Posts com a tag: samba

Arquivos de posts

Eu sabia que dava para confiar em Elza Soares e João Bosco quando o assunto é samba

Joyce Candido 1024x681 Eu sabia que dava para confiar em Elza Soares e João Bosco quando o assunto é samba

Joyce Cândido estudou na Broadway mas é no samba que se realiza

Um desses dias, chegou à minha mão na redação do R7 um material da cantora Joyce Cândido. Confesso que ia passar direto, sem dar muita bola, se não fosse o destaque para as parcerias com João Bosco e Elza Soares.

O nome do álbum é O Bom e o Velho Samba Novo (Waner Music, 2014). O DVD ao vivo foi lançado em outubro e o CD chega às lojas agora no fim de novembro.

Assumi minha ignorância em não conhecer o trabalho e fui procurar saber quem era a cantora. Joyce é do interior de São Paulo. Tem formação clássica, estudou canto e dança na Brodway e, em 2010, foi premiada como a melhor cantora brasileira nos Estados Unidos.

O Bom e o Velho Samba Novo é o segundo CD da carreira da sambista. É aquele álbum para deixar tocando no carro ou embalar uma tarde de trabalho. A voz de Joyce Cândido é pura e precisa, resultado de anos de estudo, segundo ela mesma contou ao Ziriguidum.

— Eu pego tudo que eu aprendi e uso no samba. Eu posso enriquecer meu trabalho com o erudito.

Joyce.JBosco 300x199 Eu sabia que dava para confiar em Elza Soares e João Bosco quando o assunto é samba

Joyce Cândido e João Bosco dividem o palco em "O Rancho da Goiabada"

O álbum traz clássicos como Corra e Olhe o Céu, Saudosa Maloca e Deixa a Menina. Mas também traz faixas inéditas, sem perder o ritmo do show.

— O título do show (O Bom e o Velho Samba Novo) é o que eu quero pregar. Busquei alicerces do nosso samba. E peguei inéditas de parceiros meus.

Com João Bosco, Joyce gravou O Rancho da Goiabada. Da parceria com Elza Soares, veio a deliciosa Espumas ao Vento. Aliás, a cantora veterana diz no álbum que faz questão de estar ao lado de “gente boa”.

— É retribuiu um pouco daquilo que me deram quando eu comecei.

Com a benção de nomes consagrados como esses, não há mais nada que se possa dizer. É só ouvir.

Posts Relacionados

Após resultado de exame de pressão, Tia Surica vai receber alta de hospital nesta sexta-feira (7)

Tia Surica Após resultado de exame de pressão, Tia Surica vai receber alta de hospital nesta sexta feira (7)

Tia Surica da Portela

Internada há oito dias no Rio de Janeiro, Tia Surica vai deixar o hospital nesta sexta-feira. Os médicos do Hospital Memorial Fuad Chidid realizaram entre ontem e hoje um Mapa (exame que controla a pressão arterial do paciente durante 24 horas) e decidiram liberar a emblemática figura do Carnaval carioca.

Segundo o último boletim médico divulgado nesta sexta-feira (7), assinado pelo diretor médico Dr. Antonio Monteiro, "os bons resultados apresentados pelos exames cardiológicos" foram decisivos para a alta.

Uma das mais emblemáticas integrantes da velha guarda da Portela, Iranette Ferreira Barcellos, a Tia Surica, foi internada na madrugada de quinta-feira (30) com gastroenterite. Ela também foi submetida a uma cirurgia para colocação de um marcapasso. A sambista de 73 anos está fora de perigo.

Nascida em Madureira, Tia Surica começou a desfilar na Portela ainda criança, aos 4 anos. Passou por vários setores da escola, inclusive o time de canto, até chegara à velha guarda. Atualmente, comanda a tradicional feijoada da escola azul e branca e virou sinônimo de boa comida e reunião de sambistas.

Posts Relacionados

Projeto reúne Martinho da Vila, Alcione, Diogo Nogueira e Roberta Sá em shows gratuitos

NIVEA VIVA  4 artistas   «fotos MARCOS HERMES 555 1024x788 Projeto reúne Martinho da Vila, Alcione, Diogo Nogueira e Roberta Sá em shows gratuitos

Roberta Sá, Diogo Nogueira, Alcione e Martinho da Vila

A turma do Ziriguidum já pode começar a comemorar! O projeto Nivea Viva, que já homenageou Elis Regina e Tom Jobim, escolheu o samba para cantar em 2014. Para isso reuniu quatro representantes de diferentes gerações para uma temporada de shows gratuitos pelo Brasil.

Os escolhidos para o projeto foram Martinho da Vila, Alcione, Diogo Nogueira e Roberta Sá. Segundo o projeto, “os quatro representam em conjunto ou individualmente o que é o samba”.

Com direção de Monique Gardenberg, o projeto estreia em 18 de fevereiro no Rio de Janeiro em um show fechado para convidados. Depois, vai percorrer seis capitais brasileiras em shows gratuitos: Porto Alegre, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Salvador e São Paulo (veja a programação abaixo).

O repertório do show vai passar por clássicos de Noel Rosa, Ary Barroso e Ataulfo Alves, músicas do repertório dos quatro artistas, até chegar a sucessos contemporâneos.

Veja a agenda de shows:

Porto Alegre (RS): 16 de março

Rio de Janeiro (RJ): 23 de março

Brasília (DF): 6 de abril

Recife (PE): 13 de abril

Salvador (BA): 27 de abril

São Paulo (SP): 25 de maio

Posts Relacionados

1 2