Posts de: 21/05/2017

É devagar? Martinho da Vila faz participação relâmpago em festa de enredo sobre ele

IMG 20170520 180830422 1024x576 É devagar? Martinho da Vila faz participação relâmpago em festa de enredo sobre eleNada de "devagar, devagarinho". Martinho da Vila fez uma participação apressada no lançamento do enredo da Unidos do Peruche, que vai homenageá-lo no Carnaval 2018.

A quadra da escola, no bairro do Limão, zona norte da capital, estava lotada. O cardápio do sábado (20) era feijoada e samba. Tunico da Vila, filho de Martinho, fez um dos shows, que foi muito elogiado, mas acabou antes que o pai chegasse na agremiação.

Quando o homenageado chegou, foi anunciado com entusiasmo. A expectativa da comunidade era grande.

Em vez do palco, preferiu ir direto ao camarote. Acenou e saudou o público. À capela, cantou o refrão de Renascer das Cinzas, um do hinos de exaltação à Vila Isabel, escola de Martinho. Depois, tirou algumas fotos.

Quis saber um pouco sobre a homenagem e o retorno dele ao Carnaval de São Paulo (ele já foi homenageado pela Tom Maior, em 2009, quando a escola cantou Angola). Martinho, aos 79 anos e com a consciência de quem já não precisa mais provar nada para ninguém, foi direto: "Não, conversar aqui não. Sem entrevista".

E foi só. O sambista não experimentou a feijoada (maravilhosa, por sinal) preparada pela escola. Não assistiu à apresentação do enredo que vai homenageá-lo... Provavelmente, só vai ver tudo na avenida, durante o desfile, quando deve voltar a se encontrar com a Peruche.

IMG 20170520 185421171 1024x576 É devagar? Martinho da Vila faz participação relâmpago em festa de enredo sobre ele

Novo carnaval, nova equipe

Além do lançamento do enredo, houve a apresentação do novo casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira. Agora, Thais Paraguassu terá a companhia do sorridente Jefferson Gomes, vindo da Nenê de Vila Matilde.

Mauro Quintaes, novo carnavalesco da agremiação, falou sobre os planos para 2018. "Vamos fazer a Peruche voltar para o desfile das campeãs. Esse é o projeto da escola, esse é o objetivo", entregou.

O discurso, aliás, está alinhado com o do presidente Ney de Moraes, que admite reconhecer os erros do passado. "Nós estamos acertando. Cada dia que passa eu tô aprendendo alguma coisa", garantiu.