Mundo miss em julho!

* Tem casal novo na Cidade Maravilhosa. Os ex-BBBs Kleber Bambam e Joseane Oliveira, miss Brasil 2002, assumiram o namoro. Olha só os dois no maior love, na zona sul do Rio:

bambam joseane Mundo miss em julho!

Bambam e Joseane

Cada um participou duas vezes do BBB. Bambam ganhou na sua primeira participação, em 2002.

Curta o Tudo Miss no Facebook!

* Já o casal Latino e Rayanne Morais adiou novamente o casamento. O cantor e a miss Rio de Janeiro 2012 trocariam alianças em novembro próximo no Copacabana Palace, no Rio, mas agora a cerimônia passou para março do ano que vem, no mesmo local.

rayanne Mundo miss em julho!

Alheia ao falatório, a bela Rayanne postou foto sensualizando no Instagram

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, Latino estrearia a nova turnê na próxima quinta (8), no Barra Music. Mas como a casa de shows ficou fechada por um tempo, a data foi remarcada para o dia 10 de outubro, o que empurrou toda a agenda para frente. Além disso, o novo CD dele, 12 Sem Tirar de Dentro, que seria lançado no último Dia dos Namorados, só vai sair em 12 de outubro.

O casal já tinha adiado o casamento uma vez: o cantor queria se casar em 12 de dezembro do ano passado, mas teve que deixar para depois devido à participação de Rayanne no Miss Brasil 2012.

Vale lembrar que Latino está sempre envolvido em boatos de traição a Rayanne. E um novo episódio surgiu no mês passado, segundo o jornal Extra: no último dia 14, o cantor teria se fechado num camarote dentro de uma boate com cinco lindas mulheres (nenhuma era a Rayanne). Ele teria saído do local pela porta dos fundos, com um grupo de amigos, às 3h da manhã. De lá, a turma seguiu para um hotel no Rio.

* A atriz Mayana Neiva, miss Paraíba 2003, está apaixonadíssima pelo chef americano Rich Torrise, com quem namora há um ano. Ela contou à revista Contigo! que, como o amado mora em Nova York, aproveita qualquer folga nas gravações da novela Sangue Bom para viajar aos EUA:

— Meus amigos dizem que eu sou maluca. Mas sou capaz de pegar um avião e viajar por horas só para ficar três dias com Rich. Estou apaixonada. Cada hora estou em um lugar e minha cabeça está sempre a mil. Não esperem que eu seja normal. Aliás, quem namora alguém que mora tão longe não pode ser normal. Mas vale a pena. Uma vida sem amor não tem a menor graça. E ele é um grande amor.

mayana neiva Mundo miss em julho!

Mayana Neive e Rich Torrisi

A bela continua:

— Ele tem vontade de abrir um restaurante no Brasil. Rich adora vir para cá, já foi à Paraíba, conhece bem o Nordeste. Se deixar, fica o dia inteiro na praia.

* Em Bancoc, a jovem Nucharee Chanthong venceu outras 14 candidatas no último dia 18 e foi coroada miss Tailândia Cadeirante por sua antecessora, Pattarawan Panitcha.

635097489507026880 1024x772 Mundo miss em julho!

Nucharee Chanthong (à dir.) recebe a coroa, na Tailândia

* Na França, as misses da região do Ródano-Alpes atraíram atenção com seus vestidos chamativos na abertura da 15ª etapa da Volta da França, em Givors.

173430842 1024x682 Mundo miss em julho!

* A miss Terra, a tcheca Tereza Fajksova, participou de manifestação pelo ambiente em Colombo, no Sri Lanka, no último dia 29:

635107251719208216 1024x683 Mundo miss em julho!

Tereza Fajksova

Saiba o que os atores fazem nos bastidores!

