestreia neste sábado (11), 18h30, no Teatro Eva Wilma, no Tatuapé, em São Paulo. Carlos Moreno e Mira Haar continuam à frente do espetáculo, que faz temporada até 3 de maio, sábado e domingo, sempre às 18h. A inteira é R$ 40.

closer Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Espetáculo carioca Closer mostra um quarteto de paixões explosivas - Foto: Divulgação

Amores perigosos
Os relacionamentos amorosos conflitivos são o mote da peça Closer - Perto Demais, dirigida por Andrea Avancini, no Teatro Leblon, no Rio. No elenco, estão Luciano Szafir, Paula Moreno, Karen Mota e Rafael Sardão. O texto de Patrick Marber, traduzido por Rachel Ripani, traz um quarteto amoroso: uma fotógrafa, um escritor, uma stripper e um médico. As sessões são às quartas e quintas, 21h, com ingresso a R$ 60 a inteira e R$ 30 a meia-entrada. A temporada vai até 30 de abril. Estão todos convidados.

Corre pra ver
O martelo já está batido. Será de apenas cinco semanas a temporada da peça Esboço para uma Quase Paisagem, de Drika Nery, que integra o time de roteiristas da série Sessão de Terapia. A estreia é na próxima terça (14), 21h30, no Teatro Cemitério de Automóveis. A direção é de Renata Jesion. No elenco, estão Guilheme Mazzei, Johnnas Oliva e Laís Marques.

Teatro-denúncia
O grupo Bagaceira, do Ceará, apresenta a peça Meire Love nesta terça (14), às 20h, no Itaú Cultural da avenida Paulista. A entrada é gratuita. A obra dirigida por Yuri Yamamoto e Suzy Élida Lins, também autora, retrata a vida de três meninas de rua, revelando a exploração sexual que muitas meninas são vítimas neste nosso Brasil. Uma peça necessária.

Clássico carioca
Após passar pelo Festival de Teatro de Curitiba com Samba Futebol Clube, sob sua direção, Gustavo Gasparani chega a São Paulo como ator na peça Ricardo III, sucesso no Rio. O texto de Shakespeare é dirigido por Sergio Módena e fica até 23 de maio no auditório do Sesc Pinheiros. A obra lhe rendeu indicações a melhor ator no Prêmio Shell, Prêmio Cesgranrio e APTR, os principais da cena carioca. Além de ter abocanhado o Prêmio Fita de melhor ator. Poderoso.

Andre Stefano2 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Satyros estão de volta a Marquês de Sade - Foto: André Stéfano

Sade vem aí
A turma do Satyros está em polvorosa. É que eles voltarão encenar peças de Marquês de Sade, o autor mais importante na trajetória do grupo que completou 26 anos. No dia 17 de abril, estreia Juliette, sua mais nova montagem no Estação Satyros, o espaço que ficou no lugar do Satyros 2. Também voltarão em breve A Filosofia da Alcova, 120 Dias de Sodoma e Justine, todas com elenco renovadíssimo. Público não faltará.

Curiosidade
Se a gente juntasse todo mundo que já fez peça de Marquês de Sade em uma fila indiana que partisse da praça da Sé, em São Paulo, era bem capaz de ela chegar até a Floresta Amazônica.

Artaud está indo embora
O Teat(r)o Oficina faz sessão extra nesta sexta (10) de Pra Dar um Fim no Juízo de Deus. A temporada chega ao fim no domingo (12). Saiba mais.

cartaz maria alice Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Cartaz da peça Why the Horse? traz imagem de Maria Alice Vergueiro morta - Foto: Reprodução

Morbidez
Maria Alice Vergueiro promete impactar a plateia do Teatro do Sesc Santana na noite desta sexta (10), com a estreia de Why the Horse?. Em sua nova montagem, ela encena sua própria morte e velório. A atriz sofre de Parkinson em grau avançado e afirma, corajosamente, que tem o desejo de morrer no palco. Toda a nata do teatro paulistano estará na estreia. A coluna também prestigiará a grande atriz e diretora.

Companheiros
No palco, ao lado de Maria Alice Vergueiro, estão os atores Luciano Chirolli, Carolina Splendore, Alexandre Magno e Robson Catalunha.

Vou de metrô + van
O Teatro Porto Seguro, que será inaugurado em 6 de maio, vai oferecer um mimo a seu público. Uma van trará os espectadores da Estação Luz do metrô de São Paulo até o teatro, localizado na alameda Barão de Piracicaba, 740. E vice-versa. O carro vai funcionar de terça a sexta, das 19h à meia-noite. No sábado, das 13h à meia-noite. E no domingo, das 13h às 23h. Excelente iniciativa. Quem não tem carro (e faz muito bem) agradece.

