Carnaval 2013 “Demos um passo para trás pra dar dois para frente”, diz presidente da Nenê sobre volta ao Grupo Especial

“Demos um passo para trás pra dar dois para frente”, diz presidente da Nenê sobre volta ao Grupo Especial

Agremiação abriu a segunda noite de desfiles neste sábado falando sobre a igualdade

“Demos um passo para trás pra dar dois para frente”, diz presidente da Nenê sobre volta ao Grupo Especial

Nenê de Vila Matilde foi a primeira escola a desfilar no Sambódromo do Anhembi na noite deste sábado (9)

Nenê de Vila Matilde foi a primeira escola a desfilar no Sambódromo do Anhembi na noite deste sábado (9)

Eduardo Enomoto/R7

Emocionado após o desfile da Nenê de Vila Matilde, na noite deste sábado (9), no Sambódromo do Anhembi, o presidente da agremiação, Rinaldo José de Andrade, conhecido como Mantega, falou sobre a volta ao Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo.

— Demos um passo para trás para dar dois pra frente. O lugar da Nenê é aqui. A Nenê é um dos grandes nomes do Carnaval de São Paulo. Sei que o Carnaval de São Paulo está crescendo, mas a Nenê é digna de qualquer Carnaval. Nosso diferencial é meu povo.

Após um ano no Grupo de Acesso, a Nenê de Vila Matilde, uma das mais tradicionais escolas de samba paulistanas, abriu a segunda noite de desfiles neste sábado (9) falando sobre a igualdade. A escola entrou na avenida às 22h50.

Veja mais fotos do desfile da Nenê de Vila Matilde

Mestre-sala e porta-bandeira têm 'bateria' nas costas

Com a força da comunidade, Nenê volta ao Grupo Especial

A bateria e os carros alegóricos da Nenê de Vila Matilde ganharam um ritmo especial com a participação do Olodum. Logo após o desfile, membros da escola paulistana embarcam para Salvador, onde vão participar no domingo da abertura do carnaval no Pelourinho a convite do bloco baiano.

A ala Canudos foi um dos destaques da história,  que conta com a presença do diretor Zé Celso Martinez. Segundo ele, o convite veio do diretor artístico da escola, Márcio Telles, integrante do Teatro Oficina.

O desfile da Nenê de Vila Matilde terminou com 64 minutos, dentro do prazo permitido.

Apostas

Uma das apostas da escola para este ano são alegorias grandiosas. Para isso, a equipe de criação, que já contava com Rafael Condé, foi reforçada com Pedro Alexandre, o Magoo (ex-Mancha Verde), e Eduardo Caetano (ex-Dragões da Real), ambos oriundos de escolas que investem bastante nos carros alegóricos.

Outro destaque é a potente voz de Celson Mody, o Celcinho, o mais jovem entre os intérpretes do eixo Rio-São Paulo.

Enredo

O enredo Da Revolta dos Búzios a Atualidade. A Nenê Canta a Igualdade!, originalmente, seria apenas sobre a revolta ocorrida na Bahia no Século 18, por sugestão do Olodum. O tema igualdade, no entanto, se sobressaiu e será contado em 23 alas, com 3.000 componentes.

    Access log