Compre livros sobre moda e beleza

Veja os posts que mais bombaram em julho:

Traída, miss Universo corta o cabelo e arranja novo amor

Clone de Bruna Marquezine vai disputar o Miss Brasil 2013

Fotos picantes de miss vazam na internet

Grandes rivalidades: Michelly x Priscila

Misses são personagens de novelas e minisséries. Relembre

Brasileira eleita miss Universo critica Silvio Santos

Vice no Miss Universo, Martha Rocha diz guardar há 59 anos segredo sobre polegadas a mais

Fotos: estudante de medicina vence o Miss Austrália e vai trancar faculdade

Brasileira é eleita a surda mais linda do mundo

Miss gay leva tombo feio no palco e sai quicando

Miss é contra redução da maioridade penal: É questão de começar do ponto crítico e não de remediar

raquel benetti 20130729 Miss é contra redução da maioridade penal: É questão de começar do ponto crítico e não de remediar

Estudante de direito, Raquel Benetti falou ao blog sobre a redução da maioridade penal

O Tudo Miss adora saber as dicas de beleza das misses e as fofocas dos concursos, mas também ama saber a opinião das beldades sobre assuntos relevantes! Ontem a miss Pernambuco, Helena de Castro, opinou sobre o aborto. Hoje é a vez da representante brasileira do Miss Supranacional, Raquel Benetti, também estudante de direito, dizer o que pensa da proposta de redução da maioridade penal, de 18 anos para 16.

Atualmente, a pena para um menor de idade, por pior que seja o crime cometido por ele, varia de seis meses a três anos. Ele também tem sua identidade protegida.

Em junho, após alguns crimes cruéis cometidos por menores de idade (como o estupro de uma passageira de ônibus no Rio e o assassinato de um estudante que sequer reagiu a um assalto em SP) e que repercutiram bastante, saiu uma pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte) segundo a qual mais de 92% dos brasileiros são favoráveis à redução da maioridade penal.

Curta o Tudo Miss no Facebook!

Raquel estaria nestes 92%?

— Definitivamente não. Como educadora eu prezo pelo lado social. É uma medida que deve ser tomada com uma análise criteriosa da situação. Não acho que mudaria tanto a questão da violência desenfreada, porque os criminosos aliciariam crianças ainda menores.

Raquel continua sua argumentação contra a ideia da redução da maioridade penal:

— É uma tentativa do Estado de mascarar a sua real obrigação, que é dar estrutura para essas pessoas. Educação, moradia, alimentação de qualidade. Alguém que mora na rua desde que nasceu, que não sabe o que é família, não pode ter respeito pela vida. É uma questão de começar do ponto crítico e não de remediar. A questão da segurança pública é principalmente a questão da desigualdade social.

Saiba o que os atores fazem nos bastidores!

Compre livros sobre moda e beleza

Veja mais:

Fotos picantes de miss vazam na internet

Clone de Bruna Marquezine vai disputar o Miss Brasil 2013

Traída, miss Universo corta o cabelo e arranja novo amor

60 anos depois, miss Universo continua linda e veste maiô que a consagrou

Fotos: miss recusa coroa ao vivo na TV da Hungria

Brasileira vence concurso internacional na Colômbia

Candidata a miss Brasil se posiciona contra o aborto

helena medica Candidata a miss Brasil se posiciona contra o aborto

A nova miss Pernambuco, Helena de Castro Rios, estuda medicina e é contra o aborto

A estudante de medicina Helena de Castro Rios foi eleita miss Pernambuco no último dia 18. E o Tudo Miss quis saber a opinião dela sobre um assunto que tem tudo a ver com medicina e com o fato de, como miss, ela ser uma representante das mulheres.

Curta o Tudo Miss no Facebook!

Helena, que disputa em setembro o Miss Brasil 2013, topou falar ao blog sobre o aborto (recentemente descriminalizado pelos nossos vizinhos do Uruguai) e revelou que é contra a descriminalização da prática, mas antes fez questão de argumentar bastante.