Totia Meireles chega ao primeiro ensaio de Nine 02 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Totia Meirelles conversa com Charles Möeller nos ensaios de Nine - Foto: Divulgação

Quase pronto
Falando em Teatro Porto Seguro, ele vai receber a partir de 23 de maio Nine - Um Musical Felliniano, com direção da dupla poderosa Charles Möeller e Cláudio Botelho. Os ensaios já correm em ritmo vertiginoso. No elenco, encabeçado por Totia Meirelles, estão Carol Castro, Mayana Moura, Malu Rodrigues, Letícia Birkheuer e o italiano Nicola Lama.

Espelho meu
O Teatro APCD, na zona norte, recebe no dia 17 de abril, 21h, o show Bee Gees Alive. A banda é considerada um dos três melhores covers dos Bee Gees em todo o mundo. Ai, que chique!

Pegou mal
Andréa Beltrão e Mateus Solano não quiseram atender a imprensa no Festival de Teatro de Curitiba.

Pegou bem
Já Marco Nanini, Maria Maya e Gabriela Duarte foram de uma simpatia só com os jornalistas que cobriram o maior festival de teatro do País. Saiba tudo o que rolou!

Quase no fim
A Cia. Teatro Acidental fica na Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Bom Retiro, em São Paulo, até 16 de maio, com a peça O Que Você Realmente Está Fazendo É Esperar o Acidente Acontecer. O nome é gigante mesmo. Ah, a peça é inspirada em O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues. Carlos Canhameiro assina a direção. Está em cartaz de quinta a sábado, sempre às 20h. Vai, gente!

mudanca habito bob sousa6 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Com Karin Hils, a superprodução Mudança de Hábito está em cartaz no Teatro Renault, em SP - Foto: Bob Sousa

Calendário
A turma da Time four Fun pede para a coluna avisar que o musical Mudança de Hábito já fechou como serão seus próximos feriados. No dia 21 de abril, Dia de Tiradentes, uma terça, terá sessão extra às 17h. Já no dia 26 de abril, um domingo, só haverá a sessão das 16h, já que a das 20h foi cancelada. Já no1º de Maio, Dia do Trabalho, uma sexta, terá sessão extra às 17h e a normal às 21h. No dia 3 de maio, domingo, só a sessão das 16h, pois a das 20h será cancelada. Anotou tudo?

Prometheus credito Mônica Côrtes 101 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

Peça Prometheus, da Cia. Balagan, faz sessões na Grande Rio - Foto: Mônica Côrtes

Turnê fluminense
A Cia. Teatro Balagan apresenta no Rio sua peça Prometheus neste fim de semana, pelo Circuito Sesc de Artes Cênicas. Nesta sexta (10), a sessão é às 20h no Sesc São João de Meriti, no sábado (11), também às 20h, no Sesc de Nova Iguaçu; já no dominogo (12), 19h, no Sesc São Gonçalo. Os ingressos custam R$ 8 a inteira e R$ 4 a meia-entrada. Baratinho, gente.

MPB no palco
O Teatro do Bardo, dirigido por Fernanda Maia (que é um talento musical, diga-se de passagem), encena Chovendo na Roseira no Teatro Eva Herz, em São Paulo, entre este sábado (11) e 28 de junho. Sábado e domingo, 15h, com entrada a R$ 30, mas crianças, estudantes e maiores de 60 anos pagam só R$ 15. Vale a pena conferir.

Respeitável público
O espetáculo Tic Tic Tati, da cantora Forturna, já foi visto por 25 mil pessoas. E o número aumentará neste fim de semana, já que ela fará quatro sessões no Teatro Cetip, em Pinheiros, São Paulo, sempre aos domingos, às 11h, com direção de Roberto Lage. Começa neste domingo (12). Inteligente, o musical infantil tem textos da saudosa Tatiana Belinky musicados por Hélio Ziskind. Os ingressos vão de R$ 40 a R$ 80.

 Por trás do pano   Rapidinhas teatrais

25 mil já viram: Fortuna faz sessões disputadas de Tic Tic Tati no Teatro Cetip - Foto: João Caldas

Curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Saiba o que os atores fazem nos palcos e nos bastidores

Descubra a cultura de uma maneira leve e inteligente

Todas as notícias que você quer saber em um só lugar

Espalhe por aí:
  • RSS
  • Live
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Digg
  • Facebook
  • Netvibes