Carnaval 2013

8/1/2013 às 16h18 (Atualizado em 15/1/2013 às 13h16)



Após confusão de 2012, apuração do Carnaval de SP será em local fechado

Torcida e integrantes das agremiações não acompanharão apuração

Do R7

Apuração do Carnaval de 2012 terminou em confusão e pancadaria Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo/21.02.2012

Após o tumulto ocorrido na apuração das notas do Carnaval 2012 em São Paulo, as regras para a contagem dos pontos de cada escola de samba deste ano mudou. Em 2013, a apuração ocorrerá em local fechado, no Hall 2, localizado no Palácio das Convenções do Anhembi.

Dessa vez, não será permitida a presença de torcedores e integrantes das agremiações. Durante a apuração, cada escola poderá ter até três representantes presentes no Hall.

Além disso, a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo indicará, por escrito, até 1° de fevereiro de 2013, os nomes de até 6 representantes e/ou profissionais que trabalharão na Apuração, acompanhados do respectivo CPF e RG. A apuração ocorrerá no dia 12 de fevereiro. Os desfiles do Grupo Especial ocorrerão nos dias 8 e 9 de fevereiro. Cada escola terá de 55 a 65 minutos para passar pelo sambódromo. Veja a ordem dos desfiles:

Sexta-feira - 8/2

23h15 - Acadêmicos do Tatuapé

2ª - Rosas de Ouro

3ª - Mancha Verde

4ª - Vai-Vai

5ª - X-9 Paulistana

6ª - Dragões da Real

7ª - Águia de Ouro

Sábado - 9/2

22h30 - Nenê de Vila Matilde

2ª - Gaviões da Fiel

3ª - Mocidade Alegre

4ª - Tom Maior

5ª - Unidos de Vila Maria

6ª - Acadêmicos do Tucuruvi

7ª - Império de Casa Verde

As escolas do Grupo de Acesso, com desfile de no mínimo 50 e no máximo 60 minutos, passarão pelo sambódromo no dia 10 na seguinte ordem:

Domingo – 10/02

21h - Unidos de Santa Bárbara

2ª - Unidos do Peruche

3ª - Camisa Verde e Branco

4ª - Imperador do Ipiranga

5ª - Leandro de Itaquera

6ª - Pérola Negra

7ª - Estrela do Terceiro Milênio

8ª - Morro da Casa Verde

Tumulto de 2012

No Carnaval deste ano, um suposto membro da escola de samba Império da Casa Verde foi até a mesa da apuração e rasgou os papéis em que constavam as notas de todas as escolas de samba. Houve tumulto, e outras pessoas também aproveitaram para subir no palco e jogar os documentos para o alto.

As torcidas das escolas perdedoras também entraram no clima e a polícia precisou entrar em ação e encaminhar algumas pessoas para fora da arena. Os torcedores envolvidos na confusão chegaram a ir para a prisão.

Veja mais notícias na nova home do Portal R7

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!