Veja o que ela respondeu:

— Há inúmeros argumentos contra e a favor do aborto e [antes de opinar] acho importante listar os principais. A favor: o casal, e em especial a mulher, tem o direito de decidir sobre o que desejam em dado momento de suas vidas. "Forçar" uma mulher a ser mãe não despertará o espírito maternal nela e isso é comprovado pelos vários casos de abandono de recém-nascidos que são noticiados. Além disso, a mulher que pretende retirar uma criança, o fará em quaisquer circunstâncias, mesmo sabendo que o ato é crime no nosso País. E nesses casos, as economicamente menos favorecidas se sujeitam a procedimentos em condições inadequadas e correm o risco de ter sequelas sérias em sua saúde. Isso remete a um problema de saúde pública, no fim das contas. Um último argumento é o de que as mulheres que realizaram aborto no Brasil sofrem preconceito da sociedade, visto que o procedimento é marginalizado aqui.

Ela também lembrou os principais argumentos contra a prática:

— Contra o aborto, [há o argumento de que] abortar é interromper uma vida. Se alguns não consideram um feto como vida, no mínimo há ali uma vida em potencial. Legalizar o aborto também pode levar os homens a pressionarem suas parceiras a fazê-lo, mesmo que desejem ter o bebê. Além disso, há a questão religiosa, muito forte no Brasil. Por fim, alega-se que existem muitos métodos contraceptivos e hoje só engravida quem não se cuida.

Veja um contraponto:
Favorável à descriminalização do aborto, miss Brasil critica estatuto do nascituro

E Helena continua:

— São tantos pontos de vista que fica difícil se posicionar. Sei que eu não faria um aborto em hipótese alguma, e isso me faz acreditar que quem considera a possibilidade de interromper a gravidez, a considera independentemente do procedimento ser legalizado ou não. E quem repudia a ideia não vai passar a considerá-la se a coisa toda for liberada. Não acho que a legalização aumentaria o número de casos de aborto, e nesse ponto de vista esse seria uma forma de corrigir o problema de saúde pública que os procedimentos clandestinos acarretam. Contudo, vejo que o grande problema do Brasil é a falta de informação de grande parte da população. Hoje existem OITO métodos contraceptivos distribuídos pelo SUS: injetável mensal, injetável trimestral, minipílula, pílula combinada, diafragma, pílula anticoncepcional de emergência (ou pílula do dia seguinte), Dispositivo Intrauterino (DIU) e preservativos! Fora isso, existe o programa de planejamento familiar, no qual profissionais de saúde traçam com o casal, ou mesmo com a mulher solteira, seu futuro com relação a filhos e orientam sobre meios de concepção e anticoncepção. Outra opção seria a mulher ou o homem pode procurar fazer uma laqueadura ou vasectomia, respectivamente, também pelo Sistema Único de Saúde.

E a bela conclui, opinando que o Brasil não estaria pronto para a descriminalização do aborto:

— Por isso eu creio que antes de pensarmos em métodos que "corrigem" a gravidez, devemos investir ao máximo naqueles que a previnem. Se diante de todo esse arsenal de prevenção ainda há casos de gestação indesejada, isso sugere que precisamos reeducar a população sobre sexualidade. Não se muda a cultura e os hábitos de um povo de uma hora pra outra, e pra que a mudança aconteça, temos que investir em educação antes de tudo. Pra mim, a legalização não deve ser cogitada, nesse momento, porque o País não está preparado para ela.

helena miss Candidata a miss Brasil se posiciona contra o aborto

Saiba o que os atores fazem nos bastidores!

Compre livros sobre moda e beleza

Veja mais:

Fotos picantes de miss vazam na internet

Clone de Bruna Marquezine vai disputar o Miss Brasil 2013

Traída, miss Universo corta o cabelo e arranja novo amor

60 anos depois, miss Universo continua linda e veste maiô que a consagrou

Fotos: miss recusa coroa ao vivo na TV da Hungria

Brasileira vence concurso internacional na Colômbia

Página 102 de 316...Primeiro«100101102103104»...Último
Ir para a home do site
Todos os direitos reservados - 2009- Rádio e Televisão Record S/A
exceda.com