Carnaval 2013

10/2/2013 às 07h21 (Atualizado em 10/2/2013 às 21h37)

Mocidade Alegre e Acadêmicos do Tucuruvi empolgam na segunda noite

Madrugada de domingo (10) foi marcada por desfiles grandiosos das agremiações

Thiago Calil, do R7

Comissão de frente da Mocidade Alegre Levi Bianco/Estadão Conteúdo

A segunda noite de desfiles do Grupo Especial paulistano colocou o público para sambar até o amanhecer. Mocidade Alegre, campeã do Carnaval 2012, entrou na avenida disposta a levar o bicampeonato para casa. Mas a escola não está sozinha nessa. Com um samba empolgante e um colorido de encher a avenida, a Acadêmicos do Tucuruvi mostrou que também está na briga.

Unidos de Vila Maria e Império de Casa Verde não economizaram em suas alegorias e vão dar trabalho às concorrentes. Já a Nenê de Vila Matilde mostrou a força de sua comunidade no retorno à elite do samba. Vendendo suas glórias em desfile sobre a publicidade, a Gaviões da Fiel tomou conta das arquibancadas enquanto a Tom Maior mostrou leveza e descontração ao falar sobre a sexualidade.

O sucesso dos desfiles de sábado (9) já era esperado. Afinal, quatro das sete escolas já foram campeãs da folia. Considerando ainda a grandiosidade da primeira noite do Grupo Especial, é possível afirmar que São Paulo apresentou o melhor Carnaval dos últimos anos. Na próxima terça-feira (12), será conhecida a agremiação campeã de 2013.

Rosas de Ouro, Mancha Verde e Vai-Vai levantam o Anhembi na primeira noite

Nenê de Vila Matilde
Cantando a igualdade, a Nenê de Vila Matilde abriu com tudo a noite de sábado (9) do Grupo Especial de São Paulo. No desfile que marcou o retorno da agremiação à elite, o principal destaque foi a força e a emoção da comunidade. A comissão de frente, de maquiagem impecável, e o grandioso carro abre-alas, que simbolizavam a luta entre o bem e o mal, também marcaram a apresentação da escola.  

Com a força da comunidade, Nenê volta ao Grupo Especial
Veja fotos do desfile da Nenê de Vila Matilde

Gaviões da Fiel
Mostrando a história da publicidade, o desfile da Gaviões da Fiel marcou a estreia do carnavalesco Max Lopes na folia paulistana. A escola fez bonito e, como de costume, dominou as arquibancadas do sambódromo. O enredo começou com a carta de Pero Vaz de Caminha à corte portuguesa “vendendo” as belezas do Brasil. O desfile mostrou ainda os mascates orientais, o avanço da publicidade com os meios de comunicação, além de homenagear Chacrinha e o publicitário corintiano Washington Olivetto. A comissão de frente, um dos destaques do desfile, simbolizou A Alma do Negócio. Com o auxílio de um tripé, os componentes deram um show na coreografia.  

Gaviões da Fiel vende seu peixe e levanta a arquibancada
Veja fotos do desfile da Gaviões da Fiel

Mocidade Alegre
Ousada, com cores vibrantes e muita animação, a Mocidade Alegre entrou na avenida disposta a faturar o bicampeonato. Com um convite à sedução e querendo mudar o final das histórias já conhecidas pelo público, a escola liberou os pecados na avenida. O céu virou uma grande balada, os mortos voltaram à vida, os homens aprenderam a voar, a Chapeuzinho Vermelho virou periguete e Robin Hood roubou dos pobres para dar aos ricos. Por duas vezes, a escola silenciou sua bateria e o carro de som para deixar que apenas o público cantasse o samba-enredo. E a arquibancada correspondeu à expectativa.

Com ousadia e alegria, Mocidade Alegre desfila em busca do bicampeonato
Veja fotos do desfile da Mocidade Alegre

Tom Maior
A Tom Maior esquentou o clima do Carnaval paulistano ao falar sobre sexualidade. Apesar do tema picante, a escola tratou o assunto com muita sutileza, sem apelar para um desfile chocante. Carros luxuosos e componentes animados foram a marca do desfile. A comissão de frente, formada por personagens de Nelson Rodrigues, convidou o público a espiar pelo buraco da fechadura. Quem aceitava a oferta, avistava os bacanais greco-romanos e o Kama Sutra indiano. A evolução do preservativo, feito originalmente com pele de peixe, também foi mostrada pela escola. No último carro, a Tom Maior liberou todas as fantasias sexuais e fetiches dos foliões.

Tom Maior mexe com a fantasia dos foliões com o Parque dos Desejos
Veja fotos do desfile da Tom Maior

Unidos de Vila Maria
Celebrando os 50 anos de imigração coreana no Brasil, a Vila Maria deixou o sambódromo em clima oriental. Com coreografias de Gangnam Style e cover do coreano PSY, só faltou a presença do cantor verdadeiro, que assistiu aos desfiles do Grupo de Acesso carioca. A escola apostou na riqueza de detalhes das alegorias. O segundo carro teve um problema no eixo ainda na concentração, mas foi consertado segundos antes de entrar na avenida. A agremiação trouxe ainda uma tradicional apresentação de leques, todos importados da Coreia.

Vila Maria faz homenagem à Coreia, mas fica sem PSY
Veja fotos do desfile da Unidos de Vila Maria

Acadêmicos do Tucuruvi
Com criatividade e animação, a Acadêmicos do Tucuruvi presenteou o público que resistia nas arquibancadas com um grande desfile e um samba-enredo empolgante sobre o centenário de Mazzaropi. Cantando “sai da frente, a alegria vai passar”, a escola entrou na avenida com uma explosão de cores. Um cover do humorista repetia os trejeitos do personagem Jeca Tatu na comissão de frente. Os personagens vividos pelo homenageado no cinema foram retratados em alas. Os carros alegóricos apresentaram os momentos profissionais de Mazzaropi e os casais de mestre-sala e porta-bandeira contaram as paixões do artista, como a vida rural, o futebol e a música.

Tucuruvi faz homenagem a Mazzaropi e diverte foliões

Veja fotos do desfile da Tucuruvi

Império de Casa Verde
Falando sobre os vários tipos de cura, a Império de Casa Verde foi a responsável por fechar os desfiles do Grupo Especial de São Paulo. A escola, que não recebeu verba municipal após a confusão na apuração de 2012, apresentou um desfile luxuoso, de carros alegóricos grandiosos. O desfile mostrou rituais xamânicos, o desenvolvimento da medicina no Egito, as técnicas chinesas de cura, os tratamentos alternativos e reforço espiritual para tratar os males. Fechando a apresentação da Império, dois enormes tigres de pelúcia, símbolo da escola, puxaram o último carro sobre a medicina moderna, mostrando que sambar também faz bem à saúde.

Império ignora multa e faz desfile de luxo

Veja fotos do desfile da Império

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
  • Últimas de Unidos de Vila Maria

  • Últimas de São Paulo

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!